Tags:
Atlas: Curaçao

O que fazer em Curaçao durante um cruzeiro

Cruzeiros que passam pelas Antilhas dificilmente conseguem ignorar Curaçao. Badalada e paradisíaca, a ilha conquistou um espaço na lista dos sonhos de milhares de viajantes que passam pelo Caribe. O ideal seria ficar mais tempo, para curtir bem a atmosfera local. No entanto, ainda é possível fazer muito nas poucas horas em terra das paradas dos cruzeiros. A dica aqui é não perder tempo com transporte (contrate logo um táxi ou um tour) e escolher, entre as diversas opções sobre o que fazer em Curaçao, aquelas que mais chamam a sua atenção.

Um roteiro inteligente, por exemplo, conjuga um passeio pela parte histórica, uma visita à fábrica de licor ou à loja de artesanato e o resto do dia na praia. Ou, se for mais do seu interesse, você pode tentar curtir duas praias da região. Só não se esqueça de ficar atento ao relógio para não perder o horário de saída do seu navio.

Praias

Pequenas, cristalinas e daquela cor que só o Caribe tem. As praias de Curaçao são, provavelmente, o maior chamariz do destino. Por isso, para muita gente, não há duvidas: ao desembarcar do navio, a direção é uma espreguiçadeira na areia branca e a poucos passos do mar azul-turquesa e de água morna, acompanhado de um drink colorido ou uma cerveja local.

Mambo Beach, Curacao

Algumas praias de Curaçao são privadas e restritas aos hóspedes de hotéis e resorts. Das praias abertas ao púbico, a mais famosa é a Mambo Beach, também conhecida como Seaquarium Beach. Badalada e com uma boa infraestrutura, é bastante frequentada por turistas de todas as nacionalidades. Ali fica um dos bares mais populares do país, o Mambo Beach. O mar é tão tranquilo e cristalino que pode até ser confundido com uma piscina.

Além da Mambo Beach, outras praias famosas de Curação são a Kenepa Grandi, Blue Bay, Caos Abao (essa tem que pagar para entrar), Daaibooi (mais vazia) e Porto Marie. O melhor jeito de se locomover entre as praias e o porto é pegando um táxi.

Praia de Curaçao

City Tour

O tempo para explorar é curto nas descidas de cruzeiro, isso todo mundo já sabe. Uma forma de otimizar seu tempo e conhecer várias coisas em apenas um dia é contratar um city tour dentro do navio ou com alguma agência de turismo em terra.

Um bom tour vai te levar aos principais pontos de interesse, praias e ainda te contextualizar sobre a história e cultura locais. Se você preferir um passeio mais personalizado, evite os tours de grupo e contrate um guia individual.

Visita à fábrica Curaçao Blue

Licor Curaçao Blue

Depois das praias, a segunda coisa que nos vêm à mente quando dizemos Curaçao é aquele famoso licor que deixa um drink azul da cor do mar. O Curaçao Blue, no entanto, é apenas um dos muitos licores produzidos pela Curaçao Liquor. A visita à fábrica inclui um pequena exposição que explica o processo produtivo da bebida e degustação dos diversos sabores produzidos ali. O lugar ainda conta com um pequeno bar/café e com uma lojinha de bebidas e souvenirs de viagem.

A fábrica funciona em uma antiga casa de fazenda Mansion Chobolobo.

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta, 8:00 – 17:00 hrs. Entrada gratuita.

Também abre nos feriados e finais de semana, quando há cruzeiros no porto.

Caribbean Handcraft

Loja de artesanato em Curaçao

Artesanato de Curaçao

Kaya Kakina 8, Jan Thiel
www.caribbeanhandcraft.com

Se você gosta de levar lembranças e peças de artesanato local para casa, não deixe de passar nessa loja. O lugar vende desde imãs de geladeira e camisetas até bonitas peças de decoração. Quando estiver lá, vá até a varanda dos fundos da loja e aproveite para tirar fotos da vista espetacular que você vai ter dali.

Vista de Curaçao

Passeio pelo centro histórico

O centro histórico de Willemstad, a capital do país, mais parece uma cidade de brinquedo. As casinhas coloridas, de arquitetura holandesa, são um convite para caminhar sem destino, ver as vitrines das lojas e tirar muitas fotos. O mais interessante é que, no passado, as casas eram todas brancas.

Foi um governador enviado da Holanda que, incomodado com a cor predominante – que agravava seu problema de enxaqueca -, ordenou que tudo fosse pintado de cores vivas, a começar pelos prédios do governo. Mais tarde, segundo a nossa guia, os moradores descobriram que ele era dono da fábrica de tinta. Se a anetoda é verdadeira ou não eu não sei, mas o fato é que as casinhas deram à ilha um charme especial e a transformaram em um dos lugares mais coloridos do planeta.

Casas históricas de Curaçao

A parte mais antiga, e sem dúvidas a mais charmosa, é Punda, onde ficam diversos restaurantes, lojas legais e atrações como o Mercado Flutuante e o Waterfort Arches. A região é ótima para compras. Entre as lojas mais famosas está a Penha, uma perfumaria que está em funcionamento desde o século 18, e diversas marcas de maquiagem e cosméticos.

Centro histórico de Curaçao

Atravesse a ponte Queen Emma e, do outro lado do canal, você está em Otrobanda. O bairro também tem construções históricas, porém é mais voltado ao comércio local. A grande atração ali é o complexo do Renaissance, um tipo de shopping a céu aberto com um cassino e restaurantes legais.

Ponte Queen Emma, Curaçao

*A blogueira viajou a convite da Pullmantur Cruzeiros


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

10 comentários sobre o texto “O que fazer em Curaçao durante um cruzeiro

  1. Natalia, boa noite!!

    Vou fazer um cruzeiro pela Pulmantur a Curacao, Bonaire, Aruba e Colon.
    Você saberia dizer os preços dos passeios fechados dentro do navio?

    Obrigada, bj

    1. Olá Catarine,

      Infelizmente não sei informar. Os preços variam muito de acordo com a atividade escolhida. Você tentou olhar se existe essa informação no site da Pullmantur?

      Abraços

    2. Helene,

      No site do cruzeiro tem a opção de compra antecipada, no entanto uma amiga que acabou de fazer essa mesma rota me disse que o melhor é comprar dentro do navio, pois os valores saem mais em conta do que a compra antecipada.
      Quanto a relação de preços encontrei um site http://www.osviajantes.net, ele também fez esse roteiro e relata com muitos detalhes, além disse o mesmo tem um canal no youtube se preferir acompanhar, com isso leia as dicas do cruzeiro dele e na matéria terá uma foto dos passeios disponíveis pelo navio com as respectivas taxas.

      Espero ter ajudado!

  2. oi natalia, vou fazer um cruzeiro que passa por curacao pelo pulmatur. queria saber se tudo que vc descreveu foi através de um tour comprado no navio ou vc foi independete.

    1. Olá Helene, eu já respondi essa pergunta em outro post que você deixou comentário… Fui com a excursão do navio mesmo, estava com um grupo.

      Abraços!

  3. Olá, boa noite!
    Adorei seu blog, foi um dos poucos que achei dicas interessantes.
    Pretendo fazer um cruzeiro no ano que vem, e como nunca fiz um cruzeiro tenho muitas duvidas, uma dela é: é melhor contratar o passeio ou fazer as coisas por conta? Se for pra contratar, melhor direto no navio ou em terra?

    Eu li que em curação tem que pagar uma taxa para usar a praia, é verdade?

    Que moeda levar numa viagem dessa?

    Me desculpa por tantas perguntas, mas espero muito que possa me ajudar.
    Muito obrigada.

    Parabéns pelo blog e pelas fotos.

    1. Olá Aryane, a vantagem de contratar no navio é que vc tem a garantia que o navio não vai sem vc se o passeio atrasar, mas tirando isso não tem tanta diferença. Algumas praias de Curacao são privadas, outras não. Não paguei taxa nenhuma na Mambo Beach…

      E leve dólares!

      Abraços

  4. Na verdade uma das coisas ruins de fazer cruzeiro é não poder ficar mais tempo, ou pernoitar nas paradas. Chega a ser até um tanto angustiante ficar olhando para o relógio.

    Mas o que já aconteceu comigo é tentar conhecer o máximo no tempo permitido para ter o feeling da ilha, e depois voltar especificamente para esse lugar.

    Vários anos atrás fiz um cruzeiro que parou em St Marteen. Fiquei tão encantada com o lugar que fiquei fã de carteiriha, e passei os 3 reveillons seguintes na ilha.

    Adorei as dicas de curaçao. Quem eu conheço que já foi adorou. Vou colocar no meu bucket list.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.