fbpx

O que fazer em Mariana, MG: passeios e pontos turísticos

Mariana é a irmã menor, porém mais velha, de Ouro Preto. Localizada a apenas 11 km da famosa cidade histórica vizinha, a pequena é uma ótima opção de passeio bate-volta para quem vai ficar mais que um final de semana na região. Neste texto você vai descobrir o que fazer em Mariana, Minas Gerais. Vamos lá?

Mariana, MG: primeira capital de Minas

Fundada há mais de 300 anos, Mariana foi eleita a primeira capital de Minas no século 17. O centro histórico, embora menorzinho e bem menos conservado, lembra muito o de Ouro Preto. Mas Mariana tem mais cara de interior mineiro, mais tranquila e bucólica, sem as hordas de turistas que lotam as ladeiras vizinhas.

Mariana, MG

Se você vai visitar a cidade a partir de Ouro Preto, você pode fazer a viagem com o Trem da Vale e transformar o trajeto em uma atração. É um passeio caro, mas, pra quem nunca fez nada do tipo, vale a pena.

Quem está sem carro também pode pegar um dos ônibus intermunicipais que ligam as duas cidades. Eles passam a cada meia hora e param em um ponto de ônibus ao lado da Escola de Minas, próxima à Praça Tiradentes.

O que fazer em Mariana

A principal atração de Mariana é, sem dúvidas, o concerto na Catedral da Sé. E a grande estrela do show é um órgão alemão construído em 1701, com 1.039 tubos, sete metros de altura e cinco de largura.

A apresentação ocorre apenas às sextas pela manhã, o que dificulta um pouco a vida, mas é a favorita absoluta entre os turistas. Mesmo que você não possa assistir ao concerto, vale a pena visitar a Catedral, que é toda trabalhada no ouro e nos cristais.

Catedral da Sé de Mariana

A Catedral fica em frente a uma pracinha simpática, cheia de restaurantes e lojas de artesanato ao redor. Outro programa interessante é se embrenhar pelas ruas adjacentes para descobrir os casarões e paisagens da cidade. Depois, siga em direção à Igreja São Francisco de Assis, que fica bem ao lado de outra igreja, a Nossa Senhora do Carmo.

Em 1999, ela foi destruída em um incêndio, justo quando estavam terminando sua restauração. A pintura que decorava o forro da nave e dois altares foram completamente perdidos na ocasião. Em frente às duas igrejas fica a Casa de Câmara e Cadeia, onde atualmente funciona a câmara dos vereadores da cidade. A construção, do século 18, ainda preserva as estruturas do período em que funcionou como cárcere.

O que fazer em Mariana

As igrejas “irmãs” de Mariana

E como nas cidades históricas mineiras as igrejas são as atrações mais comuns, não deixe de visitar outra, a Basílica de São Pedro dos Clérigos. No alto de um morro que parte da praça em frente às Igrejas São Francisco de Assis e Nossa Senhora do Carmo, a Basílica permite visitas à sua torre, que proporcionam uma vista privilegiada da cidade. Quem não quiser pagar pode ter um gostinho do que é ver Mariana do alto a partir da praça e do mirante em frente.

o que fazer em Mariana, Minas Gerais

Basílica de São Pedro dos Clérigos

Outro passeio legal é a Mina da Passagem, uma das maiores minas de ouro do mundo abertas à visitação. O lugar te dá uma ideia do que foi a exploração do metal que financiou as igrejas e obras de arte que visitamos hoje.

Seria um programa para incluir no roteiro com toda a certeza, não fosse um porém: o preço. De uns anos pra cá, a empresa que gerencia a mina perdeu a noção nos valores. Hoje, a entrada custa inacreditáveis R$ 120. Pra piorar, não aceitam cartões, só dinheiro. Nosso conselho: pense bem antes de ir.

Quantos dias ficar e quando ir a Mariana

Quase todo mundo vai no esquema bate-volta a partir de Ouro Preto, mas passar uma noite por ali não é má ideia. Você pode ficar duas noites em Ouro Preto e uma em Mariana, por exemplo.

Não há época ruim para conhecer Mariana, mas, como toda cidade histórica mineira, os feriados religiosos costumam ser interessantes por ali: Semana Santa e Corpus Christi, por exemplo.

Dicas de restaurantes em Mariana, MG

A estrutura turística passa longe do nível da de Ouro Preto, mas Mariana tem bons restaurantes.

Localizado na Praça Gomes Freire, o Rancho da Praça tem uma das melhores opções de buffets de comida mineira.

Para quem procura algo mais elaborado, para as noites, o Bistrô também fica no centro e é um dos mais bem avaliados da cidade.

Já o Sinhá Olímpia fica fora do centro, na estrada entre Mariana e Ouro Preto.

Mina da Passagem, Mariana

Mina da Passagem, Mariana

Onde ficar em Mariana, MG

Quem busca economizar ou procura um ambiente mais tranquilo e com clima de cidade de interior pode escolher ficar em Mariana em vez de Ouro Preto.

As hospedagens ali são mais econômicas que na cidade vizinha. Algumas opções de hotéis e pousadas no centro histórico de Mariana:

Veja mais  hotéis e hosteis em Marina

Devo ir de carro para Mariana?

Só por Mariana, não. O centro histórico é pequeno e dá para fazer tudo a pé. O carro também é desnecessário para Ouro Preto, mas começa a ficar interessante para viagens maiores, que envolvam várias cidades históricas da região, como o distrito de Lavras Novas, ou que sigam para outros lugares, como Tiradentes, Congonhas e São João Del-Rei.

Se resolver alugar um carro, leia nosso texto para garantir o melhor custo/benefício.

Como chegar a Mariana a partir de Belo Horizonte

Se você for de outro estado, o primeiro passo é chegar em Belo Horizonte. Uma vez no aeroporto da capital mineira, você pode alugar um carro e seguir diretamente para Ouro Preto/Mariana.

Para isso, pegue a BR 040, sentido Rio de Janeiro. Siga na rodovia até o trevo do Alphaville, a cerca de 20 km de Belo Horizonte. Neste ponto, entre sentido Ouro Preto, seguindo pela BR 356. Cerca de 100 km separam o centro de BH de Ouro Preto. Depois, mas 15 km, na mesma rodovia, te levam para Mariana.

Não está de carro? A Viação Pássaro Verde faz o trajeto BH – Ouro Preto. A viagem dura duas horas e custa R$ 45. Os ônibus saem de hora em hora, do Terminal Rodoviário de Belo Horizonte, no centro da cidade.

o que fazer em Mariana, Minas Gerais


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “O que fazer em Mariana, MG: passeios e pontos turísticos

  1. Ah, mesmo se tiver 1 dia só em Mariana, dá pra fazer tudo isso! Eu cheguei cedo para o concerto, visitei as igrejas e o centrinho da cidade, almocei por lá e depois na volta para Ouro Preto, visitei a mina! Estava hospedada em Ouro Preto e de carro, então com certeza facilitou, me programei para visitar Mariana bem no dia do concerto,

    1. Ei Fernanda, sim, estar de carro ajuda. Quem vai com o trem da vale pode ficar apertado de visitar a Mina no mesmo dia, por causa dos horários de ida e volta. 🙂

      Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.