O que fazer em Porto de Galinhas: 8 dicas imperdíveis para sua viagem

Entre os destinos mais visitados do Brasil está o município de Ipojuca, uma cidadezinha que fica a 65 km de Recife, em Pernambuco, mas que todo mundo conhece por outro nome: Porto de Galinhas, uma extensão de oito praias que formam belas piscinas naturais e estão entre as mais bonitas do país. Com este guia de viagem, conto para vocês o que fazer em Porto de Galinhas, além de dicas imperdíveis sobre quando ir, onde ficar e passeios nos arredores.

o_que_fazer_em_porto_de_galinhas

Quando ir a Porto de Galinhas?

De setembro a fevereiro é a melhor época para ir a Porto de Galinhas em Pernambuco. Ou seja, os meses de primavera e verão: pouca chuva e calor para aproveitar bem a praia. Claro, não se esqueça que janeiro é mês de alta temporada, com preços bem mais altos e tudo lotado. No Nordeste, costuma chover nos meses de inverno, então é melhor evitar.

Outro fator importante na hora de decidir qual data ir é a Tábua das Marés. Basicamente, quando a maré é baixa, as praias ficam mais bonitas e as piscinas naturais se formam. Eu já fiz um post explicando direitinho como funciona a tábua das marés e recomendo fortemente que, se for possível, você escolha dias de maré baixa para fazer sua viagem. Mas, mesmo que não dá para marcar sua viagem de acordo com as marés, a viagem continua boa!

Também tem vontade de conhecer Fernando de Noronha?
Então confira todas as nossas dicas para realizar esse sonho de viagem!

o_que_fazer_em_porto_de_galinhas_praia_da_vila

Praia da vila de Porto de Galinhas

Como chegar em Porto de Galinhas

O aeroporto mais próximo de Porto de Galinhas é o de Recife. A notícia boa é que, apesar de às vezes passagens para o Nordeste serem caras saindo de outras regiões brasileiras, costumam rolar muitas promoções para Recife. Conseguimos fazer o voo, ida e volta de BH, por exemplo, por menos de R$300 reais.

De Recife, leva cerca de uma hora até Porto de Galinhas de carro, pela rodovia PE 060, que é bem nova (e tem pedágio). Vale a pena ficar pelo menos uma noite (e dois dias) em Recife antes de descer para as praias de Porto e arredores.

E realmente eu recomendo o aluguel de carro, porque facilita muito para conhecer mais praias e fazer os trajetos com facilidade. Eu e minha família fizemos a reserva pela internet e pegamos o carro no aeroporto em Recife. Neste texto aqui explicamos como você pode fazer para garantir o aluguel com menor preço.

Não quer alugar carro? Tem ônibus! É a Expresso Vera Cruz, que sai do aeroporto ou rodoviária em Recife e leva até a vila Porto de Galinhas. O trajeto dura cerca de duas horas e para em frente ao Corpo de Bombeiros da vila. Tem uma linha, a 195, que faz o trajeto com ar-condicionado (custa R$ 15,60) e outra mais simples e mais barata, a 191, sem ar-condicionado, por R$ 10,70. Para saber o itinerário certinho e horários, consulte o site oficial.

o_que_fazer_em_porto_de_galinhas_pontal

Pontal de Maracaípe

Se for um grupo maior de pessoas, sempre dá para negociar um transfer ou táxi para fazer o trajeto (espere pagar de 150 a 200 reais). Há hotéis que têm o serviço de Transfer do aeroporto até a hospedagem, normalmente cobrado separadamente. Basta combinar antes da chegada. Um translado com empresas privadas sai por volta de 80 a 100 por pessoal

O que fazer em Porto de Galinhas

1. Praias

Porto de Galinhas tem oito praias de uma ponta a outra: Serrambi, Enseadinha, Pontal do Maracaípe, Maracaípe, Vila de Porto de Galinhas, Cupe, Pontal do Cupe e Muro Alto. Se você quer saber sobre como são essas praias com mais detalhes, confira o nosso guia de praias de Pernambuco.

  • A praia da Vila de Porto de Galinhas é a mais famosa, fica bastante cheia e é dali que saem as jangadas para os passeios das piscinas naturais.
  • Enseadinha e Pontal do Maracaípe (foto abaixo) são as praias mais tranquilas: tem menos gente por ali, menos opções de quiosques em volta – para chegar na primeira é preciso até passar pela entrada de um condomínio, mas tudo bem, é liberado.

o_que_fazer_em_porto_de_galinhas_maracaipepontal

  • Muro Alto, Pontal do Cupe e Serrambi são praias bonitas que servem a resorts que ficam na região: mas também dá para não-hóspedes visitarem.
  • Maracaípe, Serrambi e Cupe são praias com mais ondas, onde é mais comum a prática de surf e outros esportes marinhos – ou seja, não são tão boas para banho.

Enfim, se você me perguntar o que eu fiz na minha temporada em Porto de Galinhas, a resposta é: eu explorei diferentes praias e gastei meu tempo entre entrar no mar e curtir a sombra e água de coco fresca. Mas tem gente que gosta de fazer atividades, então vamos a elas.

2. Piscinas Naturais

Só dá para ver as piscinas naturais em dias e horários de maré baixa. Se você já conferiu a tábua das marés e está cerca de duas horas antes do horário da maré mais baixa do dia, é preciso ir até o guichê da Associação dos Jangadeiros, pagar R$20, e pegar uma jangada (cabem até 6 pessoas) para chegar nas piscinas. Tenha em mente que nem todas estão abertas para entrar e mais ainda que não é uma boa ideia andar em cima dos recifes para ver os peixinhos mais de perto (leia esse post aqui para entender como isso causa um sério desequilíbrio natural).

O passeio leva também para uma área para tomar banho de mar. Mais dicas no Viaje na Viagem, que é especialista nesses passeios.

3. Atividades de aventura e esportes marinhos

Se você quer mais coisas para fazer em Porto de Galinhas, é possível embarcar num passeio de buggy de uma ponta a outra: procure a Associação dos Bugueiros de Ipojuca. Dá para visitar projetos de preservação de cavalos marinhos (Hippocampus) e tartarugas marinhas (Eco Associados) ou praticar atividades esportivas como surf, kitesurfing, stand-up paddle e mergulho.

o_que_fazer_em_porto_de_galinhas_muroalto

Praia do Muro Alto

Quer dicas gastronômicas? Recomendo dar uma olhada nas sugestões da minha xará, no Janelas Abertas.

Onde ficar em Porto de Galinhas: qual praia?

Caso você esteja sem carro ou queira ficar mais perto de onde tem mais estrutura de restaurantes e comércio, a dica é ficar na Vila de Porto mesmo, ali no centrinho tem várias opções para todos os bolsos e você consegue mais facilmente buggies, táxis e ônibus.

Outra opção é ficar num resort. Tenha em mente que os resorts ficam espalhados pela região, com acesso mais fácil para as praias próximas. Por exemplo, o Nannai ou o Summervile, na praia de Muro Alto. Ou o Prodigy e o Enotel na praia do Cupe. E o Serrambi Resort, em Serrambi. Uma coisa importante a se ter em mente na hora de escolher sua hospedagem é uma região que concentra a maior parte dos hotéis grandes é a Praia do Cupe. Entretanto, essa é uma praia que não dá muito para nadar, por conta do mar bravo. Se você valoriza mais a qualidade da praia do que a qualidade da hospedagem, fique atento antes de reservar.

Não gosta de resort? Que tal uma pousada? A minha praia favorita, Ponta de Maracaípe, tem algumas pousadas interessantes como a Pousada Xalés de Maracaípe e a Pousada Brisas. Claro, há opções em todas as praias, confira aqui.

o_que_fazer_em_porto_de_galinhas_enseadinha

Enseadinha

Por fim, uma opção boa é ficar num flat, apartamento ou vila, onde você terá mais espaço e disponibilidade de uma cozinha. E como há uma grande oferta, há uma variedade de valores: um preço médio de R$300 a diária no Sollarium Residence (casa para até quatro adultos e duas crianças), na Enseadinha. Um Flat no Nannai, para até cinco adultos, por R$ 500 a diária. Ou os Chalés Adria, na praia da Vila, por cerca de R$150 por noite.  Se não curtiu essas opções, veja aqui uma lista deles, espalhados entre as praias.

Arredores de Porto de Galinhas

O Cabo de Santo Agostinho e a Praia dos Carneiros (foto abaixo) são algumas das opções mais próximas de Porto de Galinhas e que rendem um bom passeio para quem está de carro – ambas ficam a mais ou menos uma hora de estrada.

Leia também: O que fazer na Praia dos Carneiros. Um guia de como chegar, onde comer, onde ficar!

Tem gente que também anima fazer bate-voltas para o interior de Pernambuco, como Caruaru, ou descer até Maragogi, em Alagoas. Tenha em mente que as distâncias fazem com que esses trajetos levem mais de duas horas. Eu não acho que é uma boa ideia e aconselharia a deixar essas outras praias para uma outra viagem.

praia de carneiros pernambuco

Recife e Olinda também são excelentes opções de passeio, com a facilidade de haver transporte público. Eu já escrevi dois posts sobre o que fazer no Recife e o que fazer em Olinda. Confere lá!


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um comentário sobre o texto “O que fazer em Porto de Galinhas: 8 dicas imperdíveis para sua viagem

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.