Tags:
Atlas: São Paulo, Brasil, São Paulo

O que fazer em São Paulo num final de semana

Lembro-me da primeira vez que visitei São Paulo, como turista, num final de semana de 2008. Desde então, já morei na cidade e hoje vivo indo e vindo quase todo mês. O engraçado é que desde que passei a ter essa relação mais fixa com Sampa, menos eu me foquei em seguir aquela listinha com dicas sobre o que fazer em São Paulo. #shameonme.

Por isso, quando recebi um convite do hotel Radisson Faria Lima para passar um final de semana turistando por SP, no final de fevereiro, topei na hora. Depois, no início de março, tivemos um Hangout bem legal com o pessoal do blog Jeguiando, que deu dicas sobre a cidade. Reunimos todas essas experiências neste post para contar para vocês tudo que tem para fazer em São Paulo.

Tours pela cidade

Já fizemos um post com dicas para um tour no centro de São Paulo. Entre as atrações estão o Mercadão, prédios históricos e muita cultura. Outra ideia legal é ver São Paulo do alto, fazendo a rota dos arranha-céus mais antigos da cidade. Imperdível para quem está no centro é fazer um tour pelo Liberdade, o bairro de colonização oriental, com luminárias nas ruas e várias lojinhas e restaurantes japoneses, chineses, coreanos, etc.

parque do povo são paulo

Quem vem no final de semana pode aproveitar a ciclofaixa: todos os domingos, de 7h às 16h, várias faixas de trânsito da cidade são fechadas para quem anda de bicicleta, incluindo as principais vias e as ruas que ligam os parques. É muito legal porque boa parte da população adere ao projeto e vai pedalar, além de ser um método seguro de passear em São Paulo. Eu experimentei o passeio saindo do Shopping JK Iguatemi (que também oferece aluguel de bicicletas – um pouco caro, por volta de 15 reais a hora, mas as bikes são bem novinhas) em direção ao parque do povo, que estava lotado de gente.

Ruas famosas

A Avenida Paulista é um dos cartões-postais de São Paulo. Durante a semana, lá você encontra executivos e pessoas apressadas. Nos finais de semana, várias tribos se encontram, tocam música, andam de skate ou simplesmente ficam batendo papo na Paulista. Imperdível por ali é o prédio da Fiesp, que tem um formato engraçado e volta e meia tem intervenções artísticas e iluminação especial. O prédio do Conjunto Nacional é famoso por suas lojas, em especial a da Livraria Cultura, que é enorme e uma ótima parada para quem curte livros. Para uma São Paulo mais alternativa, vá em direção à Rua Augusta e circule por lá: botecos, boates, restaurantes legais e gente descolada.

faria lima são paulo

Se você prefere uma São Paulo mais sofisticada, então vá para o outro lado, para os Jardins. É ali que fica a Oscar Freire, com suas vitrines chiques e lojas famosas. Já a grande Faria Lima é o novo endereço para negócios, com prédios modernos e envidraçados, construídos para abrigar gigantes como Google e Facebook.

Museus de São Paulo

São Paulo tem muitos museus, com vários temas diferentes. Como é humanamente impossível visitar todos num único final de semana, reuni os que conheço e acho muito legais – tem opções boas até para quem não gosta muito de museu. Para começar, o MASP fica na Paulista e é um prédio icônico da cidade. O acervo é gigantesco, com obras de grandes artistas brasileiros e estrangeiros. A Pinacoteca e o MAC também seguem essa lógica de prédios marcantes e acervos bem completos. Para quem prefere novidade e interatividade, vale conhecer o Museu da Língua Portuguesa, o Museu do Futebol (que é interessante até para quem não é fã do esporte) e o Museu da Imagem e do Som.

vista são paulo

Você pode também checar a lista completa de todos os museus em São Paulo e ver qual te interessa mais.

Parques e praças

Para quem espera encontrar uma selva de pedra, os parques em São Paulo vão na contramão dessa ideia. Nos finais de semana, ficam cheios de moradores, crianças, cachorros e, às vezes, eventos como feiras gastronômicas, de antiguidades e shows. Dependendo de onde você estiver hospedado, pode não ser muito fácil chegar nesses parques usando transporte público. Nesse caso, ir de bicicleta no domingo é uma ideia ainda melhor. Vale a pena conhecer o Parque do Ibirapuera, que além da área verde também tem prédios assinados pelo Oscar Niemeyer, como o Oca e o Auditório do Ibirapuera.

Ibirapuera são paulo

Outra atração é a feira de antiguidades da Praça Benedito Calixto, que acontece todos os sábados. Já nos domingos acontece a Feira do Bixiga (Praça Dom Orione), bairro de colonização italiana.

O que fazer em São Paulo: para sair à noite

A Vila Madalena tem bares e botecos para todos os gostos e bolsos. Se estiver por lá, dê um pulo no Beco do Batman, uma galeria de grafiti a céu aberto, entre as ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque. A Augusta, como já disse, é o reduto dos mais moderninhos e descolados. A Barra Funda também é um bom lugar para quem curte baladas, com uma boa variedade de boates de diferentes estilos, do country ao eletrônico. No Centro – Bela Vista e República – fica uma concentração de boates grandes e famosas, várias delas voltadas para o público GLS. Já os mais tradicionais (ou patricinhas e coxinhas) preferem as baladas da Zona Sul, em bairros como Vila Olímpia, Itaim e Moema.

Para fazer compras

Se você é do tipo que ama tranqueiras, a Rua 25 de Março, no Centro, é o seu lugar. Se você quer comprar roupas, pode ir para a Rua José Paulino, no Bom Retiro, ou circular pelas ruas do Brás. Algumas dessas lojas abastecem as boutiques da cidade, mas tem o preço mais em conta. As lojas da Oscar Freire, assim como os shoppings, vendem grandes marcas nacionais e internacionais. Os shoppings de São Paulo são bem parecidos com qualquer outro shopping do Brasil ou do mundo, então não tem muito segredo, mas muita variedade – ah, se você só quiser ver vitrines de grandes grifes internacionais, aí vale a pena ir ao Iguatemi ou ao JK Iguatemi.

Para produtos importados, em especial os vindos do oriente, visite as lojas do Liberdade.

Onde se hospedar

Na hora de escolher seu hotel, dê preferência aos que ficam próximos ao metrô ou em avenidas com corredores de ônibus. Uma dica interessante: nos finais de semana, vários hotéis bons, de 4 ou 5 estrelas, fazem tarifas especiais para atrair turistas, já que eles recebem hospedes de negócios durante a semana e ficam ociosos aos sábados e domingos.

Veja também: Onde ficar em São Paulo

tomie otake


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

13 comentários sobre o texto “O que fazer em São Paulo num final de semana

  1. Oi Luiza! Que vida emocionante!! Muito bom achar você e saber das várias opções que SP oferece para um fds. Vou passar meu desejo e aí veja se pode me ajudar. Comemorarei 50 anos de vida que foram dedicados a minha formação educacional e a família. Tenho 3 filhas: 11, 13 e 19 que quero, junto ao marido, apresentar S.P. Moro no interior de Minas.Idéia: chegada sexta de manhã, ficar sábado e retornar domingo as 20:00h de ônibus. Passear pela Paulista ir no MASP, conhecer as ruas famosas, almoçar bem, tipo Rua Augusta, ir em um museu interativo como citou do futebol (as 3 foram contagiados com futebol pelo pai e uma delas é jogadora). Adoro feirinha e já que falou no Bixiga com possibilidade de comer massa que é a nossa origem,italiana, seria fantástico. Passear no parque Ibirapuera tb seria legal!! E compras? Com esta família enorme para vestir, ir no Bras ou Bom Retiro tb gostaria. Acho que vai ficar dificil querer, inclusive comprar!!! Rsrsrs. Tudo até o anoitecer para evitar o perigo e para um descanso… E aí? Como não tenho noção de distâncias em São Paulo, gostaria que me ajudasse a fazer este tour, ficando em um hotel estratégico, com possibilidade de andar de metrô e conhecer o máximo possível. Aguardo seu retorno!! Muito grata!

  2. Olá! Gostei muito da síntese que vc fez de sampa. Tive a oportunidade de visitar essa cidade pra participar de um evento e gostei muito da cidade, super organizada e até que as pessoas de são amigáveis com os cariocas, não tive problemas kk. Me hospedei em um hostel em Vila Madalena e por sinal, muito bom, pertinho do metrô e próximo ao acesso para o Beco do Batman. Espero poder fazer um tour de um final de semana.

  3. a Liberdade é intransitável durante o domingo, e tb em festivais! Tente a sorte!
    Pedalar em algum parque paulistano requer extrema atenção, pois, sempre há um ladrão a espreita! A msm coisa em ir pros bares da V. Madalena, pois, é um dos lugares mais assaltados de SP!
    Infelizmente, c/ a nossa política de segurança, isso ainda é uma utopia!

    1. Oi Marcelo,
      Não entendi bem o que você acha que é uma utopia. Ir a bares? Pedalar? Bem, eu concordo que a segurança é um problema no Brasil (muito menos pela política e muito mais pela desigualdade social), mas não é por isso que o único passeio viável é ir ao shopping ou ficar em casa.

      Eu sempre vou a Vila Madalena, Liberdade e aos parques. Nunca fui assaltada e sempre me diverti.
      Acho que você deveria rever um pouco essa visão pessimista e sair para aproveitar mais a cidade

      bjs

  4. Ia falar do que o Igor comentou.

    Tenho uma outra correção, acho que a feira do bixiga é aos domingos e não sábados.

    Obrigado por todas as dicas.

  5. “A Augusta, como já disse, é o reduto dos mais moreninhos e descolados.”
    Acho que vocês quiseram dizer “moderninhos”, não? hahah

    To indo a SP pro lollapalooza, vou ficar na Paulista, curti muito as dicas, e vou seguir o roteiro de 1 dia no centro, já que meu tempo é bem curto! Valeu galera, adoro o blog, abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.