O que fazer na Ilha da Madeira: roteiro de cidades e passeios

A Ilha da Madeira está entre os locais mais lindos deste planeta, pelo menos na minha experiência de viagem. Nesse texto, você descobre o que fazer na Madeira, com um roteiro de quais cidades visitar na ilha e quais pontos turísticos e passeios são imperdíveis.

Você também encontra dicas sobre passagens para Ilha, quanto custa a viagem, qual a melhor época para visitar e quantos dias ficar na Madeira.

ponta sao lourenco ilha

Ponta de São Lourenço

Para começar, um pouquinho de história e geografia: a Madeira é uma região autônoma de Portugal cuja capital é Funchal. Trata-se de um arquipélago de ilhas vulcânicas, com duas ilhas habitadas: a Ilha da Madeira (que tem 740 km²) e Porto Santo (42km²).

Também há dois grupos de ilhas desabitadas, que são área de proteção ambiental: as Ilhas Desertas e as Ilhas Selvagens. Os portugueses chegaram lá em 1418.

Leia todos os nossos posts sobre a Ilha da Madeira

funchal o que fazer na ilha da madeira

Pôr do Sol em Funchal

Informações sobre Coronavírus para entrar na Madeira

A Região Autónoma da Madeira (RAM) conseguiu controlar bem a pandemia, com baixa taxa de infecções e controle de quem entra lá. Portanto, para visitar a ilha é necessário apresentar:

  • O Certificado de vacinação de pelo menos uma dose (Astrazeneca, Pfizer, Moderna, Jansen, Sinovac, Sputnik V e a Sinopharm) ou;
  • O comprovativo de recuperado emitido nos últimos 180 dias, ou;
  • O teste PCR com resultado negativo realizado 72 horas antes do embarque ou no aeroporto.
Confira todas as informações atualizadas no site oficial do Visit Madeira.

Passagens para a Ilha da Madeira

Hoje, a ilha é uma das regiões com melhor qualidade de vida em Portugal. Atrai muitos turistas das regiões mais ricas da Europa, por isso, várias companhias aéreas voam para lá: TAP, EasyJet, Transavia, Lufthansa, Azores Airlines.

Você consegue voar para Funchal diretamente, partindo de Lisboa ou do Porto, em Portugal.

Outras cidades europeias têm voos diretos para a Ilha na alta temporada, como Londres, Paris, Berlim e várias cidades alemãs. Lembre-se de verificar as restrições de voos na Europa devido à Covid-19, que variam bastante.

aeroporto funchal

O Aeroporto de Funchal

Quanto custa uma viagem para a Ilha da Madeira?

Mesmo sendo uma região relativamente mais cara do que as cidades do continente, um viajante econômico consegue  gastar uma média de 60 euros por dia na Ilha da Madeira (foi o quanto eu gastei, incluindo hostel, aluguel de carro dividido num grupo de 4 pessoas, alimentação e passeios gratuitos).

Já um turista numa viagem mais confortável, ficando num hotel 4 estrelas, comendo mais vezes em restaurantes e fazendo alguns passeios pagos, pode esperar gastar uma média de 80 euros por dia.

Se você vai alugar carro, não deixe de ver as nossas dicas: Como se locomover pela Ilha da Madeira

Além disso, se quiser economizar no aluguel de carro, nós recomendamos que faça a comparação na Rentcars, maior site do mercado, que compara os preços em dezenas de locadoras e está presente em mais de 60 países – assim você pode garantir valores abaixo dos oferecidos no balcão.

Quando visitar a Ilha da Madeira?

A Ilha da Madeira segue as estações do hemisfério norte, com o verão entre junho e setembro e o inverno entre dezembro e março. Os meses de julho e agosto são considerados alta temporada e podem ter preços mais altos e muito mais turistas.

Entretanto, por estar no oceano e perto da costa da África, a ilha, ao contrário dos Açores, tem um clima ameno o ano inteiro. Mesmo no inverno, a temperatura nunca fica abaixo dos 17ºC. E a água, por conta de uma corrente marítima, também sempre é mais quente – por volta de 20ºC.

A Festa de Ano-Novo lá é bem famosa, com um show de fogos que já até entrou para o Guinness. Outras festas que atraem muitos turistas são o Carnaval, a Festa das Flores e a Festa dos Vinhos. Confira o calendário certinho para cada ano no site oficial, o Visit Madeira.

Quantos dias ficar na Madeira?

Se você quiser visitar todas as cidades da lista abaixo, fazer alguma trilha/caminhada ou passeio de barco, o ideal para uma viagem sem correria seria de 5 dias na Ilha da Madeira.

No entanto, em 3 dias você consegue visitar Funchal e fazer passeios mais rápidos pela Ilha, dependendo da sua disponibilidade para correr de um ponto ao outro.

O que fazer na Ilha da Madeira: roteiro de cidades

Funchal, a capital da Ilha

Funchal Ilha da Madeira

A capital da ilha certamente rende um dia inteiro de viagem. Na verdade, se você tiver mais tempo, melhor. O centro histórico de Funchal é super charmoso, com vários restaurantes, bares legais e portas que foram transformadas em arte. Lá você também encontra igrejas, fortes e museus. A vista da beira-mar, ao pôr do sol, é linda.

Leia também: O que fazer em Funchal

Um teleférico faz um caminho de quase 3km até a Freguesia do Monte, que fica no alto de uma montanha. Lá você encontra o Jardim do Palácio do Monte, uma espécie de museu a céu aberto organizado pela Fundação Berardo.

A forma mais tradicional de descer ladeira abaixo é num carrinho de cesto, empurrado pelos tradicionais Carreiros do Monte. Também dá para pegar outro teleférico, cruzar uma floresta e chegar até o Jardim Botânico da Madeira. Outro ponto turístico interessante em Funchal é o Mercado Municipal, onde são vendidas frutas e peixes frescos.

Dica extra: Funchal é a melhor cidade para ficar hospedado na Ilha, devido à grande variedade de hotéis para todos os bolsos. Para viajantes econômicos, sugerimos o incrível Santa Maria Boutique Hostel – não se assuste com o nome hostel, uma vez que, além dos quartos compartilhados, oferecem suítes privativas com a qualidade de uma boa pousada estilo brasileira. Já para quem prefere conforto, uma sugestão é o Pestana Cassino Park, que foi desenhado por ninguém menos que Oscar Niemayer. Você pode ver mais dicas de acomodações: leia onde ficar na Ilha da Madeira – hotéis em Funchal e outras cidades

Porto Moniz e as piscinas naturais

porto moniz piscinasporto moniz o que fazer na ilha da madeira

Porto Moniz fica na costa oeste da ilha. O grande atrativo ali são as piscinas naturais de água salgada, formadas por rochas. Há um grupo de piscinas públicas, também conhecidas como Piscinas Naturais do Cachalote, que são infinitamente mais bonitas do que o grupo das privadas, apesar dessas oferecerem mais estrutura.

Saiba mais: Porto Moniz e arredores: como chegar e o que fazer

No trajeto entre Porto Muniz e Funchal ficam as grutas de São Vicente, que foram formadas a partir de erupções vulcânicas há 890 mil anos.

Recomendo planejar pelo menos uma manhã – ou tarde – inteira lá!

Ponta de São Lourenço: uma opção de trilha/ caminhada

A Ponta de São Lourenço é uma reserva natural que fica no ponto mais oriental da Ilha da Madeira. Dali é possível fazer uma caminhada de dificuldade fácil/média, com uma das vistas mais bonitas que eu já vi na minha vida inteira. Sério, poucos lugares no mundo têm um cenário tão perfeito:

ponta de sao lourenço o que fazer ilha da madeira

Saiba mais: Ponta de São Lourenço, a trilha mais bonita da Ilha da Madeira

A caminhada começa na Baia d’ Abra, que é o último ponto onde os carros chegam. Dali, são 4 km – cerca de 2h – até o Cais da Sardinha, uma espécie de centro turístico muito mequetrefe. No meio do caminho tem uma prainha de areia preta. E eu já falei da vista, né? Não custa repetir.

Veja aqui um passeio de um dia na Ponta de São Lourenço com snorkel, caiaque e passeio de barco.

Câmara de Lobos e Cabo Girão

camara de lobos vista por do solcabo girao

Essa é uma cidade bem pequena, pertinho de Funchal, de onde é possível ter algumas vistas incríveis, especialmente do pôr do sol. Em Câmara de Lobos fica o Miradouro do Salão Ideal, de onde se vê parte da costa íngreme da ilha e o seu encontro com o mar. Também é no município que fica o Cabo Girão, o cabo mais alto da Europa, que fica a 580 metros acima do mar, com uma plataforma de vidro para você ter uma vista vertiginosa.

Pico Ruivo e Pico do Areeiro

São os picos mais altos da Ilha da Madeira. É possível fazer uma caminhada (nível hard) entre eles. Ou subir até o alto. Ou ir de carro até o miradouro no topo. Ou ir até uma das montanhas para ver a vista.

Veja aqui uma caminhada com guia do Pico Arieiro ao Pico Ruivo.

balcoes ilha da madeira

Eu escolhi a última opção, por conta do tempo chuvoso e da neblina no dia do passeio. Assim, fiz uma caminhada muito curta e simples, de 1,5 km, pela levada da Serra do Faial, até a Vereda dos Balcões, um miradouro onde se tem uma vista panorâmica das montanhas da Ilha da Madeira. Como já disse, o tempo não colaborou com as minhas fotos, já que os picos ficaram escondidos pela neblina.

Levadas: os trilhos da Madeira

Se você leu quando eu contei que caminhei por uma levada e se perguntou o que diabos é isso, explico: levadas são canais de irrigação. Elas começaram a ser construídas no período da colonização da ilha, levando a água das montanhas para as fazendas. Hoje essas levadas se tornaram trilhas de caminhadas com níveis de dificuldade e tamanho de percursos variados.

Saiba mais: As trilhas e levadas da Ilha da Madeira

levada ilha da madeiralevada ribeiro frio ilha da madeira

Elas passam no meio de florestas, parques e cachoeiras. Recomendo muito que você faça pelo menos uma levada durante sua estadia na Madeira. Para escolher a mais apropriada para seu nível físico e também saber quais estarão abertas no período da sua visita, basta conferir os Percursos Pedonais Recomendados, no site da Visit Madeira.

Veja aqui uma caminhada com guia pela Levada no Vale do Rabaçal. 

O legal é que dá para baixar um PDF mostrando os pontos de início e fim do caminho e mais informações a respeito. É recomendável, nas levadas mais difíceis, ir com um guia.

Santana e as famosas casinhas da Madeira

santana o que fazer na ilha da madeira

Você vai ver muitos cartões-postais com casinhas típicas da Madeira, em formato de triângulo e com telhado de palha. Essas casas ficam em Santana, uma cidade que também abriga uma área que é Reserva Mundial da Biosfera, segundo a UNESCO. Afinal, os maiores picos da Ilha ficam na área do Concelho (sim, com c, o nome dos distritos portugueses) de Santana.

Porto Santo: a segunda ilha

Porto Santo é outra ilha do arquipélago. É ali que você encontra uma praia no estilo mais tradicional, com uma longa faixa de areia branca e mar azul turquesa. Claro, nessa ilha também há picos e levadas. O único defeito, na verdade, é que costuma sair bem caro ir da Ilha da Madeira a Porto Santo: 47 euros ida e volta. Isso na baixa temporada. Na alta os valores chegam a 65 euros.

Ilhas Desertas e Selvagens: passeio de barco

Há inúmeras opções de passeios de barco, principalmente saindo de Funchal. Esses passeios costumam incluir uma voltinha até as Ilhas Desertas e/ou uma pausa em alto mar para observar golfinhos e baleias (muitos passeios oferecem até reembolso se você não ver os animais) – ao redor do arquipélago existem 28 espécies diferentes de cetáceos. Um passeio desse custa a partir de 25 euros.

Degustação de Vinho da Madeira e outros passeios gastronômicos

O Vinho da Madeira é tão tradicional quanto o Vinho do Porto. Quando na Ilha, é possível visitar uma cave de Vinho da Madeira e degustar diferentes tipos. Além disso, a gastronomia da ilha é bastante rica. Não deixe de visitar o mercado municipal em Funchal, tomar uma poncha de maracujá, comer peixe fresco e o bolo do caco da madeira.

Veja na lista abaixo de passeios:

Prática de esportes

Além da caminhada, é possível praticar vários esportes na Ilha da Madeira, principalmente os relacionados com água. Mergulho, surf, stand up paddle, mountain biking, asa delta e parapente são algumas das atividades comuns disponíveis na ilha tanto para profissionais quanto para aprendizes.

 


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

77 comentários sobre o texto “O que fazer na Ilha da Madeira: roteiro de cidades e passeios

  1. Luiza, muito obrigada pelas dicas. Moro em São Paulo e estou começando a planejar um viagem a Portugal incluindo a Ilha da Madeira. Gostaria de sua dica para entender se é mais barato comprar as passagens ida e volta de Portugal e a parte numa low cost comprar para a Madeira ou se devo já comprar daqui do Brasil passagens com escala na Ilha. O que vc me sugere ? Muito obrigada

    1. Oi Catarina,

      O melhor que você pode fazer é pesquisar as duas opções. Eu tendo a acreditar que as passagens lowcost vão sair mais baratas, mas faça a cotação da passagem multidestinos de qualquer forma, pode ser que valha a pena. A TAP tem as vezes promoções boas.

  2. Gostei muitos deste texto. Quero conhecer a ilha da Madeira provavelmente em novembro. Vou sozinha. É tranquilo e fácil de conhecer Funchal e redondezas? Melhor ir num pacote?

  3. Ola Luiza adorei as dicas.
    Eu e meu marido vamos agora em junho a Portugal .A estadia vai ser longa 28 dias ,queremos dessa vez ir ao Algarve e estamos na dúvida se vamos aos Açores ou a Madeira.
    O que vc acha ?Ja somos um casal de sessentões e coisas muito radicais não nos anima por motivos óbvios.
    Ah ainda não achei nada sobre os Açores .
    Agradeço desde já qualquer dica.
    Rejane

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.