Tags:
Atlas: São Paulo, Brasil, São Paulo

Onde comer no bairro Liberdade, em São Paulo

Passear no Liberdade sempre foi um dos meus programas favoritos em São Paulo. As lamparinas orientais, as pessoas falando outras línguas, os jornais escritos em caracteres que me impedem de distinguir um artigo de um verbo. Toda a atmosfera faz eu me sentir como se estivesse do outro lado do mundo sem sair do Brasil.

Entre todas as coisas que podemos fazer por lá – compras, visitar o Jardim Japonês, o Museu Histórico da Imigração Japonesa, ir a um Karaokê – acho que comer é uma das mais legais. Com dezenas de restaurantes de comida japonesa, chinesa ou coreana, o visitante de primeira viagem pode até se perder na hora de escolher onde é que vai matar a fome. Aqui vão algumas dicas de restaurantes que eu fui e recomendo no bairro Liberdade.

Feirinha do Liberdade

Praça da Liberdade, aos domingos

Onde comer no Liberdade, em São Paulo

 

O melhor dia para visitar o bairro é, com certeza, no domingo. É nesse dia da que as ruas da Praça do Liberdade se enchem de pessoas que vão comer e comprar na feirinha. Okay, isso não é bem um restaurante, mas é uma alternativa boa e barata para quem quer provar a culinária oriental. Nas barraquinhas de comida é possível comprar sushi, yakisoba (por algum motivo, a barraca mais concorrida), doce de feijão, espetinhos de lula, camarão e outros sabores não tão exóticos. Também existem opções para quem não é muito chegado em peixe cru: uma das barracas vende fogazzas ótimas.

Onde comer no Liberdade São Paulo

Depois de encher a barriga, as barracas de artesanato também são boas alternativas para quem está a procura de souvenirs.Bairro Liberdade São Paulo

Bairro Liberdade São Paulo

Portal da Coreia

Rua da Glória, 729

Onde comer no Liberdade Portal da Coreia

Onde comer no Liberdade Portal da Coreia

Eu nunca tinha comido comida coreana até ir a esse restaurante e me apaixonar. Funciona mais ou menos assim: a entrada é servida em seis potinhos com broto de bambu, tofu, uma espécie de omelete com espinafre e outras comidinhas. O prato principal é uma carne. Você escolhe no cardápio e ela vem crua, com temperos e acompanhamentos. O garçom acende uma espécie de rechaud (um fogareiro de metal com uma panela), que fica acoplado na mesa, e você faz seu prato ali, na hora.

A melhor parte é que, depois de roliçar bastante, a conta vem e não assuta ninguém. Em uma mesa com sete pessoas, pagamos cerca de R$30 cada um.

Karê Ya Sushi Bar e Restaurante

Praça da Liberdade, 258

No primeiro piso funciona um sushi bar e um restaurante a la carte. O segundo piso é para quem quer se empanturrar: rodízio de comida japonesa no estilo coma-até-não-conseguir-mais. A especialidade da casa é um arroz ao curry e tonkatsu, ou traduzindo em bom português, costeletas de porco frita e empanada.

Onde comer no Liberdade São Paulo

Combinado de salmão

Jardim Meio Hectare

Tomás Gonzaga, 65

Um restaurante pequeno, não muito chamativo e onde quase todo o staff e os clientes falam uma língua oriental que eu, obviamente, não soube identificar. O lugar é modesto, mas a comida, chinesa, é boa, bem servida e não muito cara. O cardápio tem opções de carnes, massas, arroz chinês e outros. Sobremesa? Vá de Melona, picolé coreano vendido em qualquer esquina do Liberdade.

onde comer no liberdade são paulo

Os mercados locais vendem diversos produtos importados do Japão e da Coreia. As balas são uma delícia.Por falar nisso, veja nosso guia sobre todas as lojas do Liberdade.

Onde comer no Liberdade São Paulo

Se você der sorte, também pode assistir diversas apresentações relacionadas à cultura oriental no Liberdade. Dizem que visitar o bairro em tempos de Ano-Novo chinês vale a pena!

Bairro Liberdade São Paulo


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

20 comentários sobre o texto “Onde comer no bairro Liberdade, em São Paulo

  1. Gente por favor aquelas barraquinhas na praça não tem mais, fui sexta-feira e não tinha nenhuma pra contar estoria.. Alguem sabe o dia da semana que estão lá??? obrigado

  2. Na Feirinha, tb tem uma codorna assada DIVINA.
    E gosto de comprar, nesses mercados orientais, um suco em lata de uva verde, que vem com pedacinhos da própria uva! Morri de amor. Esse final de semana vou passar lá. 🙂

  3. Caramba ver um show de artes orientais feito pelos mesmos ou descendentes dele deve ser de outro mundo, ainda mais quando tiver o ano novo chines, como a Naty destacou. Incluindo Bairro Liberdade na minha visita a Sampa.

  4. Preciso incluir o Bairro Liberdade na minha lista de lugares pra se visitar em São Paulo, pois amei a ideia da Feirinha…adorei o post!

  5. Outro lugar ótimo pra ir é o Pastel Yoka. Na Rua dos Estudantes, ladeirinha ali do lado da Praça, é uma pastelaria divina. Chegando lá peça o pastel japonês ou a esfiha de berinjela, parece esquisito, mas são muito bons.

    1. Ei Laís! Obrigada por comentar! Já ouvi falar desse Pastel Yoka, mas ainda não provei! Vou anotar sua dica e na próxima vez que eu for passear por lá vou tentar.
      Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.