Tags:
Atlas: Lisboa, Portugal

Onde ficar em Lisboa: 7 melhores bairros para se hospedar

Quer saber onde ficar em Lisboa? A capital de Portugal é atualmente uma das cidades mais populares da Europa e descobrir o melhor bairro para se hospedar é uma tarefa um pouco complexa. Mas não precisa procurar mais: nesse post, vamos te explicar melhor os bairros da cidade com a melhor localização – são dicas de quem vai para lá no mínimo duas vezes ao ano! E as nossas sugestões de hotéis são para todos tipos de viajante: desde quem quer hospedagem barata em Lisboa até quem faz questão de bastante conforto.


Vai viajar para Lisboa? Confira nossas várias dicas sobre a cidade:
O que fazer em Lisboa: roteiro de 3 dias
7 ideias de bate-volta a partir de Lisboa
Como ir de Lisboa para Porto: o mais rápido, o mais barato e outras dicas
Como ir do aeroporto de Lisboa para o centro

Dica importante: O Seguro de Viagem é obrigatório em Portugal e importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e com cupom de desconto.

Onde ficar em Lisboa: bairro a bairro

Uma coisa que confunde um pouco das pessoas é que o nome oficial do bairro (chamado em Portugal de freguesia), na maioria das vezes, não condiz com o nome popular que as pessoas conhecem a região. Ou seja, os bairros históricos, como Bairro Alto, Alfama, Chiado e Rossio não correspondem ao nome administrativo, como Misericórdia e Santa Maria Maior. Esses dois últimos, por exemplo, são os nomes oficiais dos bairros mais centrais e bem localizados de Lisboa! A região de Arroios também gera muitas dúvidas, mas iremos explicá-la num tópico ali embaixo.

Vamos seguir os nomes históricos, e indicar, quando couber, os nomes oficiais, para você ter a certeza que vai encontrar o melhor lugar para ficar em Lisboa.

Centro de Lisboa, o melhor lugar se hospedar

Onde ficar em Lisboa - Centro

O centro de Lisboa é de longe a melhor opção de hospedagem em termos de localização próxima às atrações. Também, a região com maior número de hotéis da capital portuguesa. O lugar recebe milhares de turistas com os mais variados orçamentos, que buscam ficar bem no meio do burburinho da cidade. Claro, que isso também se traduz em preços mais altos do que de outras regiões.

Encontre hospedagem no centro de Lisboa

O centro está dividido em várias regiões: Rossio, Chiado, Bairro Alto, Alfama. Listamos e explicamos melhor sobre eles abaixo:

  • Baixa/Chiado e Rossio

Na Baixa/Chiado você encontra vários cartões postais de Lisboa, com o Terreiro do Paço, a Rua Augusta, Elevador de Santa Justa. Na parte da Baixa, é uma região essencialmente comercial, muito movimentada durante o dia e um pouco mais tranquila a noite. O Bairro do Rossio faz parte dessa área, onde fica a praça de mesmo nome.

Centro de Lisboa: Baixa, Chiado e Rossio

Praça do Rossio. Foto: Sean Pavone / Shutterstock.com

Já na parte mais alta, o Chiado, nos arredores da Praça Luis de Camões, é puro burburinho a noite inteira. Toda essa região é basicamente o Centro de Lisboa, também conhecida como freguesia de Santa Maria Maior, é extremamente turística e você encontra muitas ofertas de hospedagem para diferentes perfis de viajantes. Mas claro que é lá que os preços sobem primeiro: é o centro que todos os turistas buscam ficar em Lisboa!

Mochileiro: Yes Lisbon Hostel, nota 9.4, diárias a partir de 18 euros para o dormitório (testado pela nossa equipe)
Econômico: Poets Privates, nota 8,5, diárias a partir de 40 euros
Confortável: Browns Downtown Hotel, nota 9, 3 estrelas, diárias a partir de 100 euros (testado pela nossa equipe)
Luxuoso: Pousada de Lisboa – Small Luxury Hotels Of The World, nota 9.1, 5 estrelas – localização num dos prédios da Praça do Comércio. Diárias a partir 260 euros.

Veja todas as opções de hospedagem na Baixa: Chiado e Rossio

  • Bairro Alto

Onde ficar em Lisboa: Bairro Alto

Foto: Martin Lehmann / Shutterstock.com

Com ruas estreitas de pedra, casas e prédios históricos, vida noturna agitada, restaurantes típicos e comércio local, essa região é um dos melhores lugares para sentir a Lisboa boêmia, repleta de casas de fado, museus, cafés e teatros. O Bairro Alto, como nome diz, é a parte alta da cidade, vizinha do Chiado cuja divisão começa na Praça Luís de Camões. O Bairro Alto é muito agitado e com barulho de vida noturna, o que pode ser uma benção ou um pesadelo, dependendo do seu perfil.

Essa região é conhecida oficialmente como freguesia de Misericórdia (que também engloba a região do Cais de Sodré, que tem uma vida noturna animadas, mas não considero uma boa região de hospedagem, por ser um pouco perigoso).

Mochileiros e Econômico: Grapes & Bites – Hostel and Wines – nota 8.8, diárias a partir de 14 euros dormitório, 46 quarto privado (testado pela nossa equipe).
Confortável: Teatro Boutique B&B – nota 9, diárias a partir de 90 euros
Luxuoso: Bairro Alto Hotel, 5 estrelas, nota 9.3, diárias a partir de 350 euros

Encontre hotéis em Bairro Alto 

  • Alfama e Castelo

Rua em Alfama, bairro tradicional de Lisboa

Foto: Neirfy / shutterstock.com

O Alfama é repleto de história e tradição. As ruelas labirínticas e becos charmosos, as escadinhas, as casas populares, janelas e sacadas com roupas secando no varal. Tem um ar de cidade do interior, onde o tempo não existe e todas as tradições ainda são vivas e fazem parte da vida das pessoas. É comum que tenha feiras e festas populares pelas ruas desse bairro. No Alfama estão algumas das mais tradicionais casas de Fado de Lisboa. Se você tiver sorte, vai ouvir até mesmo pessoas entoando o ritmo no meio das ruas. O bairro também é a casa do Mirante Santa Luzia, um dos mais famosos da cidade, da Catedral da Sé e do Castelo de São Jorge.

O defeito desse bairro é que tem muitas ladeiras e ruas estreitas, e a circulação de veículos é limitada! Dessa forma, quem tem dificuldades de locomoção ou preguiça de caminhar, deve evitar ficar por ali. Além disso, há uma oferta muito maior de apartamentos para alugar do que hotéis.

Ah, fica a dica: essa região também é parte da freguesia de Santa Maria Maior.

Encontre hotéis em Alfama

Mochileiro e Econômico: City Guesthouse Alfama, nota 8.5, diária a partir de 20 euros dormitório e 80 quarto privado
Confortável: Casa da Maria Alfama, nota 8,9, estúdio para duas pessoas com diárias a partir de 80 euros.
Luxuoso: Solar do Castelo – Lisbon Heritage Collection, nota 9,1 – prédio histórico, dentro das muralhas do castelo de São Jorge! -, diárias a partir de 200 euros

Onde se hospedar em Lisboa: melhores bairros fora do centro

É importante dizer que escolher seu hotel fora do centro de Lisboa não significa que estará mal localizado ou longe das atrações. Alguns bairros dos bairros listados abaixo são próximos o suficiente para uma caminhada até os pontos turísticos e outros tem boas conexões de metrô, que te levam facilmente para atrações, aeroporto e estações de trem.

  • Avenida Liberdade / Marquês de Pombal

A Avenida Liberdade se estende desde a região do Rossio até a Praça Marques de Pombal. Estamos falando da região rica de Lisboa. Mas não se assuste tanto com as lojas luxuosas: nessa região, encontramos sim hotéis 5 estrelas excelentes, mas também há opções bastante em conta, principalmente na parte mais alta da Avenida.

Essa região é conhecida como freguesia de Santo Antônio. Veja todas as opções de acomodação por lá!

Mochileiro: Lisboa Central Hostel, nota 9,3 diárias a partir de 14 euros
Econômico: Pousada GoodTime Marquês, nota 8,6, diárias a partir de 50 euros
Confortável: TURIM Av. Liberdade, com nota 8,1, 4 estrelas, diárias a partir de 110 euros (testado pela nossa equipe)
Luxuoso: Inspira Santa Marta Hotel e Spa, nota 9, 4 estrelas, diárias a partir de 132 (testado pela nossa equipe)

  • Arroios (Saldanha, Mouraria, Anjos, Intendente)

Arroios é o nome de uma freguesia enorme, com muitas opções de hospedagem, o que leva muita gente a se perguntar se o bairro Arroios é bom? A resposta é sim, Arroios é uma boa localização em Lisboa, mas também pode ser bem confusa para escolher um hotel, porque essa área é enorme, que vai do bairro da Mouraria no centro até a região mais ao norte, de Saldanha, que é opção excelente para quem quer ficar perto do aeroporto. Então, a melhor referência é pensar sua acomodação em termos de estações de metrô:

– Fique perto das estações de Martins Moniz, Intendente ou Anjos se quiser ficar mais perto do centro. Essa é uma área que hoje é “cool”, mas que costumava ser pobre e tem passado por um processo de revitalização/gentrificação. Ali é uma espécie de caldeirão cultural com imigrantes do mundo inteiro, cafés, restaurantes e lojinhas descoladas.

– Já perto de Saldanha, Alameda ou Picoas você estará numa área bastante modernizada, uma área onde os locais normalmente trabalham e vivem suas vidas. Por ali, inclusive, há boas opções de hotéis de grandes redes. E fica muito convenientemente bem localizada entre o centro e o aeroporto (cerca de 15 minutos de metrô para cada lado).

Veja todas as opções de acomodação em Arroios

Mochileiro: Be Lisbon Hostel Estefânia, nota 9.1, diárias a partir de 14 euros (testado pela nossa equipe)
Econômico: Lisbon Style, nota 8.3, próximo ao metrô, ônibus e bondinho. Diárias a partir de 47 euros (testado pela nossa equipe)
Confortável: 1908 Lisboa Hotel, nota 9.2, 4 estrelas – fica num prédio histórico renovado -, diárias a partir de 145 euros
Luxuoso: The One Palácio da Anunciada, nota 8.9, 5 estrelas – fica num palácio histórico -, diárias a partir de 160 euros.

  • Belém

Padrão dos Descobrimentos no Bairro de Belem em Lisboa

Foto: Andre Goncalves / shutterstock.com

É em Belem que ficam algumas das maiores atrações de Lisboa, como a Torre de Belém ou o Mosteiro dos Jerônimos. O bairro é lindíssimo e muito tranquilo. Apesar disso, pense duas vezes antes de pegar uma hospedagem por lá, pois você vai ficar isolado das atrações do centro. Só recomendo para quem já conhece Lisboa e planeja uma viagem mais relaxada, sem perambulação por pontos turísticos ou noites de balada.

Encontre hotéis em Belém

  • Parque da Nações

Vista dos hotéis no Parque das Nações em Lisboa

Foto: Tamas Gabo / shutterstock.com

Outra região afastada do centro, o Parque das Nações é repleto de áreas verdes e construções mais modernas. Muitos hotéis de rede ficam por ali. É uma boa opção para quem quer acesso rápido ao aeroporto, com a Estação Oriente, ou quem vai a negócios. A região é agradável e também possui boas opções de cafés, restaurantes e bares abertos até de madrugada.

Encontre hotéis no Parque das Nações

Onde ficar em Lisboa: outras regiões

Existem bairros que não estão citados nesse post mas que são boas opções de hospedagem em Lisboa também. Por exemplo, Príncipe Real, Estrela, Benfica e Campo de Ourique são bons bairros na cidade!

Veja algumas ofertas de hospedagem com desconto em Lisboa, Portugal:


Booking.com

Ao fazer sua reserva a partir dos links listados neste post, o blog ganha uma pequena comissão. Essa é uma forma de ajudar o 360meridianos, mas você não paga nada a mais por isso. Para mais detalhes, veja as políticas do blog.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

73 comentários sobre o texto “Onde ficar em Lisboa: 7 melhores bairros para se hospedar

  1. Olá, Natália,
    Arroios é um bairro legal para uma visita mais prolongada a Lisboa para uma família com uma criança de 9 anos? Principalmente acesso aos pontos turísticos, segurança e limpeza pública? Obrigado e parabéns pelo seu trabalho,

  2. Ola Natália,
    a hospedagem em Lisboa já não está assim tão barata, porque a procura de turistas explodiu desde 2014. Mas ainda tem muita opção – e a maior parte delas continua mais acessível do que muitas capitais europeias. A sua escolha de lugares continua certeira.

    1. REalmente, houve um grande aumento de preços por lá, mas ainda acho uma relação custo/benefício melhor do que no resto da Europa Ocidental… Obrigada por comentar! 🙂

      Abraços

  3. Olá Natália, estou amando seu blog.
    Viajo para Portugal por 3 dias e ficarei em Lisboa com minha avó que tem 86 anos e está super bem de saúde e gostaria de levá-la para Fátima e Nazaré. O que vc sugere? Pensei em alugar um carro no aeroporto e ir direto até Fátima e Nazaré, dormir em Nazaré e retornar para Lisboa. Estou em dúvida sobre fazermos um tour para estas cidades do interior com uma agência, bate-volta. Vc recomenda alguma? O que acha mais tranquilo?

    obrigada, abraços!

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.