fbpx
Tags:
Atlas: Nova York, Estados Unidos

Onde ficar em Nova York: dicas de hotéis e bairros

Escolher onde ficar em Nova York pode ser um desafio. Essa é uma cidade tão imensa e com tantos lugares e bairros legais que há muitas opções de hospedagem que podem tornar sua viagem inesquecível.

Williamsburg, Central Park, Times Square, Chelsea… cada região tem seu charme e atrativos. Para ajudar a resolver essa questão, preparamos esse guia de onde ficar em Nova York, com dicas de hotéis e as vantagens bairro a bairro.

No fim do texto, também damos dicas para quem quer economizar na hospedagem em Nova York e também de alguns hotéis em Nova York para brasileiros que não falam inglês! Não perca!

Está planejando uma viagem para Nova York? Então confira:
O que fazer em Nova York
Onde comer em Nova York
Quanto custa viajar para Nova York

Os melhores bairros para onde ficar em Nova York

Antes de mais nada, bora entender a geografia da Big Apple? São cinco boroughs, ou distritos: Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island.

Todos são ilhas, com a exceção do Bronx, e todos eles são divididos em bairros menores, como o Upper West Side, em Manhattan, e o Williamsburg, no Brooklyn.

O melhor lugar para ficar em Nova York, claro, é a famosa Manhattan. Ali você vai estar mais perto de todos os pontos turísticos, mas os preços lá costumam ser os mais altos da cidade.

A boa notícia é que tudo é muito bem servido de metrô, que funciona 24h, então mesmo se hospedando em um lugar menos central, é fácil se locomover por Nova York.

Nós temos um post completinho explicando como usar o metrô de Nova York.

Melhores bairros para se hospedar em Manhattan

  • Upper West Side
  • Lower Manhattan
  • Midtown

Melhores bairros para se hospedar no Brooklyn

  • Williamsburg
  • DUMBO
  • Park Slope

Hospedagem no Queens e nos outros distritos

O Queens não é uma opção comum de hospedagem, mas é muito conveniente ficar por ali se você precisar estar perto dos aeroportos. Alguns bairros do distrito também tem se despontado como uma opção barata e descolada nos últimos anos.

Os outros bairros de Nova York acabam ficando muito fora de mão para aproveitar a cidade.

Guia bairro a bairro de onde ficar em Nova York

Veja agora as principais características de cada distrito e dos melhores bairros onde ficar em Nova York, além de dicas de hotéis em Manhattan, Brooklyn e Queens.

Hotéis em Manhattan

A ilha mais famosa dos Estados Unidos é dividida por bairros. Downtown é o que fica mais ao sul, Midtown no centro, Uptown no norte.

Essa divisão também é feita entre leste (East Side) e oeste (West Side). Daí os nomes extremamente literais, como Upper East Side.

Bem no norte da ilha, no East Side, a partir da rua 96, fica o Harlem.

1. Upper East Side

Vista do Upper East Side, um dos bairros mais concorridos para ficar em Nova York

Uma das regiões mais famosas da cidade, é ali também que ficam alguns dos principais pontos turísticos, como o MET e a Biblioteca Nacional.

Essa é uma área extremamente nobre e por isso é um dos lugares mais caros onde ficar em Nova York. Por também ser a região mais concorrida, as acomodações ali tendem a esgotar mais cedo.

Por isso, planeje-se com antecedência se você faz questão de ficar por lá.

Hospedagem no Upper East Side

Custo-benefício

  • Upper East Suites: A partir de U$ 200. Estúdios simples com um preço excelente para a região. O preço indicado aqui é para três pessoas, mas há acomodações para até 8 hóspedes.

Encontre mais opções no Upper East Side

2. Upper West Side

Rua com prédios típicos de Nova York no Upper West Side

Do outro lado do Central Park (abaixo da 110th St. e acima da 57th St.), na parte oeste da cidade, o Upper West Side é a região onde você vai encontrar algumas das opções mais baratas de Manhattan.

Foi onde me hospedei quando passei uma semana na cidade, no HI NYC Hostel. Atualmente, a diária lá sai por cerca de U$ 70.

Essa é uma região sem pontos turísticos, fortemente residencial, onde moram muitas famílias de classe média e que conta com um bom acesso ao metrô.

Se você é do tipo que gosta de andar até as atrações turísticas ou quer ficar perto da vida noturna agitada, esse não é o bairro para você. No entanto, ela pode te dar a sensação de ser morador da cidade por um tempo, o que também é uma experiência interessante.

Hospedagem no Upper West Side

Econômica

  • HI NYC Hostel: A partir de U$ 70. Da rede Hostelling International, além de instalações confortáveis oferece também inúmeras atividades para os hóspedes, como pub craws, festas e eventos diversos.
  • West Side YMCA: A partir de U$ 65. A 50 metros do Central Park, é um hostel simples com preços baixos, ideal para quem vai só passar a noite. Há opções de quartos individuais.

Custo-benefício

  • Hotel Newton: A partir de U$ 170. Boa localização, ao lado da estação de metrô. Os quartos são simples e contam microondas e frigobar.
  • Arthouse Hotel: A partir de U$ 280. Hotel centenário com decoração inspirada nos bares secretos e nas casas noturnas do Harlem. Há dois restaurantes na propriedade.

Conforto

  • The Wallace Hotel: A partir de U$ 530. Hotel cinco estrela novo e elegante. É um dos mais bem avaliados na região.
  • Hotel Beacon: A partir de U$ 710. Tem opções de quartos simples e suítes com cozinha e sala de estar.

Vejas opções de hotéis no Upper West Side

3. Lower Manhattan

Rua de Lower Manhattan, um ótimo lugar para ficar em Nova York

Em Lower Manhatam ficam alguns dos bairros mais charmosos dessa ilha, como Soho, Greenwich Village, Tribeca e Nolita. São bairros que dá vontade de andar pelas ruas só para admirar a vida dos nova-iorquinos.

E olha: não são necessariamente caros. Dependendo da época, você consegue achar ali boas pechinchas. Essa também é a melhor região para sair à noite.

Outros bairros que você encontra na região de Downtown são o Financial District, onde fica a Wall Street, e o Marco Zero – o lugar onde estavam as Torres Gêmeas.

E tem ainda o Chinatown, que não é uma região tão simpática e bela como seus arredores, mas pode ser uma opção barata. Ao dela fica a charmosa Little Italy.

Hospedagem em Lower Manhattan

Econômica

  • The Gatsby Hotel: A partir de U$ 80. Local super simples, porém com um bom custo-benefício para a região.

Custo-benefício

  • CitizenM New York Bowery: A partir de U$ 260. Decoração incrível, localização excelente e atendimento de primeira.
  • Arlo Soho: A partir de U$ 300. Localizado próximo aos bairros SoHo, Tribeca e West Village, é um lindo hotel com decoração moderna e despojada.

Conforto

Veja opções de hotéis em Lower Manhattan

4. Midtown

O Highline, em midtown, é um bom lugar onde ficar em NY

Midtown é uma área bem grande. É lá que fica por exemplo, a famosa Times Square, praça com suas lojas e letreiros de neon, no cruzamento das Avenidas Broadway com a 7th Ave.

É uma região ultra mega turística. Se você estiver procurando uma Nova York menos mainstream, talvez esse não seja seu canto, mas ali ficam vários hotéis.

Se a Broadway e a Times Square ficam no West Side, o outro lado, Midtown East é uma opção menos badalada, menos cheia de turistas, mas ainda assim próxima de tudo. Ali estão muitas lojas, para quem é de comprar, e o MoMa, para quem é de museu.

Chelsea e Garment District também são opções interessantes. O Empire State Building fica mais ou menos por ali, assim como lojas grandes, como a Macy’s e Victoria’s Secret. O Chelsea também tem fama de noite boa, principalmente entre os gays.

Hospedagem em Midtown

Econômica

  • Carlton Arms Hotel: A partir de U$ 90. Hotel muito bem localizado, com quartos simples, mas confortáveis e perfeitos para uma hospedagem curta.

Custo-benefício

  • Arlo Mid Town: A partir de U$ 260. Hotel moderno e estiloso, com quartos confortáveis. Oferece bicicletas para uso gratuito aos hóspedes.
  • Pod39: A partir de U$ 160. Ótimo serviço e atendimento para uma hospedagem funcional.

Conforto

  • MADE Hotel: A partir de U$ 379. Instalações excelentes. Conta com um ótimo bar de drinks e um coffee shop.

Veja opções de hospedagem em Midtown

Hotéis no Brooklyn

Promenade no Brooklyn. O bairro ainda é um bom lugar para encontrar hospedagem barata em Nova York.

O bairro que já foi sinônimo de criminalidade não merece mais a fama de antigamente. Hoje muitos jovens e casais se mudam para o Brooklyn, atraídos por aluguéis mais em conta do que em Manhattan.

Williansburg é a parte mais famosa do bairro e provavelmente a melhor opção, porque é uma região super movimentada, com vários restaurantes e bares, vida diurna e noturna animada.

Outro canto legal que vale a visita – e quem sabe, a hospedagem – é a região Dumbo (Down Under the Manhattan Bridge Overpass), ou seja, o entre as pontes Manhattan e a Brooklyn.

Lojas conceito, de design, restaurantes badalados, moradores hipsters. Esse é o Dumbo. Por fim, Park Slope é um dos bairros mais bonitos, com prédios de arquitetura antiga. E, o melhor, tem várias opções de hospedagem para ficar em Nova York.

Hospedagem no Brooklyn: Williansburg, Dumbo e Park Slope

Econômica

  • NY Moore Hostel: A partir de U$ 60. Lugar descolado, com decoração inspirada em arte de rua e próximo ao metrô.

Custo-benefício

  • The Box House Hotel: A partir de U$ 220. Lindo hotel construído nas instalações de uma antiga fábrica, com suítes decoradas com obras de arte originais.
  • 42 hotel: A partir de U$ 260. Boa localização para quem quer curtir a vida noturna do Brooklyn.

Conforto

 Veja opções de hospedagem no Brooklyn

Hotéis no Queens

Acredito que pouca gente pense no Queens como opção de hospedagem, mas está na hora de rever seus conceitos. Os dois principais aeroportos de Nova York ficam lá. Por isso, essa é uma ótima opção de onde ficar em Nova York quando você faz uma conexão longa ou em horários ruins.

Mas como o distrito é enorme, você não precisa ficar nos hotéis perto do aeroporto.

A região de Long Island City e Astoria está despontando como uma excelente opção de hospedagem, com bons hotéis (e mais baratos), além de lojas de grandes marcas. Lá você também vai encontrar bons restaurantes e bares.

Hospedagem no Queens, próximas aos aeroportos de Nova York

  • Hilton Garden Inn JFK: A partir de U$ 150. Fica a 5 km do JFK e oferece serviço de transfer 24 horas gratuito de ida e volta do aeroporto.
  • Hyatt Regency JFK: A partir de U$ 300. Também a 5 km do JFK, oferece várias comodidades, como restaurante, bar e cassino.
  • Hyatt Place LGA: A partir de U$ 370. Próximo ao aeroporto de LaGuardia, conta com restaurante 24 horas.

Veja opções de hospedagem no Queens

Hotel em Nova York para brasileiros

Se você não domina muito bem o inglês, pode querer ficar em um hotel em Nova York onde os membros do staff saiba se comunicar com você. Eu entendo que a barreira da língua pode gerar ansiedade, ainda mais se você não está acostumado com viagens internacionais.

Além da cidade ser cheia de brasileiros e de pessoas que falam espanhol que podem te ajudar na hora do aperto, também é possível encontrar diversos hotéis em que os membros do staff falam português em Nova York.

Nós listamos alguns deles abaixo para que você possa embarcar com a tranquilidade de saber que alguém vai te entender na chegada. E não se esqueça, qualquer problema, coloque um sorriso do rosto e recorra à mímica!

Onde ficar em Nova York barato

O problema é que lá até os hostels têm um precinho pouco camarada na alta temporada. Mas não desista, afinal, desistir de NYC é quase um pecado. Até porque, numa cidade tão grande, são muitos bairros e muitas opções para explorar.

A principal dica para economizar na hospedagem em Nova York é tentar fugir de Manhattan, procurando por hospedagem no Brooklyn ou no Queens.

Mas mesmo na ilha é possível encontrar hostels por a partir de U$ 50 o quarto compartilhado. Nós já listamos algumas no post, mas há muitos outras opções. Veja outras recomendações de lugares baratos para ficar em Nova York logo ali embaixo!

Além dos bairros citados no post, também vale a pena considerar se hospedar em Nova Jersey, a cidade vizinha de Nova York, que fica em outro estado, mas está pertinho – basta cruzar o Rio Hudson. Tem um trem direto que faz isso em 15 minutos.

Nesse caso, é melhor procurar hotéis próximo ao rio e às estações de trem. Caso contrário você pode demorar muito tempo para chegar em Nova York.

Hospedando-se em Nova Jersey, as diárias de hotéis tendem a ficar 50% mais baratas. Fora que os hotéis ficam melhores (e, se você procurar bem, pode achar uma opção com uma baita vista de Nova York). Saiba como é se hospedar em Nova Jersey aqui.

Vista de Nova York a partir de Nova Jersey

Vista de Nova York a partir de Nova Jersey. Uma opção onde ficar mais barato em Nova York.

Hotéis baratos em Nova York

  • The Blakely: Fique no coração de Manhattan por apenas U$ 160 para o casal.
  • Nap York Central Park Sleep Station: Quarto estilo cápsula próximo ao Central Park por apenas U$ 89 por pessoa.
  • Leo House: No Chelsea, a poucos metros do metrô, excelente custo-benefício por a partir de U$ 140 para o casal.

Encontre hospedagem barata em Nova York

Airbnb em Nova York: é permitido?

Embora siga funcionando normalmente na cidade, o Airbnb em Nova York conta com algumas restrições judiciais. É proibido alugar apartamentos residenciais por períodos inferiores a 30 dias em todo o estado. O anfitrião está sujeito a multas.

No entanto, ainda é possível alugar um quarto privado em um apartamento no qual o anfitrião more.

É óbvio que você ainda encontrará apartamentos no site, mas saiba que, se optar por ficar em um por um período inferior a 30 dias, estará fazendo algo ilegal e provavelmente terá que se comportar de forma discreta. Por isso mesmo, é cada vez mais difícil encontra um bom Airbnb em Nova York nesse esquema.

Se você preferir se hospedar em apartamentos em sua viagem, há algumas empresas imobiliárias e apart-hotéis que oferecem esse serviço de forma legal listadas no Booking.com. Veja algumas opções abaixo:

O que é a taxa de resort dos hotéis de Nova York

Aqui vai uma pegadinha: grande parte dos hotéis em Nova York cobram uma taxa de resort, um valor extra pelo serviço que não está incluído na diária e supostamente é usada para cobrir a limpeza dos quartos e áreas comuns, piscina, academia e outras amenidades.

Mas não se engane, mesmo os hotéis mais baratos e simples podem solicitar essa taxa. Por isso, mais que verificar o valor da diária, verifique se o seu hotel cobra essa taxa para ter certeza de que você está escolhendo o melhor custo-benefício.

Essa taxa não se refere ao imposto padrão de 14% sobre a hotelaria em Nova York, que também é cobrado a parte (como tudo nos Estados Unidos), e pode também ser chamada de facility fee. Ao contrário do imposto obrigatório, não existe um padrão ou limite máximo para a resort fee.

Dicas para planejar sua viagem aos Estados Unidos

Ainda está no começo do planejamento da sua viagem pelos Estados Unidos? Então não pule etapas. Antes de mais nada você precisa de um visto americano.

Em seguida é preciso montar um roteiro (NYC é incrível, mas os Estados Unidos vão muito além de sua mais icônica cidade). Miami costuma ser a primeira opção de muita gente, mas Washington, Nova Orleans, São Francisco, Los Angeles e Las Vegas, só para citar algumas cidades, também merecem entrar no roteiro.

Por fim, não se esqueça que os EUA estão repletos de grandes cidades, mas também são um dos melhores países para o turismo de natureza no mundo – são vários parques nacionais e lugares incríveis, do Yellowstone ao Grand Canyon; do Monument Valley ao Alasca. Saiba como planejar sua viagem ao Estados Unidos aqui.

Quantos dias ficar em Nova York

Como uma cidade intensa, gigante e cheia de atrações turísticas, culturais e gastronômicas para ver, você pode passar o tempo que quiser em Nova York sem se cansar.

No entanto, isso infelizmente nem sempre é possível. Dessa forma, reserve ao menos 4 dias na cidade para ver as principais atrações e entre uma semana e 10 dias se quiser curtir tudo com mais calma.

A melhor época para viajar para Nova York

A melhor época para viajar para Nova York é entre maio e junho e entre setembro e outubro, quando as temperaturas são mais amenas.

O verão é quente, mas a cidade também fica mais agitada, cheia de programação cultural. No inverno, muitas atrações ao ar livre ficam fechadas e, além do frio, você pode enfrentar um tempo bastante chuvoso.

Seguros de Viagem para os Estados Unidos

Os Estados Unidos são conhecidos por seu alto custo hospitalar. Por isso, jamais viaje sem um seguro de saúde internacional, ou você pode se arrepender depois.

Além de te proteger contra doenças e acidentes, o seguro também cobre inconvenientes como cancelamento da viagem ou extravio de bagagem.

Leitores do 360 tem desconto para encontrar o melhor custo-benefício na Seguros Promo. Basta aplicar o código 360MERIDIANOS05. Escolhendo o pagamento com boleto, você ainda ganha 5% de desconto adicionais.

 Leia aqui como achar um seguro com bom custo/benefício (e com desconto!) ou veja as melhores ofertas abaixo: 

Seguro Viagem: EUA
CORIS 100 USA BASIC CORIS 100 USA BASIC Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 46/dia*
AC 60 AM. NORTE *COM FRANQUIA AC 60 AM. NORTE *COM FRANQUIA Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 24/dia*
GTA 100 FULL USA & CANADÁ GTA 100 FULL USA & CANADÁ Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (SUPLEMENTAR) R$ 50/dia*
O 360meridianos é parceiro do Booking.com. Fazendo sua reserva pelos links desse post, nós recebemos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar o 360 a continuar fornecendo informação de viagens independente e de qualidade.

Avalie este post

Autor


Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

36 comentários sobre o texto “Onde ficar em Nova York: dicas de hotéis e bairros

  1. Olá,

    Estou indo para NY em Dezembro.

    Gostaria de saber qual o melhor bairro de Manhattam (custo/beneficio).

    – Financial District
    – Midtown
    – Upper East Side
    – Upper West Side
    – Harlem

    O que vc acha de fazer reserva pelo AIRBNB?

    Grato!

    1. Oi George,

      Desculpe a demora para responder.

      O Airbnb tem algumas restrições em Nova York sobre o período da estadia! Então, veja isso bem antes de reservar,

      Sobre a região, Upper West Side é um bom custo benefício. E tem uma blogueira gringa que eu gosto muito morando no Harlem e ela fala muito bem do bairro. Ainda não conheço, mas acho que pode ser uma boa opção mais barata!

  2. quero deixar meu comentario ,nao tenham medo de hospedar se em EAST HARLEM ou de passearem por la em qualquer lugar do mundo ha perigos altas madrugadas ,falo por que conheco ando tudo por la nao vou para final do HARLEM a noite o policiamento e dia e noite super super protegido

    1. Cris, boa noite!
      Vou me hospedar pelo airbnb (um vacilo, porque descobri só depois da reserva que NY está boicotando o serviço por conta de uma lei de alugueis de temporada…paciência, vou arriscar)…mas vou me hospedar no East Harlem, na 102nd Street, e estou com um tanto de medo porque parece que nenhum brasileiro se hospeda lá, quase não encontro comentário sobre a região em português, e o que encontro em Inglês não é dessa região especificamente, é mais adentro.
      Porém no Airbnb o anfitrião tem 5 estrelas de avaliação, o apto parece ser bem equipado e é bem perto do metrô. Vc acha que me arrisquei demais?

    1. Oi Josemary,

      Olha, me desculpe, mas as dicas que posso dar são mais para quem vai visitar. Eu nunca morei em Nova York para conseguir dar as dicas que você precisa saber para morar lá com a sua família

  3. Olá Luísa, boa noite!!
    Meu Namorado e eu estamos indo para Nova York em setembro, vi uma opção pelo Airbnb na rua 101… Gostaria de saber se é um bom lugar, pelo que vi fica bem próximo ao central park. Porém tenho uma dúvida, será que teremos problemas na imigração por não ficar em hotel? Primeira vez que estamos indo a usa e fica alguns pontos de interrogação!!! Espero que possa me ajudar…. Obrigada

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.