fbpx
Tags:
Atlas: Sicília, Palermo, Itália

Onde ficar em Palermo, Sicília: melhores hotéis e bairros

Onde ficar em Palermo, capital da Sicília? Com cerca de 700 mil habitantes, história milenar, trânsito caótico e fama de ser a porta de entrada dos imigrantes que desembarcam na Itália pelo Mar Mediterrâneo, Palermo é parada quase obrigatória para quem visita a Sicília.

Decidir onde se hospedar em Palermo não é tarefa das mais difíceis, mas há algumas pegadinhas. É sobre isso que falarei neste texto.

Onde ficar em Palermo: escolhendo a região

É uma boa ideia ficar no centro histórico de Palermo, perto de atrações turísticas como o Palácio Pretorio e o Quattro Canti, mas cuidado para não cair num hotel ruim em uma rua esquisita e vazia.

Em Palermo, poucos metros podem ser a diferença entre um bom lugar para se hospedar e uma experiência turística ruim. Por isso, prefira hotéis nas Vias Maqueda, Vittorio Emanuele e Ruggero Settim.

Hotéis em Palermo na Via Maqueda

Essa é rua mais importante de Palermo. Se optar por ficar por ali, busque por hotéis próximos ao Teatro Massimo. Você estará perto de várias atrações turísticas e também de bares, restaurantes e da vida noturna de Palermo.

Hotéis em Palermo na Via Vittorio Emanuele

O cruzamento da Via Maqueda com a Via Vittorio Emanuele forma o mais importante ponto turístico de Palermo: o Quattro Canti, quatro esquinas tomadas por palácios e que são, há séculos, o coração da cidade. Ou seja, se hospedar na Via a Vittorio Emanuele, em especial perto do Quattri Canti, é uma boa ideia.

Outra atração desta rua é a Catedral de Palermo e não faltam hotéis e apartamentos para
alugar com vista para esse prédio, que é lindo,

Hotéis em Palermo na Via Ruggero Settimo

Comércio, lojas de luxo e hotéis quatro e cinco estrelas. É isso que você encontra ao se hospedar perto da Ruggero Settimo, em Palermo.

Quantos dias ficar em Palermo

Embora tenha várias atrações turísticas e uma noite bem interessante, Palermo não é a melhor parte da Sicília. Por isso, defina a duração de sua estadia por ali de acordo com o restante do seu roteiro pela ilha.

Em geral, uma ou duas noites em Palermo costumam ser suficientes.

Quanto custa em hotel em Palermo, na Sicília?

Os preços variam de acordo com a época do ano, a localização e o tipo do hotel. Em média:

  • Apartamentos para alugar custam entre 70 e 100 euros por dia
  • Hotéis três estrelas saem por 100 euros por dia
  • Pousadas baratas e confortáveis em Palermo custam entre 60 e 90 euros por dia
  • Hotéis mais luxuosos e para viagens especiais saem por 150 a 200 euros por dia

Devo alugar um carro?

A Sicília combina com uma road trip e alugar um carro é quase que certeza para quem viaja pela região, mas em Palermo o carro só atrapalha.

É que o trânsito é confuso e boa parte do centro histórico é uma ZTL – a temida Zona de Trânsito Limitado onde só moradores podem dirigir.

Se você circular por ali, grandes são as chances de tomar multas (sim, no plural). Por isso, a dica de ouro é: alugue um veículo quando for sair de Palermo, mas não para sua estadia na cidade.

Caso isso não seja possível, não se esqueça de escolher um hotel fora da ZTL ou então peça para a recepção cadastrar sua placa no site específico para isso, evitando multas.

Atenção também para o estacionamento, já que parar na rua nem sempre é permitido – você vai notar vários carros parados ali, mas as vagas podem ser só para moradores daquela região. Parkings cobram entre 20 e 30 euros pela diária.

Se resolver alugar um veículo, veja nosso guia completo de como dirigir na Itália.

Seguro viagem para a Itália

O seguro de viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa, inclusive na Itália, e pode ser exigido na hora da imigração.

Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o melhor seguro para a Itália e entenda a diferença para o seguro do INSS.

Está montando um roteiro pela Itália? Então veja também:

O 360meridianos tem guias completíssimos e sempre atualizados para você decidir onde ficar em várias de cidades italianas. Tudo feito com base na experiência de mais de uma dezena de viagens pelo país:

Onde ficar em Veneza – melhor região nas ilhas e hotéis
Onde ficar em Florença – melhores bairros e hotéis
Onde ficar em Roma – todas as regiões
Onde ficar em Bolonha – bairro a bairro
Onde ficar em Nápoles – hotéis e bairros
Onde ficar em Milão – melhores bairros e hotéis

Inscreva-se na nossa newsletter

5/5 - (1 vote)

Compartilhe!







Eu quero

Clique e saiba como.

 




Rafael Sette Câmara

Sou de Belo Horizonte e cursei Comunicação Social na UFMG. Jornalista, trabalhei em alguns dos principais veículos de comunicação do Brasil, como TV Globo e Editora Abril. Sou cofundador do site 360meridianos e aqui escrevo sobre viagem e turismo desde 2011. Pelo 360, organizei o projeto Origens BR, uma expedição por sítios arqueológicos brasileiros e que virou uma série de reportagens, vídeos no YouTube e também no Travel Box Brazil, canal de TV por assinatura. Dentro do projeto Grandes Viajantes, editei obras raras de literatura de viagem, incluindo livros de Machado de Assis, Mário de Andrade e Júlia Lopes de Almeida. Na literatura, você me encontra nas coletâneas "Micros, Uai" e "Micros-Beagá", da Editora Pangeia; "Crônicas da Quarentena", do Clube de Autores; e "Encontros", livro de crônicas do 360meridianos. Em 2023, publiquei meu primeiro romance, a obra "Dos que vão morrer, aos mortos", da Editora Urutau. Além do 360, também sou cofundador do Onde Comer e Beber, focado em gastronomia, e do Movimento BH a Pé, projeto cultural que organiza caminhadas literárias e lúdicas por Belo Horizonte.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.