Tags:
Atlas: Buenos Aires, Argentina

Qual moeda levar para a Argentina em 2020?

Ao contrário do que acontece na maior parte dos países, decidir qual moeda levar para a Argentina não é uma tarefa tão simples nem tão intuitiva assim. Em geral, sempre que a moeda de um país estiver disponível para venda nas casas de câmbio brasileiras, o melhor a fazer é trocar logo uma boa quantidade antes de sair do país. É o caso dos Estados Unidos, dos países da zona do Euro e de alguns lugares da América do Sul, por exemplo. Mas apesar de ser relativamente fácil encontrar pesos argentinos por aqui, essa não é, definitivamente, a melhor opção para quem visita a Argentina.

O motivo é simples: a crise e a desvalorização constante da moeda tornam a compra de pesos no Brasil muito desvantajosa. Graças à instabilidade da economia argentina, já houve ocasiões em que o peso chegou a se desvalorizar 12% em um único dia. Parece inacreditável, mas essas flutuações no câmbio não são incomuns por lá. Além disso, já há vários anos o governo argentino controla o câmbio e a compra de dólares no país, o que acabou criando um mercado paralelo da moeda, que é vendida a um valor muito mais vantajoso do que o praticado no Brasil e nas casas de câmbio oficiais de lá.

Praça de Maio - Buenos Aires Vista de Buenos Aires

O centro de Buenos Aires é repleta de casas de câmbio e agências bancárias

E isso não acontece só com o dólar. Devido ao grande fluxo de brasileiros no país, o real também é negociado nessas casas paralelas de Buenos Aires por um preço muito mais vantajoso pra gente. Uma viagem para a Argentina paga em dinheiro trocado no câmbio paralelo pode ficar cerca de 30% mais barata do que se fosse paga com o câmbio oficial.

Além disso, ambas as moedas (reais e dólares) são aceitos em estabelecimentos comerciais no país. O uso dólar, claro, é muito mais popular que o real por ser uma moeda mais forte, mas é possível sim pagar restaurantes e cafés com o nosso dinheiro em Buenos Aires. O problema dessa opção é que você fica à mercê da taxa praticada pelo estabelecimento, o que nem sempre pode ser uma boa, mas pode te salvar em alguma situação ou outra.

E há outra questão aí: imagine que você compra pesos demais e fica com um montão de dinheiro sobrando. Se quiser trocar de volta para o real e o peso tiver sofrido uma desvalorização muito grande no período, você vai perder dinheiro pra caramba. Por isso, não leve pesos para a Argentina.

Leia também: Como economizar em uma viagem para a Argentina

Reais ou dólares: qual moeda levar para a Argentina em 2020?

Tanto o real quanto o dólar são aceitos pelo comércio em Buenos Aires e outras grandes cidades turísticas. Por isso, se sua passagem for rapidinha, você nem precisa se preocupar em trocar muito dinheiro. O mais vantajoso a se fazer é levar o dinheiro em espécie e trocar por pesos no câmbio paralelo na Calle Florida, para evitar se confundir com o câmbio toda vez que for pagar uma conta e acabar levando prejuízo.

Na hora que a gente coloca na ponta do lápis, a conversão entre dólar e peso no câmbio paralelo é ligeiramente mais vantajosa que a real e peso, mas como você vai ter que fazer a conversão entre real e dólar antes – e a gente sempre perde um pouco de dinheiro nesse processo – , acabe que a diferença não é tão gritante assim. Por isso, acredito que a melhor moeda para levar parar a Argentina é o real, pela praticidade. Mas isso só se aplica se a sua viagem for exclusivamente para Buenos Aires e Bariloche, locais onde há muitos turistas brasileiros. Caso você vá para outras partes do país e precise trocar dinheiro nesses lugares, o melhor a fazer é viajar com dólares. Isso também vale se você quiser economizar qualquer quantia ou se for trocar muito dinheiro de uma vez.

Se você já tiver dólares em casa, é uma boa levá-los para trocar lá também. Mas lembre-se: não troque dinheiro com qualquer um na rua. Dê preferência para agências e cambistas com indicação. E vale dizer que, embora seja amplamente praticada e tolerada pelas autoridades do país, a prática é uma contravenção. Se você decidir fazer isso, leia esse post para saber como funciona o câmbio paralelo.

Câmbio paralelo na Argentina

Posso levar dólares em um cartão pré-pago, tipo VTM, para a Argentina?

Não vale a pena! As operadoras vão cobrar valores absurdos na conversão da moeda e, pra completar, você vai ter que sacar todo o dinheiro lá, já que muitos lugares na Argentina não aceitam pagamento com cartão e outros cobram uma taxa extra por esse serviço. E lembre-se de que o câmbio praticado nas compras com cartão é o oficial, o que dá uma desvantagem de cerca de 30% com relação ao paralelo. Leve dinheiro em espécie, mas não carregue tudo com você e guarde a maior parte em um lugar seguro.

Casas de câmbio oficiais na Argentina: qual a melhor?

Se você não quiser comprar pesos nas casas de câmbio paralela, ainda assim é melhor levar os dólares ou reais para a Argentina e fazer o câmbio por lá. Para isso, as agências do Banco de La Naciónmesmo as dos aeroportos, costuma ter uma boa cotação de ambas as moedas.

Mas atenção! Se você for chegar à Argentina a noite ou em um fim de semana, pode encontrar dificuldades para trocar seu dinheiro. Isso porque os bancos funcionam das 11h e 15h, em dias úteis. Nesse caso, certifique-se de trocar o dinheiro na agência do Banco de La Nación, no aeroporto de Ezeiza (eles têm uma agência 24h lá) ou Aeropoarque (fecha à meia noite) ou tentar pagas as contas com dólares até conseguir comprar. Algumas casas de câmbio paralelas funcionam mesmo nos fins de semana, embora nesses dias a cotação costume ficar um pouco pior. Para saber a cotação oficial do peso no momento da sua viagem, clique aqui. Isso pode te ajudar a decidir qual a melhor moeda para levar para a Argentina.

Dinheiro falso: cuidados para não cair em golpes na Argentina

Um golpe muito comum praticado tanto nas casas de câmbio paralelo quanto em alguns táxis e outros estabelecimentos na hora de dar o troco é o das notas de peso falsas. Certamente você já ouviu relatos de pessoas que levaram um prejuízo considerável no momento de trocar dinheiro na Argentina.

Qual moeda levar para a Argentina?

Para se prevenir disso, é de extrema importância que você só troque dinheiro em lugares recomendados e confira bem o troco antes de sair. Algumas falsificações são grosseiras e facilmente reconhecidas, outras exigem mais atenção. Evite trocar com as banquinhas armadas no meio da rua. Prefira as casas com localização fixa e as que tenham mais pessoas trocando dinheiro naquele momento. O motivo é simples: você sabe que aquela loja vai estar ali no dia seguinte e, sendo um negócio estabelecido, eles vão se preocupar mais em não queimar o filme.

Depois de ter vivido por mais de oito meses na Argentina trocando dinheiro regularmente nessas casas, concluí que, embora exista, esse tipo de golpe é menos comum do que se imagina. Ainda assim, é uma boa ideia não trocar uma quantidade muito grande de dinheiro de uma vez. Se for a sua primeira troca, negocie uma quantidade menor e, não tendo problemas, sabe que pode trocar ali novamente quando precisar. E sempre vale a pena dar aquela analisada nas notas. Se tiver qualquer dúvida sobre a procedência, peça uma nova.

Seguro de viagem para a Argentina

Contratar um seguro de viagem é essencial, ainda que seja para países tão próximos quanto a Argentina e o Uruguai. Por mais que seja perto de casa, o melhor é viajar protegido para não sofrer com os imprevistos.

A boa notícia é que é possível contratar um bom seguro de viagem gastando cerca de 10 reais por dia. Para isso, recomendamos utilizar um buscador como o do Seguros Promo, que compara as principais seguradoras e garante que você encontre o melhor custo-benefício, de acordo com suas necessidade.

Além disso, leitores do blog tem direito a um cupom de desconto exclusivo: 360MERIDIANOS05. Veja algumas das ofertas abaixo e escolha o seu:

Seguro Viagem: América do Sul
Affinity 15 Affinity 15 Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (SUPLEMENTAR) R$ 14/dia*
AC 35 MUNDO (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 35 MUNDO (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 15/dia*
Intermac 15 Turístico Internacional Intermac 15 Turístico Internacional Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 350 (SUPLEMENTAR) R$ 17/dia*

Onde ficar em Buenos Aires

Os principais bairros para se hospedar em Buenos Aires são:

  • Centro
  • San Telmo
  • Recoleta
  • Palermo

Os dois primeiros são para quem quer economizar, ficar perto de tudo e não se incomoda com bagunça. Já Recoleta e Palermo tem hospedagens mais caras, mas são bairros mais nobres e bonitos. Você pode saber mais sobre as regiões no nosso post Onde ficar em Buenos Aires.

Acomodações recomendadas em Buenos Aires:

Encontre hotéis em Buenos Aires


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

29 comentários sobre o texto “Qual moeda levar para a Argentina em 2020?

  1. Boa noite, estou querendo fazer uma viagem pra Argentina, mas vi que a data do post é um pouco antiga. Pode me explicar qual opção de dinheiro está sendo melhor agora? Levo Dólar, Real ou Pesos? ficarei em media uma semana. Obrigada

      1. é também irei para a argentina estudar , ter casa e tudo mais por conta do intercambio. Aconselha levar o travel Money , que já me deu problema ou fazer a troca no aeroporto real por pesos .. por ultimo caso queria cogitar a troca de dólar .

  2. Boa Tarde estou planejando uma viagem futura para o Uruguai, gostaria da orientaçao de voces, com relaçao a locais onde trocar trabalho por estadia e uma previa de quanto economizar, para levar. obrigado.

  3. Boa Tarde Natália, eu e meu marido estamos planejando uma viagem de sete dias para Buenos Aires ano que vem, precisamente em julho, gostaríamos de saber quanto em dólares e em reais levar, seria para gastos com transporte, comida e diversão nada muito dispendioso.

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.