fbpx

Roteiros de viagem pela Argentina e Uruguai: 5, 7 e 12 dias

Poucos países combinam tão bem numa mesma viagem. Basta pegar um barco e atravessar o Rio da Prata para ir de Buenos Aires para Colonia del Sacramento, no Uruguai, percurso que leva apenas uma hora. A ligação entre as capitais também é simples: apenas 2h15 de barco. Proximidade que permite vários roteiros que juntam Argentina e Uruguai na mesma viagem – e até na mesma semana.

Comprou uma passagem para Buenos Aires e tem tempo de sobra? Aproveite para conhecer também o Uruguai. Voará para Montevidéu? Se quiser, é fácil dar um pulinho na Argentina. Você pode fazer isso e retornar para pegar o voo de volta da mesma cidade. Ou pode já comprar suas passagens com múltiplos destinos, por exemplo, chegando por Buenos Aires e voltando por Montevidéu.

Os exemplos de roteiros a seguir são pensados para quem comprou as passagens assim, mas não há problema se seu voo de ida e o de volta forem da mesma cidade. Apenas tome o cuidado de retornar ao ponto de origem um dia antes do seu voo, para não correr risco de perdê-lo por causa de algum atraso.

Veja também:
Como planejar uma viagem pela Argentina
Como comprar passagens com múltiplos destinos

Onde ficar em Buenos Aires

Buenos Aires

Como fazer a travessia entre Argentina e Uruguai

Você tem duas opções. Pode ir de Buenos Aires para Colonia del Sacramento, uma cidade erguida pelos portugueses, quando eles tentavam dominar a banda oriental do rio, na área que mais tarde virou o Uruguai. Como dito antes, essa é a viagem mais curta, com cerca de uma hora de duração, e também a mais barata.

Várias empresas fazem a ligação entre Uruguai e Argentina. A que nós usamos (e recomendamos) foi a Colonia Express, que costuma ter os melhores preços. A opção mais conhecida é a BuqueBus, que tem dois tipos de barcos: os rápidos, com viagens de 1 hora, e os lentos, com viagens de 3 horas e que fazem transporte de veículos. E há ainda a Seacat, que também não transporta carros e funciona mais ou menos no esquema da Colonia Express.

Aqui você consegue reservar seu bilhete com antecedência e incluir um walking tour opcional na cidade. Tente comprar as passagens com antecedência, principalmente se você for viajar em feriados, pois o preço varia conforme a demanda.

Você pode optar por passar o dia em Colonia, que é uma cidade muito agradável, e de lá pegar um ônibus para Montevidéu, viagem que dura 2h30. Quem preferir pode fazer tudo de barco, sem parar em Colonia e pulando de uma capital para a outra. Em todo caso, não se esqueça que você passará pela imigração antes de embarcar, por isso leve seus documentos (RG atual e em bom estado ou passaporte).

Leia também: Como ir para Colonia del Sacramento

Colonia del Sacramento

Argentina e Uruguai: roteiro de cinco dias

Cinco dias é o tempo ideal para conhecer Buenos Aires, mas eu entendo os sedentos de mais países carimbados no passaporte. Por isso, caso tenha cinco dias inteiros – já descartando os dias que você usará nos deslocamentos – dá ara juntar Argentina e Uruguai na mesma viagem.

Nesse caso, eu dedicaria três dias para Buenos Aires. Aproveite o tempo pela cidade portenha para fazer um tour pelo centro, conhecer a Casa Rosada, visitar os restaurantes de Palermo e perambular pela Recoleta e por Puerto Madero. Você estará com gostinho de quero mais quando pegar o barco para o Uruguai.

Veja também:
O que fazer em Buenos Aires: as principais atrações
Buenos Aires a pé: roteiro no centro da cidade
Onde ficar em Buenos Aires

Cruzou a fronteira? Você pode descer em Colonia, passar algumas horas na cidade e seguir para Montevidéu. Ou pode ir diretamente para Montevidéu, com mais tempo para curtir a capital uruguaia. O roteiro de cinco dias só fica muito corrido para quem não comprou a passagem de múltiplos destinos, como expliquei acima. Nesse caso, o melhor é escolher apenas uma cidade uruguaia.

onde ficar em Montevidéu

Montevidéu

Roteiro de sete dias

Com sete dias a coisa melhora – eu passaria quatro noites em Buenos Aires e pegaria o barco para Colonia. Nesse caso a dúvida é entre passar uma noite na cidade histórica ou apenas curtir o pôr do sol – que é imperdível – e seguir para Montevidéu. Ahh, na capital uruguaia não deixe de conhecer o centro (se for domingo, passe pela feira Tristán Narvaja). Faça um tour pela Cidade Velha, siga para o Mercado del Puerto e desça – se tiver fôlego -, de bicicleta, as ramblas. Termine o dia tomando mate na frente do mar, ou melhor, na orla do Rio da Plata.

Veja também:
O que fazer em Montevidéu, Uruguai
Onde ficar em Montevidéu

Ahh, é óbvio, mas não custa dizer: o roteiro também é simples caso você chegue por Montevidéu. Basta pegar o ônibus para Colonia e de lá o barco (reserve antes) para Buenos Aires.

Sobrou tempo? Você pode incluir ainda um passeio de bate-volta a partir das duas capitais. As opções mais comuns são Punta del Este, que está a 120 quilômetros de Montevidéu, ou um passeio até Tigre, a apenas 35 quilômetros do centro de Buenos Aires.

Veja também: Bate-volta a Tigre e ao Delta do Paraná, perto de Buenos Aires

Tigre - Buenos Aires

Tigre, Argentina 

Roteiro de 12 dias

O roteiro base é o mesmo, mas dois dias a mais permitem que você acrescente lugares. Com esse tempo você pode deixar cinco dias para Buenos Aires, sendo um deles para o bate-volta até Tigre. Um dia (com pernoite) seria para Colonia, enquanto três dias seriam para Montevidéu. Os três dias que sobram são para o litoral. Caso escolha o argentino, o balneário mais próximo da capital é Mar del Plata, que está a cinco horas de Buenos Aires.

Veja também: 7 roteiros de viagem pela Argentina

roteiro de viagem argentina e uruguai

Um cantinho de Cabo Polônio (Foto: Shutterstock)

Caso opte pelas praias uruguaias, saiba que há opções além de Punta del Este. Para começar, uma alternativa é fazer uma parada em Piriápolis, que está justamente no meio do caminho –  são 90 km de Montevidéu e 40 km de Punta del Este.

Um pouco mais distante, mas bastante recomendada por quem conhece, é La Paloma, que fica a 220 km de Montevidéu. É a típica cidadezinha da região, com praia com rochas e um farol. Por fim, há Cabo Polônio, refúgio de lobos marinhos e da galera alternativa, não necessariamente nesta ordem. A cidade está a apenas 250 km de Montevidéu.

Seguro de viagem para a América do Sul

Contratar um seguro de viagem é essencial, ainda que seja para países tão próximos quanto a Argentina e o Uruguai. Por mais que seja perto de casa, o melhor é viajar protegido para não sofrer com os imprevistos.

A boa notícia é que é possível contratar um bom seguro de viagem gastando cerca de 10 reais por dia. Para isso, recomendamos utilizar um buscador como o do Seguros Promo, que compara as principais seguradoras e garante que você encontre o melhor custo-benefício, de acordo com suas necessidade.

Além disso, leitores do blog tem direito a um cupom de desconto exclusivo: 360MERIDIANOS05. Veja algumas das ofertas abaixo e escolha o seu:

Seguro Viagem: América do Sul
AC 35 MUNDO (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 35 MUNDO (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 15/dia*
Intermac 15 Turístico Internacional Intermac 15 Turístico Internacional Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 350 (SUPLEMENTAR) R$ 17/dia*

Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

48 comentários sobre o texto “Roteiros de viagem pela Argentina e Uruguai: 5, 7 e 12 dias

  1. Rafael, boa tarde! Fiquei encantada com a riqueza da sua explicação, ótimo trabalho.
    Caso eu opte por sair de Buenos Aires e ir para Colonia, depois esse ônibus de Colonia para Montevidéu é muito caro?

    1. Oi, Thais. Obrigado! O preço era compatível com os de viagens rodoviárias no Brasil. Uns 30 – 40 reais. Mas tem que checar direitinho o valor atual.

  2. Show! Gostei dos roteiros e da questão dos multiplus destinos.
    Sobre a possibilidade de multiplus destinos eu fiquei com uma dúvida: terei problemas pra sair do Brasil mostrando passagem de ida pra Buenos Aires e volta de Montevidéu pro Brasil? Preciso apresentar a passagem de Buenos Aires para Montevidéu? Me disseram que tenho que apresentar a passagem de volta quando tiver saindo do Brasil.

    Outra coisa, de qualquer uma das formas que for pra Montevidéu (direto de Buenos Aires ou por Colônia del Sacramento) eu darei “baixa” no passaporte com a saída da Argentina e entrada no Uruguai? Fiquei com essa dúvida pq assim que chegar em Buenos Aires meu passaporte será carimbado com a entrada no país. Se eu voltar de Montevidéu para o Brasil, não ficará registrada apenas a entrada na Argentina e a entrada e saída do Uruguai?

    1. Oi, Anderson. Você precisa mostrar, na entrada do país estrangeiro, uma passagem de saída daquele país. Mas mesmo isso raramente é cobrado.

      Então você pode sim entrar pela Argentina e usar a passagem de saída para o Uruguai. Mas note que provavelmente não te pedirão nada, só tenha em mãos caso aconteça.

      Quando você pegar o barco da Argentina para o Uruguai, ali será carimbada sua saída da Argentina e entrada no Uruguai. Aí o Uruguai carimbará sua saída quando você for pegar o voo para o Brasil.

      Lembrando que você sequer precisa de passaporte. Se preferir pode ir para Argentina e Uruguai só com RG em bom estado e relativamente recente.

      Abraço.

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.