fbpx
Tags:
Atlas: Bilbao, Espanha

San Juan de Gaztelugatxe e a bela escadaria sobre as rochas no País Basco

San Juan de Gaztelugatxe é uma ilhota em forma de cone está localizada no município de Bermeo, na costa basca da Espanha, mas o passeio pode ser facilmente um bate-volta para quem visita Bilbao, que fica a 35 quilômetros dali.

Gaztelugatxe significa “castelo de pedra” em euskera, a língua basca. O lugar impressiona por suas escadarias. Em situações normais, os muitos degraus são feitos para serem evitados sempre que possível. Pelo menos é isso o que diz nosso instinto natural de sobrevivência, que nos impele a fingir-nos de mortos ou a buscar o lugar mais próximo para sentar quando escutadas as odiosas palavrinhas “duzentos e quarenta e um degraus morro acima”. Mas em San Juan de Gaztelugatxe, as escadarias são grande parte da atração e do charme local.

A ilha se liga ao continente por uma ponte de pedra que logo se converte na tal escadaria. O caminho é estreito e a subida em zigue-zague pode tirar o seu fôlego, não apenas pelo esforço físico necessário para chegar lá em cima, mas pelas belas vistas que se revelam durante a travessia.

Leia também:
Roteiro de dois dias em Bilbao
Onde ficar em Bilbao: guia de bairros e hotéis

Os milagres e lendas de Gaztelugatxe

Lá no topo, fica uma pequena igreja consagrada a João Batista. Entre as muitas lendas que rondam o lugar, está a que diz que o santo chegou a pisar em Gaztelugatxe em carne e osso. Isso, é claro, é historicamente bastante improvável, mas quem sou eu para questionar a fé, não é mesmo?

Os moradores locais, afinal, acreditam que os buracos nas escadas são as próprias pegadas do santo, e que possuem diferentes poderes curativos. Colocar os pés nas marcas das pegadas, por exemplo, curaria calos, e deixar lenços ou chapéus ali seria remédio para dores de cabeça.

O que fazer em Bilbao: san juan de gaztelugatxe

Uma vez no alto, busque pelo sino em frente à igreja. Dizem que quem o toca três vezes e faz um pedido será recompensado pela subida. Junto à igreja há um pequeno refúgio que protege dos fortes ventos que sopram ali. É comum ver pessoas usando o refúgio como local de piquenique ou reuniões de amigos. Lá embaixo, o mar está quase sempre bravo e as ondas fortes se quebram nas rochas.

San Juan de Gaztelugatxe e o Game of Thrones

O cenário é tão épico que é fácil imaginar cavaleiros e dragões compondo a narrativa. E você não será o primeiro a fazer isso. No mundo da fantasia, Gaztelugatxe é a Pedra do Dragão, a residência ancestral da casa Targaryen, na série Game of Thrones. A aparição de Gaztelugatxe na TV, que ganhou destaque na trama na sexta temporada, aumentou consideravelmente o número de turistas que querem pisar nos mesmos degraus pisados pela Mãe dos Dragões, Daenerys Targaryen.

San Juan de Gaztelugatxe, Espanha

Na vida real, Gaztelugatxe também tem uma história gloriosa. Acredita-se que a primeira igreja a ser construída ali data de mil anos atrás, no século 9. Embora algumas pessoas digam que foi erguida pelos templários, esse parece ser outro mito que envolve a ilha, uma vez que a ordem só teve início em 1119, um século depois dos primeiros vestígios de construção encontrados no local.

De lá para cá, diversas guerras e incêndios colocaram tudo no chão e a igreja teve que ser reconstruída múltiplas vezes. Foi convertida em convento no século 12, e, mais tarde, usada como forte defensivo.

O lugar também teve um papel importante durante a Santa Inquisição. O País Basco tinha uma forte presença da figura das feiticeiras em sua mitologia, e isso levou a Igreja Católica a dedicar especial atenção em sua caça às bruxas. Dizem os rumores que Gaztelugatxe foi usada como prisão para os acusados de bruxaria.

Hoje, a igreja de San Juan de Gaztelugatxe permanece fechada a maior parte do tempo, mas lá dentro guarda oferendas de pescadores e marinheiros agradecidos por terem sobrevivido a naufrágios. Os homens do mar, aliás, têm na igreja um ponto de conforto e segurança e costumam navegar em torno da ilha para pedir sorte antes de se alçarem a alto mar.

San Juan de Gaztelugatxe, Espanha

Como visitar Gaztelugatxe – Informações práticas

Como ir San Juan de Gaztelugatxe

A melhor forma é alugar um carro. Embora a distância entre Bilbao e Gaztelugatxe seja de apenas 35 quilômetros, não há linhas de ônibus diretas que façam o trajeto. Há um estacionamento perto da estrada principal. Depois disso, é preciso descer cerca de 1 quilômetro a pé até a ponte que liga continente e ilhota.

Se você for fazer isso, recomendamos utilizar o buscador RentCars, que busca entre as principais locadoras e te ajuda a encontrar os melhores preços e condições de aluguel. Veja aqui como alugar um veículo na Europa e garantir o melhor custo/benefício.

Uma alternativa para quem não quer dirigir é contratar um tour guiado com traslado até a ilha. Há opções para quem quer fazer apenas uma day trip para Gaztelugatxe e outras que incluem outras paradas em locais de interesse no País Basco, como Guernica. No Get Your Guide você encontra diversas opções de tours que você pode contratar com antecedência e segurança.

 

Onde ficar em San Juan de Gaztelugatxe

Por causa da proximidade, a melhor base para conhecer Gaztelugatxe é a cidade de Bilbao. Os melhores lugares para ficar por lá são o Casco Viejo – o centro histórico -, e os bairros de Ensanche e Abando.

Leia nosso guia completo de onde ficar em Bilbao.

Alguns hotéis recomendados em Bilbao são:

Dicas espertas para visitar San Juan de Gaztelugatxe

  • Recomendamos que você leve água e um abrigo, já que os ventos ali podem ser fortes e o tempo costuma ser bastante úmido, mesmo no verão.
  • Uma boa ideia é chegar a tempo de assistir o pôr do sol e levar comida para fazer um piquenique no refúgio no alto da ilha.
  • Do lado do continente, há um restaurante, que também proporciona excelentes vistas de Gaztelugatxe.
  • A melhor época para visitar San Juan de Gaztelugatxe é na primavera ou no outono. Assim você evita a multidão que chega ali no verão e o mau tempo do inverno.

Seguro de viagem na Europa

Contratar um seguro viagem para Europa é obrigatório e pode ser exigido na imigração de vários países do Velho Continente: são as regras do Tratado de Schengen e valem para todos os países signatários, incluindo a Espanha.

Mas não vale qualquer seguro. É preciso que a franquia do seguro contratado tenha uma cobertura mínima de 30 mil euros. É pensando nisso que muitas seguradoras oferecem planos específicos para viajantes que vão para essa região. Mas como escolher o melhor seguro viagem para Europa, com o melhor preço e melhor cobertura?

Veja aqui dicas para contratar o melhor seguro para a Europa, com o melhor custo-benefício e com cupom de desconto exclusivo para os leitores!  Confira também as ofertas abaixo, com seguros por menos de R$15 por dia!

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
Imagem destacada: Shutterstock

Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.