Como tirar o visto para Indonésia

Atualizado em novembro/2017 – A Indonésia atrai muitos brasileiros que buscam as centenas de praias de areia branca e água azul, a riqueza e espiritualidade dos templos e as festas animadas do país. Esse país asiático não exige visto de turistas brasileiros até 30 dias e aqueles que quiserem ficar mais tempo, é possível consegui-lo no aeroporto, assim que chegar no país, sem ter a necessidade de preencher formulários, fazer entrevistas, entre outras burocracias. É bem prático e rápido.

Visto para Indonésia para turistas brasileiros

Desde março de 2016, os brasileiros estão dispensados de pagar o visa on arrival. Ou seja, apesar da necessidade de apresentar os documentos abaixo, não é necessário pagar NENHUMA taxa, se a sua estadia for de até 30 dias.

Para tirar o visto para Indonésia no aeroporto você precisa apresentar às autoridades os seguintes documentos:

– Passaporte com validade de no mínimo 6 meses

– Certificado Internacional de Vacina contra Febre Amarela. Para obter, leve seu cartão de vacinação a um dos postos da Anvisa.

– Bilhete de retorno (passagem que comprove sua data de saída do país)

Para quem vai ficar mais de 30 dias, a taxa é de $35 dólares, paga na chegada do aeroporto ou solicitada antes na embaixada.

Veja todos os nosso posts com dicas de viagem sobre a Indonésia

Onde ficar em Bali - Padang Padang

Visto para Indonésia: permanências mais longas

Caso você esteja indo morar na Indonésia ou deseje passar mais tempo lá, então será preciso solicitar o visto antes da viagem, junto à Embaixada da Indonésia no Brasil. Nesse caso, será necessário ir até a embaixada levando os seguintes documentos:

– Duas vias preenchidas do formulário de visto

– Duas fotos 3×4

– Passaporte válido por no mínimo 6 meses

– Certificado Internacional de Vacina contra Febre Amarela.

– Cópia da passagem de ida e volta

– Carta de recomendação de familiar ou amigo que for visitar na Indonésia (somente se for o caso)

– Carta de referência da empresa brasileira (ou fax) e carta referência da firma na Indonésia (se você estiver indo fazer negócios)

Nesse caso, as taxas são as seguintes (podem ser pagas em real):

Visto para fins de visita – 55 dólares (são 110 dólares para um visto com múltiplas entradas)

Estadia de 6 meses – 55 dólares

Estadia de 1 ano: 105 dólares

Estadia de 2 anos: 180 dólares (347 reais)

Contatos da Embaixada da Indonésia no Brasil

Onde ficar em Bali

Site: http://www.kemlu.go.id/brasilia/lc/default.aspx

Embaixada da Republica da Indonesia
SES Avenida Das Nacoes Quadra 805, Lote. 20 CEP-70479-900 Brasilia-DF, Brazil
Phone : (55-61) 3443-8800, 3443-1788
Fax : (55-61) 3443-6732


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

22 comentários sobre o texto “Como tirar o visto para Indonésia

  1. Olá gostaria de saber como é a viagem na classe economia para Jacarta indonésia , quantos aviões ou quantas paradas são nessesaria , nunca viajei pra lugar nenhum fora do Brasil , gostaria de saber qual o primeiro passo , vi que a permanência de 30 dias não precisa de visto , assim que tirar meu passaporte e tomar as vacinas obrigatórias posso viajar? Obrigado a todos e se alguém for para indonésia e quiser ir comigo VAMOS! Obs: vou conhecer uma asiática não quero ninguém de vela kkkk

  2. Estou morando na Australia e gostaria de saber, como fazer para tirar o visto, para morar na Indonesia, por mais de um ano. desde ja, agradeco. Meu computador nao tem acentos.

  3. Boa noite,
    Acredito que hoje o visto para Indonesia não seja mais pago. Andei pesquisando e parece que mudaram a lei em 2016…
    Mas minha dúvida é sobre o passaporte. Uma amiga queria viajar comigo pra lá porém ela ainda não tirou o passaporte. Ia fazer essa semana pra viajarmos em fevereiro, ou seja, daqui há 3 meses.
    Estou em dúvida se esse período de 6 meses é só pra frente (faltando 6 meses ou mais pra expirar) ou pra trás também (no caso de ter sido feito há menos de 6 meses)?

    Sabe me responder?

    Obrigada!

    1. Oi Cléo,

      Não tem problema nenhum ter feito há menos de 3 meses. Pode falar para ela fazer tranquilamente.

      Sobre o pagamento do visto, vou verificar e atualizo o post, obrigada pela dica.

  4. Boa tarde,moro no brasil mas gostaria de ir morar na Tailândia.tenho uma quantidade significativa em dinheiro mas tenho q trabalhar la e claro.!tem trabalho para nos brasileiros la.???

  5. Gostaríamos de morar na Indonésia. Moramos nos EUA e gostaríamos de saber qual o passo a passo, se temos que voltar para o Brasil ou conseguimos isso daqui mesmo?

  6. Bom dia,

    Vocês sabem se é fácil arrumar trabalho por lá ou até iniciar um negócio próprio? Sabem se esses vistos mais longos permitem trabalhar?

    Obrigado!

  7. Tenho uma dúvida que não achei na internet. Sou brasileira, mas faz anos que não uso mais o passaporte brasileiro, somente o português. Para a Indonésia seria melhor o brasileiro ou posso manter o português?

  8. Caramba, o blog de vocês é muito completo!!! Amo!
    Tudo o que procuro no google acabo aqui rsrsrs Estou iniciando o processo de um GIP pela AIESEC, pra começar agora em Junho/Julho, ao que tudo indica vai dar certo, se Deus quiser, pq to MUITO afim mesmo de ir!
    O projeto deve durar 6 meses, quero ficar mais uns 2 para viajar entre os inúmeros possíveis destinos da Asia e, procurando sobre vistos, entradas e saídas dos lugares, como ir de x a y lá, to achando tudo aqui.
    Já acompanhava vocês desde que conheci a aiesec – nos meus dois 1° voluntários pra europa em 2014 – e vou continuar acompanhando!

  9. Oi pessoal, eu ja fui passear na indonesia 3 vezes, foi muito bom. Na ultima viagem foi no fim do ano, fiquei 6 dias. O visto eh facil de tirar no aeroporto, pois a imigracao funciona 24hrs. O endereco de contato pode ser o hotel que for se hospedar, pode ser feito reservas pelo site booking hotel. Boa sorte pra que for passear ou estudar la, vale a pena.

    1. Getúlio,

      Estou indo para Bali no final desse ano. Como estava o clima lá em dezembro (sei que não é a melhor época, mas é o tempo que eu tenho? e quanto é que paga para sair da Indonésia? Nesse caso da saída, pode ser pago na moeda de lá?

  10. Boa noite. Alguém saberia dizer se o serviço de emissão do visto direto no aeroporto fica aberto 24h? Meu voo está previsto para chegar de noite.
    Agradeço.

  11. Oi, estou indo pra Indonésia para um intercâmbio voluntário pela AIESEC.
    Estou com algumas dúvidas em relação à este visto.
    Eu vou ficar dois meses,e no formulário para emissão do visto pede algum documento do lugar que vc vai ficar.
    EU tenho um documento dizendo que vou trabalhar do dia 25 de dezembro até 17 de janeiro. Mas… eu quero viajar uns dias depois, vou voltar dia 23 de janeiro pro Brasil.
    Queria saber se tem algum problema se no documento dizer que vou trabalhar até dia 12 e a minha passagem é pro dia 23.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.