Trang, um paraíso a ser descoberto na Tailândia

Um velho ditado afirma que você só chega mesmo em Trang depois de provar o muu yang, as tradicionais fatias de carne de porco grelhado servidas com molhos picante e agridoce que são muito populares no sul da Tailândia. Outros dizem que, além de comer a iguaria, é preciso também visitar a Caverna Esmeralda, uma das principais joias naturais da região. Mas sejam qual forem os itens que formam a lista do que você precisa saber para estar, de fato, em Trang, uma coisa não muda: as instruções serão ditas apenas em tailandês.

A carne de porco grelhada é um dos principais pratos da gastronomia de Trang, na Tailiandia

Muu yang servido em restaurante local de Trang

Província localizada ao sul de Krabi e Phuket, Trang ainda é uma ilustre desconhecida para os turistas estrangeiros na Tailândia, uma pérola que os habitantes locais têm guardado muito bem. Longe do estereótipo festeiro das praias mais famosas do país, como Phuket, Trang está repleta de ilhas tranquilas, cavernas, floresta tropical, natureza intocada e de uma vida que passa devagar, no melhor estilo tailandês raiz que atrai amantes da cultura e da comida locais.

A melhor época para visitar a região é na estação seca, de novembro a abril. Nos meses chuvosos, algumas das principais atrações naturais fecham, como o acesso à Caverna Esmeralda.

Leia também: Guia de monções no Sudeste Asiático

Como chegar a Trang

Voos de Bangkok para Trang, pela Air Asia ou pela Nok Air, custam cerca de 40 dólares. Chegando lá, é preciso pegar um táxi para o centro da cidade por cerca de 90 baht, ou um ônibus público que custa 50 baht. Há também trens expressos que fazem o trajeto entre Bangkok e Trang, além de ônibus que saem do Southern Bus Terminal e chegam ao destino em 12 horas.

De Krabi, dá para pegar uma van da estação central por 92 baht. A viagem dura 2h30.

E quem vem barco de Langkawi, na Malásia, desembarca no Satun boat terminal e dali pega um micro-ônibus até o centro por 300 baht.

A estação de ônibus de Trang fica a quatro quilômetros do centro. De lá, basta pegar algum dos tuk-tuks que ficam a espreita no estacionamento. A corrida deve sair em torno de 20 baht.

Comida local a venda em um dos restaurantes de Trang, na Tailândia

Trang é famosa entre os tailandeses pela tradição gastronômica

Onde ficar em Trang

Capital da província de mesmo nome, Trang é uma cidade bastante compacta. A maior parte dos hotéis se concentra no centro e no caminho entre a estacão e a Torre do Relógio. Um pouco afastado dali está o quatro estrelas Rua Rasada Hotel, que tem piscina, café da manhã regional incluído e um restaurante anexo que está entre os melhores da cidade no quesito comida típica do sul da Tailândia.

Encontre hotéis em Trang

O que fazer em Trang

Casa de imigrantes chineses que chegaram ali entre os séculos 18 e 19, Trang é famosa pela produção de borracha, pilar da economia local. A primeira árvore da espécie a ser plantada na região, importada da Malásia, ainda está de pé na entrada da cidade de Kantang, com fitas decorativas para celebrar a prosperidade que chegou com ela. Ali perto fica um pequeno museu localizado na antiga residência de um governante da região, o Phraya Ratsadanupradit Mahison Phakdi Museum. Com itens pessoais e fotografias, fornece um histórico do estilo de vida local no fim do século 19 e início do século 20. Também não muito longe dali fica uma antiga estação de trem que abriga o Museum Railway Station e ainda preserva as estruturas de madeira originais.

Embora seja o melhor lugar para usar como base para explorar a região, a capital de Trang não tem muito a oferecer em termos de atrações turísticas. No entanto, é dali que saem os passeios bate-volta tanto para a parte continental quanto para as ilhas. Há templos budistas escondidos dentro das muitas cavernas encontradas ali. Entre elas, a Le Kao Kob Cave proporciona uma experiência única de passear de barco entre as estalactites que algumas vezes passam tão perto da gente que é preciso deitar-se nos bancos da embarcação. Essa foi uma das minhas aventuras favoritas em Trang, porém não é recomendada para quem sofre de claustrofobia.

Passeio de barco em uma caverna de Trang, Tailândia

Trang guarda templos budistas em suas cavernas

Há também diversas piscinas naturais formadas pelas cachoeiras de água cristalina e limpa que aqui e ali criam um oásis na selva tropical, em destaque a Ton Te Waterfall. No jardim botânico, a 11 km da cidade, há um circuito de arvorismo recomendado para todas as idades.

O Mercado Noturno de Trang é o melhor lugar para provar todo o tipo de comida local e é considerado um dos mais autênticos da costa de Andaman. Ali você encontra de Pad Thais a bichos da seda fritos e outros insetos, além de sobremesas, sucos naturais e outras delícias da culinária tailandesa. E já que o assunto é comida, o restaurante Ruenthai dimsum (Phloen Pitak Road) é um dos melhores para se provar o tal porco grelhado que faz a fama da região. O lugar também é bastante frequentado pelos moradores locais para o café da manhã.

Senhora vende comida no mercado noturno de Trang, na Tailândia

Insetos fritos no mercado noturno de Trang, Tailândia

Em se tratando de aventuras em alto mar, as praias do Hat Chao Mai National Park são vazias e praticamente intocadas. Há diversas expedições para as ilhas da região e, embora seja perfeitamente possível visitá-las no esquema bate-volta, a maior parte dos viajantes prefere passar uma noite ou mais na tranquilidade das praias de areia branca. A região é famosa pela prática de snorkeling e de mergulho.

Ilha na província de Trang, Tailândia

Praia paradisíaca na província de Trang, Tailândia

Próxima à ilha de Koh Muk fica a famosa Emerald Cave, uma caverna marinha repleta de recifes de coral que é sem dúvidas a principal atração natural da região. Embora seja possível comprar excursões para a caverna saindo diretamente de Trang, as praias da ilha também merecem uma visita.

O 360meridianos viajou a Trang a contive da Embaixada da Tailândia no Brasil

Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.