Tags:
Atlas: Inglaterra, Londres, Reino Unido

Como vistar a Torre de Londres

Preocupado com a estabilidade do Império, o rei Charles II determinou que sempre deveriam haver seis corvos vivendo no patio da Torre de Londres. Tudo isso por conta de uma antiga lenda que dizia que se os tais seis pássaros deixassem a torre, a Monarquia e a Torre Branca cairiam.

Charles, que enfrentava uma crise e guerra civil durante seu governo, não quis dar chance para o azar. Pelo sim e pelo não, era melhor que os corvos continuassem ali. E o decreto continua valendo: hoje em dia você encontra sete corvos, os seis da lenda e um extra para garantir. Eles cortam as asas dos bichos, para evitar a fuga e assim manter o Império de pé.

Essa é só uma das curiosidades envolvendo a Torre de Londres, um prédio histórico que certamente merece sua visita.

Planeje sua viagem: Saiba onde ficar em Londres 

Torre de Londres corvo

História da Torre de Londres

Em 1070, o rei inglês Guilherme, o Conquistador,  iniciou a construção de uma torre, a Torre Branca (ou White Tower), próxima ao rio Tâmisa, com o objetivo de proteger a cidade. Em 1285, Eduardo I finalizou os projetos de defesa da torre, iniciados por governantes anteriores, com a construção de um muro externo (além do outro que já existia) e um fosso fora desse muro. Depois que considerou o lugar seguro o suficiente, se mudou para lá. A Torre de Londres permaneceu como residência real por mais de 350 anos, até que uma guerra civil tirou os reis de lá.

Hoje, a Torre de Londres continua a ser um Palácio Real e museu. É lá que você encontra um dos bens mais queridos da Rainha: as joias da coroa. Mas para falar a verdade, essa é a parte menos legal do passeio. Os corredores, galerias e jardins do local contam boa parte da história da Inglaterra, além de ser uma fonte inesgotável de contos sobre traições, assassinatos, conspirações e mistérios.

O passeio leva cerca de 3 horas e custa em torno de 25 euros. Quem compra pela internet tem um pequeno desconto no ticket e, mais importante, evita filas.

Torre de Londres Mapa

Veja o mapa ampliado no site Historic Royal Palaces

Torre de Londres Rainha da Inglaterra

Visitando a Torre de Londres

Yeoman Warder Tour

Se você fala inglês bem (e entende o sotaque britânico) uma boa ideia para iniciar o passeio é seguir o tour dos guardas da Torre, chamados Yeoman Warder. O tour, que está incluído no preço do ticket, leva uma hora e eles contam curiosidades sobre o local, seus antigos moradores e prisioneiros. Nós começamos a acompanhar um desses tours quando estivemos por lá, mas acabamos desistindo porque estava muito cheio.

Os guias são muito simpáticos e engraçados – além de usarem um roupa para lá de típica. Para ser um desse guardas, que cuidam da Torre de Londres desde 1509, é preciso ter servido nas forças armadas britânicas por pelo menos 22 anos, com um histórico de honra. Atualmente, esses são os guardas mais fotografados de Londres, ganhando até do pessoal da troca da guarda do Palácio de Buckingham.

Torre de Londres guarda

O Yeoman Warder Tour acontece a cada 30 minutos a partir da abertura da Torre. Eles encerram as atividades às 15h30 no verão e 14h30 no inverno.

The White Tower

Torre de Londres white tower

Essa é uma das construções mais importantes da Torre de Londres. Se você prestou atenção no início do texto, percebeu que foi na White Tower que tudo começou. Esse é o maior prédio do complexo e também é um dos castelos dos século 11 mais bem conservados na Europa.

Hoje, o prédio abriga uma coleção de armas, a Royal Armouries Collection, e uma exibição de 300 anos, chamada Line of Kings, com cavalos de madeira, armaduras e tesouros, incluindo a armadura gigante de Henrique VIII. No segundo andar fica a St. John’s Chapel, a igreja mais antiga de Londres, construída em 1080. O porão era um lugar de torturas.

Torre de Londres armadura

Capela Torre de Londres

As Joias da Coroa

A exibição das joias da coroa, ou Crown Jewels, fica na única área de exibição que você não pode tirar fotos. Eu não fazia muita questão de ver os exemplos dos séculos de riqueza roubada pelo Império Britânico, mas não tenho como negar que é uma coleção de peças muito bonita. Além disso, pode ter fila para entrar lá. São quase 24 mil pedras preciosas, que decoram cetros e coroas de 500 anos.

 Torre-de-Londres_joias-da-coroa

Entrada lotada do pavilhão onde ficam as joias

O pátio da Tower Green

A Tower Green era o lugar onde os inimigos do Estado eram executados. Mas não era execução de qualquer pessoa não – lá era onde o pessoal do alto escalão ou prisioneiros muito populares morriam. As pessoas mais famosas que perderam suas cabeças ali foram três Rainhas da Inglaterra, que também eram as esposas de Henrique VIII: Ana Bolena, Catherine Howard e Lady Jane Grey. Hoje, no pátio em frente à torre existe um memorial dedicado aos pereceram ali.

Torre de Londres memorial anna bolena

Palácio Medieval

O rei Henrique III e seu filho Eduardo I foram os dois reis medievais responsáveis por dar à Torre de Londres o status de residência de monarcas. Para isso, foram construídos luxuosos aposentos, dignos da realeza. Para conhecer o palácio medieval você precisa circular entre algumas áreas diferentes da construção.

A St Thomas’s Tower, construída em 1270, tem um quarto onde o rei recebia visitantes em frente a uma grande lareira. Na Wakefield Tower você vê a Sala do Conselho e a Sala do Trono reconstruídas. E, por fim, na Lanthorn Tower fica uma coleção de objetos antigos, datados dos séculos 12 e 13.

Torre-de-Londres-aposentos-reais

torre-de-londres-trono

A cerimônia das chaves

Há 700 anos, todas as noites, às 21h30, a mesma cerimônia acontece por lá. Conhecida como Cerimônia das Chaves (Ceremony of the Keys), trata-se de um evento para fechar a torre. A cerimônia é gratuita, mas não é aberta ao público geral: ou seja, você precisa reservar seu lugar com antecedência para poder assistir ao tradicional evento. Se você quiser tentar ir ainda em 2014, precisa enviar uma carta para o escritório da Torre de Londres. É possível fazer isso online.

Outros cantos da Torre de Londres

Torre de Londres interna

Torre de Londres castelo

A visita à Torre de Londres também inclui uma exibição sobre os animais exóticos importados pela realeza que compunham um zoológico real. Sim, um zoológico já funcionou dentro da Torre. Lá também fica um museu sobre os soldados que guardavam a torre e outro sobre as moedas que eram cunhadas ali. Além disso, é possível caminhar pelas muralhas que circundam o complexo, ver as inscrições de prisioneiros marcadas nas paredes e observar todas as torres que compõem a fortaleza.

Uma última sugestão: dê uma olhada na Bloody Tower, onde dois jovens príncipes, Eduardo V e seu irmão Ricardo foram aprisionados pelo tio e supostamente assassinados – já que os meninos nunca mais foram vistos. A história do tio, que acabou sendo coroado Rei Ricardo III virou uma das peças mais famosas de Shakespeare: Ricardo III.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

5 comentários sobre o texto “Como vistar a Torre de Londres

  1. Ola, adorei sua matéria. A Torre de Londres é incrível. Sobre a cerimonia das chaves: Ainda é possível mandar a carta ou agora está disponível somente online? No site diz que precisa ter pelo menos 12 meses de antecedência, mas o calendário do site vai apenas até janeiro do ano que vem. Fiquei bem confusa.

  2. Esse foi um dos passeios que eu mais curti na minha viagem, pois sempre gostei da Idade Media.

    A parte das armas é impressionante e como ainda estava viciado nas Crônicas de Gelo e Fogo, foi melhor ainda.

    Eu fui lá 2 vzes inclusive, na primeira estava com o London Pass, porém na metade do caminho, a bateria da minha câmera acabou, aí tive de voltar no outro dia, paguei avulso e ainda levei um esporro da mulher da bilheteria (mas como foi com sotaque, até achei interessante), pois sem querer dei umas notas de euro para ela.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.