Tags:
Atlas: Barcelona, Espanha

5 vistas imperdíveis em Barcelona

As fotos não me deixam mentir: toda cidade fica mais bonita vista do alto. Não é diferente com Barcelona, terra da Sagrada Família, do Bairro Gótico e de tantas outras atrações, lugares lindos quando você está com os pés ao nível do mar, claro. Mas basta subir alguns degraus, recuperar o fôlego e, ufa, valeu a pena – tudo fica ainda mais impactante visto de outro ângulo.

Tive a oportunidade de contemplar a cidade do alto em minhas duas passagens por lá, em 2013 e em 2015, a última uma viagem à convite da TAM. E garanto: vale a pena. Abaixo, listo os cinco mirantes que conheci em Barcelona. Saiba que há muitos outros – Barcelona tem até um teleférico e as próprias torres da Sagrada Família oferecem uma vista privilegiada.

Monumento a Colón

O tal do Colón não é ninguém menos que Cristóvão Colombo, navegador e descobridor das Américas. Com 60 metros, o monumento está no encontro das Ramblas com o Paseo Colón, em frente ao antigo porto de Barcelona. Foi erguido no final do século 19, como parte da estrutura criada para a Exposição Universal de 1888.

Veja também: Onde ficar em Barcelona, os melhores bairros

vistas imperdíveis de Barcelona

A expedição de Colombo em busca de um novo caminho para as Índias foi patrocinada pelos Reis Católicos da Espanha, que na época residiam em Barcelona. Depois da descoberta do novo continente – apontado por alguns historiadores como o mais importante evento da História – Colombo voltou para Barcelona, onde apresentou seu relatório para o Rei. Portanto, tem sentido que Barcelona preste homenagem a Colombo, mesmo que a cidade não seja banhada pelo Atlântico e ele não tenha nascido lá.

Melhores vistas de Barcelona

No alto do monumento fica um estátua do navegador, que metaforicamente aponta para a América. Como a Novo Mundo está na realidade no sentido oposto, os criadores do monumento preferiram a metáfora, afinal ninguém entenderia se Colombo estivesse apontando para as Ramblas, não para o Mar. A vista de lá é incrível. E o melhor é que não é preciso suar para subir, já que um elevador faz o esforço para você.

Vistas de Barcelona

O monumento abre de 8h30 às 20h30, entre março e setembro. No restante do ano o mirante fecha uma hora mais cedo. Em todos os casos, o último elevador sobe 30 minutos antes do horário de fechamento. Não há visitação nos dias 25 e 26 de dezembro e 1° e 6 de janeiro. A estação do metrô mais próxima é a Drassanes (linha L3) e os ônibus 14, 59, 64, 91, 120, D20 e H16 deixam na porta.

Vistas em Barcelona

Parc Guell

Tudo começou quando o catalão Eusebi Güell comprou um enorme terreno no monte El Carmel, num município que na época era vizinho de Barcelona. Ele planejava construir ali um condomínio que teria vista para a cidade, que fica aos pés do terreno. Um condomínio que teria dezenas de casas para famílias cheias de grana. O projetista do empreendimento? Antoni Gaudí, o arquiteto da Sagrada Família e nome maior do modernismo catalão.

Só que o projeto deu errado. Quer dizer, pelo menos pro Eusebi Güell, já que o local não virou o condomínio que ele tinha desejado e apenas duas casas foram construídas, sendo que uma delas virou moradia para o próprio Gaudí. Por outro lado, o povo catalão agradece ao resultado final do empreendimento inacabado, que foi comprado pela prefeitura e acabou virando um parque decorado por Gaudí e com vista para Barcelona. Não tinha como ficar melhor.

Parc Guell Barcelona

Veja também: Um tour pela Barcelona de Gaudí

A visita ao parque, incluindo o mirante, é de graça, mas há um ingresso de oito euros para a chamada área monumental do Parc Guell. O parque funciona todos os dias, mas o horário varia ao longo do ano: de 8h30 às 18h15, entre 1° de janeiro e 26 de março); de 8h às 20h, entre 27 de março e 30 de abril e 29 de agosto e 29 de outubro. Já na alta temporada, que vai de 1º de Maio até 28 de agosto, o parque fecha às 21h30. Em todos os casos a última entrada e entre 30 e 45 minutos antes do fechamento. Para chegar lá, pegue a linha verde (L3) e desça nas estações Vallcarca ou Lesseps (a primeira opção é melhor). Os ônibus  H6, 32, 24 e 92 também atendem ao parque.

Vista Barcelona

Últimas dicas: o ingresso para a parte monumental fica um euro mais barato se comprado online, pelo site oficial.

Santa Maria del Mar

Igreja Gótica normalmente é impressionante, fato que não é contestado pela Santa Maria del Mar, um templo que começou a ser erguido em 1329, no auge do poderio marítimo de Barcelona. Este templo subsistiu outro, bem mais antigo e que, como você provavelmente adivinhou pelo nome, também ficava pertinho do mar, uma parada obrigatória para todos que desembarcavam ali.

Você pode conhecer a igreja de graça, todos os dias, caso passe pelo tempo de manhã ou de noite (a entrada custa 3 euros durante a tarde) E se visitar o Templo do Mar já é algo interessante por si só, a visita fica ainda melhor se você pagar para conhecer o terraço da igreja. Custa 5 euros e inclui um tour guiado pelo templo.

Mirantes de Barcelona

De lá você vai observar as ruas, a Catedral de Barcelona, que também fica no Bairro Gótico, o Mercado del Borne e os terraços dos prédios vizinhos, que estão quase que no mesmo nível do terraço da igreja.

As estações de metrô mais próximas são Jaume I e Barceloneta, da L4.

Vistas imperdíveis de Barcelona

Centre Comercial Arenas de Barcelona

Cerca de 15 mil pessoas podiam assistir de perto as touradas que tomavam conta da Plaza de Toros de las Arenas, que fica na  Plaza de España, uma das mais bonitas de Barcelona. A Arena de Touradas foi inaugurada em 1900, até que chegou o ano de 1977, quando a última tourada foi realizada na cidade.

Nos anos seguintes, a Arena foi abandonada e por pouco não foi derrubada. A saída foi transformar o local num shopping, o Centro Arenas de Barcelona. Vá lá para contemplar a vista da Praça da Espanha, em frente ao shopping, e quem sabe almoçar ou jantar num dos restaurantes que tomaram conta do terraço da Arena. Como eu fui lá justamente para jantar, não levei a câmera neste dia, por isso a foto abaixo é da Wikimédia Commons.

Praça da Espanha, Barcelona

Foto: Canaan, Wikimédia Commons

A estação de metrô mais próxima é a Tarragona, da linha 3. O shopping funciona de 10h Às 22h, mas os restaurantes vão até 1h durante a semana e fecham as portas às 3h aos finais de semana e feriados.

Mirador de l’Alcalde, em Montjuïc

Dois grandes eventos ocorreram no Montjuïc, uma colina de 185 metros que fica no sudoeste de Barcelona: a Exposição Universal de 1929 e as Olimpíadas de 1992. Com isso, esse monte ganhou atrações turísticas importantes, como o Parque Olímpico e o Palácio Nacional. Além disso, por ali fica o Castell de Montjuïc, uma fortaleza que durante séculos defendeu a baía de Barcelona de invasores.

Barcelona, Espanha

Percebeu como o Montjuïc merece um dia inteiro do seu roteiro de viagem? Quando fizer isso, não deixe de passar pelo Mirador de l’Alcalde, que foi inaugurado no fim dos anos 60. De lá é possível ver o mar, o porto e a cidade – incluindo a Sagrada Família, cujas torres (e guindastes) são reconhecidas facilmente.

Vistas de Barcelona

O mirante fica na Plaça del Mirador, dentro do parque de Montjuïc. O ônibus 150 deixa na frente do mirante, mas a melhor forma de chegar lá, já que estamos falando de vista, é de teleférico (10,80 euros), que tem uma estação ali. Para pegar o teleférico, desça na estação Paral-lel do metrô e faça a baldeação, que é de graça, para o funicular de Montjuïc. A estação do teleférico estará na saída do funicular.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “5 vistas imperdíveis em Barcelona

  1. Oi Rafael, tudo bem?

    Eu estou planejando viajar por 1 ano pela Europa e pensei em começar na Turquia e terminar na Espanha dando a volta pelo lado direito (ou fazer o contrário). Essa é a sequência que eu montei. Você acha que é um bom roteiro ou acha que seria complicado e eu deveria alterar alguma coisa? Estou pensando na questão das fronteiras também, quero tentar fazer o máximo possível por terra e economizar com avião. A ideia é fazer essa viagem em abril do ano que vem saindo de São Paulo.

    – Turquia
    – Grécia
    – Croácia
    – Eslováquia
    – Ucrânia
    – Rússia
    – Finlândia
    – Noruega
    – Dinamarca
    – Alemanha
    – Polónia
    – República Tcheca
    – Áustria
    – Itália
    – Alemanha
    – Holanda
    – Bélgica
    – França
    – Reino Unido
    – França
    – Espanha
    – Portugal
    – França

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.