Tags:
Atlas: Peru

Os pratos típicos da comida peruana

Foi a mais gastronômica das viagens que já fiz. Os 10 dias que passei no Peru, em junho deste ano, incluíram passagens pela capital do país, Lima, e também por Arequipa, Vale do Colca, Puno e o Lago Titicaca. Foi o suficiente para conhecer a variedade gastronômica de um país que tem litoral e os Andes, Amazônia e influência de várias culturas, das pré-colombianas aos imigrantes asiáticos.

Em 2012, durante nossa primeira visita ao país, o 360 fez um texto sobre as delícias que encontramos por lá. Hoje, vou falar um pouco sobre alguns dos principais pratos típicos da comida peruana. E já deixo claro: essa não é uma lista definitiva. É claro que vai faltar muita coisa – cito apenas pratos que provei durante uma viagem de sete dias.

Ceviche

Confesso que não sou o maior dos fãs, mas não chego a desgostar. São fatias de peixe cru marinadas num molho de limão, pimenta e cebola. Comida típica de pescadores, inclusive pela facilidade de fazê-la ainda no barco, o ceviche também está presente nos restaurantes mais badalados do país.

Pode ser servido com choclo, uma espécie de milho, e normalmente é feito com peixes frescos. Há registros de tipos primitivos de ceviche presentes na culinária da América do Sul há dois mil anos. O ceviche foi também consumido pelos incas e permaneceu na mesa após os espanhóis, sofrendo adaptações ao longo do tempo.

Eu provei o prato várias vezes (e de vários tipos), mas meu favorito foi o do La Mar Cebichería, restaurante especializado em frutos do mar que fica no bairro Miraflores, em Lima, mas que também tem filiais em Bogotá, Buenos Aires, Miami, São Francisco, Santiago e São Paulo.

comida peruana

Causa

Se o ceviche não era minha praia, não posso dizer o mesmo da causa. Esse prato usa um ingrediente farto na cultura andina, a batata – são mais de 2500 variedades. Normalmente é feito com a papa amarilla, um pouco diferente da batata que consumimos por aqui.  

Pode envolver abacate e ser servido na forma de um bolinho, sempre frio. Mas a batata também combina com atum, camarão, carne de boi, frango, ovo, cebola, azeitona (e por aí vai a lista de, vamos dizer, recheios). O blog Rosmarino e outros temperos ensina como fazer uma causa à moda brasileira.

culinária peruana

Lomo saltado

É fantástico e não muito diferente de pratos que temos por aqui. Junte um filé bem temperado, arroz, e batata frita: esse é o Lomo Saltado. O melhor que eu comi foi em Lima – e eu ajudei a fazer. Tudo bem que eu só cortei os ingredientes, mas foi durante uma aula de culinária colaborativa na capital peruana, então acho que conta.

O lomo saltado é temperado com ají, uma espécie de pimenta que vai em muitos dos pratos típicos da comida peruana, cebola, coentro e pimentão. O tomate também costuma estar presente. Segundo o professor de culinária, esse é um dos pratos influenciados pelos imigrantes que vieram da Ásia.

Aula de culinária peruana

Rocoto Relleno

Prato típico de Arequipa e que se tornou um dos meus favoritos. Em vários restaurantes pedi o Rocoto Relleno de entrada, mas cheguei também a fazer dessa minha opção de prato principal. Uma uma espécie de pimentão recheado com carne, cebola, ovo, queijo e outros ingredientes. Comi várias vezes e não achei muito apimentado. Pediria sempre.

pratos típicos comida peruana

Pollo a la Brasa

Foi na década de 1950, em Lima, que o Pollo a la Brasa se popularizou. É marinado, leva temperos típicos peruanos e preparado na brasa, numa daquelas máquinas giratórias comuns em todo mundo, mas com carvão. O frango é acompanhado, claro, por batatas. Pode ser encontrado nos mais diversos restaurantes, dos famosos (e caros) aos mais simplões – procure por uma pollería e você achará um restaurante lotado, principalmente aos domingos.

É um dos pratos mais consumidos em Lima, a ponto de ser considerado especialidade local pelo Instituto Nacional de Cultura. O pollo a la brasa tem até uma data comemoração, o terceiro domingo de julho.

pollo a la brasa

Cuy

Um porquinho-da-Índia, preparado aberto, inteiro e pururucado. Esse é o cuy, talvez o prato mais famoso entre viajantes que visitam o Peru, justamente por causa da aparência, err, diferente. Pode ser servido com arroz e batatas, mas cheguei a ver carne de cuy também em restaurantes do tipo self service. É outra comida com origem pré-colombiana.

Comida andina Peru

Foto: Robert Ennals – CC BY 2.0

Ají de gallina

Também provei num restaurante simples e estilo self service, quando estava a caminho do Vale do Colca, e só me dei conta disso ao pesquisar para este texto. É um frango desfiado e com molho feito com ingredientes andinos, como o ají. Servido com arroz e e batatas.  Achei a receita aqui.

Frutos do mar, bebidas e sobremesas

Sei que já citei o ceviche, mas deixo essa opção aqui para quem vai ao litoral, principalmente Lima: peça sem dó os frutos do mar. Não tenha medo de pedir pratos com polvo, camarões e outras iguarias do tipo – a melhor refeição que fiz no ano, disparada, foi um polvo ao carvão, num restaurante de Lima.

comida peruana

Melhor. Prato. Do Ano. 

A bebida nacional é o pisco, que rende uma rivalidade eterna com o Chile, já que os dois países garantem que inventaram o drink. De qualquer forma, o pisco estará presente em todas as refeições que você fizer. Quem não é de álcool pode preferir uma Inca Cola, outro orgulho peruano e refrigerante mais vendido do país.

Sobremesa? Vá de Suspiro de Limeña, doce que nasceu na capital peruana, em meados do século 19. É feito com manjar branco e merengue de vinho do porto. O site oficial do turismo do Peru tem essa – e várias – receitas. Vale conferir.

*O 360meridianos viajou ao Peru a convite do Submarino Viagens e da PromPerú


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

12 comentários sobre o texto “Os pratos típicos da comida peruana

  1. vou ser sincero, estava animado a ler, começou muito bem, dai vi critica pessoal contra ceviche, depois dizer q o nosso arroz bife e batata frita é excepcional , parei d ler na sequencia, ficou me parecendo um texto critico d uma pessoa q se diz na busca de conhecimento cultural gastronômico, e me da uma dessa, parece um filhinho d papi ou de mamãe q quando vai no restaurante, se delicia com arroz bife e batata frita, um prato sem riqueza nenhuma, tanto nutricionalmente como culturalmente, a não ser um fastfood , capitalista estilo estados unidos, eu por exemplo gosto muito de comida asiática, macrobiótica, ou vegetariana, vegana, acrescentam informações da verdadeira alquimia da cozinha, nacionais, gosto de mineira e baiana, no norte também tem coisas legais, mas não tenho tanto conhecimento, a tropeira é interessante, mas sendo sincero, me desculpe, mas exaltar arroz batata frita e bife, kkkkkk
    sou critico em relação a cozinha, pq gosto, foi como uma vez fui experimentar um prato salgado de uma casa , q participava de um festival gastronômico na cidade, o prato participante era, esfiha aberta com carne moída e couve crocante, kkkk
    nem em casa uso carne moída, e pagar caro pra comer uma esfiha com couve? se for um festival, pq não inovar, mesclar sabores e culturas,

    1. Oi, tudo bom?

      Vamos lá: eu não falei mal do ceviche e muito menos me recusei a comer. Só falei, e abro aspas, “Confesso que não sou o maior dos fãs, mas não chego a desgostar”. Comi ceviche em praticamente todos os dias da minha viagem, porque sempre faço questão de provar tudo que um país tem a oferecer em termos de gastronomia. Sempre, de insetos a qualquer nível de pimenta e temperos. Dito isso, apontar uma receita como favorita ou não é só isso: gosto e escolha pessoal.

      E outra: o Lomo saltado é também um prato típico da culinária peruana. Um dos mais conhecidos, inclusive, e está carregado de temperos locais e traços culturais fortes. Tem também influência asiática, que é uma marca da culinária peruana. Enfim, passa longe, muito longe, de ser comida de fast food.

      Por fim, numa boa, tem necessidade de me chamar de “filhinho d papi ou de mamãe” por conta de uma divergência boba assim? Não precisa disso.

      Abraço.

  2. Rafael, parabéns pelo seu blog… em 2017 fui ao Perú… gostaria de ter encontrado o seu blog antes de ter ido para assim desfrutar das dicas que você dá.
    Fiz uma ótima viagem ao Perú, conheci Lima, Cuzco e Puno e Machupichu e achei fantástico.

    Um grande abraço.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.