Tags:

Empreendores, freelancers, blogueiros: quando tirar férias?

Enquanto vocês leem este post, eu estou, pela primeira vez em três anos, oficialmente de férias – da última vez que disse que ia tirar férias, em agosto, acabei algumas horas no computador enquanto a galera ia para a praia, todos os dias. Dessa vez, porém, será diferente: não vou ver os comentários até voltar, tem outra pessoa respondendo os emails, postando nas redes sociais e fazendo todas as tarefas que são minha responsabilidade. Já os textos, deixei todos adiantados.

Eu não tirava férias de verdade desde que larguei meu emprego de escritório em São Paulo, em setembro de 2013. Até chamei algumas viagens de férias, mas a verdade é que eu levava o computador, celular e ficava trabalhando. Descansar e desligar mesmo não rolava. E por mais que meu estilo de vida de blogueira de viagens ou nômade digital me dê muito mais liberdade e flexibilidade de viajar quando quiser, as responsabilidades estão sempre ali. Assim como estão para freelancers e empreendedores que não trabalham com viagens necessariamente, mas também têm a possibilidade de fazer seus próprios horários e cuidam da própria empresa.

Demorou três anos para que os três sócios dessa pequena empresa chamada 360meridianos conseguissem se organizar e admitir que não só mereciam uma folguinha de vez em quando, como realmente precisavam disso para a própria sanidade. E a verdade é que conversando com outras pessoas do meio, ouvimos cada vez mais de colegas que estão precisando de umas férias. Mas lá vão muitas e muitas dores de cabeça entre precisar de umas férias e tê-las de fato.

luiza passeio de barco em lagos algarve

Não sei se vocês lembram, mas no meio do ano fiz um texto com 7 dicas para ter mais disciplina e motivação na vida. Foi uma ideia para tentar me ajudar, e ajudar outras pessoas, a serem mais organizadas, menos procrastinadoras e mais motivadas. Uma das minhas metas SMART (Específica, Mensurável, Atingível, Relevante, Com prazos) era conseguir as tais férias. Atrasada uns cinco meses, cumpri o objetivo.

Ao invés de falar aqui por que férias são importantes para qualquer um, resolvi reunir, mais uma vez com o apoio da nossa amada internet, algumas dicas que encontrei – somadas a minha própria experiência, sobre como um empreendedor, um freelancer, um blogger ou nômade digital pode e deve ter seus dias de descanso anuais:

1. Organização

O período de férias – nem que seja um descanso no feriado prolongado – tem que entrar no seu planejamento do início do ano. Sem pensar isso de uma forma estruturada, sempre vai aparecer outra demanda e tchauzinho, folga. Não quer dizer que você vai conseguir em janeiro marcar as férias para setembro e pronto. Vamos ser realistas? O estilo de vida de quem não tem emprego fixo não é fixo. Mas é preciso ir se planejando aos poucos. Até porque assim você sabe qual é o período mais tranquilo para se ausentar do seu próprio trabalho. Não adianta, mais uma vez, planejar as férias para agosto se esse for o mês de maior pressão na sua atividade.

2. Tempo

Eu acho que é bem mais difícil para alguém que trabalha por conta própria ou só depende de si mesmo para que a empresa ande conseguir se ausentar por 30 dias. Ou mesmo que for uma empresa com um pouco mais de funcionários, esse período longo de ausência pode ser impeditivo para delegar funções e realmente conseguir se desligar como deveria. Por isso, acho que a melhor solução deveria ser dividir esses trinta dias em frações de tempo menores.

Claro, isso vai da lógica do trabalho de cada um. Vi a experiência de um freelancer que consegue se organizar para tirar férias longas junto com os filhos duas vezes ao ano. E funciona direitinho.

3. Delegando ou adiantando tarefas

Ok, essa aqui é complicada. Nem todo mundo tem para quem delegar tarefas, se o trabalho for de uma pessoa só. Nesse caso, o jeito será adiantar todas as tarefas e informar com bastante antecedência seus clientes, parceiros, leitores, futuros leitores, que você irá se ausentar por uns dias. Assim, você consegue que todos estejam cientes desse período off e também não deixa nada de última hora pendente para quem paga suas contas.

Já no caso de você ter para quem delegar, há duas questões: a primeira é deixar tudo muito organizado, anotado, explicado e treinado. Não adianta nada chegar para sócios ou funcionários e falar: vlw flw, to saindo de férias. É preciso, mais uma vez, planejar. E também é preciso outra coisa: confiar. Eu acho que quando a pessoa é dona do próprio negócio, às vezes tem muita dificuldade em confiar nos outros e centraliza muito as decisões. Isso é um tremendo problema. Eu não sou nenhuma especialista em como gerir uma empresa, mas já li um monte de textos falando sobre como centralizar demais as tarefas em você mesmo é um tiro no pé.

4. Saiba desligar-se de verdade

quando tirar férias blogueiros empreendedores freelancer

Crédito: Shutterstock

Veja bem, não estou falando para você ligar totalmente o foda-se mesmo que o mundo, ou melhor, seu trabalho, por algum motivo se exploda. Mas saiba avaliar as prioridades. Por exemplo, se mesmo nas férias você ficar checando emails, respondendo clientes e fazendo só uma coisinha ou outra porque não toma muito tempo, guess what? Isso não é férias.

No meu caso, por exemplo, que trabalho com viagens, tirar férias para mim envolve escolher um destino que a gente já tenha aqui no blog ou que não vá me dar nenhum trabalho. Como ir para uma praia aleatória ou ir para algum lugar que o Rafa ou a Naty já exploraram. No caso de quem tem a própria empresa ou seja frila, quer dizer deixar tudo alinhado para que, tirando imprevistos monstros, você não tenha que atender ligações de clientes no meio da noite em outro fuso horário por conta de uma coisa boba. Sei lá, cada um sabe qual é seu próprio drama. Mas, na grande maioria das vezes, o mundo não vai acabar porque você se ausentou por uma semana.

Então desliga o wifi e vá ser feliz.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Empreendores, freelancers, blogueiros: quando tirar férias?

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.