6 curiosidades sobre a Universidade de Coimbra

Quando você pensa em Coimbra, Portugal, qual a primeira coisa que vem à sua cabeça? Provavelmente a universidade, acertei? Essa cidade com ares medievais é famosa no mundo inteiro por conta da instituição, uma das universidades mais antigas do mundo ocidental. Em 2014, eu arrumei minhas malas e vim estudar aqui. E claro que o primeiro passeio que fiz foi conhecer o campus.

Estou devendo esse post com curiosidades e informações sobre o passeio na universidade desde que contei para vocês o que fazer em Coimbra. O campus é patrimônio mundial tombado pela Unesco e o passeio pelo Paço das Escolas é aberto ao público todos os dias e custa 9 euros (veja informações sobre descontos), incluindo aí a maravilhosa Biblioteca Joanina, o Paço Real, com a Sala dos Capelos, Sala do Exame Privado e Sala de Armas, e a Capela de S. Miguel.

É preciso pagar um euro para subir na Torre (só vale a pena em dias com céu azul). Eu recomendo fortemente o aluguel do audioguia, por 3 euros, que me deu algumas das informações que incluí nesse post – ou fazer a visita guiada, que custa 15 euros. Os horários de visitação variam no inverno e no verão, você pode conferir no site oficial.

Veja dicas de onde ficar em Coimbra

Paço das Escolas O que fazer em Coimbra

1. Universidade ou Palácio?

Você sabia que Coimbra foi a primeira capital de Portugal, de 1131 a 1255? Pois é, a primeira dinastia de reis portugueses, iniciada com D. Afonso Henriques, se instalou na cidade. O Paço Real era exatamente no mesmo local onde hoje é o Paço das Escolas. Era a residência da realeza, localizada num dos pontos mais altos da cidade, dentro da cidadela fortificada, a Alcáçova, construída durante o período de dominação muçulmana.

Paço das Escolas Universidade de Coimbra

Foto: Arquivo UC

Foi Dom Dinis que fundou a Universidade, em 1º de março de 1290. Mas durante um longo período o funcionamento se alternou entre Coimbra e Lisboa. Finalmente, em 1537, D. João III fixou a instituição em Coimbra.

2. A Porta Férrea

Porta Ferrea UC

Se essa era uma cidadela com funções de defesa para os muçulmanos, ela precisava ter um grande portão. Com a vinda dos reis e depois a vinda dos estudantes, a função militar deixou de ser tão importante, mas o espaço não perdeu imponência. Ao entorno de um grande portão de ferro, no século 17, o portal foi todo decorado com símbolos importantes para a Universidade, como a Sapiência, a insígnia da Universidade, os reis D. Dinis e D. João III (que também tem uma estátua grande no meio do Paço), além de representações das faculdades maiores: Leis, Medicina, Teologia e Cânones.

3. A Cabra

Não existe uma cabra, de verdade ou estátua, circulando pela Universidade de Coimbra (pelo menos não que eu já tenha visto). Mas um dos quatro sinos que tocam no alto da torre, construída entre 1728 e 1733, é conhecido como “a Cabra”, por conta do seu som meio estranho – apelido dado carinhosamente pelos estudantes. Antigamente, num mundo onde não existiam tantos relógios e celulares, era o som da Cabra, digo, dos sinos, que pautava o funcionamento de toda a universidade.

Torre da Universidade

Outro aspecto curioso é que os Estatutos velhos da Universidade determinavam que o relógio deveria estar sempre 15 minutos atrasado em relação ao da cidade. Não sei se tem sentido, mas hoje em dia, as aulas da UC começam sempre com 15 minutos de atraso em relação ao horário marcado.

Para chegar no alto da Torre, é preciso subir 180 degraus num espaço um tanto quanto claustrofóbico. Felizmente, a vista lá de cima compensa o esforço.

Vista da Torre Coimbra

4. Sala dos Capelos

Não se espante se, ao visitar essa imponente sala, decorada em vermelho e dourado, vocè ver pessoas vestindo capas pretas. Não tem nada a ver com Harry Potter, apesar da semelhança. É uma defesa de Doutorado, que obriga tanto professores quanto doutorandos a vestir esses trajes, chamado “hábito talar”, que inclui calça ou saia preta, batina, camisa branca, capa preta comprida e sapatos pretos.

Sala dos Capelos Universidade de Coimbra

Crédito: Josep Renalias – CC BY-SA 3.0

Mas muito antes dessa ser a sala dos doutoramentos, era a Sala Grande dos Actos, ou seja, a Sala do Trono, onde importantes monarcas portugueses foram coroados. Claro, o salão que podemos ver hoje (mas não fotografar!) foi totalmente remodelado.

Sala dos Capelos Universidade de Coimbra

Crédito: Arquivo UC

Ah, você deve estar se perguntando: por que Sala dos Capelos? É que existe uma tradição em Coimbra em que os novos Doutores vão até essa Sala solicitar ao Reitor as insígnias doutorais, no caso, a Borla, que é um chapéu pequeno simbolizando a inteligência, e o tal Capelo, uma capa curta que simboliza a ciência. O nome dessa solenidade é Imposição das Insígnias.

5. Biblioteca Joanina

Minha parte favorita na visita ao Paço das Escolas foi a entrada na Biblioteca Joanina, que tem esse nome por conta do D. João V, que encomendou a construção em 1717. A biblioteca é maravilhosa. São 72 prateleiras, divididas em três salas. A decoração foi feita com pequenas pinturas feitas em folhas de ouro vindas do Brasil. Os tetos também são lindamente pintados.

Universidade de Coimbra Biblioteca Joanina

Agora, imagina a minha surpresa, enquanto observava tamanha lindeza, quando a pessoa por trás do audioguia me conta que o que vem protegendo as obras da Biblioteca Joanina das traças desde o século 18 são morcegos. Eu fiquei procurando onde diabos estavam esses bichos, que toda a noite podem circular livremente para salvar os livros de ataques. Antes de fechar a biblioteca, eles têm o cuidado de cobrir os móveis de madeira, para evitar que o cocô de morcego cause algum dano.

Biblioteca_Joanina_Universidade_de_Coimbra

Crédito: Manuelvbotelho – CC BY-SA 4.0

Além disso, as paredes de dois metros de espessura ajudam a manter uma temperatura constante dentro da biblioteca. Por conta disso, a entrada na Biblioteca Joanina é feita em grupos, com horário marcado. Assim, a porta enorme de entrada só é aberta por poucos minutos.

6. Prisão Acadêmica

Dá para imaginar que até 1834 existia uma prisão acadêmica? E que os funcionários, professores e alunos da Universidade de Coimbra poderiam ser julgados e presos ali temporariamente, como medida disciplinar? Além dessa informação ser chocante, mais chocante ainda é pensar que parte dessa prisão era medieval.

A única cadeia medieval existente em Portugal, construída na parte exterior da muralha muçulmana. No século 18, a cadeia foi transferida para os pisos inferiores da Biblioteca Joanina, mas reformas posteriores, no mesmo século, acabaram unido a parte medieval com a parte mais recente.

Prisão Academica

Se você quer saber como é viver e estudar em Coimbra, pode conferir aqui e aqui. Além disso, leia aqui tudo o que você precisa saber para vir estudar em Portugal.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.

*Crédito Imagem Destacada: Arquivo UC

 


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

14 comentários sobre o texto “6 curiosidades sobre a Universidade de Coimbra

  1. Oi Luiza, quando visitei Coimbra, o guia que nos recebeu na Universidade mostrou um estátua com roupas penduradas. Disse ser dos estudantes, alguma coisa do tipo: as roupas foram rasgadas (seriam estas roupas pretas) em algum tipo de comemoração de fim dos estudos?? Não me lembro bem. Você saberia me explicar?? bjus

    1. Oi Debora,

      Ele deveria estar falando da Queima das Fitas. É uma comemoração de formatura dos estudantes, cheia de tradições, que acontece em maio.

      bjs

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.