7 países baratos para viajar na Europa com a alta do Euro

Não está fácil para ninguém viajar neste momento, com o euro na casa dos 4 reais. Mas isso não é motivo para cancelar viagens, mas trocar de destinos. A gente sempre diz que viajar é bem mais barato do que as pessoas pensam. Mas, ainda assim, tem um monte de gente por aí pensando que vai ter que gastar fortunas para passear na Europa.

Tirando a passagem, que sai em média de R$2.100 se você pesquisar direitinho, listei aqui alguns países baratos para viajar na Europa, onde você consegue gastar por volta de 40 a 50 euros por dia. Isso mesmo: menos de 50 euros, incluíndo hospedagem, alimentação, transporte e passeios! E, veja bem, coloquei na lista só os países que eu conheço. Muitos outros do Leste Europeu e Bálcãs poderiam entrar nesta lista. Ah, não deixe de ler também o nosso post sobre como calcular quanto custa um mochilão pela Europa.

Países baratos para viajar na Europa

Portugal

por do sol no porto portugal

Eu moro há mais de um ano em Portugal e posso afirmar que esse é o país mais barato da Europa Ocidental. É possível fazer refeições com bebida por 10 euros ou menos em Lisboa e Porto. Dá para ficar num hotel barato ou hostel com quarto privativo por uns 20 euros por pessoa (quarto coletivo é ainda mais barato: são uns 10 ou 12 euros). É fácil gastar pouco e aproveitar muito em Portugal. E o país tem tantas atrações que é até difícil escolher aonde ir.

Leia também: 7 roteiros para fazer em Portugal

Sugestão de roteiro de 10 dias em Portugal: Lisboa (3), Sintra (1 – Bate-volta a partir de Lisboa), Coimbra (1), Serra da Estrela – Belmonte, Manteigas, Linhares -(1 Bate-volta a partir de Coimbra), Porto (3), Aveiro (1 – Bate-volta a partir de Porto).

Espanha

O que fazer em Madrid, Espanha

Se Portugal é o país mais barato, a Espanha é seu concorrente direto. Com exceção de Barcelona, é possível gastar até 40 euros por dia nas cidades espanholas. Ou €50, se você quiser mais conforto. Os hostals, espécie de pousadinhas, são muito baratos e confortáveis. E é sempre possível achar restaurantes baratos. Sem contar que os bares servem pequenos tapas junto com a bebida pedida.

Leia também: O que fazer em Madrid com pouco dinheiro

Sugestões de roteiro 10 dias pela Espanha: Madrid (4), Córdoba (2), Sevilla (3), Granada (2), Toledo (1).

Bulgária

sofia bulgária museu etnografico

Na Bulgária, eu gastei cerca de 35 euros por dia, num roteiro de oito dias pelo país em que me dividi entre quartos privativos e coletivos. Comi em restaurantes todos os dias e ainda bebia uma cervejinha no final do dia. O melhor, esse é um dos países mais antigos do mundo e tem cidades charmosas e que ainda não foram tomadas por hordas de turistas. Ah, a moeda lá é o Lev e vale a metade de um euro.

Leia também: Como organizar uma viagem para Bulgária

Sugestão de roteiro de 10 dias na Bulgária: Sofia (3 dias), Monastério de Rila (1), Plovdiv (3), Bachkovo (1 dia – Bate volta de Plovdiv), Veliko Turnovo (2).

Romênia

Sighisoara turismo romênia

Na Romênia, também é bem tranquilo ficar dentro do orçamento. Além da capital, Bucareste, que é super animada e bonita, a Transilvânia é incrível, com seus castelos, paisagens de montanhas e casinhas coloridas. Por lá, circula o Leu: são precisos 4 para juntar um euro.

Leia também: Como viajar pela Romênia

Sugestão de roteiro de 10 dias na Romênia: Bucareste (3 dias), Snagov (1 – No caminho entre Bucareste e Brasov), Brasov (5 dias), Sinaia (1 dia- Bate volta de Brasov), Bran e Rasnov (1 – Bate volta de Brasov), Sighişoara (1 – Bate volta de Brasov), Sibiu ou Cluj-Napoca (2 dias).

Hungria

parlamento de budapeste

A moeda da Hungria é tão confusa como o idioma do país. Mas o que você precisa saber é que é uma moeda desvalorizada e que as coisas por lá são baratinhas, baratinhas. Além disso: Budapeste. Sinceramente, essa para mim é a cidade mais linda do leste e também bem animada. Só dar uma circuladinha pelo distrito judeu e seus pubs em ruínas. A moeda lá é o florim: 315 florins chegam a 1 euro.

Sugestão de roteiro de 10 dias pela Hungria: Budapeste (5 dias), Lago Balaton (2), Esztergom (2), Szentendre (1).

República Tcheca e Eslováquia

onde ficar em cesky krumlov república tcheca

Esses dois países já foram um só por um período. Compartilham culturas, têm idiomas semelhantes e são interessantes e baratinhos. Os coloquei juntos porque a Eslováquia não tem tantas atrações assim para 10 dias. Mas, não tenha dúvidas, tome muita cerveja nos dois países. A moeda na República Tcheca é a Coroa Tcheca, cuja conversão para o euro é 24 coroas. A Eslováquia adotou o euro recentemente.

Sugestão de roteiro de 10 dias pela República Tcheca e Eslováquia: Bratislava (2 dias), Devín e Trencin (1 dia), Praga (4 dias), Cesky Krumlov (2 dias), C. Budějovice (1 dia).

Grécia

O que fazer em Atenas grécia

A Grécia pode ser muito cara ou não. Desta lista, é o país mais caro. Porém, dependendo do seu roteiro e do período que você visitar o país, dá para fazer com até 55 euros. É preciso evitar os meses de julho e agosto e abrir mão de ilhas caras, como Mykonos. E, ainda, reservar tudo com muita antecedência. Mas tudo isso vale a pena. A Grécia é incrível, seu povo simpático, comida deliciosa e preços que cabem sim no bolso dos econômicos.

Leia também: Quanto custa viajar pela Grécia

Sugestão de roteiro de 10 dias pela Grécia: Atenas (3), Meteora e Delfos (2), Santorini (3), Rhodes (2)

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

87 comentários sobre o texto “7 países baratos para viajar na Europa com a alta do Euro

    1. Oi Mari,

      Nunca fui a Jerusalém. Mas no Egito é possível gastar uma média de 30 dólares por dia para mochileiro ou 50 dólares para viajantes custo/benefício (buscam conforto, mas sem gastar muito).

  1. Boa noite, Luiza! Tudo bom? Estou planejando um mochilão em julho/2020 para Portugal, Espanha, França, Bélgica e Holanda, e gostaria de saber se você tem sugestões de hostels mais baratos aí em Lisboa? Gostaria de dividir quarto mesmo, então queria algo mais em conta.

  2. olá Luiza tenho tenho 4 a 5 dias no maximo de ferias brevemente e gostaria de ir com a minha companheira a qualquer sitio na Europa. Estive a ver malta mas fiquei com algumas duvidas. dentro do pouco tempo que disponho o que recomendaria ? obrigado.

    1. Oi Jorge,

      Nunca estive em Malta, mas creio que 4 a 5 dias é uma boa lá.

      Uma dica que eu faço quando tempo assim pouco tempo disponível. Entro num site de busca de passagens, normalmente o Kiwi, que me permite busca por raio, digito a saída de Porto e Lisboa, as datas que tenho e peço para ele me mostrar as opções de passagens. Assim, consigo descobrir ideias de novos lugares com as passagens de avião mais em conta para esse período.

      Outra dica: a região da Alsácia, na França: https://www.360meridianos.com/2017/04/roteiro-4-dias-alsacia-sem-carro-franca.html

  3. Ola Luiza

    gostaria de uma ajuda planejei um roteiro de 30 dias nos países (Roma-Florença-Veneza- Munique-Frankfurt- Berlim – Amsterdã -Paris- Londres) gostaria de uma luz se e um bom roteiro e outra duvida quantos dias em cada cidade/pais da Europa > muito Obrigada 😉

  4. Olá Luiza!

    Tudo ótimo?

    Gostaria de fazer um muchilão pela Europa. Mas para tocar nas ruas e praças, sou músico e gostaria de levar a música brasileira comigo. Então, quais desses países permite que faça apresentações públicas abertas, em praças e ruas? Eu já sei que na Suíça não é permitido, para tal é necessário pegar autorização. E em outros países como funciona essa prática?
    Você saberia qual o melhor roteiro para eu tocar sem problemas ?

    Um grande abraço e muito obrigado.

  5. oi luiza,
    completando o meu comentário queria se possível informação em média de quanto gastarei numa viajem pra espanha em família durante 10 dias, já tendo hospedagem.

  6. olá Luíza,
    Estou planejando viajar em março ou julho de 2018 para Espanha(el hido) e ficar na casa de uns amigos, mas, ainda estou no começo das pesquisas sobre tudo. Será nossa primeira viagem ao exterior,irei com meu esposo e meus 2 filhos. Voçê poderia me dar dicas de companhias aéreas e melhor roteiro que fosse mais barato.?

  7. OLA MOÇADA QUERIA MUITO PODER FAZER PARETE DE UM GRUPO QUE SAI VIAJANDO POR AI MUNDO A FORA, ALGUEM INDICA COMO POSSO FAZER PARTE….
    DESDE JA AGRADEÇO

  8. Olá Luiza! Eu e mais 9 amigos estamos planejando uma viagem pela Europa, porém estamos enfrentando muita dificuldade para decidir os destinos e quanto tempo ficar em cada um.

    Uma das nossas prioridades é conhecer os Países Baixos (Amsterdã) e Alemanha. Também tenho vontade de conhecer alguns países próximos, como Rep. Tcheca, Austria, etc.

    Você teria alguma sugestão? Algum lugar em especial que devemos ficar mais? Ou sugestões de lugares baratos e bacanas?

    Desde já, obrigado

  9. Olá Luiza
    O que me diz sobre a segurança, na Hungria e Romênia!?
    São países que tenho muita vontade de conhecer, mas sempre ouço um ou outro comentário sobre batedores de carteira,sobre a falta de honestidade de taxistas…etc…
    Sabe se isso procede!?
    Grato…
    Abraços…

    1. Oi Eddy,

      Batedores de carteira existem em qualquer cidade grande na Europa, não é uma exclusividade do leste.

      Sobre os taxistas, eu não cheguei a pegar táxi nesses países, visto que o transporte público era bom, mas é mais ou menos como no Brasil. Basta ficar atento.

  10. Oi Luiza, pretendo fazer um Mochilão de 25 dias Maio/2018

    Espanha – Barcelona
    França – Paris (Não é um lugar que desejo passar muitos dias pois não me prende tanto)
    Holanda – Amsterdam
    Itália – Roma

    Acha que é possível encaixar Croácia OU uma improvável Grécia nesse caminho ai?

    Ou é inviável logisticamente/economicamente?

    1. Tirei a Grécia do possível encaixe, agora eh Croácia ou Puglia Sul da Itália.

      Acha que consigo esses lugares nesse período de tempo? Quantos dias inteiros eu teria em cada lugar, colocando 4/5 dias pra cada. tem alguma sugestão para divisão de dias em cada lugar?

      1. Oi Felipe,

        Eu acho seu roteiro possível, seja Grécia ou Croácia, pegando um voo low cost. Mas eu aconselharia o sul da Itália, por ser um destino que poucas pessoas vão, mas é simplesmente maravilhoso.

  11. Oi Luiza.. achei seu blog pesquisando sobre viagens na EUROPA. Pretendo ir em Maio do próximo ano, quero passar os 30 dias das minhas férias com marido e filha (que irá fazer 4 anos lá). Quero conhecer o máximo de países possível dentro desse período. Qual melhor roteiro vc me indicaria. Imagino começar por Lisboa.

    1. Oi Vivian,

      Dá uma olhada nesses posts aqui:
      https://www.360meridianos.com/2017/04/roteiros-na-europa-quantos-dias-ficar-em-cada-cidade.html
      https://www.360meridianos.com/2016/12/roteiros-de-mochilao-pela-europa-que-nos-testamos.html
      https://www.360meridianos.com/2015/03/roteiros-de-viagem-pela-europa.html

      Sobre a quantidade de países, cuidado para não colocar lugares demais e terminar a viagem muito cansada. Ainda mais com uma criança de 4 anos. A melhor estratégia é ficar mais tempo nos lugares.

  12. Ola Luiza
    Estou planeando fazer um roteiro pela Europa do Leste em Janeiro, começando pela Polónia, Eslováquia, Áustria, Hungria, Croacia, Eslovénia e terminar em Dubrovnik.Estou pensando cortar a Eslováquia e Austria e visitar Praga.
    Queria saber que tipo de internet ou operadora você usa nas suas viagens.
    Moro em Portugal tal como você.
    Adoro o seu blog e todas as suas dicas.
    Obrigado.
    Beijinhos

    1. Oi Angela,

      Você pode cortar Viena e Bratislava e ir a Praga. Depende do que você mais gosta de conhecer numa cidade. Dá uma olhada nos posts sobre as três cidades aqui no blog, pode te ajudar a decidir.

      Normalmente eu uso o meu chip português mesmo, tenho um plano Yorn da Vodafone e alguns minutos e internet liberados em Roaming. Aí uso quando preciso e não encontro wifi. Fora isso, também dá para pagar cerca de 3 euros para 24h de uso ilimitado.

  13. Ola Luiza
    Estou planeando fazer um roteiro pela Europa do Leste em Janeiro, começando pela Polónia, Eslováquia, Áustria, Hungria, Croacia, Eslovénia e terminar em Dubrovnik.Estou pensando cortar a Eslováquia e Austria e visitar Praga.
    Queria saber que tipo de internet ou operadora você usa nas suas viagens.
    Moro em Portugal tal como você.
    Adoro o seu blog e todas as suas dicas.
    Obrigado.
    Beijinhos

  14. Olá, o seu blog é excelente!

    Estou planejando mais adiante conhecer a Europa com a minha esposa.
    Minha dúvida é se dá para viajar de trem entre madrid e Lisboa / Lisboa e Porto?
    E também se existe burocracia para se passar de um país para o outro?

    Obrigado.

    1. Fiz Lisboa para Madrid em 2015 de ônibus, pois após ter pesquisado percebi que as conexões eram muito demoradas chegando a durar cerca de 12 horas a viajem, de ônibus foram cerca de 7 horas….

  15. Olá Luiza,
    Estou planejando ir a europa em fev/2018 e será a primeira vez que vou sozinha. Você acha que esses lugares são seguros para conhecer sozinha? Tem alguma dica? Ou roteiro para 15 dias?

    1. Oi Thais,

      Sim, já fiz todos esses países sozinha.

      Se você clicar nos links indicados no post vai encontrar roteiros para todos os lugares!

  16. Oi, tudo bem? Gosto bastante do seu conteúdo 😉 Estou programando minhas férias esse ano, e irei viajar sozinho. Quais países você me indica, que não precise de um orçamento muito elevado. Ah…, estou em Brasília e irei tirar no máximo 10 dias, quero fazer uma viagem para fora do país.

    1. Oi Bernardo,

      Qualquer um desses do post é uma boa ideia. Eu viajei por todos eles sozinha. E no post tb tem a indicação de uma viagem de 10 dias por eles.

  17. Olá Luiza, parabéns pelo blog. Eu e minha Esposa estamos começando um projeto de viagem pela Europa mas de uma forma diferente: gostaria de saber a possibilidade de realizar trabalhos/serviços que nos ajudem a custear parte das despesas você tem alguma dica a respeito?

  18. Tour de 15 dias em três países da Europa.

    Luiza, primeiramente adorei o seu site. Bom estou indo pela primeira vez a Europa e pretendo passar 15 dias e quero dividir os dias em 03 países. Sendo que França e Espanha não abro mão e o terceiro estou na dúvida entre Portugal e Itália. Qual recomendaria? Sou jovem solteiro,30 anos e estou indo sozinho. Pretendo me hospedar em hostels, seria um mochilão. Na Espanha vc indicaria Barcelona ou Madrid? Quantos dias é ideal para cada cidade? Muito obrigado!

    1. Oi Helio,

      Desculpe a demora para responder,

      15 dias não é muito tempo não.

      Eu indicaria – seria um pouco corrido, mas para conhecer mais coisas:

      4 noites em Paris, 3 noites em Barcelona, 3 noites em Madri, 3 noites em Lisboa.

      De todas essas cidades, a que tem vida noturna menos animada é Paris, mas tem muita coisa para ver durante o dia.

  19. Olá, primeiramente amo o blog!
    Segundo… Estou indo no inicio de fevereiro para França, ficarei com meus dois filhos de 11 e 17 anos 10 dias… Então estamos cogitando conhecer algum país vizinho num bate volta de no maximo 2 dias! Ficaremos em Paris e estou tentando não sair do Brasil já falida… kkk então qual a sugestão de país vizinho um pouco mais acessível que a França para conhecermos também?
    Desde já agradeço a atenção.

  20. Olá,

    Estou gostando do seu site e, irei em Dezembro para Espanha. Assustei-me com os dizeres iniciais do 360meridianos, falando sobre carta-convite, caso for hospedar na casa de alguém. Isso vale para Barcelona? A carta convite é uma necessidade real?

    Obrigado,
    Frederico

    1. Mais aqui: https://www.e-dublin.com.br/entenda-o-que-e-o-espaco-de-schengen/
      O necessário:
      ” passaporte dentro da validade (que deve ser de no mínimo 3 meses após a data de volta ao Brasil), comprovantes de hospedagem ou carta convite de algum residente do país destino e um seguro de saúde com cobertura no valor de € 30 mil para cobrir assistência médica em caso de acidente ou doença.”

      Basta ter reserva num hotel ou hostel. A carta-convite, é só em caso de ficar hospedado apenas com amigos ou familiares.

  21. Olá Luiza,

    Qual lugar da Europa tu me indicaria pra passar o final do ano e que fuja um pouco das passagens altas devido a procura?

    Obrigada e fico no aguardo!

    1. Olá Rafaela,

      Seguinte, festa de Ano Novo não é o forte da Europa. É frio, as coisas acabam muito cedo.
      Então, não necessariamente as passagens estarão mais altas nessa época.

      Se eu tivesse que escolher um lugar para passar o ano novo na Europa iria para Lisboa, Madri ou Barcelona.

  22. Oi Luiza!

    Gostei muito das dicas. Eu estou aqui planejando minha próxima viagem e escolhi o leste justamente por conta do orçamento. Eu tenho uma pergunta: você acha que esses países são uma boa para ir no Natal e Ano Novo?

    1. Oi Patthy,

      São bastante frios, mas não acho que seja uma má opção por isso, a não ser que você odeie frio. Algumas amigas minha já foram nessa época e curtiram. Tem os mercados de natal em alguns deles. Já o reveillon, não espere nada como no Brasil, as festas são curtas e acabam pouco depois de meia noite, quanto tem.

  23. Olá Luiza, pesquisando sobre gastos , encontrei esse site. Seguinte minha primeira viagem internacional, estarei indo em Dezembro para a Italia, casa de minha tia, 1 mil Euros eu consigo passear por lá, conhecer portugal,espanha, e mais uns 2 países?
    Obrigado.

    1. Oi Willy,

      Depende de quantos dias você vai ficar viajando. Mil euros dá para uma viagem de 15 a 18 dias, em países baratos. Porém, se você só tem esse tempo de viagem eu não recomendaria ia a mais de três países. Seria muito corrido e você gastaria boa parte do seu dinheiro só com os deslocamentos.

  24. Ola Lu

    Amo o seu blog. Eu pretendo viajar para Europa durante 15 dias com o meus dois irmãos em Fevereiro de 2017. Sou angolana e vivo em Angola. Queremos primeiro conhecer Portugal, dois dias sem contar o dia de chegada, depois com o trem ( acredito ser mais económico) viajar para Espanha (2 dias) para conhecer Ibiza ou o estádio do Barcelona e do Real Madrid (sonho deles) e depois seguir para França ( 3 dias em Paris e um em Versalhes). Para depois voltar á Portugal e esperar o dia do retorno.Tenho diversas dúvidas, devo levar o euro ou o dólar? Quais são as opções de hospedagem mais acessíveis em cada pais? Queremos fazer também compras mas em lojas que combinam com os nossos bolso. Fevereiro e Março é um óptima temporada? Onde me dirijo para apanhar trem no intuito de me deslocar de um país para o outro? Com a alta do dólar e do euro atendendo a poupança feita na moeda angolana dará por ai 6 mil dólares ( se converter em dólar) e 5.300.00 euro ( se converter em euro claro) Chega com o roteiro que queremos fazer? Levo euro ou dólar? POR FAVOR LUZIA ME AJUDA…..Beijinhos

    1. Para Ibiza, só de avião, é uma ilha… E de Inverno não há nada para fazer lá, a maioria das festas nas discotecas, termina no início de Outubro. Comboio, aconselho a comprar os bilhetes online, com muita antecedência, já que os preços, cerca de mês e meio antes ou mais, aumentam muito venda em https://venta.renfe.com/vol/home.do#). Aconselho a reservar um lugar cama, ou então compre bilhetes de avião em low cost (Ryanair, easyJet), mas atenção ao preço da bagagem de porão.

  25. Ola Luiza, achei muito bacana seu blog, Parabens!!! ; ) Eu e meu marido estamos querendo ir pra Porto-Portugal em Julho, ficaríamos na casa de parente (nao teriamos o gasto da hospedagem), porem, temos 1.000,00 (mil euros), para passar 10 dias. Como vc esta a par da realidade dai, será que é loucura?!!

    Obrigada

  26. Boa noite. Eu e meu noivo moramos em Dublin e queremos fazer uma viagem pela Europa em Maio. Temos um orçamento apertado de 1000 euros cada um. Qual roteiro valeria a pena e estaria dentro do orçamento? Obrigada

  27. Olá amigos…
    Uma dúvida, fora as passagens, quanto gastaria em uma viagem para a Alemanha, para uns 10 / 15 dias?
    Detalhe é que possuo um amigo que trabalha e possui moradia em Trier.
    Agradeço os comentários, obrigado!

      1. Show!!! =D

        Muito obrigado Lu, ótima dica!

        Faz tempo (um sonho…) que quero ir para o exterior, fazer minha estréia fora do território tupiniquim…

        Mas o receio quanto a valores as vezes dá um medo, o que nos deixa em dúvida no valor que se gastaria para marinheiros de primeira viagem.

        Enfim, vou ler direitinho a sugestão do post e colocar em prática meus planos.

        Desde já, muito obrigado pelo teu retorno e atenção!

        Té +!

  28. Como sempre suas dicas são excelentes, estou indo viajar para a Colômbia e fazendo uma comparação com Portugal e Espanha (fui o ano passado)esses países estão bem mais em conta.Segundo semestre quero retornar à Europa, Turquia e Grécia, mesmo com a queda da nossa economia penso que a melhor coisa para dessestressar é uma bela viagem, independente do destino.

  29. Portugal e Espanha eram minha escolha para o próximo mochilão, porém mesmo esse “barato” já se tornou caro. Com o euro a quase 5 reais só uma refeição e uma diária de hotel em Portugal dariam 140 reais nessa conta. Pra viajar dentro do Brasi está caríssimo também.
    Parece que acabou pra nós brasileiros o tempo bom em que foi possível viajar, pois conseguiram destruir a economia outra vez. Como sempre na história desse país, aliás.
    Pra mim, pelo menos por algun tempo, R.I.P. viagens. Foi muito bom enquanto durou. =(

    1. Haaaa Luciano, não desiste assim.. Eu também tenho percebido que as coisas não estão fáceis, mas sempre tem o plano B. Na América do Sul ta mais fácil de viajar e tem lugares lindos como Argentina, Uruguai e Chile que está na minha lista conhecer. Desmotiva não.

      1. Valeu pelo apoio Amanda. Eu já deixei de pegar férias em janeiro justamente pra conseguir ir pra Portugal/Espanha no verão de lá, mas a cada dia vejo o dólar e euro mais caro, aí desanima mesmo… 🙁
        Vamos ver o que vai dar pra fazer. Na América do Sul, Chile, Argentina e Peru já fui, mas quem sabe Uruguai, Colômbia ou Equador possam ser a salvação pra não ficar em casa…
        Outro dia um amigo que tem agência de viagens disse que Argentina e Uruguai andam bem caros ultimamente. Já o Chile sempre foi mais caro. Mas em todo caso, ainda são países mais baratos que os da Europa…
        Enfim, vamos manter a esperança e cortar gastos desnecessários… rsrs…

        1. Puxa Luciano, interessante ser amigo de agentes de viagem.. Eu não tinha ideia, por exemplo, que estava caro ir para Argentina.. Na verdade, estou começando a pegar a mochila agora, nem faco ideia como planejar e, principalmente, calcular uma viagem para o exterior.
          Mas, imagino que o segredo seja não desanimar mesmo.

          1. Amanda, pois é, o bacana é que meu amigo tem a agência dele, mas quando não está acompanhando clientes viaja no estilo mochileiro também. Qualquer coisa, se quiser, me adiciona no face, posso passar o contato dele e dar alguma dica se tiver algo em que eu possa ajudar.

    2. Oi Luciano,

      Eu não sei das suas contas, então não quero parecer arrogante!

      Em Portugal, com o euro no preço que está, você consegue gastar 200 reais (40 euros) por dia, com folga. Ou seja, no final das contas, uma viagem de 10 dias lá sairia por R$4100,00. Não acho um valor impossível de ser pago, mas como disse, depende muuuito das condições de cada um!

      1. Pois é Luiza, não é taaaanto assim mesmo, mas o duro é se acostumar com a nova realidade. Eu fico pensando, só pra citar um exemplo, que em 2010 fiz Panamá e Costa Rica em 15 dias com 1100.00 U$D. Com a cotação do dolar na época isso deu menos de 2000 reais.
        Estava acostumado com as viagens com o dólar na casa dos 2 reais e pouco… Agora a realidade é outra. O jeito é ralar mais pra conseguir… rsrs…

  30. Estou planejando em viajar no proximo semestre e ficar na casa de uma amiga em Dublin, mas ainda estou no começo das pesquisas sobre tudo. Será minha primeira viagem ao exterior. Alguém sabe dizer qual o período de baixa estação na europa? O plano B é ir para Argentina.

  31. Com esta mudança cambial recente, um achado é a Rússia. Passei 2 semanas com minha esposa em São Petersburgo e Moscou, gastando 50 dólares/dia. A passagem foi comprada através do Smiles, numa das promoções de compra de milhas. A passagem saiu R$ 1.800/pessoa já com as taxas. São duas cidades interessantes e diferentes entre si. Recomendo.

  32. Bom seria má rã vi lho só poder conhecer 30 países antes dos 30. Mas nem todo mundo pode, infelizmente.
    Hoje trabalhamos para quem sabe as filhas poderem fazer isso. É muito fácil querer… Poder é outra coisa.

  33. Excelente!!! Eu já fui em Budapeste e realmente é uma cidade linda que me surpreendeu. Pragra tbm é linda!!!Dei um pulinho em Brastilava, cheia de história, gracinha tbm! Mas se me permite incluir nessa sua lista, tem a Croácia, eu estive em Zagreb e não me arrependi.

  34. Ótimas dicas!

    Muitas vezes o preço do dólar e do euro assusta e acabamos planejando viagens pelo Brasil sem, ao menos, fazer as contas.

    Com isso, corremos o risco de gastar até mais em uma viagem para o Nordeste do que gastaríamos indo para o exterior.

    Posts assim nos dão uma noção de que ainda é viável viajar pela Europa.

    Obrigado.
    Max

    1. Oi Max,

      Uma viagem pelo nordeste pode ser tão legal (e tão cara) quanto uma viagem para o exterior!

      Mas sim, as pessoas tem uma visão que sair do Brasil é bem mais caro do que é na realidade.

      1. Ola Luisa acho o seu blog muito interessante tambem sou de coimbra e adoro viajar estive em cuba 2016 e 2017 queria ir ao peru mas de mochilao estou cansada de agencias de viagens que me diz

  35. Nossa, muito obrigada pelas dicas! É o tipo de roteiro que esta fora do radar da maioria das pessoas e q incentiva a fazermos uma viagem bacana sem achar que será caro.
    🙂

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.