Vinícolas da África do Sul: passeios próximos a Cape Town

Eu não sou nenhuma especialista em vinhos. Não sei qual harmoniza melhor com qual queijo, nem quais as diferenças entre as uvas. Ainda assim, não poderia deixar de fazer o passeio pelas vinícolas da África do Sul durante minha viagem a Cape Town. De cara, já tive uma grande supresa: a visita e degustação de vinhos na África do Sul couberam perfeitamente no meu orçamento mochileiro e são, de fato, muito interessantes, mesmo para quem não é lá muito enólogo.

Por isso, incluir o passeio no seu roteiro é uma ótima oportunidade para aprender um pouco mais sobre a produção, os diferentes tipos da bebida e a melhor forma de harmonizá-lo. E, se você já é um fã de vinhos, poder degustar uma ou várias taças de rótulos apreciados por todo o mundo. Para ajudá-lo nessa árdua tarefa de se embriagar, preparamos um guia completo sobre como visitar as vinícolas da África do Sul, que ficam do ladinho de Cape Town.

Viícola em Cape Town

Leia também:
Onde ficar em Cape Town: os melhores bairros
O que fazer em Cape Town: dicas, atrações e roteiros

Vai viajar? Não deixe de contratar um bom seguro de viagem para a África do Sul. Saiba como escolher um seguro eficiente para países africanos e garanta um cupom de desconto

A rota das vinícolas da África do Sul, perto de Cape Town

Os vinhos chegaram à África do Sul junto com os colonizadores holandeses. Foi no século 17 que as primeiras vinhas começaram a produzir no país. Hoje, o vinho é um dos principais produtos de exportação dos sul-africanos, um mercado que emprega quase 250 mil pessoas.

Apesar do país produzir a bebida há mais de 300 anos, a qualidade dos vinhos da África do Sul só passou a ser reconhecida recentemente. Foi nos anos 1990, após o fim do apartheid, que os rótulos passaram a ser exportados e conquistaram o mundo através de sucessivas premiações e reconhecimento do padrão de qualidade.

Na Cidade do Cabo não é diferente. Na região de Western Cape, a cerca de uma hora do centro da cidade, ficam vários produtores da bebida. Essa região é conhecida como Rota dos Vinhos de Cape Town, que produz cerca de 90% dos vinhos sul-africanos e conta com mais de 350 vinícolas entre Stellenbosch, Paarl e Franschhoek, três pequenas cidades em seus arredores.

Mapa da rota dos vinhos na África do Sul

Além de ser famosa pelas vinícolas, essa região do Western Cape é muito bonita, com paisagens verdejantes, montanhas que recortam o litoral, vilazinhas com cara de casa de boneca e clima agradável. Por tudo isso, dar um pulinho fora de Cape Town para conhecer a rota dos vinhos é um passeio mais que recomendável.

Para facilitar sua viagem, você pode reservar o tour pela região das vinícolas da África do Sul pela internet através do site do Get Your Guide ou escolhendo um dos passeios abaixo:

 

Constantia Valley, as vinícolas dentro de Cape Town

Você nem precisa sair da Cidade do Cabo para tomar vinho! Algumas vinícolas ficam localizadas dentro do perímetro urbano de Cape Town, em uma região da cidade chamada Constantia. Ao todo, são dez vinícolas espalhadas ao longo de 18 quilômetros da rodovia M3, começando na Silvermist e terminando na Steenberg.

Constantia: Vinícola na África do Sul

Groot Constantia, a vinícola mais antiga da África do Sul

Algumas delas podem ser visitadas naquele esquema de ônibus turístico Hop On – Hop Off, em um passeio que se chama Constantia Valley Wine Bus. O ônibus para em três vinícolas: Groot Constantia, Eagles’ Nest e Beau Constantia. Você pode descer em cada uma delas, ficar o tempo necessário e, quando quiser, pegar o ônibus novamente para a parada seguinte. A vantagem aqui é poder aproveitar os vinhos sem se preocupar com dirigir depois. Mas se você tiver um motorista da rodada, é perfeitamente possível fazer o trajeto de carro também, parando em outras vinícolas que não estão incluídas no passeio de ônibus.

Groot Constantia é a vinícolas mais antiga da África do Sul, em funcionamento desde 1685, e tem um belo casarão histórico. Ali há um restaurante para o almoço e a opção de fazer um piquenique ao ar livre. Como tem grande valor histórico, recomenda-se agendar o passeio com antecedência durante o verão. Beau Constantia e Eagles’ Nest são mais modernas, mas tem deliciosos vinhos e propriedades belíssimas para visitar.

Quais são as melhores vinícolas perto de Cape Town?

Fechamos nosso tour direto no hostel onde estávamos hospedados. O passeio incluiu transporte da porta do nosso hostel até as vinícolas, as entradas e degustação de vinhos e queijos. Muitos queijos. E sim, eu disse vinícolas, no plural. O nosso tour passou por Villieira, Fairview e uma terceira vinícola cujo nome se perdeu após algumas garrafas de vinho.

Rota dos Vinhos, na África do Sul

A Rota dos Vinhos, perto de Cape Town

A motorista, que era também a guia oficial do passeio, chegou às 8h na porta do hostel. Após cerca de 40 minutos, a van parou na primeira vinícola do dia. Lá testamos diferentes bebidas e recebemos explicações sobre vinhos. Depois, visitamos as videiras e conhecemos um pouco sobre o processo de produção.

  • Villieira Wines, em Stellenbosch

Vinícola familiar em funcionamento há mais de 30 anos, a Villieira produz alguns dos melhores vinhos da região, em especial os Cap Classique. As degustações são acompanhadas de explicações ricas sobre a produção e a harmonização dos vinhos. Também fazem harmonização com espumantes e chocolates. Depois de beber, não perca a chance de dar uma volta pela propriedade, que é linda. Se você tiver sorte, poderá ver as uvas nos pés quando caminhar pelos vinhedos.

Endereço: Cnr R304 & R101 Koelenhof Near, Stellenbosch

Site oficial: Villieira Wines

  • Fairview, em Paarl

O lugar oferece várias opções de degustação. A mais comum entre os passeios das agências é a que inclui seis rótulos de vinho os e seis tipos queijos, servidos em um balcão. Por isso mesmo é que, de longe, a experiência na Fairview foi a melhor: além de liberdade para tomar quantas taças de vinho quisesse, a mesa com diferente tipos de queijos para harmonizar é um grande ponto positivo da visita. É que as bebidas são boas, mas os produtos da queijaria é que são o grande forte do local. Aproveite para levar alguns para casa ou para degustar durante a viagem.

Endereço: Suid-Agter-Paarl Rd, Suider-Paarl, 7646

Site oficial: Fairview

  • Nederburg, em Paarl

Uma das vinícolas mais premiadas da África do Sul, nacional e internacionalmente. Está em funcionamento desde 1791 e é reconhecida por sua forma de inovar a produção de vinho e seus processos. Para isso investe permanente em pesquisa na área da vinicultura e tem instalações bastante modernas.

Endereço: Sonstraal Road | DaljosafatPaarl 

Site oficial: Nederburg

  • Boschendal, em Franschhoek

Fica em uma casa centenária que funciona como uma espécie de museu para os visitantes. A propriedade é belíssima e dá pra conhecer dando uma volta em um dos cavalos. Para comer, a dica é fazer um piquenique agradável debaixo da sombra de alguma árvore. Há também um restaurante no local, uma casa na árvore e trilhas que saem dali.

Endereço: R310 Pniel Road Groot, Franschhoek

Site oficial: Boschendal

Dica: Também dá para visitar as vinícolas de Franschhoek no estilo hop-on hop-off com com o Franschhoek Wine Train.  

Vale a pena fazer um tour pelas vinícolas da África do Sul?

Se você bebe vinhos, sem dúvida vale. Se você não bebe, mas gosta muito de queijos, certamente a visita à Fairview vai te agradar. E com certeza não é preciso entender muito de vinhos para gostar do passeio, que é pensado justamente para quem não tem o gene da enologia ativado.

Hoje em dia, os preços já subiram bastante quando comparados à minha visita, mas ainda assim é um passeio e tanto se levarmos em consideração a quantidade de bebidas degustadas. Atualmente, o tour mais completo, que dura um dia inteiro, com transporte, almoço e longas degustações de vinhos e queijos incluídas hoje custa em torno de $80 USD, mas isso pode variar de acordo com a agência que faz do passeio e a quantidade de mimos incluída.

Vinhedos na África do Sul

Vale a pena se hospedar próximo às vinícolas da África do Sul?

Vale, em especial se você quer experimentar muitas delas e também conhecer as cidades, que são lindinhas. Mas isso apenas se você tiver dias de sobra para ficar em Cape Town e ainda gastar mais um tempo na região das vinícolas. É uma opção para quem gosta de viajar devagar e se interessa por vinho o suficiente para querer mais que um tour de um dia pelas vinícolas. Nesse caso, a principal base dos viajantes é a cidade de Stellenbosch, seguida de Franschhoek.

Encontre hotéis na Rota dos Vinhos da África do Sul

Dá para fazer o passeio pelas vinícolas da África do Sul por conta própria?

Dá, basta procurar as vinícolas que você quer conhecer e ver as informações da visita, que podem variar de uma para outra. Em alguns casos, será preciso fazer reserva com antecedência. Em outros, basta chegar. O único problema nesse caso é o transporte: nem sempre será possível chegar de transporte público ou serviços hop-on hop-off como os mencionados acima. E como vinho e direção não combinam, o mais prático mesmo é contratar uma agência para os passeios. Se você tem um motorista da rodada, no entanto, fazer o passeio por conta própria também pode ser vantajoso, uma vez que assim você define quais as vinícolas você quer visitar e pode permanecer nelas o tempo que desejar.

Como ir de Cape Town a Stellenbosch, Paarl e Franschhoek

Carro alugado

Viajar de carro alugado é a principal escolha entre os desbravadores da África do Sul. As estradas são boas, o preço do aluguel é barato e, embora a mão inglesa assuste, não é difícil pegar as manhas da direção. O percurso até Stellenbosch, primeira parada da rota, tem menos de 60 quilômetros, o que dá cerca de uma hora de estrada para quem sai do centro de Cape Town. O acesso é pela rodovia N1 e seguirá até a saída 39, e depois pela R304. De lá, também é fácil acessar Paarl e Franschhoek, que estão a meia hora de estrada dali.

Se você decidir alugar um carro, sugerimos que você pesquise e reserve antes numa comparadora de locadoras, a fim de garantir o melhor custo/benefício. Para isso, indicamos a Rentcars, parceira do blog que oferece descontos e vantagens no aluguel.

Baz Bus

O Baz Bus funciona como um ônibus hop-on hop-off, porém entre as cidades da África do Sul. Ele te pega na porta do hotel e te deixa na cidade seguinte do seu roteiro. Stellenbosch é uma das opções de parada e essa é a forma mais cômoda de viajar caso você prefira não alugar um carro. Veja aqui como exatamente funciona o Baz Bus.


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “Vinícolas da África do Sul: passeios próximos a Cape Town

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.