Tags:
Atlas: São Luís, Maranhão, Brasil

O Centro Histórico de São Luís, no Maranhão

Meu caminho pelas ruas do centro histórico de São Luís foi marcado pela tentativa de suprimir a pontadinha de decepção que começava a surgir em mim. Na minha lista de desejos verde e amarela, São Luís estava entre os destinos que eu mais queria conhecer. Não apenas por ser parada quase obrigatória no caminho para os Lençóis Maranhenses, mas pelo passado multicultural, pela extensão de seu centro histórico e pelos azulejos coloridos herdados dos portugueses.

E tudo isso estava ali, mas não do jeito que eu pensei que iria encontrar. Se a gente vai se decepcionar ou se surpreender com algo, depende das nossas expectativas. Eu já tinha lido que décadas de abandono político haviam deixado a região em um estado deplorável. Azulejos caídos, casarões à beira do desabamento, insegurança. Eu li tudo isso, mas de verdade que não pensei que fosse ser diferente de tantos outros destinos turísticos mal cuidados que já visitei pelo Brasil e mundo afora.

Veja também: Os pontos turísticos de São Luís, no Maranhão

Onde ficar em São Luís, Maranhão

Centro histórico de São Luís

O que eu senti ao andar por ali foi o abandono à flor da pele. É triste, eu pensava, que um centro histórico tão grande e com tanta potencialidade tenha sido tão negligenciado por tanto tempo. Para você ter uma ideia da grandiosidade do local, são mais de 4 mil casarões, mil deles reconhecidos como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Poderia ser um grande destino turístico, tão importante quanto as cidades históricas mineiras, mais que uma parada quase obrigatória para quem segue para os Lençóis Maranhenses. Ainda pode ser, mas isso vai depender da boa vontade da gestão atual e das próximas no Governo do Estado.

Centro Histórico de São Luís

E não era só o estado dos casarões que me incomodava, confesso que fiquei com um pouco de medo ao andar por ali, talvez porque fosse feriado e as ruas estivessem desertas. Nada de um café, uma sorveteria, um barzinho, só algumas poucas lojas de souvenires. O pouco comércio que tinha estava fechado, o que aumentou nossa sensação de insegurança.

O que fazer em São Luís

Tudo isso dito, não vou dizer que não gostei do passeio. O lugar ainda tem casas lindas e é preciso admitir que mesmo a deterioração do tempo confere certo charme às fachadas coloniais. Antes de percorrer o centro, pegue um mapa no aeroporto, no centro de informações turísticas (Rua Portugal) ou no seu hotel. Com ele, vá descobrindo os principais pontos de interesse do centro histórico.

Vale a pena explorar as ruelas e praças a pé. Nós fizemos isso em um dia, mas algumas atrações ficaram de fora. Não há problema nisso se você estiver apenas de passagem e aproveitando o tempo, mas quem prefere conhecer tudo bem, sugiro reservar mais tempo para a cidade.

fachada-historica-sao-luis

São Luís, Maranhão

Entre as atrações que valem a pena visitar está o Palácio dos Leões, uma fortaleza erguida pelos franceses em 1612 em um bonito local de frente para o mar e que hoje abriga a sede do governo. A Matriz da Sé, perto dali, também vale uma visita. A Casa no Nhozinho é um museu dedicado aos artesãos do estado e seu nome é em homenagem a um importante artista que fazia esculturas no buriti.

Tem também o Convento das Mercês, uma construção bem bonita, mas na qual não pudemos entrar porque estava fechada no feriado. De qualquer forma, valeu a pena tirar umas fotos da fachada. Já quem quer levar para casa lembrancinhas da viagem pode fazer uma parada na Casa Maranhão, já no finzinho do centro histórico, de frente para o terminal de ônibus. Lá dá para encontrar o melhor do artesanato local.

Centro de São Luís do Maranhão

Casarões Históricos de São Luís

Quem quer mesmo é saber de casarões e azulejos pode começar pela Rua Portugal, onde fica o centro de informações turísticas e onde se concentram o maior número de casas revestidas com os azulejos portugueses. Essa também me parece a área mais conservada e turista friendly de todo o entorno.

pontos-turisticos-sao-luis

E quem procura algo para fazer à noite pode dar uma passada na Casa das Tulhas, onde, às sextas-feiras às 19h, sempre rolam apresentações de Tambor de Crioula, uma dança bem tradicional no Maranhão. Durante o dia, o lugar fica aberto e funciona como uma loja de produtos regionais.

Mas, afinal, vale a pena visitar São Luís e seu centro histórico? Sempre vale! Em especial se você vai para Barreirinhas, não há nenhum motivo pelo qual você não deve dedicar uns três dias à capital (quer dizer, só se você não tiver tempo mesmo). Além do centro histórico, a cidade tem muitas outras atrações, uma excelente gastronomia, um povo acolhedor e cultura apaixonante. Isso sem falar na day trip para Alcântara, sem dúvidas um dos passeio mais interessantes da região.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

11 comentários sobre o texto “O Centro Histórico de São Luís, no Maranhão

  1. NATALIA, VOLTEI A SAO LUIS AGORA NESTE DIAS 12 DE JUNHO ATE 17 DE JUNHO VIAGEM ESTA POR CONTA DE UM GRANDE AMIGO QUE RESIDE EM SAO LUIS, BAIRRO BEQUIMAO. DEVO DE DIZER QUE AS CONSIDERAÇOES SAO AS MESMAS DO ANO PASSADO, NADA MELHORA..JA ESTA NA HORA E DAR UMA SACUDIDA NAQUELE REVIVER, MELHORAR AS PRAIAS ENTRE OUTROS. SEM MAIS ABRACOS

  2. NATALIA, COMO COMENTEI FUI A SAO LUIS COM VARIOS AMIGOS MAS ACREDITO QUE NAO DEVO VOLTAR TAO CEDO, POIS CONTINUA TUDO MUITO ABANDONO ,PRINCIPALMENTE O CENTRO HISTORICO QUE NADA TEM A OFERECER, AS PRAIAS COMO CALHAU TODA EXTENSAO ,OLHO DÁAGUA SAO MARCOS TODAS POLUIDAS,. OS GOVERNANTES TEM QUE MELHORAR MUITO COM ATENÇAO A SAO LUIS. UNICA ATRAÇAO E O PASSEIO A PRAIA DA RAPOSA.

    1. Ei Sérgio, é realmente uma pena que São Luís seja tão mal cuidada. Poderia ser uma grande atração!

      Abraços

  3. VOU A SAO LUIS AGORA EM JUNHO DESTE,ESPERO ENCONTRAR ALGUMA MELHORIA APOS 12 MESES ATRAS EM QUE ESTIVE LÁ , PRINCIPALMENTE NO CENTRO HISTORICO E AS PRAIS MENOS POLUIDAS.

    SAO LUIS TEM TUDO PARA SER UMA CIDADE BEM VISITADA, NAO VAMOSPENSAR SOMENTE EM LENCOIS, TEMOS OUTRAS VISITAS BEM LEGAIS NA CAPITAL. ABRAÇOS

  4. temos um grupo de amigos e vamos todo ano no mes de junho para visitar amigos e para ir a festa do bumba meu boi.Como tambem fazer o passeio a praia da raposa\( carima).

    Mas infelismente os governos deixam a desejar quanto investir no potencial de sao luis.

  5. essa ,e minha linda ilha amada são luis do maranhão a trinta anos moro em brasília – df sempre que posso volto em minha terra natal para degustar o tempero da cidade que para min e melhor do brasil.

  6. Poxa Natália, até hoje fico ressentida de ter conhecido o blog de vocês logo depois que vocês saíram da minha cidade.
    Ficaria extremamente feliz em apresentar a cidade que eu amo pra vocês, mas tenho adorado todos os relatos. Aos que ainda planejam vir para a chamada “ilha do amor” vamos ao que interessa:
    De fato, dá uma pena ver esse lugar com tanto potencial turístico abandonado por tanto tempo. Houve, em um perído, um projeto de revitalização que acabou dando nome ao lugar mais famoso do centro: Projeto Reviver.
    O que ocorre é que durante um tempo foi tudo ficando largado aos ratos e baratas, literalmente.
    Era difícil ir para aquele lugar, que é o meu favorito na cidade, sem dar um nó no estômago em ver tanta sujeira, violência, pedintes e tudo que uma cidade abandonada tem direito.
    Com a mudança de prefeitura e posteriormente do governo estadual, me parece que as luzes se voltaram novamente para o lugar. A prefeitura criou um plano de limpeza imediato, o que já deu um aspecto BEM melhor ao lugar.
    Houve também a revitalização da famosa praça que fica no lugar: a Nauro Machado, local que recebe alguns shows e eventos culturais.
    Não temos, de fato, muitas opções no lugar. Mas existe um restaurante que indico pra todos de olhos fechados chamado: cafofinho da tia dica.
    O Palácio dos Leões que é realmente lindo tem uma opção de visita. Não sei se vocês fizeram, mas com certeza vale a pena.
    No mais, eu só espero que os nossos “novos” governantes tenham mais cuidado com o nosso mais bonito patrimônio.
    E quando voltarem aqui, espero que tenham uma impressão ainda melhor! E, por favor, avisem com antecedencia que vou ter o maior prazer em ciceroneá-los.

    p.s: ficou bem grande, mas espero que ajude outros viajantes quando vierem para a minha cidade.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.