Como é ser estudante em Coimbra

Em setembro de 2014 eu embarquei para Portugal com o propósito de fazer um mestrado em Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo, na Universidade de Coimbra. Já contei num post tudo o que você precisa saber para vir estudar em Portugal. Concluí esse mestrado dois anos depois e acumulei bastante experiência sobre como é ser estudante em Coimbra.

Em outro post, expliquei como conseguir uma bolsa de estudos no exterior. Também já falei das minhas experiências no primeiro mês morando na cidade. Agora, enfim, está na hora de contar o que eu achei de tudo, com um olhar de quem já não é mais caloura na faculdade ou na vida em Coimbra.

Como é a vida em Coimbra?

Coimbra é uma cidade pequena, que vive por conta da Universidade. Uma universidade muito antiga, cheia de tradições centenárias. Tipo os estudantes que andam com o traje acadêmico e capas negras, não só em datas especiais, no dia a dia mesmo. Eu não tive que usar isso, porque é só para graduação. Ainda bem, porque um traje desses não sai por menos de 250 euros.

A cidade também tem duas festas muito tradicionais relacionadas aos estudantes: a Latada, em Outubro, que é tipo uma calourada, com uns dias de shows, cortejo dos calouros e veteranos pela cidade e, claro, muito trote (alguns divertidos, outros questionáveis). E a Queima das Fitas, em Maio, que é uma festa de uma semana inteira, celebrando os veteranos que se formam e os calouros que deixam de ser calouros. Em geral, costumam rolar grandes shows, inclusive de artistas internacionais, um grande cortejo dos estudantes com carros alegóricos e uma serenata.

Estudantes em coimbra trote

Os estudantes reunidos num dos trotes, ou praxes, como eles chamam por aqui.

A maioria dos estudantes não é de Coimbra. Então, nos finais de semana eles vão para suas casas e a cidade vira um deserto. Domingo quase tudo fecha e tem pouca oferta de ônibus, inclusive para coisas turísticas. Isso, na verdade, é um costume português, porque todos os lugares que eu visitei, com a exceção de Lisboa e Porto, fazem isso.

Mesmo sendo pequena, Coimbra tem uma boa estrutura de lojas, restaurantes, bares, academia, salão de beleza e serviços em geral. Já a vida cultural, tipo shows, teatro e exposições, é certamente menos movimentada do que em Lisboa e Porto. Felizmente, as duas cidades ficam bem perto daqui.

Balada tem todos os dias. Em geral, o tipo de música que toca é variado, mas com muita música brasileira e ritmos africanos, tipo Kizomba. A maioria dos frequentadores são os estudantes da graduação, então a faixa de idade é mais jovem.

Eu não curto muito baladas e sinto falta de um bar afetivo por aqui. É engraçado que tem poucos bares mesmo, mas muitos cafés/pastelarias que servem cerveja baratinha. Aliás, os portugueses têm o estranho hábito de tomar um café antes ou durante a cerveja!

Mas o grande defeito de todos os lugares, muito agravado agora no inverno, quando não dá para ir a lugares abertos, é o cigarro – aqui é permitido fumar em lugares fechados. Eu reclamo disso o tempo todo, é insuportável para mim que sou alérgica. Já tive que ir embora de um show de samba porque passei mal com a galera jogando fumaça na minha cara sem o menor pudor. Fora o fedor as roupas e o cabelo ficam depois. Ufa, acabei meu mini-ataque de raiva.

baixa em coimbra

Por fim, há os morros. Já contei isso no meu primeiro relato. Coimbra tem várias ladeiras – e a minha casa fica num dos pontos mais altos da cidade. O ponto positivo é que não tenho nenhum problema com o barulho da rua. O negativo é que tenho sempre que subir para voltar para casa, já que todas as pessoas, a faculdade e os bares estão para baixo.

Como é ser uma brasileira em Portugal?

Antes de vir, eu tinha muito medo de sofrer com preconceito ou machismo por ser brasileira. Felizmente, até hoje isso não aconteceu comigo. Sempre fui muito respeitada por todo mundo, seja na rua, seja na faculdade. Aliás, um ponto positivo para Coimbra é que aqui eu nunca recebi cantada na rua, uma coisa que me irrita muito. Eu só me dei conta disso quando estive na Ilha da Madeira e em Lisboa e alguém mexeu comigo enquanto eu caminhava.

coimbra estudantes

Porém, nem tudo são flores. Mesmo não tendo acontecido nenhuma situação de machismo ou preconceito diretamente comigo, sei que aqui também tem muito machista, racista e gente preconceituosa. Algumas amigas brasileiras do mestrado me contaram de piadinhas idiotas que ouviram ou de situações mais chatas que passaram com portugueses com quem estavam ficando.

Eu já ouvi gente fazendo comentários racistas sem o menor pudor, mas acredito que o ambiente muito diversificado que a cidade vive nos últimos anos tem colaborado para que as pessoas superem esses preconceitos.

Com o Programa Erasmus, a Universidade de Coimbra é a instituição portuguesa que mais recebe estrangeiros vindos de toda Europa. Além disso, é enorme o número de brasileiros e brasileiras que vêm estudar aqui. Com as universidades portuguesas aceitando o Enem, essa quantidade de estudantes do Brasil só vai aumentar. E também existem vários programas de mobilidade com escolas africanas, então aqui tem muita gente de Angola, Cabo Verde e Moçambique.

Por fim, como estudante eu tenho os mesmo direitos que qualquer português. Ou seja, tenho acesso ao sistema de saúde público da Universidade, tenho descontos em atrações turísticas em Portugal e tenho direito a concorrer a bolsas do Erasmus para estagiar ou estudar um semestre fora de Coimbra, se eu quiser.

Como é o curso e a Universidade?

Para começar, preciso dizer que gostei muito do meu curso. Não podia ter feito uma escolha melhor. Mas aí é uma questão pessoal. Objetivamente, os professores são excelentes e são todos muito abertos para tirar dúvidas, conversar sobre a matéria e passar as informações.

No início eu tinha mais dificuldade para entender o português daqui, mas em pouco tempo já estava entendendo as aulas normalmente. Dizem que dependendo da área, tipo no Direito, os professores são mais pomposos e distantes, mas isso vária muito, acho que é mais uma questão de dar azar numa matéria específica do que regra geral.

coimbra estudantes

Existe uma diferença bem grande entre o mestrado no Brasil e o mestrado em Portugal, ou melhor, na Europa em geral, já que a maioria das instituições da UE segue o Acordo de Bolonha. No Brasil, para você entrar no mestrado, já tem que ter um projeto desenhado e um professor para te orientar. Além disso, com algumas exceções, os mestrados brasileiros têm um foco mais acadêmico, para quem quer seguir carreira na universidade.

Já os mestrados na Europa, com esse tal de Acordo de Bolonha, são muitas vezes uma continuação da licenciatura. Ou seja, muita gente sai da graduação, que dura 3 anos (1º ciclo) e entra direto no mestrado, mais 2 anos (2º ciclo). Esses mestrados pós-graduação são chamados de mestrados de continuidade ou integrado.

Existem também mestrados como o meu, que é um curso de 2º ciclo, de dois anos, mas chama-se mestrado de Formação ao Longo da Vida (também existe o de Especialização Avançada). Esses cursos não são pensados para quem saiu da graduação, então você vai encontrar uma turma de idades, formações e experiências mais diversas.

A minha carga horária é medida em número de créditos, que são 120 no total. Eu tenho quatro disciplinas de 3 horas cada por semana, na sexta e no sábado, para facilitar a vida de quem trabalha. Isso no primeiro ano – no segundo eu só tenho duas matérias no primeiro semestre. Então, eu tenho todas essas disciplinas, leituras e trabalhos para ajudar a pensar a minha tese ou relatório de projeto para o ano seguinte. 

É uma lógica diferente do Brasil, já que tem muito conteúdo acadêmico, mas foco também na questão da prática e do mercado de trabalho. Porém, para quem pretende fazer o mestrado aqui e validá-lo no Brasil depois, essa diferença pode ser um problema. Minha sugestão é que você verifique, antes de sair do Brasil, o que precisaria para revalidar seu diploma português. Pode ser que você precise fazer umas disciplinas extras durante o mestrado, por exemplo.

Não se esqueça, quando terminar o curso, antes de voltar pro Brasil, de apostilar o seu diploma. Isso é fundamental depois para o processo de revalidação.

O custo de vida?

Depois de anos morando aqui e viajando dentro de Portugal, dá para ter uma clareza maior sobre o custo de vida. Sem dúvida, Portugal é o país mais barato da Europa para quem quer vir estudar aqui. Vamos falar na prática sobre os valores, tendo em vista que eu mantenho um app no celular e anoto absolutamente tudo o que eu gasto.

Descubra: Qual é o melhor método para transferir dinheiro para o exterior

estudantes em coimbra

Aluguel:  Pagava 187,50 para dividir o apartamento com uma amiga na região da Rua do Brasil. Além disso, com as contas de luz, internet, gás e energia, meus gastos giravam em torno de 230 euros por mês. Eu fiz um post bem explicativo sobre como alugar apartamento em Coimbra LEIA – tem até dica de cupom de desconto no aluguel!!!

Alimentação: Nos três meses que morei aqui, gastei por volta de 180 euros com comida. É uma média boa, cerca de 25 euros por semana com supermercado. Eu certamente podia gastar menos, cortando restaurantes eventuais e os lanchinhos da cantina da faculdade.

Celular: Eu tenho um celular pré-pago, porque eles não me deixaram abrir uma conta aqui. Eu tentei usar o plano mais barato, mas em menos de 20 dias eu já tinha consumido todos os dados de internet. Resultado, agora eu pago 3,90 por semana para ter 5 GB todo mês.

Eu posso ligar de graça para qualquer número Vodafone e ter um plano de ligações para o Brasil que custa 6 centavos por minuto. Ainda assim, acho meu gasto por mês aqui com celular elevado. O pessoal do Erasmus gasta uns 10.

Mensalidade: Aqui não tem mensalidade. A propina da Universidade é cobrada por ano e eles dividem o valor em quatro vezes, o que dá 106 euros por mês. Isso é válido especificamente para o meu curso, já que vários cursos de Coimbra adotaram a lei que permite cobrar mais caro de estrangeiros. Nesse caso, a propina total seria de 7000 euros, dividida em 10 vezes.

Outros custos: Tenho outros gastos gerais, como as impressões de textos do mestrado, sair a noite e pequenas compras. Esse tipo de gasto varia muito para cada pessoa. Para mim, a média é de 50 euros por mês.

Viagem: Outro custo que é muito pessoal, mas como vocês podem perceber, esse também é o meu trabalho e um dos motivos que me fizeram estudar na Europa. Confesso, porém, que tenho gasto acima do previsto inicialmente. Nesses três meses em Portugal gastei, em média, 200 euros com viagens.

Total de gastos: Por volta de 775 euros por mês, somando tudo. Para quem não viaja e economiza em outras áreas consegue gastar uns 500 euros por mês tranquilamente.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

337 comentários sobre o texto “Como é ser estudante em Coimbra

  1. Luiza, tudo bem?

    Estou indo para a FEUC cursar um semestre de Economia em mobilidade com minha faculdade aqui do Brasil. Você sabe me dizer se, mesmo estrangeiro, tenho de usar o traje? E o que você achou da estrutura da FEUC? Gostou?

    Obrigado pela ajuda!

    1. Oi Lucas,

      Não, você não precisa usar o traje. Só se quiser mesmo, mas normalmente os intercambistas (europeus, brasileiros, etc) não usam, porque é muito caro.

      A estrutura da FEUC é ótima. Fica de olho nas programações de palestras e congressos. Sempre tem coisa muito boa.

    1. Oi Geovanio,

      Infelizmente, em Coimbra não. Mas nas Universidades do Porto e de Lisboa eles oferecem aos Brasileiros a mesma tarifa dos portugueses.

  2. Gostei muito do seu artigo. Estava olhando um mestrado na área de tecnologia, e lá diz que a língua é português.
    Na universidade de Coimbra é comum os cursos serem em português?
    Pois vi que na universidade do Porto a maior parte é em inglês.

    1. Oi Patrick,

      Pelo menos pela minha experiência, a maioria é em português, mas tem também alguns em inglês, normalmente para atender a demanda de estudantes de outros países da Europa.

  3. Oi Luiza!
    Como é o segundo ano?te pergunto pq sou funcionária pública e acho q terei dificuldades em me liberar 2 anos. o segundo ano tem a dissertação,né?é exigido frequência ou vc fica mais livre?já que tem q escrever e não teria disciplinas a serem cursadas. Obrigada.

    1. Oi Ana,

      Depende do curso. Alguns não tem mais aula no segundo ano, outros – como o que eu fiz – tem. Alguns coordenadores permitem fazer esse segundo ano a distância, outros não. Enfim, entre em contato com a coordenação do curso que você tem interesse em fazer

  4. Hola!
    Tem algum artigo onde voce explica como fazer tipo os passos das coisas que se tem que fazer para conseguir uma vaga em Coimbra?
    Eu nao sou brasileira, sou peruana, mas domino o portugues.
    OBRIGADA!

  5. Oi, Luiza!

    Legal o teu blog!! Estou procurando por Mestrados na área social e achei esse mesmo que tu cursou sobre Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo. Queria saber um pouco sobre a tua experiência em relação as oficinas, se as aulas são mais práticas e dinâmicas, quais são os tipos de atividades extracurriculares que estão disponíveis na Universidade de Coimbra e principalmente sobre as possíveis áreas de atuação e se tu estás atuando na área! Desde já, obrigada!!

    1. Oi Patricia,

      As aulas são mais teóricas. Das disciplinas práticas, pelo menos no meu ano, eu achei fracas. Mas é possível que tenham trocado os professores desde então.

      Sobre atividades extracurriculares, isso sim são boas e muito diversas. Vai depender de você correr atrás para participar, o mestrado dá essa abertura, mas cada aluno faz seu caminho.

      Eu não trabalho na área porque trabalho com o blog, já entrei no mestrado trabalhando com o blog, mas tinha o interesse de estudar mais esse assunto tanto para conhecimento acadêmico quanto para possibilidades de projetos futuros.

      As áreas de atuação são diversas, depende muito do seu caminho dentro do mestrado e da sua dissertação. Por exemplo, eu escrevi sobre turismo sustentável. Meu namorado (que eu conheci no mestrado), escreveu sobre microfinanças. E uma das minhas melhores amigas, que é psicóloga e trabalha na área social no Brasil, focou em problemas sociais complexos e moradores de rua. Enfim, é um área muito ampla e muito nova no meio acadêmico.

  6. Olá, prezada! Na seriação provisória fui selecionado para o Mestrado em Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo. Apesar de ser provisório, acredito que vá passar, dada a minha colocação e quantidade de pessoas que ficaram fora tentando. Contudo, também havia aplicado para o mestrado em gestão, que seria a área de maior afinidade mas não passei por pouco. Minha graduação anterior é em direito.

    Minha dúvida é quais seriam as saídas profissionais possíveis para quem faz o mestrado e quais as possibilidades de doutorado futuramente. Sempre quis aprender sobre inovação, gestão e áreas afins, mas tenho dúvidas sobre que tipos de portas este mestrado abre e o que fazem os profissionais da área. Estou consideravelmente inseguro sobre a opção, já que vai influenciar totalmente meu futuro. Você se importaria em partilhar um pouco de sua experiência?

    1. Oi Sergie,

      É um mestrado bem amplo, mas é mais focado em quem tem interesse na área social. Não se foca nada em gestão de empresas, por exemplo. A inovação e empreendedorismo são estudadas segundo a ótica de solução de problemas sociais.
      Dependendo do caminho do seu mestrado, você poderia focar num doutorado para a Sociologia ou por outro lado, para Serviço Social.

  7. Ei Luiza, tudo bem?
    você pode me falar um pouco sobre seu mestrado? você gostou? É muito concorrido para conseguir uma vaga?
    Eu quero aplicar para fazer exatamente esse curso, na verdade minha formação é em administração, trabalhei com recursos humanos, daí vem a dúvida se encaixo nos pré requisitos…mas atualmente eu estou desenvolvendo um trabalho com projetos sociais no terceiro setor, negócio de impacto social em uma região de vulnerabilidade, você pode me dar alguns conselhos, dicas, como que foi aplicar para o mestrado…muito obrigada,
    um abraço
    Gabriela

    1. Oi Gabriela,

      Eu gostei muito do curso sim, achei algumas disciplinas fracas e outras excelentes, acho como em qualquer curso, depende do professor. Mas as leituras eram muito boas e as oportunidades de seminários e palestras também.

      Na época que eu fiz não era muito concorrido não. Isso varia de ano para ano, acredito.

      Sobre se encaixar: com certeza sua experiencia profissional conta, foque mais nisso quando for escrever sua carta de motivação, conte suas experiências e porque quer estudar mais sobre o tema.

  8. Parabéns pelo texto. Você pode me tirar uma dúvida?
    Quero tentar aquele intercâmbio de 6 meses entre universidades, nesse caso, quanto fica o valor a ser pago? Paga-se proporcional ou a anuidade?
    Obrigada.

  9. Ei Luiza, tudo bem?

    Muito bacana seu texto, ajuda muitas pessoas. No caso penso em cursar mestrado em direito na Universidade do Porto, onde li que temos um desconto na propina, e, pelos meus cálculos, considerando residência na moradia estudantil e alimentação no “RU”, eu gastaria para viver uns 400 euros por mês, sem contar viagens e compras, claro.

    Mas para ajudar esses custos eu penso em trabalhar, só que, com os estudos, teria que ser um emprego meio período (4 horas por dia). Minha pergunta é nesse sentido: você sabe se existe oferta de empregos assim aí com facilidade (tipo em cafés, bares, padarias) e tem alguma ideia do quanto eles pagam (3 euros por hora, por exemplo)? E teria alguma dica pra mim sobre algo nesse sentido de trabalhar pra ajudar as contas?

    Obrigado!

    1. um part time de 4 horas aqui paga cerca de 300 euros mensais e tens nas mais diversas áreas.
      É uma questão de procurares, na minha opinião se queres tirar um pouco mais, tenta num call center.
      sugiro um call center pq para além desses 300 euros mensais consoante o que vc venda consegue chegar facilmente aos 450/500 euros mensais.
      Requisitos de um call center são 12 segundo, não sei como chamam ai no Brasil, e ter um nível de inglês aceitável

    2. Oi David,

      Acho que a resposta sobre o emprego foi melhor que eu poderia ter dado,

      mas sobre o custo de vida, gostaria de acrescentar que a residência estudantil tem um preço muito baixo para portugueses. Para estrangeiros costuma ser bem mais cara.

  10. Luiza, primeira mente parabéns pelo seu blog!!
    Estou me graduando em direito e penso em fazer alguns semestres em Coimbra pela mobilidade da minha faculdade.
    Gostaria de tirar algumas dúvidas com você a respeito de alguns relatos de colegas meus que já fizeram essa mobilidade.
    Me disseram que a UC está um pouco sucateada e não é a ” mesma coisa de antes”,que está um pouco “abandonada” por falta de ajuda financeira, ainda mais com o curso de direito.
    Pode, por gentileza, me esclarecer se isso procede?
    Obrigado pela atenção.

    1. Oi Miguel,

      Eu não sei te falar nada sobre o curso de direito. Como em qualquer universidade, a qualidade varia de um curso para o outro, então eu só poderia fazer qualquer afirmação sobre a FEUC.

      De qualquer forma, a UC foi certificada ano passado no ranking de melhores universidades do mundo.

      Agora, em questão de qualidade, a conversa que eu tive em Portugal é que a melhor universidade do país é a do Porto. Porém, entre os brasileiros, é Coimbra quem tem mais nome.

  11. Olá, Luiza. Poderia tirar uma dúvida minha? Eu pretendo fazer História em Coimbra (graduação) e gostaria de saber como são os horários das aulas.. Elas são ministradas em apenas um turno ou cada aula é em um turno (manhã, tarde e noite)? Outra coisa, eu posso trabalhar enquanto estudo?

    1. Oi Sara,

      Sobre as aulas e horários você tem que mandar um email para a coordenação do curso que tem interesse em fazer.

      Você pode trabalhar, mas precisa de uma autorização do SEF, depois que conseguir um contrato pode ir lá pedir.

  12. Luiza, você é brasileira e imigrou para Portugal? Iniciei o procedimento para tirar minha cidadania portuguesa e muito provavelmente irei para Portugal estudar. Como é o processo para ingressar na Universidade de Coimbra? Muito concorrido? E o mercado de trabalho é receptivo para brasileiros formados aí?

  13. Muito esclarecedor o seu texto, amei! Ainda sou estudante de direito, meu sonho é terminar a faculdade e já ingressar no mestrado. Gostaria que você esclarecesse melhor sobre o valor a pagar. É anual? Pode dividir? Depende do mestrado? Qual foi o valor do seu? Grata!

    1. Não, em Coimbra não há nenhuma necessidade de ter proficiência em inglês.

      Alguns cursos tem disciplinas em inglês, mas não são todos.
      Durante o meu, por exemplo, todas foram em Português. A questão é que existem muitas leituras em inglês e algumas conferências e seminários.

  14. Boa Noite,

    Fiz Doutorado em Coimbra, e após terminar o doutorado,o máximo que a Universidade consegue me entregar agora é o diploma, suplemento de diploma e ata da defesa. A minha questão é: Esses documentos(tirando os de praste) são suficientes para a validação no Brasil? Ou só validam se eu levar a Carta Doutoral? Minha grande dúvida e problema é esse, pois a Carta Doutoral em Coimbra demora muito, se não houver atraso é entregue no ano seguinte dia 01 de março.Mas se ela for necessário para validação preciso dela agora pois tenho que validar para tomar posse num concurso.

    1. Oi Anderson,

      Eu não sei dizer exatamente o que você precisa para validar o doutorado. Mas acredito que o diploma, suplemento e ata da defesa bastem. Também seria bom você pegar o histórico escolar com as notas de cada cadeira.

      E lembre-se de apostilar todos esses documentos enquanto ainda estiver em Portugal. Em Coimbra, basta ir ao Palácio da Justiça, no segundo andar.

  15. OI Luíza

    Estou candidatando para o mestrado ( 2º ciclo ) em Coimbra. No formulário de inscrição é solicitado a média final das minhas notas no curso de maior grau. O meu curso de maior grau é uma pós graduação em saúde coletiva e um MBA em Gestão e Auditoria. Encontrei uma tabela na internet que mostra a equivalência dos valores. Preciso informar na escala 0-20. Posso informar minha nota baseado nesta escala e se aprovada apresentar a conversão oficial ou preciso solicitar conversão antes de efetuar a inscrição?

  16. oi Luiza,
    gostei muito da sua pág, me esclareceu algumas dúvidas. Gostaria de Saber se vc foi pra portugal e depois se candidatou ou mestrado, ou já foi com a vaga garantida. obg

  17. Oi Luiza,
    Parabéns pelo texto, estou considerando estudar em Portugal e as informações são muito úteis, adorei!
    Eu fui aprovada na faculdade de letras da uc e recebi um convite para concorrer a uma bolsa por mérito acadêmico, mas estou tendo dificuldades para escrever a carta de motivação que eles pedem. Você tem alguma sugestão ou sabe indicar um lugar onde eu posso encontrar um modelo?
    Abraços e obrigada!

    1. Oi Luiza, desculpe a intromissão, mas estou considerando a possibilidade de mestrado na uc, gostaria de saber como foi o procedimento para se candidatar e também concorrer a uma bolsa. Desde já fico agradecida. Meu email é [email protected]

  18. Oi Luiza! ótimo texto! Tenho uma dúvida: li em alguns sites, como a universidade do porto por exemplo o desconto de propina para estudantes de países de lingua portuguesa, você sabe se em coimbra é o mesmo? Já enviei email para eles, mas queria a opinião de algum brasileiro que estude na universidade também.

  19. Luiza, bom dia! Adorei o seu blog. Gostaria de te perguntar se em Coimbra tem curso de especialização, pois não tenho interesse nenhum em mestrado e já sou graduada.Grata pela gentileza e atenção!

  20. Luiza,

    Primeiramente, muito esclarecedor seu blog, gostei bastante. Mas ainda tenho uma dúvida, para me canditar ao mestrado de coimbra, 2 ciclo, necessariamente eu preciso ter a equivalência do diploma, ou posso me canditar e depois requerer essa equivalência?

  21. Olá, Luiza! O mestrado integrado oferecido pela Universidade de Coimbra é equivalente ao bacharelado brasileiro, no que diz respeito a possibilidade de trabalho/carreira? Pergunto pois só vejo opção do mestrado integrado como uma “extensão” da licenciatura, e estou em dúvida se curso um bacharelado em engenharia aqui no Brasil ou curso o mestrado integrado em Portugal. (Não quero fazer licenciatura pois não quero trabalhar com ensino ou na área acadêmica, como é comum para quem faz licenciatura aqui no Brasil)
    Agradeço desde já pela resposta 🙂

    1. Oi Murilo,

      O mestrado integrado é um mestrado. Não é tão “complexo” como no Brasil, mas é um curso de mestrado normal, com dissertação para entregar no final.

  22. Bom dia Luiza.
    Pretendia fazer graduação em Portugal, porém vi que os valores dos cursos são de 7000 euros, que convertendo em reais sai bem caro, fora o custo de vida. Dessa forma gostaria de saber, se é possível trabalhar ai para poder ajudar nas despesas.
    Obrigado.

    1. Oi Gustavo,

      Depende se você vai conseguir emprego ou não. Não é muito fácil, apesar de as coisas estarem melhorando economicamente em Portugal

  23. Oi Luiza, tudo bom? Estou querendo me candidatar para estudar em Coimbra mas não sei coo funciona.Eu vi que lá é licenciatura em Direito e aqui no Brasil é Bacharelado. Vc sabe se fazendo Licenciatura em Direito pode atuar como Advogado? Espero que vc tenha entendido o que eu quis dizer hahahah Bjs!!

    1. Oi Flávia,

      Licenciatura em direito é o mesmo que o bacharelato aqui. Porém, não necessariamente você conseguirá validar seu diploma no Brasil porque isso depende da carga horária do curso.

  24. Olá Luiza,
    Foi um encontro muito bom seu blog, já tem uns 2 anos que venho buscando cursos de mestrado e tenho grande interesse em Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo na Universidade de Coimba.
    Já li e reli algumas vezes seus textos inclusive o passo a passo de como proceder.
    O que queria saber é sobre o curso, o que você achou? As aulas são de fácil compreensão? Quais foram suas dificuldades encontradas? E se você sabe se é tranquilo a validação do diploma no Brasil.
    Obrigado.

    1. Oi Thiago,

      Eu gostei bastante do curso, as aulas são fáceis de entender sim. Alguns professores são melhores do que outros, mas como em qualquer curso, é o seu empenho e leituras que dá o tom.

      Eu não tentei a validação, não é impossível, mas é um pouco complicado achar um curso parecido no Brasil

  25. Olá Luiza,
    Você saberia me informar se a nota do enem 2014 permite fazer inscrição e canditadura no processo seletivo de Coimbra que agora está em andamento ??
    Pesquisei sobre o assunto na internet e não encontrei. Assim como o que consta no site da universidade não ficou muito claro para mim. Agradeceria muito caso pudesse comentar !!

  26. Olá Luiza, tudo bem? Adorei o seu blog, muito esclarecedor.

    Tenho algumas dúvidas referentes ao processo seletivo para Mestrado de Coimbra. Você poderia, por gentileza, me ajudar?
    Como tem detalhes pessoais, prefiro lhe passar por e-mail, se puder me responder no meu email pessoal, lhe agradeço muito.
    [email protected]

    Obrigada! 🙂

    1. Oi Nicole,

      Desculpe, mas como respondemos todos os comentários recebidos, não temos como responder questões específicas e pessoais. Desculpe, mas no que eu puder ajudar por aqui, estou a disposição

        1. Oi Eliandra,

          Vai sair muito caro.

          Coimbra fica a uma hora e meia de ônibus do Porto (uma hora de trem) e o trajeto custa entre 9 a 13,50 euros, por trecho. Ou seja, só uma ida e volta fica, no mínimo, por 18 euros. Se você tiver que fazer isso mais de uma vez na semana, por conta das aulas, imagine o rombo no orçamento no fim do mês.

          Para Lisboa, é mais caro e mais longe. O trajeto mais rápido é o de trem: 2 horas (mais meia hora para o ônibus). E o transporte mais barato saí por 11,50, um trecho.

  27. Oi Luiza! Queria tentar transferir minha faculdade para Portugal, de preferência para Coimbra, onde o currículo foi o mais interessante…porém meus sonhos desabaram quando vi o valor da propina de 7 mil euros! Vc saberia me informar se não são todas as Universidades que oferecem valores diferenciados pelo Estatuto de Igualdade para os alunos provenientes da CPLP?

    1. Entre na universidade de porto, eles têm uma tabela com os valores. Quero Nutrição, para os portugueses custa 999,00 enquanto para CPLP Costa 1500 e para outros países 2 mil e pouquinho. Não é o mesmo preço, mas temos desconto. Espero ter ajudado

  28. Olá? Tudo bem? Sou estudante Brasileiro,  vou fazer o Enem e quero utilizar minha nota para ingressar na Universidade de Coimbra. Pretendo cursar Licenciatura em Direito e gostaria de saber se após concluir o curso e receber o certificado, vou poder atuar como professor/advogado no Brasil?

    E também gostaria de saber se a Universidade de Coimbra oferece alguma bolsa integral para estudantes que não tem condições de pagar?

      1. Olá, Luiza!
        Permita-me acrescentar uma informação relevante.
        Os advogados que são inscritos na OAB do Brasil podem atuar em Portugal e os advogados portugueses podem atuar no Brasil. Há algumas exigências a serem cumpridas, mas não há necessidade de revalidação do diploma (desde que já esteja atuando como advogado em um dos países).
        Espero ter ajudado.

  29. Boa tarde!! Estou concluindo o mestrado e pensando na possibilidade do doutorado na Universidade de Coimbra. A minha dúvida e sobre as aulas , elas são ministradas em inglês?

  30. Oii,vamos falar em reais. Eu penso em fazer o mestrado em coimbra, entao com o valor do mestrado e mais o valor em média gasto por mês, daria cerca de 92 mil?

    1. Oi Carine,

      É complicado falar em reais porque a cotação do euro muda muito.

      Tive amigas que vieram fazer o mestrado com uma grana, e a cotação que era de 2,92 subiu para 3,40. Hoje está em 3,70 mais ou menos.

  31. Bom dia Claudia.

    Meu filho tem intenção de passar dois anos na Universidade de Coimbra. Curso de Direito. Programa de Intercâmbio. Tenho várias dúvidas em relação à estadia: alojamento, como pagar a mensalidade/parcela, remessa de valor (uma conta via Banco do Brasil seria interessante?), assistência médica (sei que a taxa de inscrição contempla seguro de saúde até 10 mil euros – cobre simples consultas/emergências ou só situações de gravidade?).

    Desde já agradeço a atenção dispensada.

  32. Olá Luiza, tudo bem ?

    Recentemente fui aprovada para realizar o Doutorado em Coimbra. Já estou com a documentação praticamente pronta. Mas tenho uma dúvida: eu preciso começar em setembro/2017 ou posso optar por começar em fevereiro de 2018? Isso não fica muito claro.

    Obrigada!

    1. Oi Jéssica,

      Isso depende do que você definir no momento da matrícula.

      É possível selecionar as matérias para começar somente em fevereiro, por exemplo.

  33. Bom dia Luiza, quero terminar o último ano da minha faculdade na universidade de Coimbra ou alguma outra sem problemas, estou no 8° semestre do curso de Direito, queria saber se compensa, até porque a mensalidade chega a triplicar aí, e ainda tem moradia, alimentação, transporte …

  34. Bia,
    Bom dia,

    Moro no Brasil, e tenho interesse de fazer Mestrado na Universidade de Coimbra. As aulas são semanais, mensais, como funciona? Estou concluindo graduação em Direito aqui.
    Meu e-mail: [email protected]

    Desde já agradeço,
    Abraços

  35. Olá,

    Preciso muito saber se posso fazer um mestrado com o curso que tenho aqui no Brasil de Tecnólogo em Gestão de RH, lembrando que este curso aqui é considerado como graduação, aí em Portugal já não sei.

    Obrigada!

    1. Tenho a mesma dúvida, no Brasil quem possui graduação tecnológica pode acessar o mestrado. Um tecnólogo pode fazer mestrado em Portugal?

  36. Adorei tudo !! E me deixou ate mais segura sobre fazer o Mestrado em Coimbra. Mas estou com uma duvida. Tenho já todos os documentos autenticados, porem vi que no edital eles exigem que os candidatos oriundos de países Não-aderentes ao Processo de Bolonha devem solicitar uma autorização de candidatura para o Conselho Cientifico FMUC. Mandei um email para a universidade, expliquei que sou brasileira e perguntei se devo solicitar essa autorização, e responderam que sim. Te solicitaram o mesmo?? Ja fiz a solicitação ha duas semanas, mas ainda não me responderam ;( Muito sucesso com o blog Luiza ! Esta lindo! Beijos

    1. Oi Catarina,

      É provável que a Faculdade de Medicina tenha mesmo alguns processos diferentes. Sobre a demora da autorização, pode acontecer mesmo. Se não tiver chegado até hoje, tenta ligar diretamente na universidade.

  37. Oi. Suas informações são excelentes. Obrigada

    Quanto às casas compartilhadas, são seguras? Existe alguma onde o proprietário também reside?

    Abs

  38. Olá! Gostaria de saber se existe a possibilidade (em geral, ou na UC) de começar o ano letivo em janeiro/fevereiro.
    Queria estudar lá, mas agora que já passaram as inscrições, esperar até setembro de 2018 parece demais 🙁

    1. Oi Louise,

      Você ainda pode tentar a segunda ou terceira fase de inscrições, se estiverem disponíveis no curso que quiser. Ai você, no momento da matrícula, pode marcar para começar as aulas no segundo semestre, em fevereiro.

  39. Olá Luiza, há alguma forma de como estudante estrangeiro conseguir pagar o valor de estudante equiparado? Como funciona esse sistema, passei em um Mestrado em Coimbra, fiz a inscrição apenas para tentar mesmo e ter conhecimento das coisas, mais acabei passando e estou pensando seriamente em ir, no entanto o valor anual da propina de 7mil euros é muita coisa. Você poderia me tirar essa duvida?

    1. Olá Caio, desculpe usar do seu comentário. Estou esperando o resultado de mestrado na UC, não consegui ver qual o valor da propina. Esses 7mil euros é a anuidade, qual o seu curso? O meu é Direito.

  40. Oi Luiza, tudo bem? Me desculpe a pergunta que não tem nada a ver com seu post, mas eu estou querendo fazer graduação a distância em Portugal, eu procurei na internet, mas ainda não achei nada concreto. Eu moro perto de Portugal, e gostaria de fazer o curso na minha língua nativa. Tem alguma universidade que você possa me recomendar? Tenho interesse no curso de Recursos Humanos. Mais uma vez me desculpe pela pergunta, mas é que eu vi que você sempre tem muito carinho pelos seus leitores e estou um pouco perdida nesse aspecto. Obrigada

    1. Oi Lys,

      Desculpe, mas não tenho como te ajudar, porque não faço ideia. Sugiro que você olhe diretamente nos sites das universidades portuguesas.

  41. Oi Luiza

    estou terminado a minha graduação no Brasil e sempre tive muito interesse em fazer o mestrado e Portugal, já estou pesquisando bastante, ainda não me candidatei a nada estou na faze de pesquisa e procurar saber mais sobre como tudo funciona, pode se dizer que ainda estou desorientada, como já estou concluindo a graduação gostaria de saber quais são os meus primeiros passo para me candidatar ao mestrado?, e qual seria mais recomendado o mestrado de especialização avançada ou o de 2º ciclo? igual ao seu, e é preciso ter inglês fluente como pedem em outras universidades?

  42. Olá Luiza.

    Estou simplesmente deslumbrado com o blog.
    É perfeito.
    Tenho uma dúvida, e vou torcer para que tu saiba a resposta (rs)

    Eu fui aprovado no doutorado em Coimbra, e vou solicitar a bolsa via Capes/CNPq.
    No caso de Portugal e Brasil compartilharem o mesmo idioma, eu tenho necessidade de ter outro proficiência para a solicitação?
    Os outros documentos já tenho todos. Mas a Capes não me responde!
    Outra questão é, os documentos para serem validados na Universidade, pode ser somente autenticados em cartório, ou tenho que fazer aquelas “traduções”?

    aguardo retorno.
    att.

    Adriano Guimarães

    1. Oi Adriano,

      Não há necessidade de ter proficiência em Português sendo que essa é sua língua nativa.

      Não precisa de tradução também, só a autenticação no cartório no esquema do apostilamento.

  43. Olá Luiza, já estou no mestrado aqui no Brasil, você saberia me informar se existe a possibilidade de cursar apenas uma disciplina eletiva na Universidade de Coimbra, e qual o custo? Grata

    1. Oi Soely,

      Você precisa verificar com a sua Universidade em primeiro lugar, as possibilidades de mobilidade do seu mestrado. E depois, entrar em contato com a universidade de Coimbra.

      Não sei te dizer nada sobre custos.

  44. Tenho cidadania portuguesa, o que muda para meu ingresso na Universidade de Coimbra?
    O preço da mensalidade é diferente para ingressantes internacionais?
    Não acho informações para quem possui a cidadania, ficaria muito grato com algumas informações.

  45. Boa noite, fiquei sabendo que existe mestrados em Portugal que só é necessario frequentar as aulas no mês de Julho, vc sabe me informar sobre essa situacao?

  46. Boa dia, Luiza!
    Você chegou a estudar e trabalhar ao mesmo tempo? As pessoas que fazem isso trabalham em sua área de atuação?
    Eu vou me candidatar a uma vaga na UC para mestrado e no meu curso existe a opção de entregar um trabalho final ou um relatório de estágio. Você conheceu ou conhece alguém que passou por isso?
    No mais, obrigada por todas as dicas. Estão sendo muito importantes.
    Abraços

    1. Oi Renata, bom dia

      Eu trabalhava com o blog mesmo. Não cheguei a conhecer ninguém em Coimbra que conseguiu emprego na própria área durante o mestrado.

      No meu curso também haviam as duas opções. Cada aluno escolhe o que achar melhor para si.

      Abraço

  47. Boa Tarde Luiza!Amei o blog sobre viagens! Enfim, passei a vida dizendo que queria cursar medicina, mas, recentemente me senti insegura quanto a essa decisão e percebi que quero uma profissão que me permita ter um horário flexível de trabalho, e que me seja possível viajar, mais ou menos “morar no aeroporto” kk e percebi que quero cursar jornalismo (em Coimbra), seu blog é inspirador, espero que continue com esse trabalho, meus parabéns. 😀

    1. Boa sorte no projeto Sarah!

      Só um concelho: o jornalismo não necessariamente é uma profissão que te garante flexibilidade. Sim, abre essas oportunidades, mas isso de horário flexível é para bem poucos, porque a maioria dos empregos que ainda existem são no modelo tradicional. Eu estou te dando essa dose de realismo não para te fazer desistir, porque sem dúvida foi o jornalismo que me trouxe aqui hoje, mas porque eu tenho muitos amigos frustrados com a profissão e do meu círculo mais próximo, basicamente todo mundo largou a área.

      bjs

  48. Olá Luiza,eu estava uma dúvida sobre estudar em Coimbra e em minha pesquisa encontrei esse seu texto,o qual me ajudou a esclarecer algumas coisas.
    No entanto,estou no 3º do ensino médio e estava pensando em fazer relações internacionais ai em Portugal,no próximo ano.Você acha que vale a pena estudar esse tipo de graduação em outro país? Ou a melhor possibilidade é fazer a graduação aqui e mestrado ou intercambio ai ? Estou com receio por ser apenas 3 anos de curso(enquanto que aqui são 4),e depois ter que voltar e validar o diploma no Brasil.
    Obrigada

    1. Oi Pâmela,

      Não sei te dizer o que é melhor ou pior, isso depende do que você busca na sua vida! Qualquer uma das escolhas tem as suas vantagens e desvantagens.

      Realmente, para revalidar o curso de graduação no Brasil fica um pouco mais complicado, porque a carga horária não será a mesma.

      bjs

  49. Olá Luiza!

    Adoreeeei o blog!Parabéns!!!
    Gostaria de saber a respeito de revalidação do diploma de mestrado. Para revalidar no Brasil é necessário procurar um curso de mestrado semelhante com o que foi cursado em Portugal para que possamos fazer a equivalência de disciplinas? É isso?

    Especificamente na área do direito, vc conhece alguém que fez mestrado em Coimbra e conseguiu a revalidação no Brasil?

    Agradeço!
    Abraços!

    1. Oi Sasha,

      Sim, para a revalidação você precisa encontrar no Brasil uma universidade que tenha um curso semelhante e entrar com o processo nessa faculdade. Com a apostila de Haia, basta validar o histórico e diploma num cartório específico antes de voltar para o Brasil.

      Não conheço ninguém da área de direito, mas conheço da sociologia e economia e não tiveram problemas.

  50. Olá, Luiza,

    Estou pensando em cursar Direito na UC. Sei que não é a tua área, mas tu podes ter amigos dela ou, simplesmente, saber acerca dessas informações somente pelo cotidiano acadêmico. Estas são as dúvidas:
    A UC tem bons conceitos e professores em Direito? Li em alguns portais que a qualidade da universidade está a ser superada pela demais portuguesas e que o referido curso se iguala a cursos com menor prestígio e qualidade de faculdades particulares brasileiras.

    Portugal tem um bom mercado de trabalho para o Direito?

    Vale a pena fazer o curso de Direito na Universidade de Coimbra para voltar ao Brasil fazer a revalidação? Com isso, também ser aprovado na OAB ou prestar concursos públicos?

    Se não estiver a par de nenhumas destas informações, agradeço-te somente pela experiência compartilhada aqui.

    1. Oi Mateus, tenho exatamente as mesmas dúvidas que vc… Caso quiser conversar e trocar dúvidas, eu adoraria! Vc também foi selecionado no processo seletivo? Meu facebook está como “Rafaella Cazarine”.

  51. Oi linda, queria muito saber a diferença entre mestrado de Formação ao Longo da Vida e o de Especialização Avançada. Vou me formar em direito aqui no Brasil, mas queria fazer uma especialização em psicologia em Portugal e fiquei muito confusa porque não encontro a nomenclatura “especialização” e sim “mestrado” sendo que aqui o mestrado tem foco para aqueles que querem seguir no ramo acadêmico, o que não é meu caso: quero trabalhar na prática. Então ficaria muito grata se você pudesse me responder e indicar qual dos dois tipos de mestrado se enquadraria melhor no meu caso. Desde já agradeço! Meu email, caso você ache melhor responder por lá: [email protected]

    1. Oi Larissa,

      Desculpe a demora para responder,

      Em Portugal, mesmo que tenham a nomeclatura mestrado, muitas vezes tem um foco mais prático. Depende de você ler o objetivo geral e plano de estudos.

      Sobre a diferença entre as nomeclaturas, não é nada clara para mim. Os cursos quase todos tem a mesma carga horária e a mesma duração de 2 anos.

        1. No Brasil o foco é mais acadêmico. Em Coimbra, depende do curso. Mas as dinâmicas das aulas são bem parecidas nos dois países.

  52. Vagando pela internet nas horas vagas do trabalho, me pego lendo um texto sobre como é estudar em Coimbra, lembrando saudosamente desta cidade…
    E para a minha surpresa, a autoria é de uma amiga que tive nos tempos que estudei lá, inclusive moramos na mesma casa durante alguns meses… brigamos juntos com o senhorio… kkkkk
    Um grande abraço Luiza!! Parabéns pelo trabalho e sucesso!
    Lucas

    1. Ahhh Lucas,

      Que legal que você encontrou o blog! Espero que a vida em Goiania esteja muito boa.

      Se voltar em Portugal, manda mensagem para a gente marcar um fino =D

      Abração

  53. Olá Luiza,
    Estou no ultimo semestre de Arquitetura e pretendo fazer mestrado logo em seguida ai em Portugal na área de Patrimônio histórico, porém meu namorado iria comigo.Nossa ideia era conseguirmos bolsa, eu para o mestrado e ele para terminar a graduação, mas estamos preocupados com a possibilidade de não conseguir nem as bolsas nem trabalhar. Você tem alguma dica sobre bolsas, mestrado e trabalho.

    1. Oi Jéssica,

      Realmente, não há nenhuma garantia de conseguir bolsa – com a crise em Portugal e na Europa, há cada vez menos). As pessoas que eu conheço com bolsa ou vieram do Brasil com ela (com Erasmus, Capes, etc). Enfim, tenho um post só sobre bolsas de estudo, dá uma olhada: https://www.360meridianos.com/2014/04/conseguir-bolsa-de-estudos-no-exterior.html

      Sobre trabalho: outra coisa que não há a menor garantia de conseguir. Mesmo subempregos, há raras vagas.

  54. Vou para o 3º ano e pretendo estudar em Coimbra no próximo ano, provavelmente direito.
    Tenho cidadania portuguesa e pelo que li no site, posso me inscrever como “candidato nacional”.
    Conheço bastante Portugal e mesmo meus pais vindo comigo ainda tinha várias dúvidas seu post me ajudou bastante a esclarecer as principais (principalmente sobre a faculdade) em si).
    Beijos!

  55. Olá, Luíza

    Sou jornalista com pós-graduação em Turismo e Desenvolvimento Local Sustentável e aposentada com 54 anos. Moro em Manaus, Amazonas, gostaria de fazer mestrado em Portugal. Sabes dizer se tem vantagens para pessoas que se encontram nessa condição?

    Mara Matos
    Jornalista
    Especialista em Turismo e Desenvolvimento Local
    Manaus-Am – Brasil

    1. Olá Mara,

      Sei que existe uma lei que permite que aposentados Brasileiros possam se mudar para Portugal, mas não sei muito mais sobre isso além da existência da lei. Você pode procurar o consulado português mais próximo para se informar a respeito da documentação.

          1. Olá, Luíza estou em Portugal. Como já disse pretendo morar nesse país. Você tem ideia qual a cidade mais adequada para atuar na área do turismo? Quero montar uma loja de artesanato da amazônia. Mas estou com algumas dúvidas. Conhece alguém p me indicar com quem eu possam entrar em contato p esclarecer algumas situações?

          2. Olá Mara,
            Desculpe pela demora para responder.

            Eu acredito que Lisboa ou Porto são as melhores opções. Mas não sei te dizer nada específico sobre essa área ou como você pode abri uma loja lá. Não é minha área.

    2. Olá Luiza, gostaria de saber se pra portugal você precisou de visto, se sim, como fez pra consegui-lo?
      como você conseguiu a vaga na faculdade, vou pelo enem?
      você acha que se eu fosse pra Portugal e trabalhasse como babá ou alguma profissão assim conseguiria me sustentar para viver e estudar?

      Obrigada!!!

    1. Oi Ana Carolina,

      Não sei te dizer especificamente do curso de Marketing, mas nos mestrados em geral há uma carga de leitura que é toda em inglês. Não precisa ser fluente, mas precisa pelo menos conseguir ler o material.

  56. Óla Luiza, tudo bem ?

    Me chamo Cris e tenho um irmão que se interessa muito em visitar e claro, frequentar a faculdade de medicina em Coimbra. li alguns artigos no site da faculdade, mas procurei na internet alguém que pudesse auxila-lo melhor acerca do assunto. Gostaria de saber todas as formas de ingresso e pagamento para entrar na faculdade. Aguardo sua resposta ansiosa, e meu irmão mais ainda. Desde já agradeço atenção e parabenizo sua pessoa pelo excelente texto.

    1. Oi Crislane,

      A melhor forma de saber isso é pelo site da universidade mesmo. A universidade de Coimbra aceita o Enem, mas eu não sei exatamente como é o procedimento, visto que entrei diretamente no mestrado.

  57. Oi Luiza, tudo bem?
    Em primeiro lugar gostaria de te agradecer muito pelo texto, está me ajudando muito nas minhas pesquisas.
    Eu quero fazer o mesmo curso que você e queria tirar umas dúvidas.
    Sou psicóloga, formada pela UERJ. Meu CR final ficou em torno de 7,8, com reprovação em algumas disciplinas e nota máxima e muitas outras. Também fiz Iniciação científica, era bolsista pela FAPERJ. Já trabalhei em uma organização focada em HIV/AIDS e atualmente estou fazendo pós em Psicologia em Crises e Emergências e Residência em um hospital público. Você acredita que com um currículo assim tenho chances de passar para o mestrado? Tem quantas vagas no total?
    Sinto-me muito insegura por conta do meu histórico da universidade não ser excepcional. Me dá uma luz?
    Muito, muito, muito obrigada!

    1. Esqueci de perguntar, você sabe qual o peso do currículo acadêmico em relação ao peso do currículo profissional e da carta de motivação?

    2. Oi Penélope,

      Os pesos são relativamente iguais para o currículo profissional, acadêmico e carta de motivação. Na página da candidatura tem a descrição certinha.

      Não acho que você tem que ficar insegura com seu histórico escolar, se puder caprichar na carta de motivação e mostrar como seu currículo profissional tem relação com o Mestrado.

      Abraço.

  58. Oi Luiza,

    adorei seu Blog! me salvou 😉
    moro em Brasília, sou advogada e estudante de jornalismo.
    estou concorrendo a uma bolsa para fazer um semestre do meu atual curso em Coimbra. se tudo der certo vou com marido e dois filhos!! (6 e 7)
    como é viver aí com crianças, vc saberia me dizer se eles terão direito ao serviço de saúde também?
    vi no site da universidade que até os 6 anos seria possível deixá-los do jardim de infância, mas meu mais velho tem 7, poderei matricular em qualquer escola do Ciclo 1?
    eita, milhares de perguntas…
    agradeço muito se puder me orientar!
    bj grande para vc,
    Karina

  59. Já sou graduado no Brasil e gostaria de fazer outra graduação em Coimbra…
    É mais fácil para eu ingressar nesse caso?

    Aliás, como é pra entrar na faculdade por aí? Faltam vagas?

    Em tudo que é pais que eu procurei, se eu tivesse os requisitos básicos, a minha entrada era garantida.

    Aqui no Brasil, as pessoas se matam brigando por vagas.
    E aí?

    1. Oi Romário,

      Aqui em Portugal é relativamente fácil de entrar na graduação. Os brasileiros entram pela nota do Enem. Eu não sei te dizer exatamente quais os requisitos, porque entrei no mestrado, mas no site das universidade portuguesas tem tudo bem explicado.

      1. Olá Luiza! Boa noite!
        Eu e meu marido estamos nos mudando para Coimbra para fazermos um mestrado em Direito na UC e seu blog tem nos ajudado muito.. Vcs estão todos de parabéns!
        Estamos cheios de ansiedades e dúvidas..rs.
        A primeira delas diz respeito a roupa que devemos usar nas aulas.. Os mestrandos costumam usar que tipo de roupa?? Vão a aula de calça e tênis mm ou usam algo mais formal?
        Agradeço a atenção!
        Dianne

        1. Oi Dianne,

          Eu não sou do Direito, que é um curso de gente mais “arrumadinha”. Nas minhas as pessoas se vestiam de forma mais informal mesmo. Mas sei lá, no caso do direito eu levaria umas roupas sociais, para garantir…

      2. Olá! Boa tarde! Estou indo a Coimbra e gostaria de saber há algum grupo de brasileiros lá para que eu possa conversar e tirar algumas duvidas à respeito do ingresso na universidade.

  60. Boa tarde, Luiza!

    Comecei a ler seu blog e adorei! Parabéns! Está ajudando muito nas minhas buscas. Me formo no meio de 2017 em Direito aqui no Brasil e queria tentar a vida fora. Sendo mais específica, quero fazer uma segunda graduação em jornalismo na Universidade de Coimbra. Tenho dupla cidadania (BRASILEIRA/ITALIANA), e gostaria de tirar algumas dúvidas:

    1 – Posso entrar como portadora de diploma?
    2 – Por possuir a dupla cidadania, quanto custa a propina para o curso de jornalismo? E como é o processo de ingresso?
    3 – O curso é ministrado em português mesmo?

    Obrigada, Luiza! Aguardo sua resposta 🙂

    1. Oi, Luiza. Tudo bem?

      Desde já, gostaria de agradecer a atenção voltada à minha pergunta.

      Aqui no Brasil, você sabe que as faculdade têm três turnos: manhã, tarde e noite. Em Portugal também é assim, ou a faculdade é período integral?

      Um abraço. Fique com Deus.

      1. Oi Marco Antônio,

        Olha, só posso falar pela Universidade de Coimbra. Por aqui, só tem turnos de manhã e a tarde. As últimas aulas terminam às 20h

        1. Olá Luiza,

          Consegui um a vaga no Doutoramento em Ciências da Educação na Universidade de Coimbra.
          Envio e-mails para coordenação e as informações chegam desencontradas, por exemplo:

          No site diz início do curso 12-09-2016
          No e-mail da coordenação diz: 16-09-2016, porém no primeiro ano o início será 30-09-2016.

          Socorro, rs… Preciso realmente saber em qual data devo viajar para comprar passagens.

          Abraços

          1. Oi Jerusa,

            Siga as informações trocadas no email com a coordenação. O site trás informações gerais da faculdade e não necessariamente está atualizado.

    2. Oi Duda,

      Desculpe a demora para responder, estava apertada com a minha dissertação de mestrado.

      Não entendi a sua primeira dúvida.. Como você possui dupla cidadania, paga a propina no mesmo valor que os portugueses. Sim, o curso é em português, pode ser que tenha uma ou outra disciplina optativa em inglês por causa do Erasmus.

  61. Para estudantes em Coimbra, existe a possibilidade de arrumar algum emprego ao redor do campus ou proximo ao mesmo para ajudar com os gastos, como existe em existe em faculdades americanas?

    1. Oi Eric,

      A possibilidade existe, mas não necessariamente você vai conseguir emprego, porque há pouquíssimas vagas.

      Também existe a possibilidade de trabalhar em alguns dos serviços da universidade em troca dos valores da mensalidade!

  62. Olá!! Luiza Antunes,
    Obrigada por compartilhar suas experiencias. muito bom mesmo, parabens!

    Luiza, meu filho vai fazer graduação em socilolgia na UC. as aulas iniciam dia 12 de setembro, chegaremos ai em Coimbra dia 29/06,ainda nao sabemos onde ele vai morar. pode me dizer se é fácil alugar um apartamento ou quarto perto da faculdade de Economia ?

    Obrigada,

    1. Oi Darleide,

      É bem tranquilo e vocês tem bastante tempo para achar um lugar! Procure nos sites que eu sugeri. Em frente a Faculdade de Economia também tem um monte de cartazes com quartos para alugar!

      abraço,

  63. Oi Luíza!

    Tu tens um e-mail para eu entrar em contato contigo? Passei para o mestrado em Marketing na UC e gostaria de conversar mais contigo sobre a tua experiência aí. Ainda não fiz a matrícula, pois estou um pouco receosa.
    Adorei o teu post!!! Vou seguir o blog para ler mais (inclusive o teu artigo sobre como alugar um apartamento em Coimbra).

    Aguardo as tuas informações de contato.

    Muito obrigada!
    Beijos, Pâmela

    1. Oi Pâmela,

      Olha, tudo, absolutamente tudo que eu sei sobre estudar em Portugal e morar em Coimbra estão aqui no blog, nos textos e nos comentários. Eu não tenho como responder dúvidas todas as dúvidas que recebo por email e redes sociais, porque ia acabar gastando todas as horas do meu dia fazendo isso =/

      bjs

  64. Boa tarde aqui no Brasil.. 🙂
    Passei para o mestrado em Coimbra, em direito…
    Estou com alguns medos e dúvidas, acho que normal para quem vai pela primeira vez a Portugal.
    Estou com medo das disciplinas, aulas, professores. Vejo que o ensino é muito diferente no Brasil (estou, inclusive, levando um “banho” pra conseguir realizar a matrícula… pois no ao da matrícula já tenho que escolher as disciplinas para o ano todo, ECTS diferentes, e o site da universidade não é muito explicativo nesse quesito).

    Gostaria de algumas dicas para quem vai chegar em Coimbra sem conhecer absolutamente nada. Principalmente com relação à universidade…. Como foi o processo de adaptação (entender bem o português original rs). E as pessoas? colegas? professores?

    Obrigada pelas suas dicas, adorei seu site.

    1. Oi Maria Vitória,

      Pelo visto está rolando um grupo legal dos novos estudantes de direito.

      Sinceramente, a adaptação em Coimbra é bem tranquila, visto que a cidade é pequena, fácil de conhece e se adaptar. O português também você acostuma bem rápido! Sobre os colegas e os professores, isso vai depender da sua turma. Mas como você pode ver, sempre tem um grupo grande de brasileiros. Eu, pessoalmente, me dei muito bem com os colegas portugueses também.

      Abraço

  65. Boa noite luiza,
    realizarei um mestrado, assim como o seu com inicio em setembro e gostaria de saber quais documentos a universidade exige que seja entregue com autenticação do consulado.

  66. Oi Luiza!

    Passei para o MISIE e estou bem na dúvida de qual disciplina optativa escolher.

    Você teria alguma recomendação? Alguma que seja de um professor muito bom?

    Obrigada!!!

    Abs.

    1. Oi, Paula!
      Também passei. Gostei da sua pergunta, espero que a Luiza possa esponder.
      Eu, na verdade, já fiz minha inscrição nas disciplinas, mas confesso que estou com um frio na barriga. Não sei se escolhi demais, ou de menos.
      Escolhi a opção tempo integral e já apareceram as disciplinas do 2°ano. A princípio saí marcando todas as obrigatórias (rsrsrs), depois voltei para ler o manual e vi que a matrícula era anual, então voltei e escolhi 9 disciplinas. 4 para o primeiro semestre e 5 para o segundo. Não me recordo exatamente agora, mas acho que foram 2 optativas e 1 isolada.
      Mas estou com medo de tr exagerado.
      Não entendi ao final o valor da matrícula. Achava que teria que pagar 2100,00 euros, mas foi cobrado 1050,00. Achei ótimo, por um lado, é claro, mas por outro, voltou o frio na barriga: será que fiz algo errado?
      Me adiciona no facebook, pra gente ir conversando sobre esse processo!
      meu perfil é /angelapereir

      1. Oi Ângela,

        Vamos lá:

        No primeiro semestre você tem que escolher 4 – são 3 obrigatórias e uma optativa.

        No segundo semestre são 4 obrigatórias.

        Não recomendo de jeito nenhum pegar uma isolada ou qq disciplina fora da grade. Porque? É MUITO trabalho. O mestrado exige muito e sinceramente, você não terá tempo de ler e produzir tudo com 5 disciplinas no mesmo semestre.

        Sobre a mensalidade: são 1050 no primeiro ano e 1050 no segundo ano.

    2. Oi Paula
      Bem vinda ao Misie!

      Você só pode escolher uma disciplina optativa e é bom ficar atenta porque ela não pode bater com o horário das obrigatórias. Ah, é bom ver também a oferta: precisa ser para o primeiro semestre – tem gente que se confunde e marca para o segundo semestre, o que é impossível de fazer depois

      Isso acaba limitando a possibilidade de escolha e você acaba só tendo duas opções! As duas cadeiras que eu sei que são boas (mas não sei se estarão disponíveis) são Políticas Culturais e Modos de Vida Urbano e Debates Contemporâneos.

      Espero que tenha ajudado!

      bjs

  67. Oi Bia, tudo bem?

    Primeiro, adorei as dicas, o blog e o formato. Também sou jornalista e acredito que até por isso já seja um elogio em dobro 🙂 Peço desculpas se alguém já te questionou sobre isso, mas, precisava dividir com alguém que passou/passa pela experiência para entender minhas dúvidas. Vamos lá:
    – Fui aprovada na pós-graduação em marketing. o programa é sensacional, a grade muito completa e fiquei super empolgada com tudo isso. Porém alguns valores me preocupam. Não exatamente o valor do curso, mas os pequenos custos. Por que imagino que além do valor das propinas eu tenha pequenos gastos além dos de vida também, né? Como material, matricula do segundo ano, documentos, e etc. Você foi com esse dinheiro já contando para esse gasto? Eu vi sobre bolsa, mas só vou conseguir no próximo semestre. Vale a pena eu ir e tentar a bolsa depois? Você conhece esse processo? Me disseram que a bolsa em Coimbra é diferente de outros locais.
    – Sei que para trabalhar não é tão simples, mas nem mesmo na Faculdade encontramos oportunidades? De novo eu toco no ponto dos pequenos gastos do mês que me preocupam mais e não temos tanto controle, né?
    – Como funcionam os dias que não tem aula e finais de semana?
    – Vi que existem diferentes formas de pagamento da propina, mas ficou meio confuso, por que diz anual integral, anual part-time, semestral integral e semestral part-time. Como é isso?
    – Existe algum ponto de contato para estudantes internacionais tirarem suas dúvidas?
    – Que outros gastos você não previa e os teve?
    Obrigada se puder me ajudar!
    Beijos e boa sorte

    1. Oi Symone,

      Há pequenos custos sim com faculdade e mais os gastos com a documentação no SEF (que você tem que pagar quando se mudar – são 37 euros). Mas esses custos são pontuais.

      Se você souber de uma bolsa antes, pode tentar, mas não existem tantas disponíveis assim. Conheço algumas que surgem a partir do segundo ano mesmo.

      Sobre o trabalho, existe a possibilidade de trabalhar em algum dos serviços da universidade em troca de descontos na propina e moradia. Dá uma olhada aqui: http://www.uc.pt/sasuc/Pesquisa_Rapida/PASEP

  68. Olá Luiza!

    Primeiramente, parabéns pelo site! Suas informações são excelentes!

    Fui aprovado no Mestrado em Coimbra para início no próximo semestre. A princípio meu plano era estudar em Lisboa, mas estou repensando no assunto. Gostaria de saber uma opinião sua:

    É possível fazer o mestrado em Coimbra, morando em Lisboa? Ou a distância entre as cidades torna impossível?

    Desde já agradeço a atenção.

    Guilherme

      1. oi Bruno!
        Vc já está em Portugal fazendo mestrado em direito? Pretendo ir em 2018 e estou em busca de dicas de revalidação do diploma.
        Tem alguma informação sobre isso?

        Obrigada!

    1. Oi Guilherme,

      Depende da quantidade de grana que você esteja disposto a gastar.

      A distância entre Coimbra e Lisboa é de 2 horas, o que é super ok. Porém, a passagem mais barata de ônibus custa 12 euros (de trem, na promoção, 14 euros. Só um trecho. Ida e volta, dobra o valor.

      Se você tiver aulas mais de uma vez por semana, além de ter que pagar o aluguel em Lisboa, também teria que pagar hospedagem em Coimbra.

      Ou seja, possível é, mas é bem caro.

  69. Olá Luiza, estava pesquisando sobre mestrados em Portugal e encontrei o blog de vocês, pude perceber que realmente vocês amam o que fazem, simplesmente pelo fato de que respondem aos questionamentos de pessoas que não conhecem com tanto carinho, lhes explicando e compartilhando suas experiências.
    Faço um breve relato sobre mim, sou acadêmica de Direito no Brasil e em dezembro de 2017 termino a graduação, sou dupla cidadã ítalo/brasileira, já residi em Portugal em 2 momentos diferentes. Gostaria de lhe perguntar, como devo proceder para me candidatar a uma vaga após o termino da faculdade? Qual deve ser o currículo do candidato? Qual o tipo de experiencias mínimas devo ter para pelo menos concorrer a uma vaga? A parte mais “complica” seria o visto, mas este não é o meu caso.
    Se puder me dar umas dicas Agradeço.
    Obrigada 🙂

      1. Muito obrigada Luiza,você como sempre muito simpática, estou lhes seguindo no Face e no Insta. Quando tiver mais questionamentos perturbarei novamente.

        Bjo 😉 <3

  70. Oi Luiza!
    Estou pesquisando sobre o mestrado em portugal, farei em Braga, porem me preocupei com relação a validação do diploma. Como posso verificar se é necessário complememto para validar no Brasil?

    Parabens pelo blog, esta me ajudando e muitooo!!
    Beijo,

  71. Boa tarde Luiza,

    Amei suas dicas e seus post de sua experiência ai.

    Estou cogitando a ideia de fazer intercâmbio em Coimbra, eu estudo Direito aqui no Brasil, porém, terei que custear minhas despesas, pois não tenho como conseguir bolsa de intercâmbio. Tenho ajuda, mas com o Real baixo a ajuda daqui não é suficiênte.

    Eu posso ir para estudar mas conseguir trabalhar pra custear as depesas com o intercâmbio?

    1. Oi Beatriz,

      Há dois problemas: 1. O visto de estudante (residência temporária) não permite trabalhar a não ser que você consiga autorização do SEF.

      2. Não há vagas de emprego assim disponíveis, não é nada fácil achar trabalho.

      Então, vir para cá contando que vai conseguir trabalhar para custear é um risco muito grande.

  72. Oi Luiza, tudo bem? Acabei o ensino médio e estou super interessada em fazer licenciatura (que é a graduação aqui no Brasil) em Portugal. Quero Psicologia. Mas ouvi falar que durante a faculdade não é possível estagiar e quando você faz o estágio não recebe nada. Ou seja, trabalha de graça para o governo. Você sabe se isso é verdade? Obrigada!

  73. Olá, Luiza. Recentemente ganhei uma bolsa para estudar um semestre (2017.1) da minha graduação em Letras e gostaria de saber se serei obrigada a comprar esse traje acadêmico e capa negra?

    Estou viajando apenas com o dinheiro da bolsa e tirando o valor que vou ter que gastar com as passagens (ida e volta) só me restará de 350 a 400 euros por mês, para todas as despesas. O que me preocupa, pois vc falou em outro pôster que gastarei pelo menos a metade só em moradia! Não queria ter que compra a traje para usar apenas durante 5 meses! Será possível?

    1. Oi Arytyanne,

      Não, você não é obrigada a comprar o traje! O uso não é obrigatório, ainda mais que você só irá fazer um semestre.

  74. OLA BOM DIA, MINHA FILHA ESTA NPO 3 DO ENSINO MEDIO, QURENDO FAZER JORNALISMO EM COIMBRA, GOSTARIA DE SABER SE VC PODERIA OPINAR SOBRE O CURSO EM COIMBRA, SE REALMENTE COMPENSA EM TERMOS DE CONHECIMENTO FAZER LAE NAO AQUI NO BRASIL, MORA EM SAO PAU DESDE JA AGRADEÇO E AGUARDO RESPOSTA

    1. Oi Flávia

      (vou te pedir para não comentar em caixa alta, é bem ruim de ler)

      Olha, o curso em Coimbra é muito bom. Mas não sei comparar com o do Brasil, no sentido de dizer qual valeria mais a pena. Fazer um curso no exterior trás vantagens que vão além do curso em si, como a experiência adquirida de morar fora do país, lidar com outra cultura, amadurecimento, etc.

  75. Boa tarde, Luiza, tudo bom?

    Pretendo fazer o meu Mestrado em Direito no ano que vem e por isso estou pesquisando os cursos oferecidos na Universidade de Coimbra. Tenho várias dúvidas que não consegui esclarecê-las pelo site da Universidade, então se você puder me ajudar, fico muito agradecida!

    Primeiro, para a área do Direito eu não vi nenhum Mestrado de Formação ao Longo da Vida, parece que a única modalidade é o Mestrado de Especialização Avançada. Você sabe me dizer a principal diferença entre estes dois cursos de Mestrado? E você recomendaria o de Especialização Avançada?

    Segundo, os cursos de dois anos, como o Mestrado em Direito, por exemplo, costumam começar em que época do ano? E eles são ofertados a cada dois anos, ou todo ano começa uma turma nova? Por exemplo, se tiver começado uma turma agora em 2016, a próxima será apenas em 2018?

    Por último, eu tenho uma dúvida muito confusa. hahaha Desculpa se eu não conseguir me fazer entender.
    Na página da Faculdade de Direito, o site traz uma tabela de “prazos de inscrição para 2016/2017”. Nesta tabela, as datas contém apenas dia e mês, não possuem o ano. Portanto minha dúvida é: sabendo que o curso que eu pesquisei tem duração de dois anos, essa tabela deve se referir às inscrições passadas para o curso de Mestrado que se iniciou no início deste ano e vai até 2017, ou você diria que são os períodos de inscrição deste ano, para o curso que se iniciará em 2017?

    Desde já, muito obrigada. Seu texto ficou excelente e muito explicativo.

    Alice.

    1. Oi Alice,

      Os cursos iniciam todos os anos, em setembro, independente da duração do curso, tem novas turmas a cada ano.

      Então, para entrar em 2017, você tem normalmente que se inscrever de março a julho de 2017. Se você quiser entrar ainda em 2016, se inscreve esse ano (acho que a última fase de inscrições é em julho).

      Sobre a nomeclatura dos cursos de direito, dei uma lida no site, é só um nome diferente. Eles tem duração de dois anos e conferem grau de mestre. São muito reconhecidos, conheço muita gente que estuda aqui e gosta muito.

      bjs

  76. Bom dia Luiza Antunes,

    gostei muito do seu post.

    Pretendo fazer mestrado em direito na Universidade de Coimbra. Sabe me dizer como consigo ser selecionada? o processo seletivo é difícil? Como dou início?

    1. Oi, Luiza. Você oretende fazer este ano? O processo está aberto no momento.

      você precisa reunir a certidão de conclusão de curso, histórico escolar e a ementa de todas as matérias que fez na faculdade. Precisará, também, fazer um curriculo europeu (o site de coimbra passa o modelo) e tirar uma foto da página que tem foto no seu passaporte. Fora isso, uma carta de motivação.

      Me avisa se for este ano, pois também to pretendendo ir.

      A inscricao é toda on line.

      Boa sorte!

      1. Olá, pessoal!
        Estou fazendo a minha inscrição para ir fazer mestrado em direito esse ano! Topam conversar/trocar ideias? To muito perdida, principalmente com relação aos custos e eventuais bolsas…

        ps. Luiza, to devorando seu blog! 😉

        1. Oi Maria Cecília,

          Tudo o que você tiver dúvidas e eu puder responder, fique a vontade.

          Caso você passe, há muito tempo tenho vontade de fazer um encontro de leitores aqui em Portugal, mas nunca paro para organizar. Quem sabe esse ano?

          bjs

          1. Luiza, eu vou iniciar meu mestrado em outubro deste ano em direito, especialidade em ciências jurídico econômica; Li que a propina é de 3000 o ano, e já paguei 30% no ato da inscrição/matrícula. Agora restam sete parcelas de 300 euros que vai até o mês de março. Minha dúvida é: quando vou começar a pagar de novo?? Pois os 30% no regulamento constam como equivalente a 3 mensalidades e meu medo é começar a pagar antes! Obrigada!

  77. Oi, Luiza.

    Queria uma informação:

    no site da UC, diz-se que, no caso do 2o ciclo, durante o 1o ano é obrigatória a presença em Coimbra e no 2o ano é possível fazer a dissertação do Brasil

    Aí, há uma informação ao lado: 1o semestre ( inicio 12/09 – fim 21/12) e 2o semestre (inicio 06/02 – fim 31/05), ou seja, os semestres relativos ao 1o ano.

    Quero saber, por favor, se, nesse periodo de 21/12 até 06/02, eu poderia voltar ao Brasil e passar o mês com minha família, isto é, se são férias mesmo ou se há atividades. E se, no 2o ano, da dissertação, eu posso mesmo voltar ao Brasil

    Obrigado.

    1. Oi Bruno,

      Sim, é perfeitamente possível passar as férias de janeiro no Brasil. Você só teria problemas se precisar fazer exame especial, mas isso depende não só de cada curso, mas também do seu próprio desempenho acadêmico.

      Sobre o segundo ano da dissertação, entre em contato com o coordenador do curso. Apesar do site dizer isso, é sempre bom confirmar cada caso específico!

      abraço

  78. Olá Luiza! Primeiramente parabéns pelo blog, deve ser dificílimo estudar, trabalhar, viver e ainda manter um blog! kkk
    Então, super me interessei porque sou carioca, assistente social e estava pesquisando um mestrado alternativo, mas que não fugisse tanto da minha área e pesquisando as universidades encontrei o seu. Que bom que você está gostando! Fiquei com uma dúvida: sobre a propina, nós brasileiros pagamos a taxa para alunos internacionais? Porque a diferença é boa né… Outra questão foi meu receio quanto a validação do diploma porque no Brasil não temos mestrado neste tema e como vou com meu namorado, não sei se já vamos casados, se vamos ficar por aí… mas p/ mim é muito interessante o âmbito do empreendedorismo social, economia solidária, gestão social e afins!
    Sobre trabalho, você já foi com essa proposta? No Brasil trabalho p/ Arquidiocese do Rio de Janeiro/ Caritas Arquidiocesena nos projetos sociais, mas trabalharia em qualquer lugar…

    Em Portugal, estive em Lisboa,estamos querendo passar férias, até p/ ele conhecer, e talvez dar ma circulada, visitando as faculdades, quais dica você dá p/ que tem essa oportunidade?
    Um grande abraço! E depois gostaria de acessar sua dissertação! 🙂

    Meu email: [email protected]

    1. Oi Gabriela,

      Sobre as propinas, o valor é o indicado para os alunos internacionais, infelizmente.
      No caso do Misie, a propina é de 3500 por ano agora. Eu dei a sorte de entrar no último ano que ainda estavam cobrando o mesmo valor para portugueses e estrangeiros.

      Sobre a validação do diploma, ainda não sei te dizer. Minha turma terá as primeiras defesas a partir de julho e então que começarão os pedidos de validação.

      Sobre o trabalho, eu não procurei nada aqui, porque já tinha o blog. Para trabalhar você precisa pedir uma autorização do SEF depois da sua chegada.

      Você pode dar uma olhada em outras dissertações e temas do mestrado no blog: https://mestradoisie.wordpress.com/

  79. Oi, Luiza.

    Queria uma informação:

    no site da UC, diz-se que, no caso do 2o ciclo, durante o 1o ano é obrigatória a presença em Coimbra e no 2o ano é possível fazer a dissertação do Brasil

    Aí, há uma informação ao lado: 1o semestre ( inicio 12/09 – fim 21/12) e 2o semestre (inicio 06/02 – fim 31/05), ou seja, os semestres relativos ao 1o ano.

    Quero saber, por favor, se, nesse periodo de 21/12 até 06/02, eu poderia voltar ao Brasil e passar o mês com minha família, isto é, se são férias mesmo ou se há atividades.

    Obrigado.

  80. Adorei o post Luiza!! N sei se vc sabe, mas agora os estudantes podem ir para Portugal com a nota do ENEM e depois de ter lido esta notícia eu fiquei bastante animada, pois estou no segundo ano do ensino medio e sempre sonhei em fazer faculdade fora. Penso em fazer jornalismo aí. O que vc acha disso? Acha q é uma bos ideia eu tentar uma vaga em Coimbra com a nota do enem?

    1. Rafaela,
      Mesmo não sendo a Luiza acho que posso te ajudar com a pergunta. Na minha cidade muita gente está indo pra Coimbra graças ao ENEM. Coimbra usa um método diferente do Brasil para apurar o resultado da sua nota final -mais justo do que o do Brasil, na minha opinião- onde de acordo com o curso que você vai seguir algumas das áreas terão mais peso do que outras. Segue o link que explica:
      http://www.uc.pt/brasil/graduacao/enem/notas-enem
      Caso tenhas feito o ENEM para treino, tens como simular se terias ou não passado no curso com o cálculo que eles fazem!

  81. Olá Luiza,
    Moro em Belém do Pará e um dia estava assistindo uma reportagem na televisão sobre brasileiros que escolheram estudar fora do país e uma das universidade citadas foi a de Coimbra. Ao final da reportagem corri para o computador e visitei o site da universidade e me encantei com o curso de tecnologia e mestrado que são oferecidos. A grade curricular é diferente da nossa e possui disciplinas que eu adorei. Fiquei com muita vontade de tentar algo na minha área novamente desde o primeiro ciclo e seguir em frente. Mas existe um problema, sou um homem de trinta anos e nunca sai do meu estado e neste aspecto de viver fora assusta. Muitas perguntas estão na minha mente: Será que é uma ilusão, sonho estúpido, ou uma aventura boba ? Tenho muita vontade de sair do Pará (para estudar e pesquisar), mas tenho medo. Nesse caso escrevo pois agradeceria a sua opinião nesse asapecto, pois você já viajou e enfrentou diversas situações nas quais hoje me fazem pensar muito se devo ou não sair daqui.

    1. Oi Tadeu,

      Essa é uma decisão só sua, mas não, eu não acho bobagem de forma alguma querer estudar e ter uma experiência no exterior.

      O que eu não entendi é porque você gostaria de estudar novamente o primeiro ciclo se a sua área de estudos já é de tecnologia. Não seria mais interessante, e barato, partir diretamente para o mestrado?

  82. Olá Luiza,
    Sabe como é o procedimento pra ingressar em um mestrado da UC
    Existe uma prova, dissertação ou é por currículo?

    Acabo de me formar em Direito, passei na OAB e agora o proximo passo é uma especialização/intercâmbio.

    Gratidão! ^^)

  83. Olá Luiza

    Obrigado pelo texto, tem ajudado muito, fiquei com a seguinte dúvida, é possível ter algum trabalho remunerado durante intercâmbio de ensino superior? Algo como meio turno para ajudar nos gastos. abçs

  84. Olá ,
    parabéns pelo blog,muito explicativo. Gostaria de obter informação sobre graduação na área de arquitetura, tenho 18 anos e quero estudar em Portugal.Soube que os melhores cursos estão ai. É fácil conseguir apt p dividir? Preciso levar qt em euros para o primeiro ano?

    1. Oi Rafaela,

      sobre o curso de arquitetura especificamente não tenho como te informar, porque não é a minha área. Sugiro que você envie um email para a coordenação do curso pedindo mais informações.

      Sobre encontrar lugar para dividir: sim, é bem tranquilo. E você pode deixar para procurar quando já estiver aqui, se quiser. Explico mais sobre isso nesse post: https://www.360meridianos.com/2015/04/como-alugar-apartamento-coimbra-portugal.html

      Em euros, para o primeiro ano, eu calcularia 500 euros por mês mais o valor da propina do seu curso.

  85. Olá
    estou querendo estudar em Coimbra, mas não tenho recursos financeiros suficiente para isso.
    Você já foi com uma boa quantia guardada? Arrumou dinheiro trabalhando lá? Como conseguiu se sustentar?

    1. Oi Maria Eduarda,

      Eu trabalho com o blog, que é como se fosse um trabalho a distância do Brasil.
      Mas a grande maioria dos brasileiros que conheço por aqui juntou o dinheiro antes de vir. Bolsa de estudos só vi rolar depois de um ano de curso e emprego nem todo mundo consegue.

      Abraço

  86. Oi Luiza, adorei o seu site, estou fazendo uma pesquisa para fazer um mestrado de direito em Portugal, e estou achando excelente as dicas!!!
    Por isso, gostaria de saber se há possibilidade de trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
    Será que eu teria mais facilidade em um subemprego do que na minha área, mesmo que seja um estágio? Sei que o trabalho está difícil, para advogada brasileira deve ser pior ainda….
    Você tem conhecimento de advogados brasileiros alunos de mestrado, trabalhando na área em Portugal?? Poderia comentar…

    1. Oi Ana Paula,

      É possível achar emprego e conseguir uma autorização do SEF? Sim, mas não é fácil! Portugal está em crise há muitos anos, mas você pode tentar conseguir, seja subemprego, seja na sua área.

      Não conheço ninguém da área do direito por lá, então não sei se dizer se os alunos brasileiros conseguem emprego na área.

  87. Boa noite Luiza,

    Pretendo me instalar próximo a faculdade de direito, não sei bem qual seria a melhor localização para locação. Você tem alguma sugestão? Consigo fazer pesquisa por sites que sejam fieis em sua publicação?

    Obrigada.

    Giulia

    1. Giulia, tudo bem? Meu nome é Lígia e também estou indo cursar Direito esse ano em Coimbra.. Teria como eu entrar em contato com você? Meu facebook é Lígia Giani, me adiciona lá se puder.. Obrigada

  88. Olá Luiza! pretendo estar começando meus estudos na UC, fui aprovado e ingresso no início do semestre em agosto. Gostaria de saber, é relativamente fácil arrumar emprego em shoppings,comércios de rua e afins?

  89. Oi Luiza! Tudo bom?

    Vou cursar um mestrado em Coimbra iniciando agora em 2016.

    Estou com uma dúvida. Para passar na imigração é necessário ter passagem de volta? Como não é uma viagem a turismo (devo permanecer no país por 2 anos), existe essa exigência?

    Comprei a passagem de ida com conexão por Madrid (depois me assustei um pouco com os comentários sobre a imigração de lá, rs).

    Enfim, estou na dúvida se compro uma passagem de volta só por precaução e depois cancelo. Ou se é tranquilo ir só com a de ida.

    Obrigada!

      1. Obrigada, Luiza!

        Na verdade, consegui uma promoção de milhas muito boa e a passagem de ida ficou menos de R$ 1.200 com as taxas. Mas sei que comprando normal realmente não vale a pena só a ida.

        🙂

  90. Luiza, Parabéns pelo site!!

    Bom estou com planos de ir concluir meu curso de DIREITO em Portugal, Luiza, analisando a Universidade de Coimbra me pareceu interessante mas fiquei com duvida quanto ao valor na pagina da universidade tem um arquivo onde informa o custo, mas ficou muito confuso pra mim, no site consta o seguinte:

    Montante de propina / Preço: – Estudante Nacional ou equiparado: valor definido anualmente para os cursos de 1º ciclo; –

    Estudante Internacional: 7000€ valor anual/edição

    Esse valor convertido para moeda do real custara em torno de R$ 30.740,54 esse valor é pago pelo curso todo ou no período de um ano?

    Como estou no 7º período do curso tenho que pagar esse valor total?

    Outra informação que consta no site:

    A matrícula e inscrição do Estudante Internacional, só é confirmada após pagamento único correspondente a 30% da totalidade da propina base (3 mensalidades), acrescida da taxa de inscrição.

    Essa totalidade dos 30% refere-se aos R$ 30.740,54? Como posso saber qual o valor da mensalidade a ser pago?

    Ja enviei 04 emails para universidade mas ninguém me responde, outra duvida é possível eu entrar no pais sem visto de acordo com o prazo estipulado (90 dias) conhecer as universidades pra ver em qual

    se encaixa no meu perfil e até analisar valores, pra depois pedir visto de estudante? Se voce tiver algum contato de aluno do curso de Direito de Portugal e puder me passar, agradeço.

    Você pode me orientar Luiza, por favor!

    1. Se sua Universidade tem convênio de Cooperação Internacional com a Universidade de Coimbra, tente participar de um processo seletivo para intercâmbio. Alguns amigos meus aqui da UFF que fazem Direito conseguiram. Nem sempre é possível conseguir com Bolsa de Estudos, mas pelo menos através do Convênio não se paga a “Propina”.

    2. Oi Vanessa,

      Olha, eu não sei bem como funcionam as transferências, se os valores são os mesmos ou variam. A melhor forma de falar nas universidades é por telefone mesmo, ou enviar email diretamente para a coordenação do seu curso.

      Sobre os valores, eles indicam o valor da propina para todo o curso e o valor anual, que pode ser dividido em até 10x.

      Você precisa tirar o visto de estudante aqui do Brasil. Assim como fazer todo o processo da transferência.

  91. Oi!!!

    Eu achei sensacional suas dicas. Estou embarcando para Coimbra dia 27 e vou estudar na Business Scholl do IPC. Estou muito entusiasmado e lendo de tudo sobre a cidade, se houver mais dicas eu com certeza irei lê-las!!

  92. Bom dia!!!
    Moro no Brasil, fiquei entusiasmado pela UC, porem a mensalidade de 700 eurosX 10 prestacoes e um custo elevado para os parâmetros financeiro da minha família, gostaria de saber se tem outras formas de sobreviver ai, necessito urgente de sua ajuda.

    1. Oi Gustavo Blz??

      Então a “propina” refere-se a uma taxa paga anualmente. As Universidades de Portugal não são totalmente gratuitas como as do Brasil. Para aluno que são estrangeiros essa taxa é bem mais alta. Mas existe uma forma de conseguir estudar lá sem ter que pagar a propina, eu por exemplo sou estudante de uma Universidade Federal aqui no Brasil e ela tem convênio de cooperação internacional com diversas Instituições Superiores mundo a fora. Eu quis estudar em Coimbra e vi que poderia optar tanto pela Universidade de Coimbra quanto pelo Instituto Politécnico de Coimbra.

      A questão é você conseguir uma vaga dentro da sua própria Universidade para estudar um período fora. Ele pode ser por um ou dois semestres.

      Espero ter dado uma luz.

    2. Oi Gustavo,

      Desculpe não responder antes.

      Você pode tentar encontrar um emprego em Portugal. Porém, o país já está numa crise há alguns anos, de forma que não é tão fácil assim encontrar trabalho.

  93. Olá, Luiza

    Não sou brasileira. Li sobre a tua experiência aí em Coimbra e estou num dilema entre fazer o mestrado no Brasil ou em Portugal. Estudo Comunicação. Penso em fazer o mestrado em Comunicação, arte e cultura ou algo que não fuja muito essa linha.
    O que tu me aconselhas? Eu não conheço nenhum dos dois países (tenho só amigos e cada um puxa-me para um lado, heheheh) e era bom decider com base na qualidade de ensino, pelas oportunidades e também pelo prestígio.
    Obrigada. 🙂

    1. Oi Flor,

      É bem mais difícil entrar num mestrado no Brasil, principalmente numa universidade pública. Isso porque você vai precisar ter um projeto de pesquisa pronto, um orientador escolhido e também terá que fazer a prova do mestrado. Em Portugal, o processo seletivo é o envio de documentos e cartas de motivação/recomendação.

      Agora, a questão da qualidade do ensino e o prestígio é diferente: Depende da universidade, e tanto no Brasil, quanto em Portugal, há muitas. Minha sugestão é que você comece a pesquisar nos dois países programas de mestrado que te interessem e entre em contato com os coordenadores dos cursos em ambos países para saber o que precisa fazer para entrar.

      Abraço

  94. Olá
    Luiza amei suas orientações mas
    TO mt perdida acabei de terminar direito aqui no Brasil como eu faço pra fazer mestrado ai ? Tem que aprovar minha grade ? E qual os valores de um mestrado ai ? Outra coisa o mestrado é diretao tipo ou é de tantos em tantos meses ? Me ajuda por favor , fico no aguardo

  95. Olá Luiza tudo bem? Parabéns pelo blog.

    Estou com uma dúvida não sei se vc pode me ajudar. Atualmente estou morando em Dublin, estudando inglês, mas no final do meu curso eu gostaria de fazer um curso de 1 mês em Coimbra na minha área que é direito do trabalho. Você sabe me dizer se existe cursos breves de 1 mês e onde posso pesquisar? Dei uma olhada no site deles e achei um pouco confuso.

    Obrigada.

  96. Oi Luiza!

    Vou fazer um mochilão em fevereiro de 2016 para Portugal e Espanha. Reservei um dia para Coimbra. Vou ficar na cidade do dia 13/02 até 14/02. Como a data é num final de semana, gostaria de saber se isso não afeta minha ideia de conhecer a universidade. Se nao tiver possibilidade de conhecer a UC, creio que vou mudar meus planos para passar esse final de semana em Aveiro. Podes me ajudar com isso?

    Forte abraço!

  97. Olá, meus parabéns, alem de escrever muito bem, você me trouxe muita inspiração, estou na segunda fase de direito, sou catarinense e queria terminar meus estudos em na UC. Poderiamos trocar alguns emails? gostaria de saber, como funciona a SEF, emissao de documentos, quais orgaos responsaveis, se existe a possibilidade de um estudante trabalhar ai para ganhar em euros e ajudar a se manter.

    Desde já muito obrigado, fica meu email… [email protected]

      1. Olá, Luiza.

        Em primeiro lugar, gostaria de agradecer horrores por esse post! Por sorte, o mestrado que cursas é o que estou planejando fazer.
        Minha dúvida encontra-se justamente ai. Tem algo que consideras essencial no currículo ou na carta de motivação para que eu consiga entrar? Me formo no final de 2016 e já estou correndo atrás de tudo.

        1. Oi Vitória,

          Não sei te dizer se tem algo especial. Esse mestrado é bem diverso no currículo dos alunos. Tente explicar bem na carta porque você tem interesse em estudar nessa área. Ter alguma experiência na área social também ajuda, mas não é um requisito!

  98. Olá!
    sobre o mestrado em Coimbra, gostaria de saber se para cursar o mestrado é necessário residir durante o segundo ano de curso, integralmente, em Coimbra.Já que o segundo ano é destinado à dissertação e que poderiam ser feitas consultorias com o orientador via internet. Sabes me informar isso?Pois penso nos gastos com moradia e custo de vida…Obrigada pela atenção!

    1. Oi Ana Carolina,

      Vai depender do seu curso, portanto, você precisa verificar isso com a coordenação. No meu, por exemplo, é permitido cursar o segundo ano a distância.

  99. No edital de admissão tem um requisito de nota mínima final da licenciatura. Que para os braasileiros é 8
    Sabe me dizer do que se trata?
    Quer dizer que eu não posso ter no meu histórico escolar nenhuma nota abaixo de 8, ou a média geral de todos os anos não pode ser inferior a oito?

    att
    Mariana

    ps.: adorei seu blog

    1. Oi Luiza e Mariana, boa tarde!

      Minha dúvida também está bastante relacionada a nota média para ingresso no mestrado em Coimbra.

      Somei todas as minhas notas e dividi pelo numero de matérias de meu curto e (graças a Deus) ela foi superior a media 8 exigida.

      Apenas estou com dúvida de como fazer a equivalência desse valor para o padrão português (0 – 20). Basta multiplicar por 2? Recebi informações de que a conta não é tão lógica assim.

      Por favor, vocês podem me ajudar?

      Bjos, obrigado!

      1. Oi Cláudio,

        Não, o sistema português não é equivalente assim.

        Eu me baseei nesse link aqui: https://dspace.uevora.pt/rdpc/bitstream/10174/8480/1/wp_2012_01.pdf
        Abaixo a escala

        1 a 4 De F até A+ De 0 a 100 portuguesa
        3,9 – 4,0 A+ 98 –100 20
        3,7 – 3,8 A 96 – 98 19
        3,5 – 3,6 A– 90 – 95 18
        3,2 – 3,4 B+ 87 – 89 17
        2,9 – 3,1 B 83 – 86 16
        2,6 – 2,8 B 80 – 82 15
        2,3 – 2,5 C+ 77 – 79 14
        2,0 – 2,2 C 73 – 76 13
        1,6 – 1,9 C– 70 – 72 12
        1,2 – 1,5 D+ 67 – 69 11
        1,0 – 1,1 D 61 – 66 10

        1. Olá Luiza!

          Seu blog está me ajudando muito com relação a Coimbra… Porém, ainda continuo em dúvida sobre a conversão da nota.

          Encontrei uma tabela no site da UC, que é diferente deste link que vc utilizou…

          To meio perdida quanto a isso…

  100. Olá Luiza,

    Gostei muito do texto, parabéns!
    Atualmente faço graduação em Turismo e estou tentando uma bolsa para ir a Portugal. Estou em duvida entre a UC e a Universidade do Porto.
    Sei que o visto de estudante não permite que eu trabalhe ai no país, mas alguns amigos que já fizeram o intercambio dizem que posso arrumar alguma coisa na universidade ou proximidades.
    Gostaria de saber se você acha que as oportunidades para trabalhar em Porto são melhores que em Coimbra devido a esse “esvaziamento” da cidade nos finais de semana.. e a sua opinião sobre a Universidade do Porto.

    Agradeço desde já a atenção.
    bjs

    1. Oi Carolina,

      Na verdade, não é um visto de estudante, é um visto de residente. Dessa forma, você pode trabalhar, desde que peça antes autorização para o SEF.

      A Universidade do Porto é atualmente a melhor de Portugal. Como a cidade é maior, pode ser que lá você encontre emprego mais fácil.

      bjs

  101. Olá Luiza, estou desesperada! Em relacão a mensalidade, em outros sites, estão dizendo que é 700 euros por mês, e não dividido durante o ano. Poderia me confirmar a mensalidade, não sei mais pra onde correr ou perguntar.

    1. Oi Bárbara,

      Isso depende do mestrado que você for fazer. Alguns mestrado, em geral todos os de continuidade, custam 7000 euros, divididos em mensalidades de 700. Outros, como o meu, custam 2160, que é dividido em 4 parcelas por ano.

      Você precisa verificar no site da universidade qual é o caso para o seu mestrado! Se quiser, me manda o link ou o nome do curso que eu dou uma olhada

      1. Olá Luiza, obrigada por me responder!

        O curso que eu desejo é Mestrado Integrado – Psicologia

        https://apps.uc.pt/courses/PT/course/1174

        Se for realmente 700 por mês, dividido em 10 meses por ano, mais 493,90 com alojamento que eles oferecem, é um valor inviável para mim. Então gostaria de ter certeza desses valores antes de tomar alguma providência.

  102. Olá Luiza, tudo bem?

    Estou indo para Coimbra no inicio de Outubro para fazer um mestrado em estruturas metálicas e mistas.
    Gostei bastante do seu post. Você teria alguma indicação de site para encontrar moradia?

    1. Olá Emilio! Tudo bom??

      Estou pesquisando mestrando nessa área de estruturas também, ou reabilitação de edificações, mas 7000 euros não está ajudando muito! Você pagará esse valor mesmo? São 03 semestres, né?!

  103. Oi, Luíza! Minha filha passou para jornalismo na UC, vc saberia me dizer se as aulas são pela manhã e/ou à tarde? Sabe se é permitido que estudantes trabalhem? Grata!

    1. Oi Karen,

      Desculpa, não faço ideia a respeito do horário do curso dela. Mas essa informação ela encontra no site da Universidade!

      Estudantes podem trabalhar desde que tenham uma autorização do serviço de estrangeiros, o SEF. Para isso, caso ela encontre um emprego ou estágio, vai ao SEF com o contrato e pede a autorização. Em geral, é tranquilo, desde que não atrapalhe os estudos dela. o mais difícil, na verdade, é encontrar emprego.

  104. Estou indo pra Portugal final de Agosto, cursar um semestre, porém não consegui residencia universitária. Gostaria que você me enviasse alguns sites onde eu possa achar um bom apartamento para morar.
    Desde já agradeço.
    [email protected]

  105. Bom dia,

    Estou interessado em fazer mestrado em direito na UC, mas sou servidor público e não poderia me ausentar do trabalho por muito tempo.
    Minha dúvida, seria possível pagar todas as matérias em 01 semestre (03 meses) e obter a orientação para a dissertação pela internet, voltando para Coimbra para apresentar a dissertação?

    1. Oi Douglas,

      É possível obter a orientação a distância sim, mas as matérias são no primeiro e segundo semestre.
      Minha sugestão é que você entre em contato com o coordenador do curso que tem interesse e converse com ele sobre sua situação.

      Acho que assim obterá informações mais específicas!

      abraço

  106. Oi Luiza,
    tudo bem?

    Adorei o post, muitas informações uteis, :).

    Mas fiquei com duas duvidas, sera que você consegue me ajudar?

    Esse mestrado de formação ao longo da vida confere grau para dar aula depois? Eu pergunto pois estou me candidatando para o mestrado em marketing, que tem essa nominação.

    E onde eu verifico sobre o que eu preciso fazer para revalidar o diploma portugues no brasil?

    Muito obrigada pela ajuda!

    bjos

    1. Oi Emmanuelle,

      Teoricamente sim, o mestrado de formação ao longo da vida é bem mais fácil de revalidar no Brasil. Você tem que procurar uma faculdade que tenha alguns curso no Brasil com matérias parecidas e conversar com eles.

      Abraço

  107. Bom , primeiramente parabéns pela matéria , bem informativa e fácil de entender , enfim meu nome é Paulo tenho 17 anos irei fazer o ENEM para tentar uma vaga em Direito ai em Coimbra , vc acha que é uma boa se graduar ai ? É fácil arrumar trabalho , pelo menos para se sustentar , ou tem restrições para estrangeiros ?

  108. Oi Luiza, tudo bem? Fui aprovada para um mestrado na faculdade de letras e estou com dificuldade com o pagamento, porque estão cobrando o valor total da anuidade em 1 parcela no ato da matrícula. Com você também foi assim? Ou você conseguiu usar a outra forma de pagamento informada no site a universidade (pagar tudo em outubro ou dividir em 4 parcelas)? Você tem o contato de alguém da tesouraria com quem eu possa falar sobre isso? Desculpe incomodá-la, mas é que não quero perder a vaga! Obrigada. Bjs, Gabriela

  109. Luiza, tudo bem?
    Estou adorando pesquisar neste site, vocês são bem organizadas e diretas nas repostas, as dicas são ótima, obrigada!! Há dois dias (29/04) lacrei e finalizei minha candidatura para o Mestrado no Colegio das Artes, estou aqui aflita pois o status ainda permanece como “em validação”… consegue lembrar quanto tempo demora para mudar para “candidatura validada”? Agradeço, abraços!

    1. Karina,
      Calma!

      Você lacrou o processo a pouco tempo e tivemos um feriado no meio do caminho.

      Está em validação porque uma pessoa tem que ver se está tudo certo e validar.

      bjs

      1. Olá gente!!! Vocês sabem se demora muito pra sair de “validada” e ir para “colocada” ou “não-colocada”? Tô muito nervosa com esse processo todo.

  110. Olá Luíza

    Sou fundadora do site studyadviser, especiaLizado em aconselhamento a alunos estrangeiRos que queiram estudar em Portugal! Há sim, um conjunto de palavras que às vezes fica difícil entender, assim como, procedimentos de candidatura e matrícula. Coimbra é uma Universidade excelente, eu própria estou fazendo mestrado lá. Mas existe um montão de outras boas instituições que embora não sejam tão conhecidas, têm um montão de oportunidades! Nós podemos ajudar 🙂

    1. hahah, não entendi sua pergunta Maria Eduarda!

      Como assim o que eu acho? Você quer saber se o curto é bom? Como é morar na cidade? Qual o custo de vida?

      Me explica melhor a sua dúvida

      bjs

  111. Olà Luiza,

    Chamo-me Eleni. Muito interessantes todas estas informações.
    Estou a candidatar-me na Faculdade de Letras de Coimbra para
    efectuar o meu mestrado. Queria perguntar-te algo, se faz favor.
    Como é que encontraste esta casa? Hà mais platformas? Já conheço
    a platforma Uniplaces.com, achas que é uma boa opção?

    Obrigada antecipadamente pela resposta,
    Eleni.

  112. Oi Luisa!

    Estou me candidatando ao Mestrado que você faz.

    Sou advogada e Gestora em Organizações Sociais. Você está gostando do curso? Tem mesmo a ver com empreendedorismo e negócios sociais?

    Você já conseguiu todos os passos para validá-lo no Brasil?
    Também sou de BH. oBRIGADA!

    1. Ei Marina,

      Que legal, vamos ser colegas!
      Eu gosto do curso sim, acho os professores muito bons e é um conteúdo bem interessante. Realmente é focado em empreendedorismo e negócios sociais. Principalmente no primeiro e terceiro semestre.

      Claro, como eu disse no post, é bem diferente de um mestrado no Brasil.

      Eu ainda não procurei quais passos para validá-lo. Sinceramente estou fazendo esse mestrado porque queria estudar essa área e no meu trabalho eu não preciso disso validado. Mas é necessário encontrar uma faculdade no Brasil que tenha algum mestrado de temática semelhante para fazer a validação.

      abraço

  113. Olá, Luiza.

    Antes de mais nada, parabéns pelo texto.
    Me ajudou antes mesmo de eu ter certeza sobre investir ou não em fazer um mestrado fora.
    Você teria informações sobre custo de vida em Lisboa?
    E quanto você gastou em média com viagens e vida noturna lá?
    Há a possibilidade de um trabalho (mesmo nos considerados “subempregos”) lá?

    Obrigado e parabéns!!

  114. Olá, Luiza!
    Acompanho o blog a muito tempo e estou pensando em me candidatar a uma vaga de mestrado aí em Portugal. Procurei essa questão em outro post, mas também não achei e queria saber se agora, com mais tempo vivendo aí, você teria algumas informações que pudessem auxiliar:

    Você sabe se é possível trabalhar durante o período do mestrado para auxiliar nas contas? (empregos de meio período, em bares, restaurantes, etc…)

  115. Luiza, como são os horários do mestrado? Você acha que daria para conciliar o mestrado com um trabalho? E você sabe se aí tem oportunidades de trabalho para estudantes estrangeiros?

    1. Oi Ângela,

      Meu mestrado, especificamente, é focado em quem trabalha. As aulas são na sexta a tarde e sábado o dia inteiro.

      Sobre oportunidade de trabalho, tenha em mente que Portugal está em crise, ou seja, difícil até mesmo para os portugueses encontrarem coisas. Mas eu não cheguei a olhar vagas de estágio, pode ser que não seja tão difícil.

      Abraço

  116. Luiza, vc já conheceu um bar que fica do outro lado do rio que tem uma variedade enorme de chás? Acho que chama Café Santa Clara. Fica numa das ruas laterais a Portugal dos Pequenitos. Eu fui lá algumas vezes, é um ambiente bem diferente da loucura da Sé Velha. O problema é a distância e os preços, que são um pouco mais salgados. Vale a visita pra tomar um chá exótico ou ficar de papo com amigos num lugar charmoso. Faz uns anos que conheci o local, mas creio que ainda esteja aberto. Eu acabava não saindo da Sé Velha mesmo, dava preguiça. hahahaha

    Outro lugar legal é o Giuseppe e Joaquim, um restaurante famoso na baixa, com bons preços e que tem um espaço de bar no andar de cima bem bonito também. Experimenta a salada Giuseppe e Joaquim. Divina!

    bjs

    1. Ei Bia,

      Você é minha guia oficial de dicas de Coimbra!
      Vou procurar esses lugares e depois te conto. O Café Santa Clara as meninas aqui de casa já foram.

      Sinceramente, com essa loucura que está meu fim de semestre, não tenho saído muito…

      bjs

    2. Boa Noite Bia

      Queria ver como vc fez a sua graduação em Portugal?
      Fiquei sabendo que vc começou a graduação no brasil e terminou em Coimbra.
      Divida comigo como foi o processo.
      Meu e-mail:[email protected]
      Desde já agradeço

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.