Mergulho na Tailândia: os melhores lugares para praticar

Já pensou em praticar mergulho na Tailândia? Conhecido internacionalmente como um país com excelentes pontos de mergulho, a Tailândia sempre atrai muitos praticantes – amadores e profissionais – às suas águas em busca de uma experiência diferente quando o assunto é visitar o mundo marinho. Koh Tao, Koh Phi Phi e Similan Islands são três exemplos de locais onde é possível viver essa experiência.

Leia também: 
Dicas essenciais para planejar uma viagem para a Tailândia

Melhores locais para praticar mergulho na Tailândia

Durante minhas pesquisas pré-viagem e enquanto montava o roteiro fiquei com muitas dúvidas sobre onde mergulhar. Li vários reviews de várias praias, desde aquela mais longínqua até  a mais “da moda”, e cheguei à conclusão de que os melhores lugares para praticar mergulho na Tailândia são:

  • Ko Tao
  • Ko Phi Phi
  • Similan Islands

Mergulho em Ko Tao

Ko Tao - Tailandia - Atlas

Ko Tao é a primeira opção quando o assunto é tirar o certificado PADI (ou de outras empresas equivalentes). É praticamente unanimidade que lá é o local mais barato para fazê-lo, contudo essa é a única das três que fica no Golfo da Tailândia (para quem não sabe, a Tailândia possui duas costas: Golfo da Tailândia e Mar Andaman). Se sua viagem não for passar por lá, fica complicado e perde-se muito tempo de deslocamento – o que foi o meu caso, por isso descartei essa opção.

Você pode contratar instrutores e transporte até os pontos de mergulho em Ko Tao através desse link do Get Your Guide ou clicando em um dos tours selecionados abaixo:

 

Mergulho em Ko Phi Phi

Maya Bay, Phi Phi Leh
Maya Bay (Foto: Diego Delso, Wikimedia Commons, CC-BY-SA 3.0)

Ko Phi Phi é, talvez, o maior cartão-postal da Tailândia. É onde fica a famosíssima – e lotadíssima – Maya Bay, a praia do filme “A Praia”. Praticamente todos que vão para a Tailândia colocam essa ilha no roteiro e comigo não foi diferente. Apesar de ter lido como era o mergulho lá, logo que cheguei fui averiguar in loco como isso funcionava. E era exatamente como estava nos blogs e no Lonely Planet: ponto de mergulho próximo à costa, lotação, instrutores ao melhor estilo “garotão da praia” e um cheirinho de golpe no ar. Preferi não arriscar.

Se mesmo assim você não quiser perder a oportunidade de mergulhar na Tailândia, você pode pesquisar passeios neste link aqui ou escolhendo um dos selecionados abaixo:

 

Mergulho em Similan Islands

mergulhar na Tailândia

 Similan Islands (Foto: Mathias Krumbholz, Wikimedia Commons)

Enfim, as Similan Islands são um arquipélago localizado a duas horas de Khao Lak, tornando a pequena cidade o ponto de apoio ideal para quem quer mergulhar por aquelas bandas (também pode-se ir desde Phuket, mas sai mais caro e já havia lido horrores sobre aquela cidade).

O plano inicial era mergulhar lá desde quando ainda planejava a viagem em terras tupiniquins, aproveitando para fazer um live aboard de três noites e dois dias, embora eu não tivesse nenhuma experiência nesse sentido. Chegando lá, a primeira coisa que fiz foi me informar sobre preços, saídas e o que estava incluído nas dezenas de empresas que prestam esse tipo de serviço. Durante essa pesquisa, acabei descobrindo o óbvio: eu, sedentário e leigo no assunto, jamais poderia fazer um live aboard e achar que já ia nadar ao lado de tubarões-baleia ou explorar um navio naufragado.

Passada a frustração, ter sacudido a poeira e ter dado a volta por cima, fiz alguns cálculos e decidi tirar o Open Water PADI: o certificado que me autorizaria a mergulhar em mar aberto, até 18 metros de profundidade! Minha única exigência era que a pessoa que fosse me ensinar falasse português ou espanhol (para contextualizar: viajei com meu namorado, eu brasileiro e ele argentino, e nenhum dos dois domina bem o inglês a ponto de aprender a sobreviver debaixo d’água).

Decidi fechar com a IQ Dive, tanto pelo preço mais competitivo quanto pela simpatia da equipe. O instrutor foi Heiko, um alemão que mora há alguns anos na Tailândia trabalhando com mergulho e que tinha uma certa fluência em espanhol. Você pode escolher o seu passeio de mergulho nas Similan Islands através deste link aqui ou escolhendo um dos passeios abaixo:

 

Curso PADI de mergulho na Tailândia

O curso Open Water PADI foi lecionado em três dias, sendo o primeiro dia de treinamento na piscina e estudo teórico, e o segundo e terceiro dia de mergulho nas Similan Islands e no Boonsong Wreck, um naufrágio a 9km da costa da Khao Lak. Essa brincadeira saiu por 14.500 baths por pessoa (na época, cerca de USD 440), com tudo incluído. Valeu cada centavo gasto.

Como mergulhar na Tailândia

Foto: vammacrow, Flickr Commons

Sempre que comento da viagem para amigos me faltam palavras para descrever o que é mergulhar. Para mim, foi a coisa mais próxima ao sublime e ao sagrado que já cheguei. Aquela sensação de estar naquela imensidão azul, onde você não domina nada do ambiente; aqueles cardumes imensos desviando de você, como se pensassem “Ah! Mais um mergulhador boboca aqui vindo nos visitar”; a hora da descida, tendo uma corda como guia que se perde naquela imensidão, e o medo, a adrenalina de estar a 18 metros de profundidade é, realmente, algo libertador e viciante. Enfim, recomendo sem ressalvas a experiência.

Abaixo há outras opções de curso de PADI na Tailândia:

 

Na minha próxima viagem à Ásia, quando devo passar um mês pelas Filipinas, pretendo mergulhar o máximo que puder. Meu suado dinheirinho já tem destino ad eternum: viajar e mergulhar.

Texto por Pedro Marques, leitor do 360meridianos


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




360meridianos

Blog de três jornalistas perdidos na vida que resolveram colocar uma mochila nas costas e se perder no mundo.

  • 360 nas redes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

24 comentários sobre o texto “Mergulho na Tailândia: os melhores lugares para praticar

  1. Olá, parabéns pelo post.

    Só queria deixar minha experiencia aqui. Sou certificada PADI (fiz o curso no Brasil) e mergulhei em uma escola em Phi Phi (Profun Dive) e foi incrível, superou completamente minhas expectativas. O mergulho é sensacional, há pontos de mergulho diferentes e acredito que no Brasil nenhum lugar se compare ao de lá.

    Mergulhei com o Rodrigo (www.travelerbr.com), ele é super profissional, muito experiente e super gabaritado. Acho que há sim um pouco de preconceito pelo mergulho em Phi Phi pela fama da praia, mas… se voltar à Tailandia recomendo experimentar o mergulho com eles para entender do que estou falando.

    Abraços

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.