Como passar a noite em Maya Bay, na Tailândia

A  Verónica Santos, leitora do 360, voltou recentemente da Tailândia. Lá, ela viveu uma experiência fantástica: passou uma noite na Maya Bay, famosa em todo o mundo por causa do filme “A Praia”. O lugar é uma reserva ambiental. Quem visita a praia durante o dia precisa enfrentar a concorrência de vários turistas, mas quem passa a noite por lá encontra o lugar praticamente vazio. Veja o relato da Verónica.

No dia 01 de Maio de 2014, eu e o meu marido passamos a noite em Maya Bay, e é tão difícil escrever sobre essa experiência, ainda hoje tenho dificuldade em acreditar que o fiz e que a “ilha” existe.

Para quem sonha ir a Maya Bay, fazer uma excursão durante o dia (e eu também a fiz) é uma desilusão – a praia fica lotada de pessoas que se acotovelam para tirar uma foto sozinhas, não é possível!

Assim, para os verdadeiros apaixonados pelo filme “The Beach” é possível, juntamente com +- 20 pessoas, ter a praia só para si.

Maya Bay, Tailândia

No porto das Phi Phi todas as lojas vendem a excursão, mas, na realidade, só há um casal de australianos que o faz, por isso o preço é o mesmo. Aconselho a reservar com antecedência, como eu o fiz, pelo site.

Quem comprar a excursão não precisa preocupar-se com as malas, porque pode deixá-las no escritório da empresa. O barco encontra-se no porto e diz sleap abroad, partindo às 15:00.

Nos dias anteriores, tivemos um pouco de receio, porque ficamos hospedados em Long Beach, bem de frente para Maya Bay, e durante a noite pensávamos muitas vezes em como seria acampar naquela ilha sem absolutamente nada (e com desconhecidos). Decidimos assim tomar duas precauções: 1º – visitar Maya Bay numa excursão normal (para o caso de decidirmos não ir); e 2º – fomos visitar o escritório que de imediato nos pareceu muito credível.

Ilhas Phi Phi, Tailândia

O staff é super simpático e profissional e explica tudo o que vamos fazer nesse dia e no seguinte. Antes de chegarmos a Maya Bay, tivemos oportunidade de fazer snorkeling num ponto fantástico para a prática da modalidade, com calma e com equipamento desinfetado (ao contrário das excursões comuns que não têm o mínimo de cuidado e param em qualquer lugar) e foi simplesmente maravilhoso e lindo ver o fundo do mar. Digo fundo do mar porque a água é tão cristalina que se vê mesmo tudo. Logo nesse primeiro contato percebe-se o quão profissionais são, pois estão sempre na água conosco e a contar o número de pessoas.

Quando se chega a Maya Bay, ainda tem algumas pessoas lá, mas elas rapidamente desaparecem. Aí é mesmo aproveitar para explorar a ilha e ter um lindo pôr do sol só para nós. É muito romântico.

Depois, um dos responsáveis chama por todos para o interior da ilha, porque já escureceu, e começa a tocar a música do filme, todos nos sentamos em roda, e são feitos jogos, é super divertido.

É servido o jantar e em seguida oferecem um balde de vodka enquanto todos se divertem ao som da música e com os jogos, até os mais tímidos são envolvidos, porque o staff é extremamente simpático.

Phi Phi Leh, Tailândia

Em seguida, começa a aventura (para os que quiserem), que é ir descobrir a ilha à noite. Fomos para o areal e ao colocar os pés na água a mesma estava cheia de plâncton. Não demorou muito e um grupo de japoneses se juntou à festa para tentar fotografar o plâncton!

Os animadores também se juntaram e começaram a cantar na praia, todo o grupo ficou sentado na areia a admirar aquela beleza toda.

Depois, fomos num barco menor, para o barco do Sleap Abroad (penso que deveria ser perto da meia noite). No caminho o barco é iluminado pelo Plâncton, algo indescritível. Chegados ao barco, quem quiser pode atirar-se ao mar para ficar iluminado com o Plâncton. Todos estão felizes, é como se estivéssemos num filme em câmara lenta. Depois disso, é hora de dormir a olhar para o céu.

intercambio na tailandia

Ao amanhecer, somos acordados pelo staff, para sermos os primeiros a chegar à ilha, e ela está lá, vazia, sem ninguém, e é tão tão linda! Aproveitamos para tirar fotos, e não precisamos falar, nem nos entender, para perceber o que vai na cabeça de cada um!

Passadas mais ou menos uma hora, assistimos à corrida dos barcos que queriam ser os primeiros a chegar.

Se me perguntarem se aconselho? Aconselho, aconselho muito muito! É lindo, divertido, romântico! Sentia-me embriagada (não da vodka, mas daquela beleza). De certeza que serão os melhores 3000 baths das vossas vidas! A ilha é muito bonita e a água é maravilhosa.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e importante em qualquer viagem. Na Tailândia, onde as coisas são bem diferentes em relação ao Brasil, ele é indispensável. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.

Imagem destacada: Diego Delso, Wikimedia Commons, CC-BY-SA 3.0.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




360meridianos

Blog de três jornalistas perdidos na vida que resolveram colocar uma mochila nas costas e se perder no mundo.

  • 360 nas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

42 comentários sobre o texto “Como passar a noite em Maya Bay, na Tailândia

  1. Olá pessoal! Gostaria de saber como faço para reservar e comprar os ingressos para passar à noite no barco da May Bay? Alguém tem um site que poderei fazer a compra? Existe site brasileiro que intermedia o passeio?
    Obrigada.

  2. Primeiramente parabens pelo Blog, esta sendo muito util para o meu planejamento!

    estou com uma duvida.

    estou decidindo se fico 3 e 1/5 ou 4 1/5 dias em Phi phi e abandono 1 dia em chiang mai.

    queria deixar pra fazer o sleep aboard no ultimo dia de phi phi, assim, pegaria 3 diarias em um hostel, e no 4 dia iria com minha noiva pro barco.

    minha duvida é: que horas volta o passeio?

    Precisaria estar no porto de krabi 15:00 (horario do ultimo ferry) pra ir ate krabi e dormir por la, pois no dia seguinte cedinho tenho voo pra cingapura.

    é possivel?

    Aproveitando, tem ducha de agua doce na praia ou nos ferrys ou em qualuqer lugar?
    Grato desde já, aguardo repostas.

    abraços!

  3. Bom dia amigo , eu estou muito afim de fazer esse ”passeio” com a minha mulher. Mas nao tenho muita noçao de preços, no caso 3000 baths seria mais ou menos quanto em euro? Pois moro na suiça e o franco suíço vale quase o mesmo que o euro, mas nao tenho noçao nenhuma de valor do dinheiro de la, eu so quero ter essa noçal pra poder ter tudo ja precavido rsrs obrigado se puder esclarecer minha duvida. Um abraço. E otima historia . 👍👏

        1. AMEI o post tbm! Mas podem me dar uma ajuda? Tô meio perdida sobre o que fazer, mas estamos separando três dias pro Koh Phi Phi, saindo de Bangkok para Krabi.. Ai começa a minha dúvida: chego em Krabi e faço o que? Durmo lá e passeio durante o dia em Maya Beach? Durmo um dia em Krabi e faço o sleep abroad? Estou tentando entender onde dormir durante os três dias, entende? HELP!!!! 😉

          1. Taynar, ja fechaste teu roteiro? Estou indo para Thai em Dezembro com minha noiva e posso dar dicas de como estruturar teus dias.
            Se precisares de dicas, envie um e-mail…

            [email protected] (whats 51 96775356)

            Me solidarizo com tua preocupação pois estávamos igual a você até sermos apoiados por alguns experts no assunto.
            Abs
            Beto

          2. ola! eu irei em janeiro com meu marido e também estou quebrando a cabeça com esse roteiro!!

            além de Krabi e phi phi(3 dias) também queria ir até pucket(2 noites), será que vale?!

  4. fiz o sleep aboard dois dias atras e foi maravilhoso!! Comecamos o passeio com muito sol, mas no final do snorkeling comecou a chover e fomos pra Maya Bay. No caminho choveu bastante mas qdo chegamos la a chuva deu uma tregua. JMesmo com o tempo nublado, pegamos Maya Bay com todo mundo indo embora e a agua linda linda, transparente. Cumprimos todo o rstante do itinerario. A unica coisa que vimos bem pouco foram os planctons. Por conta do risco de chover de novo a qqr instante, so staff achou melhor nao voltarmos pro barco pra ver os planctons mais longe da praia, vimos alguns bem perto da areia. Porem, pra compensar, dormimos na areia da praia mesmo! Foi INCRIVEL. Por volta das 23h as nuvens foram embora e tivemos a chance de dormir debaixo do ceu mais estrelado e lindo que vi na vida!
    So isso ja valeu tudo!

    1. Oi tudo bem? Eu fiquei em duvida sobre a noite, a gente dorme ao ar livre? Eles fornecem um colchonete? Onde se toma banho? Voce poderia me esclarecer essas questoes?
      Obrigada!

  5. Olá galera, li o relato e todos os comentários… fiquem muito motivado em fazer esse passeio noturno. Deve ser incrível… só fiquei com um receio: ter que dormir no barco. Isso é opcional? Existe um deck mesmo na praia para quem curte terra firme? rss Disso isso porque nunca vivi uma experiência de dormir em barco… aquele treco balançando… tenho medo de ficar enjoado, ter uma noite ruim… Tem esse risco?

    1. eae Felipe!! Eu tb tinha receio do balanço mas a agua la é bem calma!! Pelo menos quando fui nao tinha ondas. Dormi no teto do barco com céu aberto em cima !! Foi demais cara!!

  6. Obrigado pelos relatos…Estou planejando ir p Tailândia no dia 24/12/2015, ficando uns dias em Bangkok, depois Chiang Mai e logo em seguida para Krabi (dia 2 de janeiro). Espero conseguir fazer essa aventura tbm…

  7. Tivemos o privilégio de passar nossa noite de reveillon em Maya Bay com o pessoal do sleep aboard. Como era uma noite especial e o grupo era um pouco maior do que de costume, fomos presenteados com a chance de dormir NA AREIA. Não voltamos pro barco, passamos a noite toda na praia mesmo. Foi uma das experiências mais fantásticas que vivemos na Ásia. A festinha de reveillon rolou a noite com música, churrasco, cervejinha e buckets. Depois da virada todo mundo mergulhou naquele cenário deslumbrante, a lua estava cheia e os paredões de pedra todos iluminados! Aos poucos a galera foi pegando suas esteiras e cobertas e se espalhando pela praia pra dormir (alguns casais aproveitaram pra dar uma “escapulida” a uns cantinhos mais reservados…). Um último grupo não desistia de aproveitar um pouco mais o paraíso e formou uma rodinha de violão até o sol nascer. Eu estava lá. <3

  8. Para mim foi uma experiência sensacional!!
    Estávamos em mais ou menos 20 pessoas. Praticamente metade eram brasileiros.Foi a primeira vez que fiz snorkel e vi os corais. A praia é linda, não tem o que discutir. Ficamos por algum tempo deitados na areia a noite só vendo o céu estrelado e a silhueta dos paredões de pedra. Quando andamos perto da água o chão brilhava, ficava azul. Plânctons!! Durmi no teto do barco com o céu estrelado em cima!!

  9. Eu, ao contrário, fiquei um pouco decepcionado com a experiência, talvez devido à alta expectativa.

    Peguei 2 marés vazantes, das 19h e 8h do dia seguinte e a cor do mar em nada se compara aos horários de maior incidência do sol, até pq os morros que rodeiam a praia são muito altos, então a água não era aquele verde que vi ao meio-dia, com a praia lotada.

    1. Oi Ana Laura, pelo que está escrito no site as pessoas dormem no barco que fica ancorado a alguns metros da praia. Eles fornecem sacos de dormir,travesseiros e vc pode dormir no interior do barco ou no deck coberto. Eu comprei na semana passada e ficou R$254 mais IOF de R$16.

        1. Eu saio do Brasil dia 20 . Devo ir pra ilhas phi phi dia 25 ou 26. Vou agendar pelo site também, ser der nos conte sobre essa incrível experiência. Qqer coisa meu instagram é @hbmotta.

  10. Dica perfeita! Adorei. Valeu por fazer uma descrição tão detalhada desse tour, o que com certeza foi determinante para realizar esse passeio, acho que se não foi o melhor foi um dos melhores que fiz na vida.
    Abs,

  11. Fiz isso em novembro do ano passado. A experiência com os plânctons e o céu estrelado de lá foram um dos pontos altos da viagem, junto com os elefantes em Chiang Mai e o mergulho em Khao Lak.

    Também recomendo… apenas com uma pequena ressalva: o barco era para ser umas 15 pessoas e tinha 20 (ou deveria ter 20 e tinha 25, não lembro). Segundo eles, o motivo foi porque colocaram no mesmo barco o pessoal do Sleeping Aboard (o que dorme ancorado na Maya Bay) e do Plancton Tour (o passeio que não dorme).

    Mas, fora esse pequeno contratempo, foi sensacional. \o/

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.