fbpx
Tags:

Como proteger seus eletrônicos em uma viagem

Um dia, quando a gente visitava uma caverna escura e sombria em Hampi, na Índia, alguém disse: “Vamos gravar um filme de terror!”. Os outros acharam a ideia genial, então o Rafa começou a filmar com a câmera enquanto usava a lanterna do celular para iluminar a cena da nossa superprodução. Menos de cinco segundos depois do início das filmagens, ele tropeçou em uma pedra e derrubou o telefone no chão.

Ploft! Uma tela de iPhone a menos no mundo. Logo, a primeira dica que eu deveria dar neste post é: não tenha ideias estúpidas. Além dessa regra clássica que pode evitar não apenas a destruição total dos seus eletrônicos como também muitos outros problemas no mundo, existem algumas coisas que você pode fazer para proteger seus preciosos gadgets na estrada.

computador e iphone

Deixe em casa

A melhor forma de proteger seus eletrônicos é não levando eles com você. Infelizmente, nem sempre é possível. Eu por exemplo, que trabalho durante as viagens, não posso abrir mão do meu laptop. Mas se esse não é seu caso, será que um smartphone não dá conta da tarefa de checar email e Facebook? Faça uma análise honesta e veja o que você realmente precisa. Não tenha pena de deixar o resto para trás.

Cases, capinhas e películas

A gente coloca a mochila e sai batendo com ela pra todo lado, tromba na parede, coloca no chão, guarda no compartimento do avião, tira, deixa cair. Enquanto isso, seus eletrônicos estão lá dentro, só no sacolejo. As capinhas e cases são uma proteção extra contra esse tipo de impacto. Acredito que o celular do Rafa só quebrou a tela porque ele não usava capinha. O meu, que tem asas e gosta de voar, sobreviveu quatro anos com uma dessas capinhas emborrachadas, que absorvem o impacto.

Já as películas ajudam a manter as telas de vidro dos celulares (que, de acordo com os fabricantes, nunca deveriam arranhar, mas arranham mesmo assim) intactas.

Para alguns destinos e atividades, uma boa ideia pode ser comprar um desses sacos à prova d’água para guardar câmera, telefone, dinheiro e passaporte, por exemplo. Veja uns modelos aqui, aqui e aqui.

Corrente elétrica

Hoje em dia, computadores, tablets, celulares e câmeras costumam ser compatíveis com diferentes correntes elétricas, por isso nunca tive problema para carregar esses aparelhos. No entanto, eu já coloquei fogo em um secador de cabelo por causa disso. Como em parte do Brasil a corrente é 110v, se você tentar ligar um aparelho adaptado para ela em uma corrente 220v ele provavelmente vai queimar. Por isso, não custa ficar de olho.

A Wikipedia tem uma lista com as correntes de todos os países. Por falar nisso, lembre-se de sempre ter um adaptador de tomadas adequado para o país que você vai, caso contrário você não vai ligar eletrônico nenhum.

Iphone 4 - eletrônicos durante a viagem

Leve na bagagem de mão

Nunca, em absolutamente hipótese alguma, despache seu laptop ou câmera fotográfica. Esses e outros objetos de valor devem ficar com você, na bagagem de mão. Assim você evita que eles sejam danificados no tratamento carinhoso que as empresas aéreas dão às nossas malas despachadas ou até mesmo roubados e extraviados. Se por algum motivo nebuloso você tiver que despachar, reforce a proteção em torno do eletrônico e tranque bem sua mala.

Areia e Maresia

Sabe aquela foto clássica do cara com um computador ou tablet tomando uma piña colada em uma cadeira na praia? Má ideia. Areia, água e maresia são péssimos inimigos dos seus eletrônicos. Se não der pra deixar tudo no hotel, use aqueles cases a prova d’água, pelo menos. Quando vou a praia levo só meu telefone, que serve como câmera, e olhe lá!

nômade digital

Backup

Mesmo que você pretenda tomar cuidado, não deixe de fazer backup de tudo que for importante antes de viajar. Você vai respirar aliviado e agradecer por esse momento caso o pior aconteça, acredite.

Leia também: Seguro de viagem para eletrônicos

Avalie este post

Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Como proteger seus eletrônicos em uma viagem

  1. Sem querer ser chato, mas o que você tem que observar mesmo é a tensão (110V, 220V, etc. Volt é unidade de tensão, e não de corrente elétrica, que é Ampere), hehehe. Parabéns pelo blog, estou sempre acompanhando as dicas valiosíssimas!

    Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.