Tags:
Atlas: Berlim, Alemanha

Como visitar a feira do Mauerpark, em Berlim

Domingo é dia de feira em Berlim. Ou melhor: é dia de mercado de pulgas no Mauerpark. Localizado na Bernauer Strasse 63-64, pertinho do memorial do Muro de Berlim, essa enorme área verde se enche de barracas que vendem desde roupas feitas à mão por estilistas moderninhos a todo tipo de antiguidades que você conseguir imaginar. São livros, discos de vinil, brinquedos, bijuterias, roupas militares de guerra, telefones antigos e todas essas velharias fascinantes que a gente encontra em mercados dos tipo.

O Mauerpark sozinho já rende uma visita. O lugar foi construído na chamada “Zona da Morte” do muro de Berlim. Isso significa que, antigamente,  aquela zona era uma terra de ninguém – bem entre os dois muros que separavam o lado soviético do capitalista. Qualquer um que pisasse naquela área estava sujeito a levar bala. Com esse passado tão trágico, transformar o espaço em um lugar de convivência parece bem apropriado, não acham?

Planeje sua viagem: Saiba onde ficar em Berlim

Discos na Feira do Mauerpark

Antiguidades Mauerpark

Hoje, a área é frequentada pela juventude alternativa de Berlim, seja qual for o dia da semana. Nem de longe tão bonito quanto o Tiergarten, o Mauerpark conquista pela aura criativa, moderna e transgressora. Aos domingos, quando fica lotado, essa atmosfera se intensifica.

A feira é enorme. Passear por entre as barracas é uma atividade interessante mesmo para quem, como eu, não tinha intenção de comprar nada, mas saiu de lá com camisetas legais para dar de presente. A sessão de comidas é bem servida de opções bem alemãs, como a famosa salsicha, mas também tem representares das várias nacionalidades que fazem de Berlim essa cidade multicultural.

Comida no Mauerpark

Feira do Mauerpark

Pensa que é só isso? No anfiteatro que fica perto das barraquinhas, a galera se reúne a partir das 15h para fazer um super karaokê, também aos domingos. Essa história começou de forma modesta, quando um irlandês maluco resolveu levar um microfone e uma caixa de som para o parque e ver quem se animava a soltar a voz.

A ideia agradou as pessoas que frequentavam o local e hoje uma multidão se reúne para assistir ao “show de calouros”. A cantoria só não rola quando o frio começa a apertar, geralmente por volta do fim de outubro. Quem quiser é só subir no palco e dar o show. Ninguém se importa com a afinação ou com a qualidade do cantor. As pessoas estão ali pela diversão.

Karaokê do Mauerpark

 


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Como visitar a feira do Mauerpark, em Berlim

  1. Amei a dica e já esta anotada, só tenho uma dúvida, estarei em Berlim de 05 a 08 de novembro, essa feira continua nessa época? Pergunto por causa do frio ne… Enfim, aguardo resposta (obs: to amando o site!!!!!)

    1. Ei Juliana, eu fui no final de outubro e ainda estava rolando. Então acredito que na primeira semana de novembro esteja sim. Tudo depende de quando começa a nevar ou as temperaturas fiquem negativas.

      Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.