Fim de semana em Balneário Camboriú

Com um bondinho, um Cristo, mata atlântica e praias de todos os tipos, Balneário Camboriú já era um destino que me agradava. Minha primeira passagem por lá foi em janeiro de 2011, e deixou ótima impressão. Só que foi uma viagem de família. Com isso, não pude testar algumas das coisas que tornam Balneário famoso, como a noite cheia de opções e algumas das atrações turísticas. Pois bem, conheci essa outra face do maior balneário catarinense em agosto, num encontro de blogueiros. A viagem foi um convite do Infinity Blue Resort & Spa, em parceria com a Avianca Brasil.

Pontos turísticos de Balneário Camboriú

Durante o Encontro de Blogueiros Infinity Blue, visitamos algumas praias de Balneário Camboriú. Mas o legal mesmo foi poder testar atrações turísticas que tinham ficado fora do roteiro durante minha primeira passagem por lá: o Cristo Luz e o tradicional passeio de barco pela baía de Balneário.

Se o Rio tem o Cristo Redentor, Balneário Camboriú tem o Cristo Luz. Com 33 metros de altura – poucos a menos que a estátua carioca – o Cristo de Balneário foi inaugurado em 1997 e fica no alto de um morro, pertinho do centro da cidade. De lá, além da estátua, o visitante tem uma das vistas mais bacanas de Balneário. Por que Cristo Luz, e não redentor? É que esse não tem os dois braços abertos, como o Cristo do Rio de Janeiro, mas apenas um. O outro braço segura um canhão de luz, que ilumina a cidade durante a noite.

Cristo-Luz-Balneário-Camboriú

Já o passeio de barco parte do Rio Camboriú. Além de possibilitar a vista da cidade do meio do mar, o tour conta com a performance de artistas, ou melhor, piratas, que interagem com o público e garantem a animação, principalmente das crianças.

Barco-Pirata Balneário Camboriú

Balneário Camboriú Santa Catarina

Também passamos pelo Zoológico de Balneário. No começo os bichos estavam meio tímidos, mas logo deram as caras e resolveram até posar para fotos. Os meus preferidos foram os tigres, que ficaram alguns minutos de olho na plateia que logo se formou por ali.

Infelizmente o teleférico do Parque Unipraias, para mim o melhor passeio de Balneário, estava em manutenção quando estivemos lá. Por sorte já escrevemos sobre essa (e outras) atrações da cidade neste post aqui.

Cidade pequena, jeitão de metrópole

Balneário Camboriú tem pouco mais de 100 mil habitantes, mas cara de metrópole. Uma prova disso é a quantidade de arranha-céus que formam o skyline (palavra chique para falar de um monte de prédio junto) da cidade. Segundo uma matéria do IG, Balneário Camboriú tem uma das maiores densidades de prédios do mundo! Entre eles está simplesmente o prédio residencial mais alto do país, com 160 metros de altura.

Skyline-de-Balneário-Camboriú

Tudo isso faz com que a população de Balneário aumente bastante durante o verão, quando a cidade chega a abrigar mais de um milhão de pessoas, número digno de grandes cidades. E o jeitão de metrópole não para na quantidade de pessoas ou na altura dos prédios: Balneário também passa longe de ser um lugar somente para quem gosta de relaxar na beira do mar. Os bares, restaurantes e baladas de Balneário Camboriú são famosos por todo o Brasil. A Avenida Atlântica, principal trecho de orla da cidade, reúne boa parte da agitação.

Na minha primeira passagem por lá o único restaurante dessa região que consegui testar vendia o velho Big Mac, o que, vamos concordar, não é exatamente uma boa opção. É por isso que no nosso primeiro post sobre a cidade não falamos nada sobre o assunto. Dessa vez a situação foi bem melhor. No roteiro, almoço no Pharol Porto Cabral, um bar flutuante que fica a poucos metros da praia. Como não poderia deixar de ser, ali o cardápio era de frutos do mar. Outra opção que testamos foi a Casa do Camarão, que fica na Praia das Laranjeiras. Pra mim, a melhor praia de Balneário Camboriú: bonita, tranquila e com bons restaurantes e quiosques.

Restaurante flutuante em Balneário Camboriú

Restaurante Flutuante

Para quem enjoa só de pensar em mar, provavelmente um restaurante flutuante não é uma boa ideia. Nesse caso, uma alternativa interessante – e que também foge do lugar comum – é o Guacamole, um restaurante de comida mexicana. Tudo bem que parece ser uma alternativa melhor para o jantar do que o almoço, já que ali você vai encontrar música-quase-mexicana, cantada por  mariachis brasileiros, mas bem engraçados, além de doses de tequila gratuitas, sempre que o tequileiro te desafiar a isso.

Outra opção interessante para as noites é o Taj Bar, que serve comida oriental (indiana e tailandesa, entre outras). Até eu, que morei 8 meses na Ásia e confesso que não sinto saudade nenhuma das duas culinárias, curti o jantar. Sem falar que a decoração e o clima são bem interessantes também.

Resort sim, mas fora do nordeste

Na cabeça de muitos brasileiros, resort é no Nordeste ou no Caribe. Só que existem opções desse tipo por todo nosso litoral. Essa foi outra vantagem de passar uma segunda vez por Balneário Camboriú. Na primeira, estive em duas pousadas ótimas, na beira da praia. Na última, pude testar a experiência de ficar também pertinho do mar, mas num resort.

Infinity-Blue-piscina balneario camboriú

O  Infinity Blue Resort & Spa oferece pensão completa e ótima estrutura de lazer. Você já deve ter notado pelas fotos que os três dias que passei por lá não contaram com a colaboração do tempo, que estava chuvoso.  Por isso, até pisei na areia da praia, mas não me arrisquei a entrar no mar. Afinal, posso até ser mineiro, mas passo longe de ter vocação para picolé. Para passar o tempo, a saída foi aproveitar a piscina aquecida e o spa do Infinity Blue.

Resort Balneário Camboriú

Óbvio que um resort não é o tipo de lugar em que eu ficaria naquela viagem econômica, mas certamente é uma boa opção para marcar uma data especial, aproveitar uns dias de descanso com a família, sem se preocupar com nada além de relaxar.

Balneário Camboriu Spa

*O 360meridianos viajou a convite do  Infinity Blue Resort & SPA e da Avianca Brasil

 


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Fim de semana em Balneário Camboriú

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.