Tags:
Atlas: Genebra, Suíça

8 razões para visitar Genebra no inverno

Famosa por sua multiculturalidade e importância turística, Genebra é uma cidade para ser visitada durante todo o ano. Cheia de cultura, natureza e história, o lugar ganha um charme especial no inverno, que confere um ar mais bucólico à quase sempre vibrante e cosmopolita capital do mundo. Veja agora os motivos pelos quais você deveria curtir o friozinho de Genebra no inverno.

Leia também: Onde ficar em Genebra, dicas de hospedagem

1. Esquiar nas montanhas ao redor

Além de desfrutar de todas as atrações da cidade, quem visita Genebra no inverno também tem a oportunidade de se jogar no esqui ou snowboard. É que embora não seja possível praticar esportes de inverno dentro da cidade, exceto em algumas pistas de patinação, basta pegar a estrada por 50 minutos para alcançar algumas das estações de esqui mais requisitadas por esquiadores profissionais e amadores no mundo. São quase 300 estações de esqui nos arredores da cidade, número que torna Genebra uma ótima base para os amantes dos esportes de neve.

Montanhas Genebra -Suiça

2. Paisagens nevadas

As montanhas que cercam Genebra não são atrativas apenas para os praticantes de esportes de inverno. Qualquer pessoa pode se deliciar com as vistas estonteantes dos picos nevados que, nessa época, atingem seu esplendor. As belas paisagens que vemos de dentro da cidade e nos seus arredores merecem muitas fotos e podem fazer com que a gente perca a noção do tempo só olhando para elas.

Genebra - Montanhas

3. Museus e outras atividades em locais fechados

A gente sabe que o inverno é lindo, mas nosso sangue tropical pode querer se aquecer um pouquinho entre uma paisagem bonita e outra. Não há problemas! A cidade também está cheia de opções para quem quer escapar do frio e ainda aprender um pouco sobre arte, cultura, ciência, política internacional e história. É que, além de visitar a sede da ONU, o Palais des Nations, aberto para visitação pública, a cidade ainda conta com o CERN, o maior laboratório de física de partículas do mundo, e diversos museus. Entre eles, se destaca o Museu de Arte e História, com obras de gente grande como Rembrandt, Monet, Picasso e Renoir. O Museu de História Natural, além de ser uma atração em local fechado, ainda é uma boa opção para quem viaja com crianças.  Há também o museu da Cruz Vermelha e o Museu Patek Philippe, sobre relojoaria. Saiba mais sobre o que fazer em Genebra.

4. Natal branco

Genebra, Suíça

Sempre sonhou com um natal com neve como nos filmes? Em Genebra a neve se mistura com as luzinhas coloridas e os meses que vão de novembro a janeiro se enchem de mágica com as atrações natalinas que se espalham pela cidade. O Mercado de Natal na praça Fusterie conta com artesanato folclórico de todo o país, além de barracas de comida em charmosas casinhas de madeira com decoração temática. A época também é perfeita para quem gosta de ir às compras. O bairro Carouge, uma vizinhança boêmia a 10 minutos de bonde da Cidade Velha, tem uma grande oferta gastronômica, de bares e casas noturnas que podem ser combinados com um passeio pelo Centre Commercial de Carouge. Ali dá para garantir os presentes de natal de toda a família, em especial o das crianças, na loja de brinquedos gigante no último andar. No trajeto da Rue St-Joseph até a Place du Marché você ainda encontra diversas lojas e ateliês independentes que vendem artesanato local, antiguidades e roupas.

E, por último, uma atração para os bravos: a Copa de Natação de Natal, que ocorre a cada dezembro, com mais de 600 nadadores que disputam corrida nas águas geladas que vão do Jardin Anglais ao Quai General Guisan.

5. Patinação no gelo

Lago Genebra, Suíça

Todos os anos, o Parc des Bastions recebe em uma pista de patinação no gelo gratuita. Artistas sobre rodas e iniciantes de todas as idades estão convidados para a atividade. O local oferece aluguel de patins por 6 francos (para adultos) e 3 (para crianças).

6. Festival Antigel

As primeiras duas semanas de fevereiro são repletas de arte, dança, gastronomia e eventos culturais na cidade. Mas a grande sacada do Antigel é que a arte está onde você menos espera: em uma estação de trem, no hall do aeroporto, em um túnel… qualquer espaço que fuja dos tradicionais espaços culturais. A programação é única e muda a cada ano.

7. L’Escalade

L’Escalade é um evento histórico que rememora a brilhante defesa da cidade contra a invasão de 1602, quando os cidadãos de Genebra se uniram para expulsar o Duke de Savoy e seu grupo de mercenários. As celebrações ocorrem na metade de dezembro e começam sempre em um domingo, com uma corrida de 8 km pela cidade velha, e culminam no fim de semana seguinte com uma procissão com mais de 1000 pessoas vestidas com roupas de época até a Catedral de Saint Peter. Durante toda a semana, a cidade ainda se enche de exibições, shows e apresentações que comemoram a vitória. Em 2016, o festival será de 09 a 12 de dezembro.

8. Chocolate quente suíço

Imagina aquela barra de chocolate suíço servida em uma xícara fumegante. Preciso dizer algo mais? Nessa lista aqui você encontra algumas das principais lojas para comprar os chocolates mais gostosos do mundo.

E você? Já foi para Genebra no inverno? Conte como foi sua experiência nos comentários!

Aviso 1


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

5 comentários sobre o texto “8 razões para visitar Genebra no inverno

  1. Ola estou indo para Geneve em fevereiro com minhas duas filhas de 5 e 10 anos e gostaria de alguns passeios de trem fábricas de chocolate coisas assim para fazer com elas … Obrigada

  2. Olá, sei que não fazem roteiros. Mas estou programando sair de Praga, passar no Chateau Neuschwansten. De qualquer maneira, meu destino final será a França, Lyon. Estava querendo “fugir” da Suiça pelos altos preços, mas não vejo muita opção.
    Descendo para a França, Passaria por Montreaux e Genebra, tem alguma dica nesse trajeto, que possa me ajudar terminar de montar meu roteiro ( Zurique e Berna seriam uma ida “obrigatória?). Vou de carro com minha filha, e não temos muito tempo ate chegar em Lyon. Têm dicas de hospedagem barata ou caminhos fora da rota que valham a pena?
    data a definir dezembro 2017 ou Janeiro 2017

    1. Olá Pedro, sim, a Suíça é linda! Com um pouquinho de planejamento e seguindo as dicas do blog dá para realizar o sonho sim 🙂

      Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.