Tags:
Atlas: Atenas, Grécia

O que fazer em Atenas: 10 lugares para visitar (e muito mais)

Ah, Atenas, uma cidade incompreendida. Confesso que minha impressão, num primeiro momento, não foi das melhores. Eu esperava uma cidade mais bonita, mas encontrei um monte de predinhos feios, com guarda-sóis verdes nas varandas. Mas essa primeira impressão logo se desvaneceu, quando eu fui explorar melhor os bairros, as construções históricas e a excelente noite grega. Juntei neste post as 10 melhores coisas que você pode fazer em Atenas, do mais convencional ao alternativo, dicas de bares e restaurantes muito legais, coletadas com uma grega e informações sobre como se locomover e onde ficar.

Vai para Grécia? Então leia também:
Lua de mel na Grécia, como realizar esse sonho
Quanto custa viajar pela Grécia
Como ir de Atenas para Meteora?
Como se locomover na Grécia

Quantos dias ficar em Atenas?

Para conhecer Atenas com calma, é recomendável ficar pelo menos três dias. Ficar menos significa correr demais e deixar de viver aquilo que a cidade tem de mais encantador. Eu, na verdade, fiquei cinco dias e não me arrependi. Porém, entendo que muitas pessoas acabam ficando apenas um dia na cidade e, se você correr bastante, consegue fazer boa parte das atrações em um só dia.

O que fazer em Atenas: 10 lugares para visitar (no mapa!)

1. Acrópole de Atenas

Essa provavelmente é a principal atração de Atenas: a Acrópole mais famosa do mundo. A palavra significa cidade alta, construída como proteção contra invasores, sempre fortificada. Fica numa colina a 150 metros de altitude e data do século 4 a.C. Sim, a Acrópole é tudo o que a gente imagina da Grécia Antiga. As construções já passaram por diversas guerras e adversidades e só estão ali graças a um exaustivo trabalho de restauração, que ainda deve durar alguns anos.

Leia mais: História e mitologia da Acrópole de Atenas

O que fazer em Atenas Parthenon

Partenon

Entre as construções mais famosas estão o Partenon, o templo principal de Atenas, dedicado à deusa padroeira da cidade; o Erecteion, o templo que tem aquelas estátuas femininas como colunas, as Cariátides; e o Templo de Atena Niké, também dedicado à deusa. E tem ainda o Propileu, que é um grande portal que dá entrada para essa parte sagrada da Acrópole. Além disso, da entrada até o topo ficam o Teatro de Dionísio, o mais antigo do mundo, de 500 a. C, e o Odeão de Herodes Ático, construído em 161 d.C. e até hoje utilizado para festivais.

visitar a grécia

A entrada para a Acrópole custa 30 euros e inclui também as atrações numeradas de 3 a 5 neste post (você pode pagar €20 para apenas a Acrópole). Você tem quatro dias para visitar tudo, se quiser. Além disso, estudantes de instituições de ensino da União Europeia e menores de 18 anos não pagam nada. Estudantes de instituições de outros países pagam meia-entrada.

O que fazer em Atenas Grécia entrada acropole

Fica aberta diariamente, de 8h às 20h.

Dica de ouro: A grande maioria dos turistas visita a Acrópole de manhã – quando os ônibus de turismo passar por lá, o que transforma seu passeio num verdadeiro perrengue-chique. Quando visitei, eu fui por volta de 15h30 e não peguei nem fila na entrada. Num dia de muito calor, recomendo que você vá por volta das 16h ou 17h.

2. Museu da Acrópole

A visita ao Museu da Acrópole complementa o passeio anterior. Nesse museu, inaugurado em 2007, estão várias peças, esculturas e artefatos recuperados e restaurados, além de explicações, modelos e filmes contando melhor a história e a arte por trás dos monumentos. Sem dúvida, as peças mais impressionantes do museu são as seis Cariátides originais. O museu, inclusive, deixa um espaço vazio para a coluna faltante, que está no Museu Britânico.

O que fazer em Atenas Grécia museu da acrópole

A entrada custa 10 euros (de abril a outubro) e 5 euros (de novembro a março) e você precisa comprar o bilhete com antecedência, no site oficial, caso vá na alta temporada (julho e agosto). Os bilhetes comprados com antecedência tem hora marcada para a entrada. Os horários de abertura variam ao longo da semana e da temporada. Confira aqui.

No terraço do segundo andar do museu fica um café/restaurante com uma vista espetacular da Acrópole. Você não precisa do bilhete de entrada para visitá-lo ou até mesmo tomar alguma coisa por ali. Vale a pena dar uma paradinha lá.

Onde ficar em atenas museu acropole

3. Templo de Zeus Olímpico e o Arco de Adriano

O que fazer em Atenas Grécia zeus

Perto dos Jardins Nacionais fica o Templo de Zeus Olímpico e o Arco de Adriano. Esse é um dos maiores templos dedicados a Zeus. A construção começou em 512 a.C, mas só foi completada mais de 600 anos depois, em 125 d.C, pelo Imperador romano Adriano. A entrada está incluída no ticket da Acrópole. Se você só quiser entrar nesse templo, custa 2 euros. Fica aberto de 8h às 20h.

O que fazer em Atenas Grécia adriano

O Arco, que fica do lado de fora do complexo do templo, foi construído por volta de 130 d.C, em homenagem ao imperador, num estilo que lembra muito os outros arcos do triunfo romanos.

4. Ágora de Atenas e templo de Hefesto

O que fazer em Atenas Grécia ágora

O que fazer em Atenas Grécia Agora

A antiga Ágora fica do lado da Acrópole e era um dos espaços mais importantes da cidade na antiguidade. Era ali que ficavam importantes prédios para a administração pública e atividade social e comercial. A maioria dos prédios, datados do século 2 d.C., está hoje em ruínas.

Além dessas ruínas, é possível visitar a Estoa de Átalo, um prédio gigantesco, reconstruído na década de 1950 e transformado em Museu; a Igreja dos Santos Apóstolos, uma igrejinha bizantina, do século 1000 d.C, com afrescos originais; e o maravilhoso Templo de Hefesto, o templo grego antigo mais bem preservado do mundo, que conserva as colunas e o teto originais.

O que fazer em Atenas Grécia templo

A entrada também está incluída no ingresso da Acrópole ou custa 8 euros somente para a atração. Aberto de 8h às 20h.

5. Ágora Romana e Biblioteca de Adriano

O que fazer em Atenas Grécia agora romana

Esses dois monumentos ficam atrás da praça Monastyraki. A Ágora Romana foi construída entre 19 e 11 a.C, com doações de Julio Cesar e Augusto. Mais tarde, devido a invasões de inimigos, substituiu a antiga Ágora como centro administrativo e comercial.

Já a Biblioteca de Adriano foi construída pelo Imperador Adriano, em 132 d.C., e destruída nessas mesmas invasões. Foi reconstruída e, séculos mais tarde, transformada com as invasões da Igreja Católica e a chegada dos turcos. O ticket para essas atrações está incluído no ingresso para a Acrópole. Mais informações aqui.

6. Praça Syntagma

Syntagma Atenas grécia

Essa é a principal praça de Atenas e fica bem no centro geográfico e político da cidade: é ali que fica o Parlamento Grego e o local no qual ocorrem os principais protestos. Dali é possível caminhar para qualquer uma das principais atrações. Vale a pena conferir a troca da guarda: os Evzones, ou guardas, usam uma roupa grega típica bem diferente.

O que fazer em Atenas guardas

Foto: Shutterstock

A troca acontece a cada hora. Tome cuidado para não ficar no caminho deles, porque acredite, você será atropelado.

7. Monte Licabeto e Kolonaki

Onde ficar em Atenas Kolonaki

Kolonaki é o bairro mais chique de Atenas, cheio de boutiques famosas, bares e restaurantes charmosos. É também onde a população rica da cidade mora. E é lá que fica o Monte Licabeto, que oferece, na minha opinião, a vista mais bonita da capital. Lá de cima dá para ver toda Atenas, incluindo o mar Egeu, no fundo.

O monte tem 277 metros de altura e é o ponto mais alto da cidade. Lá no topo há uma pequena igreja, um bar e um restaurante. Eu aproveitei para tomar uma cerveja e comer um souvlaki.

O que fazer em Atenas Grécia licabetus topo

O que fazer em Atenas Grécia licabetus

Para chegar ao topo, você pode ir a pé ou pegar um funicular, que passa dentro de um túnel, como um elevador comum. O bilhete custa 7 euros, ida e volta. A estação do funicular na Rua Aristippou (link para localização no mapa). Para quem quer ir e/ou voltar a pé, há diversos caminhos de trilhas marcadas ao redor do morro.

8. Praça Monastiraki e Psirri

O que fazer em Atenas Grécia monastiraki

A Monastiraki é uma das principais praças de Atenas, muito movimentada, onde você vai encontrar uma igreja ortodoxa e um famoso mercado de pulgas. É um bom lugar para quem quer comprar lembrancinhas, mas se prepare para o assédio de ambulantes no centro da praça e fique atento para não ser furtado.

Onde ficar em Atenas Psirri

Se você quiser fugir da confusão de Monastiraki, caminhe para Psirri. Esse antigo bairro industrial foi tomado por bares e restaurantes e acabou se tornando um bairro descolado. E, o melhor: não é tão turístico, então os preços são amigáveis.

9. Plaka

Onde ficar em Atenas Plaka

Plaka é provavelmente o bairro mais turístico de Atenas. Essa região, que fica no sopé da Acrópole, costumava ser o distrito turco. As pequenas ruas são fechadas para carros e formam um verdadeiro labirinto, subindo e descendo ladeiras. Por ali, há diversas lojinhas e restaurantes, servindo comidas e bebidas típicas – mas, como a maioria é bem turistístico, os preços são mais elevados.

O que fazer em Atenas Grécia plaka

Vale a pena caminhar por toda extensão da principal rua do bairro, a Adrianou, não só para ver as cores e lojas, mas também porque essa é provavelmente a rua mais antiga de Atenas, que conserva o mesmo traçado e uso desde a antiguidade.

10. Thiseu e Gazi

O que fazer em Atenas Grécia thiseo

Esses são dois bairros vizinhos e uma ótima pedida para quem quer achar restaurantes ou bares agradáveis e frequentados por locais. Thiseu fica no sopé do Monte Filopappou e é um pouco mais turístico, mas bem menos movimentado do que Plaka.

Já Gazi tem ares mais modernos, principalmente por conta do Technopolis, um centro cultural construído na área de uma antiga fábrica, que atrai muitos jovens de Atenas. Ao redor, na praça Kerameikos, há dezenas de bares e baladas.

O que fazer em Atenas: outras atrações

  • Museu Arqueológico Nacional é uma boa pedida para quem quer explorar ainda mais artefatos antigos achados na cidade ao longo dos séculos de ocupação.
  • O Estádio Panathenaic é um dos mais antigos do mundo, sediou as primeiras Olimpíadas modernas, em 1896, e foi construído sobre os resquícios de um estádio grego da antiguidade.
  • Kerameikos, que também faz parte do bilhete da Acrópole, é um cemitério com tumbas de mais de 2 mil anos.
  • Para quem quer chegar perto do mar, pode passar o dia na agradável Marina Zeos, em Pireu (basta descer na estação de metrô com esse nome e pegar um ônibus até a marina).

Visitar a Grécia Atenas

  • Outro lugar para observar a vista da cidade é o Monte Fillopapou, que fica ao lado da antiga Ágora.
  • Por fim, se você quiser aproveitar a noite grega tal como os jovens da cidade, uma boa sugestão, além das que eu já dei aqui no post, é explorar os morros do bairro de Exarchia.

Onde ficar em Atenas

O fato de Atenas ser uma cidade relativamente grande, com diversos bairros e uma fama de não ser muito segura pode ser um problema para quem procura qual a melhor localização para escolher hospedagem por lá. É por isso que temos um post bem completo sobre onde ficar em Atenas, indicando os melhores bairros para hospedagem.

Além disso, fizemos essa caixa de pesquisa aqui abaixo, com algumas das melhores ofertas de acomodação em Atenas, para você conseguir boas promoções:
Booking.com

Como se locomover em Atenas

Se você seguir as dicas que a gente deu no post de onde ficar, certamente estará bem localizado e conseguirá fazer quase tudo a pé. Quando precisar, o transporte público é seguro e confiável, táxis não são tão caros e o Uber funciona no país.

Não é recomendável alugar um carro para se locomover dentro de Atenas: faça isso apenas se você for visitar Meteora ou outra cidade continental. Caso opte por isso ou se for alugar dentro de uma ilha, recomendo nosso post com dicas de como alugar carro mais barato – e sem IOF – na Europa.

Transporte público em Atenas

Atenas é muito bem servida de transporte público, contando com três linhas de metrô, um bom sistema de ônibus, além de trams e trens urbanos. O bilhete individual custa €1,40 e é valido para 90 minutos. Se você for ficar mais dias na cidade, vale a pena comprar o Athena Card, um cartão recarregável, que, além de bilhetes individuais, permite as seguintes recargas:

  • Passe diário ilimitado, válido por 24 horas: €4,50 (não é valido para as linhas expressas ou metrô do aeroporto)
  • Ticket ilimitado para 5 dias: €9,00 (também não é valido para as linhas expressas ou metrô do aeroporto)
  • Ticket turístico com transporte ilimitado por 3 dias: €22,00 (incluí uma jornada ida e volta de metrô para o aeroporto.

Do Aeroporto de Atenas para o centro e porto (e vice-versa)

O aeroporto de Atenas fica a cerca de 30 do centro da cidade. Há duas formas de ir de lá para o centro usando transporte público:

Metrô: Linha do Aeroporto

A linha 3 do metrô parte de dentro do aeroporto da cidade e chega em cerca de 40 minutos até as praças Syntagma e Monastiraki. A M3 também cruza com as outras duas outras linhas de metrô da cidade, o que significa que você basicamente consegue chegar em qualquer lugar de metrô, incluindo o Porto de Piraeus (cerca de 1h20, com baldeação em Monastiraki para a linha M1).

O metrô circula a cada 30 minutos e o último trem parte as 23h30. O bilhete saindo de/para o aeroporto custa €10 individual ou €18 ida e volta. O Athena Card turístico (válido por três dias, custa 22 euros) inclui a jornada de ida e volta ao aeroporto de Atenas. Nenhum dos outros bilhetes de transporte tem o trajeto para o aeroporto incluído.

Ônibus Airport Express (X93, X95, X96, X97) e X80 para Piraeus

Há uma série de linhas de ônibus expressas que conectam o aeroporto de Atenas com pontos chave da cidade (daí esse X na frente do número), além da linha expressa X80, que leva do centro ao porto. Como o tempo de viagem é mais ou menos o mesmo, vale mais a pena pegar o ônibus do que o metrô por conta do preço. As linhas de ônibus custam €6,00 para uma jornada.

Vamos lá:

  • X93 liga o aeroporto a estação de ônibus (cerca de 1 hora)
  • X95 é a mais usada pelos turistas, porque liga o aeroporto a Syntagma (40 minutos)
  • X96 leva do aeroporto a piraeus (cerca de 1 hora)
  • X97 vai do aeroporto a estação de metrô Elliniko (cerca de 1 hora)
  • X80 vai de Syntagma a Piraeus (cerca de 30 minutos)

Táxi, uber ou transfer

Essa pode ser a melhor opção caso você precise ir para o aeroporto entre meia noite e 5h. O valor médio para jornadas de táxi ou uber fica entre 25 a 35 euros. O custo estimado de um transfer de e para o hotel é de 35 euros.

Bares e restaurantes em Atenas (sugeridos por uma grega!)

O melhor de ter visitado Atenas na companhia de uma ateniense foi que eu tive a chance de conhecer bares que eu dificilmente encontraria sem ela como guia. Além disso, foi graças a ela que eu tive a oportunidade de descobrir o quão animada e diversa é a noite em Atenas, e vai muito além do circuito Acrópole-Plaka-Monastiraki!

  • Kiki de Grèce

kiki de grece bares atenas

Crédito: Divulgação

Kiki de Grèce é um winebar que fica na região da Praça Syntagma, numa rua fechada para carros e cheia de bares. Mas o clima ali é mais descolado, com decoração moderninha e música animada. O melhor é a localização, bem perto da praça Syntagma, que é onde a maioria das pessoas se hospedam, mas mesmo assim, não tem muitos turistas por lá. O legal do Kiki é que ele foca em produtos típicos gregos, dos ingredientes nas comidas à carta de vinhos. Uma taça custa por volta de 3,50 euros. Eu bebi uma cerveja artesanal chamada Zeus.

Endereço: Ipitou 4 (link para Google Maps)

  • Εξωστρεφής (Extrovert)

O conjunto de letras estranhas significa Extrovertido. Esse restaurante e bar descontraído fica no bairro universitário de Atenas, o Exarchia. Prepare-se para caminhar ladeira acima, ou, se quiser poupar as canelas, pegue um uber/táxi até lá. Você vai encontrar comidas gregas tradicionais bem gostosas por volta de 6 euros e boas opções de cerveja gelada. Há noites com música ao vivo e o lugar está sempre cheio.

Endereço: Anexartisias, 9


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

83 comentários sobre o texto “O que fazer em Atenas: 10 lugares para visitar (e muito mais)

  1. Oi Luiza, tudo bom?
    Devo conhecer Atenas em setembro.
    Sou desses que prefere ficar mais tempo em cada lugar e conhecer melhor.
    Reservei 7 dias para a cidade. Acha muito?
    Que passeios nas proximidades você recomendaria?
    Um abraço.
    Rener

    1. Oi Rener,

      Eu fiquei 5 dias em Atenas, no total. Foi o suficiente para fazer tudo o que está nesse post com muita calma, e fiz uma passeio na Marina Zeos.

      Você pode aproveitar os dias extras para fazer algum bate volta. Delfos ou Napfio me foram bastante recomendados (são opções de ruínas e passeios históricos), mas também tem boas opções de praias perto de Atenas, se for essa a sua vibe.

  2. Olá Luiza,
    Aos cinquenta anos de idade, minha primeira viagem solo.
    Você recomenda ficar direto em Atenas, ou vale visitar alguma das ilhas?
    Qual a região que VOCÊ considera mais segura para eu me hospedar?

    1. Oi Sonia,

      Se você tiver tempo, com certeza vale a pena visitar alguma das ilhas ou uma das praias na região continental da Grécia.

      Atenas é uma cidade bastante segura, em termos de viajantes solo mulheres. O único risco realmente são os furtos. Eu acho que qualquer lugar que eu indico nesse post aqui (https://www.360meridianos.com/dica/onde-ficar-em-atenas) é seguro. Eu evitaria apenas os arredores da praça Monastiraki.

  3. Luiza estou querendo ir em janeiro a Atenas sabe me dizer se posso pegar muita chuva por lá? Digo será que pode ser um mês não aconselhável a se ir?

  4. Luiza adoro seus textos!!!!! E sou leitora assídua do 360 meridianos! Estava querendo comprar o Special ticket package (de 30 euros), mas não encontrei on line em lugar algum! É fácil comprar por lá? Estou pensando em evitar a fila para comprar na Acropole. Socorro! <3

    1. Oi Tatiana,

      Eu fui em junho e não enfrentei fila nenhuma. Não sei onde você poderia comprar isso pela internet, a Grécia não é exatamente um país onde as coisas funcionam online.

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.