fbpx

O que fazer em Zadar, Croácia: roteiro de 1 a 3 dias

Nesse post, você descobre o que fazer em Zadar em 1, 2 ou 3 dias de viagem, com roteiro completo, atrações nos arredores, praias, restaurantes, dicas de hospedagem e muito mais!

A cidade de Zadar fica na beira do Mar Adriático, no norte da Croácia, região conhecida como Costa da Dalmácia. Acaba passando desapercebida por muita gente montando roteiros pelo país, que preferem  Dubrovnik, Split e ilhas mais famosas.

Mas a gente garante: conhecer Zadar vale muito a pena!

Viajando pelos países da antiga Iugoslávia? Então leia também:
Como planejar uma viagem pelos Balcãs: dicas de roteiros e muito mais

O que fazer em Zadar em 1 dia: Centro Histórico

Apesar de Zadar ser bem maior do que seu centro histórico – a rodoviária e o aeroporto ficam na parte nova da cidade – é ali que a maioria dos pontos turísticos se concentram e é onde você vai aproveitar a cidade, caso tenha pouco tempo.

ruas de zadar o que fazer

Listamos os 12 principais pontos turísticos para visitar em Zadar em 1 dia:

  • Antigas Muralhas e Portões
  • Ruelas do centro histórico
  • Igreja de São Donato e Torre dos Sinos
  • Igreja de Santa Anastácia (Catedral de Zadar)
  • Praças Petar Zoranica, Five Wells e People’s Square
  • Parque Queen Jelena Mdijevka
  • Mercado de Zadar
  • Forum Romano
  • Zadar Riva
  • Órgão do Mar
  • Monumento de Saudação ao Sol

Leia abaixo de como organizar essas atrações num roteiro pela cidade.

Roteiro de 1 dia pelo Centro Histórico de Zadar

Zadar é considerada a cidade mais antiga da Croácia, com registros de sua existência desde o século 9 a.C. Seu passado incluí diversas invasões: Impérios Romano e Bizantino, República de Veneza, Império Otomano, Império Austríaco e Itália, além de ter sido parte da República da Iugoslávia.

Todos tiveram influência na arquitetura da cidade, que é tem o centro histórico bem conservado, além de ser todo cercado por muralhas e portões.

Se você gosta de história, eu recomendo fazer o passeio guiado pelo centro histórico. Esse tour a pé em Zadar incluí as principais atrações e uma degustação queijo da ilha de Pag e do famoso licor Maraschino, que é típico da região. Custa apenas 14 euros.

  • Igreja de São Donato e Torre dos Sinos

Começando o dia na praça principal da cidade, em frente à Igreja de São Donato e a Torre dos Sinos.

igrejas em zadar viagem pela croacia

A Igreja foi construída no século 9 d.C. e está preservada até hoje. É possível entrar para visitá-la, mas, honestamente, não vale muito a pena. O interior é vazio, mas famoso por sua acústica.

Já a Torre dos Sinos tem cerca de 56 metros de altura e o período entre o início e final da construção foi de  400 anos – os primeiros dois andares foram erguidos na época medieval. Já os do topo, no final dos anos de 1800.

Se você visitar Zadar no domingo, de hora em hora irá ouvir os sinos que ecoam por todo o centro histórico. É possível subir a torre e ter uma vista espetacular da cidade e do mar.

  • Forum Romano

Logo em frente da Igreja está o que restou do Fórum Romano de Zadar. O espaço, que há 2 mil anos era o grande centro da cidade, hoje é uma praça com algumas ruínas e pedras que datam desde o século 1a.C.

 

Também nessa praça você encontra uma feirinha de artesanato, com uma mistura entre produtos locais e suvenirs made in China.

Por fim, basta atravessar a rua para ter o primeiro gostinho da Riva (ou orla) de Zadar, um calçadão à beira do mar que se estende por todo centro histórico. Depois de tirar algumas fotos, volte para a praça para seguir o passeio.

  • Antigas Muralhas, Sea Gate

Siga para o Sea Gate, um dos portões históricos do século 16, decorado com um leão veneziano. Do lado de dentro da cidade há um pequeno mural falando sobre as invasões a Zadar ao longo dos anos, até após a Segunda Guerra Mundial.

Para quem curte história contemporânea, vale a pena fazer esse tour pela história da Segunda Guerra Mundial e Iugoslávia comunista. 

Suba as escadas e caminhe pelo calçadão acima das muralhas de Zadar – elas foram construídas pelos romanos, reforçadas pelos venezianos na Idade Média / Renascença e finalizados pelos austríacos.

centro historico de zadar visto das muralhas

Ao longo do caminho há diversas oportunidades para boas fotos das ruas da cidade, além de algumas árvores, bancos e informações turísticas.

Se você gosta de visitar mercados, faça um pequeno desvio para conhecer o mercado de Zadar. Lá, você encontra diversas barracas vendem produtos frescos como frutas, legumes, pães, azeite, queijos, presuntos e peixes. Mas atenção, o mercado funciona somente até às 13h.

  • Praça Petra Zoranica

Siga pelos muro em direção à praça Petra Zoranica, um espaço agradável cercado de árvores e prédios coloridos, com uma única coluna romana no centro.

o que fazer em zadar pracas no centro

Se você quiser dar uma pausa para tomar um suco /café – ou tiver interesse numa foto bem bonita da coluna, entre na ruela Ilije Smiljanića e aproveite uma das mesas na rua do Collona bar & cafe.

Se quiser parar para almoçar, nessa região eu recomendo o restaurante Proto Food & More (mais informações no tópico de restaurantes em Zadar, mais abaixo).

  • Parque Queen Jelena Mdijevka e Land Gate

Continue o passeio passando pela Praça das Cinco Fontes, que no século 16 era a principal fonte de água para a população da cidade. Entre no parque Queen Jelena Mdijevka, onde a área verde construída num antigo bastião militar oferece alívio para o calor no verão.

portao land gate em zadar

Do parque você também consegue ter uma vista da próxima atração, o Portão da Terra (Land Gate), o principal portão histórico de Zadar, também construído pelos Venezianos em 1573.

  • Ruelas do Centro e People’s Square

Depois de cruzar o portão de volta ao centro histórico, permita-se circular pelas ruas do centro sem compromisso. Um ponto interessante para parada é a People’s Square, a praça onde fica a prefeitura da cidade, famosa pela sua torre do relógio.

o que fazer em zadar peoples square

Há também um punhado de igrejas, lojinhas de artesanato e belos prédios históricos para te distrair no caminho.

  • Igreja de Santa Anastácia (Catedral de Zadar)

A catedral de Zadar tem uma bela fachada em estilo Romanesco do século 12, com toda a decoração cravada em pedra.

igreja santa anastacia

Da igreja, siga pela rua Jurja Bijankinija, passando pela praça das Três Fontes (e vários bustos de personalidades de Zadar) e a igrejinha de Nossa Senhora de Saúde (de 1447!).

Seguindo sempre em frente, você chegará ao pier onde está o Panorama de Zadar, que oferece uma bela vista para o mar, a parte nova da cidade e as ilhas no fundos.

  • Órgão do Mar de Zadar

Ao continuar caminhando pelo pier, eventualmente você chegará ao Monumento de Saudação ao Sol (mais sobre ele no próximo tópico) e ao Órgão do Mar.

O Órgão do Mar é um instrumento musical tocado pelas ondas do mar. Foi projetado em 2005 pelo arquiteto Nikola Basic. Basicamente, são 35 tubos que ficam embaixo d’água. O movimento das ondas empurra o ar nos tubos e gera o som.

orgao do mar zadar croacia

O Órgão do Mar se extende por boa parte da Orla de Zadar. Várias pessoas aproveitam para pular no mar dali, já que há vários degraus que facilitam o acesso.

  • Orla de Zadar e Pôr do Sol

A Orla de Zadar é o melhor lugar para ver o pôr do sol na cidade. Centenas de pessoas se reunem ali para ver o céu se tingir de laranja e vermelho.

Reza a lenda que um famoso diretor de Hollywood afirmou que esse foi o pôr do sol mais lindo que ele já viu.

Esse também é um bom lugar para fazer um piquenique.

  • Monumento de Saudação ao Sol

Durante o dia, o Monumento de Saudação ao Sol nada mais é do que uma enorme placa solar em formato de círculo no chão. Assim que cai a noite, porém, se transforma numa dança de luzes. O monumento foi projeto pelo mesmo arquiteto do Órgão do Mar.

monumento de saudacao ao sol em zadar

Durante o dia, ele capta a energia da luz solar. A noite, se ilumina e pisca tons de azul e verde.

Veja dicas de onde jantar em Zadar no tópico de onde comer na cidade.

  • City Bridge e Barkajoli

Se sobrar tempo no seu dia, vale a pena dar uma passeada pela City Bridge (Gradski Mos), que leva até a parte nova da cidade, cruzando pelas águas do porto. Ela é bonita de dia ou de noite e, mais ou menos do meio da ponte, dá pra ter uma vista bem legal do centro histórico e suas muralhas.

Caso você cruze a ponte, a forma mais tradicional de voltar ao centro é com um Barkajoli. São pequenos barcos a remo que fazem a travessia de um lado para o outro, uma tradição de mais de 800 anos!

O que fazer em Zadar de 2 ou 3 dias: bate-voltas nos arredores

Se você tem mais dicas no seu roteiro por Zadar, pode aproveitar para conhecer os arredores da cidade. Ali você encontrará belas ilhas e praias. Ou, ainda, visitar um dos grandes parques nacionais da Croácia, como Plitvice e Krka.

Ilhas e Praias em Zadar

As principais praias em Zadar são Kovalore Beach e Borik Beach. Ambas tem fama de cheias e com uma pequena faixa de pedrinhas beira mar.

Caso esteja de carro, a melhor praia, segundo minhas pesquisas, é Zaton. Fica num resort privado, mas com acesso a visitantes.

Já se seu plano for pegar praia, recomendo ir para uma das ilhas abaixo.

  • Preko

Pela facilidade, eu optei pela Ilha de Preko, que fica visível da orla de Zadar. Basta pegar uma ferry – em frente ao Sea Gate – por 50 krona e em 30 minutos você chegará a Preko.

praia em zadar

Do porto de Preko, você consegue ir caminhando até algumas praias belíssimas. Recomendo uma passagem pela praia de pedrinhas em frente ao Beach Bar Mareta, que permite que você vá nadando até uma ilhota logo em frente.

Mas o melhor ponto para passar a tarde é a Beach Jaz, que tem uma faixa de areia gostosa e águas calmas e clarinhas. Para a hora do almoço e para ter acesso a um bom banheiro, o Beach Bar Balloon é uma excelente opção: tem pizzas artesanais e cerveja gelada.

ilha de preko zadar

Programe a volta para perto do pôr do sol. Assim, você terá o privilégio deter uma vista da orla de Zadar do barco. Para comprar o bilhete da ferry o endereço Liburnska obala 4 ou direto no site oficial (onde você pode consultar os horários com antecedência).

Outra alternativa para conhecer Preko é fazer um passeio de barco à vela de 4 horas no Canal de Zadar. Esse tour tem saídas de manhã e à tarde e te leva também a uma baía isolada, onde você poderá nadar em mar aberto.

  • Pag

A ilha de Pag é conhecida pela sua produção de queijo e por um paisagem diferente de todas as ilhas que você vai visitar na Croácia. Dizem que lembra Marte, com seu aspecto seco e avermelhado.

O legal é que é possível chegar a essa ilha de ônibus, já que uma ponte a conecta com o continente.

A empresa Antonio Tours tem ônibus diário até Pag Town, saindo da rodoviária de Zadar. O trajeto até lá leva uma hora.

  • Dugi Otok

Dugi Otok é uma ilha razoavelmente grande, onde ficam algumas das principais atrações nos arredores de Zadar. Por exemplo, ali estão os parques naturais Telascica e Kornati, a Saharun beach e as aldeias de Bozava e Sali.

A praia de Saharun é considerada uma das mais bonitas da Croácia, com uma ampla faixa de areia branca e águas azul elétrico.

Já o parque natural Telascica conta com ilhotas e enseadas, um lago de águas salgadas e uma vista incrível de suas encostas íngremes. E ainda tem Kornati, um parque formado por várias ilhas e praias lindas.

Apesar de tantas atrações, chegar e circular por Dugi Otok não é exatamente fácil.

A empresa Jadrolinija oferta diariamente duas ferrys que transportam carros, uma até Brbinj e outra até Bozava. Há também um catamarã da empresa G&V Line Iadera, que vai até Sali. Os horários (consulte aqui) são limitados, então é necessário planejar cuidadosamente a chegada e partida.

Uma vez em Dugi Otok, se você não for de carro, terá que alugar lá uma bicicleta ou quadriciclo para circular, tendo em vista que os ônibus da ilha são bastante infrequentes.

Para quem quer apenas visitar a Sakarun Beach sem carro, o ideal é pegar a Ferry até Bozava, onde tem um trem turístico que leva direto até praia. Porém, esse passeio só é possível aos domingos, que é quando a ferry parte de manhã de Zadar e volta no final da tarde / início da noite.

Por esse motivo, a não ser que você alugue um carro na Croácia, a melhor maneira de conhecer essa região é contratando um tour privado. Há dezenas de vendedores de passeios de barco espalhados pelo centro de Zadar.

por do sol em zadar

Eu, particularmente, indico que você contrate pela internet, uma vez que é possível ler os reviews antes de contratar e evitar pegadinhas. Separei abaixo os tours que encontrei com as melhores reviews (e preços):

Parque Nacional Plitvice

Zadar costuma ser uma parada estratégica para quem vai visitar as cachoeiras do Parque Nacional de Plitvice ou do Parque Nacional de Krka. Isso porque a cidade está a 1h30 do primeiro e 1 hora do segundo, fazendo com que os bate-voltas sejam bastante fáceis.

Se você pretende alugar um carro para fazer esses passeios na Croácia, recomendamos pesquisar pela RentCars, que oferece bons descontos e permite ver a cotação entre diferentes locadoras.

  • Como ir de Zadar a Plitvice

Entre abril a outubro há 7 ônibus diários, das 8h às 23h. A viagem pode levar de 1h45 a 2h50 (evite os ônibus que fazem esse trajeto mais longo!). O bilhete custa 180 kronas ida e volta.

O ideal é pegar o primeiro ônibus da manhã (8h30) na rodoviária de Zadar e descer na entrada 1 do parque. Consulte no site oficial de Parque Nacional os horários de abertura e preço da entrada.

No inverno, que vai de novembro a março, os ônibus só saem a tarde. Nesse caso, você terá que dormir na região do parque ou contratar um tour.

Seja no inverno ou no verão, uma opção confortável é ir como uma excursão guiada para Plitvice, que inclui transfer, tour guiado de 4 horas, passeio de barco e tempo livre para explorar. Essa é uma boa ideia para quem quer a conveniência, evitar os locais mais cheios do parque e achar bons lugares para fotos.

De forma alternativa, você pode visitar o Parque Nacional de Krka, que também tem cachoeiras bem lindas. É um pouco mais perto de Zadar e o passeio é mais barato. Veja aqui um transfer e um tour pelo parque, o que já inclui as entradas e um guia licenciado. O tour também incluí uma passeio a cidade medieval de Šibenik.

Hospedagem em Zadar: dicas de hotéis e apartamentos

Nos hospedamos num apartamento excelente bem no centro histórico de Zadar, o Apartments Kalelarga (nota 9.4 – $). Eu recomendo o local para quem busca hospedagem econômica e confortável na cidade.

O lugar fica muito próximo de todos os pontos turísticos, a janelas tem isolamento acústico, tem ar condicionado e cozinha completa. Tudo que você precisa para uma estadia tranquila e confortável.

Bons hotéis no centro de Zadar:

Restaurantes em Zadar: onde comer na cidade?

Comer foi uma melhores coisas que eu fiz em Zadar. A cidade me surpreendeu muito positivamente com a qualidade da gastronomia e do vinho. Essa experiência me deixou curiosa para experimentar mais da comida da Croácia, que consiste numa mistura entre a Itália e os Balcãs.

restaurantes em zadar

Abaixo, listei os locais que fui e recomendo a visita:

  • Proto Food & More

Endereço: Stratico ul. 1 (link para Google Maps)

Um restaurante moderno, que serve comida tradicional deliciosa. Recomendo o prato de queijos e embutidos de entrada e o Fetuccini com Lobster Tail.

  • Restaurante Malo Misto

Endereço: Ul. Jurja Dalmatinca 3 (link para Google Maps)

Para quem busca um jantar mais refinado e delicioso, com comida tradicional da Croácia, o Restaurante Malo Misto é uma excelente opção. Recomendo as bruchetas de entrada e o Slow Roasted Lamb Shank. É uma excelente opção para um .

  • Restaurante Konoba More

Endereço: Ul. Brne Karnarutića 3 (link para Google Maps)

Se você prefere economizar na hora do jantar, então o Konoba more é uma ótima pedida. Serve comida tradicional dos balcãs, como Cevapi (rolinhos de carne grelhada).

  • Coffee & Cake

Endereço: Ul. Braće Vranjana 14 (link para Google Maps)

Excelente local para tomar café da manhã. Conta com opções variadas como torradas, omeletes, misto quente e bolos.

Dicas de Viagem para Zadar, Croácia

rua do centro historico de zadar

Em um dia você consegue visitar todo o centro histórico e atrações de Zadar. Mas reserve dois ou três dias para conhecer alguma ilha nos arredores e visitar um dos parques nacionais da Croácia, como Plitvice ou Krka.

Como ir do aeroporto para o centro de Zadar?

A forma mais barata e fácil é utilizando o transporte público. O ônibus segue os horários das chegadas dos voos e leva cerca de 30 minutos até o centro histórico, parando também na rodoviária da cidade nova. Custa apenas 25 krona. Veja aqui os horários.

O único problema é que o sistema de transporte público só aceita pagamento em dinheiro. Há caixas eletrônicos na saída do aeroporto. Recomendo sacar um valor relevante para toda sua viagem, uma vez que muitos locais em Zadar também não aceitam cartão.

É importante dizer também que eu não consegui transfer quando tentei na chegada. Então, se você quiser o conforto de ser deixado na porta do seu hotel, o ideal é contratar um serviço transfer. Veja aqui uma opção com boas reviews.

Qual a melhor época para visitar Zadar?

Os meses de primavera e verão (de maio a setembro) são os melhores para aproveitar a Croácia e suas praias. Mas também são mais cheios e com preços mais altos, principalmente em julho e agosto.

Mas como Zadar tem um centro histórico interessante e conta com fácil acesso aos parques nacionais da Croácia, dá para aproveitar a viagem mesmo durante o outono e o inverno (de outubro a abril).

O tempo vai estar mais frio e você vai pegar mais chance de chuva e neve, em especial nas montanhas nos arredores. Mas a cidade vai estar mais tranquila e, a hospedagem, mais barata. Tenha em mente que as ofertas de ônibus e ferries será limitada.

Como chegar em Zadar e ir para outras cidades da Croácia

Zadar está conectada com outras grandes cidades da Croácia por ônibus, carro ou barco. Veja abaixo algumas das opções de transporte:

Avalie este post

Compartilhe!







Banner para newsletter gratuita

Receba grátis nosso kit de Planejamento de Viagem

Eu quero!

 

 




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 34 anos e atualmente moro na Inglaterra, quando não estou viajando. Já tive casa nos Estados Unidos, Índia, Portugal e Alemanha, e visitei mais de 45 países pelo mundo afora. Além de escrever, sempre invento um hobbie novo: aquarela, costura, yoga... Siga minhas viagens em @afluiza no Instagram.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.