Tags:
Atlas: Lisboa, Portugal

Onde comer em Lisboa: 24 dicas de restaurantes em diversos bairros

A maioria das listas sobre onde comer em Lisboa divide a cidade por seus bairros, mas vou tentar fazer diferente e sugerir cantinhos especiais para comer de acordo com temáticas bem típicas portuguesas, espalhados pela cidade. Assim, você consegue planejar sua viagem para experimentar o melhor da comida portuguesa e ainda conhece restaurantes, bares e mercados muito legais.

Leia também: 
Os principais pratos da comida portuguesa
O que fazer em Lisboa: roteiro de 3 dias
Onde ficar em Lisboa: os 5 melhores bairros

Todas as dicas de lugares para comer vêm com o link para o endereço  no Google Maps, o que facilita para você localizar o restaurante.

Onde comer e beber em Lisboa:

  • Bacalhau

onde comer em lisboa bacalhau a boas

Por Natalia Mylova / Shutterstock

Bacalhau à Brás é a versão do bacalhau considerada típica de Lisboa. É aquele bacalhau desfiado, misturado com ovo, batata palha, azeitonas e outros ingredientes.

O restaurante O Bacalhoeiro/A Licorista, sobre o qual já escrevi aqui, um cantinho tradicional na Baixa, perto da Praça do Rossio, serve porções de bacalhau generosas e a preços muito justos: cerca de 13 euros. Esse restaurante não tem nada de chique, é pequeno e vale muito a pena.

O Ti Natercia, em Alfama, é uma indicação de um amigo meu que mora em Lisboa, que insiste que esse é o melhor bacalhau da cidade. Os reviews no Google e Tripadvisor concordam com ele.

Por fim, dica de um lugar bem badalado, o famoso Mercado da Ribeira. Fizemos um post sobre o mercado lá em 2015 e hoje ele segue bombando mais do que nunca. O Mercado, que fica no Cais de Sodré, reúne restaurantes dos principais chefes lisboetas e por isso está aqui nesta lista – essa é uma chance de comer bacalhau a preços mais em conta do que num restaurante chique. Em geral, sempre tem algum dos quiosques com o bacalhau como prato do dia, que é mais barato. Além disso, no Mercado da Ribeira você encontra todos os outros itens dessa lista!

  • Pastel de Nata / Pastel de Belém

onde comer em lisboa pastel de nata belem

Por Olesya Kuznetsova / Shutterstock

Brasileiros confundem o pastel de nata com o pastel de Belém. Basicamente, é a mesma coisa, só que pastel de Belém só vende na pastelaria do bairro Belém e todos os outros no mundo são pasteis de nata. Quanto mais novinho e quentinho, mais gostoso. Por isso, os melhores lugares para comer pastel de nata são aqueles que fazem muitas fornadas ao longo do dia.

Obviamente, a Pastéis de Belém oficial, ali pertinho do Mosteiro dos Jerônimos, é um desses lugares que valem a pena. A dica é não enfrentar a fila de quem quer só pegar o pastel por encomenda, mas entrar na pastelaria e sentar na mesa. Garanto que será muito mais rápido.

Na região central de Lisboa, há dois lugares em que o pastel de nata também é impecável. O primeiro deles é a Manteigaria, que é bastante famosa e fica numa portinha no Largo de Camões, no Chiado. Eu arrisco a dizer (com um monte de gente especializada concordando comigo) que o pastel de nata de lá é o melhor da cidade.

Além disso, em frente ao Castelo de São Jorge fica uma loja da NATA Lisboa, que tem como slogan “The World Needs Nata”. Ali também você encontra um delicioso pastel saindo do forno.

  • Bolinho de bacalhau (ou pastéis de bacalhau)

onde comer em lisboa bolinho de bacalhau pastel

Por Glen Berlin / Shutterstock

O que os brasileiros e o pessoal do Porto chamam de bolinho de bacalhau os lisboetas conhecem como pastel. Onde comer?

Bem, lá no centrão, na rua Augusta, tem a Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau, que vende pastéis de bacalhau com recheio de queijo da Serra da Estrela. Eu, pessoalmente, prefiro essas duas maravilhas portuguesas separadas, mas creio que sou voto vencido. De qualquer forma, com ou sem queijo no recheio, o bolinho de bacalhau da Casa é realmente delicioso. São 3,50 pela iguaria.

  • Frutos do Mar

onde comer em lisboa povo marisqueira

Por Natalia Mylova / Shutterstock

Polvo, camarão, sapateira (uma versão gigantesca do caranguejo), lula, etc. Um país tão próximo do mar só podia também ter uma culinária centrada nessas delícias. O melhor lugar para comer são as chamadas Marisqueiras.

No bairro Saldanha, a Mariscaria é uma opção moderna com preços justos. Já quem quer comer com uma vista do Tejo pode experimentar a 5 Oceanos, que tem uma explanada na beira do rio, aos pés da Ponte 25 de abril. Por fim, uma casa mais tradicional é a Marisqueira do Lis, que existe desde 1973 e é bastante frequentada por moradores locais. Fica fora do centro, próximo ao metrô Intendente.

Para quem quer um lugar com pratos para além dos frutos do mar, mas que também sirva opções maravilhosas com polvo, a dica é visitar é o Stacha, que fica no Bairro Alto. O restaurante é moderno, relativamente barato – pratos elegantes por menos de 10 euros – e com um ambiente agradável.

  • Tapas e petiscos portugueses

onde comer em lisboa tapas chouriço

Por Sopotnicki / Shutterstock

Caracóis, enchidos, queijos, iscas de fígado, ameijoas, ovos verdes… Os tapas e petiscos portugueses servem tanto a quem só quer acompanhar uma cervejinha (o imperial, em Lisboa) quanto para quem quer um jantar gostoso entre amigos.

Se você estiver na primeira categoria, minha sugestão é se perder pelo Bairro Alto ou Alfama e encontrar alguma portinha que te agrade. Uma dica é o Nova Tertulia Bar, na rua Diário de Notícias, que serve o chouriço fumegando, literalmente, na sua mesa.

Para quem prefere um jantar legal, a Venda Lusitana é um restaurante muito pequeno, que exige reserva. Fica na região da Av. Liberdade e inclui uma sequência de tapas que começa com queijos e os enchidos (alheira, chouriço, etc), seguindo por outros petiscos típicos, preparados com primor, até a sobremesa. É possível comprar os tapas individualmente ou entrar no menu degustação, que saí €38,50 para 4 pessoas. O serviço é impecável.

  • Churrascarias

onde comer em lisboa sardinha

Por Ulga / Shutterstock

Sardinhas e outros peixes, carne de porco ou de boi, franguinho assado na brasa. As churrascarias são uma ótima opção em Lisboa para quem quer comer bem e barato. Com várias delas espalhadas na cidade, vou indicar duas no Bairro Alto onde já estive e aprovei. Geralmente, servem a carne com batatas e arroz. Daqueles lugares para ir preparado para comer muito.

A Principe do Calhariz e a Casa da India são dois tradicionais, com comida farta e garçons muito antigos.

Outra opção fica no bairro Rato (do lado do metrô) – é o Rodas. Muito bom!

  • Tascas

onde comer em lisboa tasca

Feijoada portuguesa. Por Natalia Mylova / Shutterstock

As tradicionais tascas portuguesas são restaurantes simples, geralmente familiares, que servem uma combinação dos diversos pratos mencionados neste texto. Têm em comum o carinho com a comida, isso sem contar os preços para lá de justos e a fatura.

O Restaurante das Flores, na Baixa, é um bom exemplo. Assim como a Tasca do Vigário, em Alfama.

Já uma boa opção para quem está no bairro de Belém é O Carvoeiro. Foi indicação da minha amiga Raquel, que chegou lá graças as sardinhas fresquinhas sendo assadas na hora. Descobriu um restaurante familiar de qualidade em meio à zona turística. Vale a pena.

E a Tasca do Manel, no Bairro Alto, tem como especialidade da feijoada de javali.

  • Opções além da comida portuguesa

Na Rua Benformoso, no bairro Martin Moniz (vizinho de Alfama), ficam vários restaurantes chineses e indianos cujos donos vêm desses países. Basta escolher um. Outra opção muito legal por ali é a Associação Renovar a Mouraria, também dica da minha amiga Raquel. Lá, a cozinha é comandada por imigrantes, com todo dia a comida de um lugar do mundo.

Uma boa hamburgueria é a Honorato, que hoje conta com 6 lojas espalhadas na cidade.

Para uma pizza autêntica italiana sem sair de Portugal, vale experimentar a Retrogusto 84, no bairro Arroios. O local é bem pequeno e costuma lotar. Então chegue cedo.

E você, tem alguma dica de restaurante em Lisboa imperdível? Deixa para a gente nos comentários!


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.