Tags:
Atlas: Chiloé, Chile

Onde ficar em Chiloé: guia de cidades

Escolher onde ficar em Chiloé pode ser um quebra-cabeças se você não está familiarizado com o mapa e com a organização regional. O arquipélago é formado por cerca de 30 ilhas na Província de los Lagos, ao norte da Patagônia Chilena e perto da cidade continental de Puerto Montt. A principal ilha é a Grande de Chiloé, onde estão localizadas as duas maiores cidades, Castro e Ancud. Nelas, você encontrará a melhor estrutura urbana e uma maior oferta de hotéis e agências que oferecem passeios turísticos, por isso é interessante fazê-las de base para explorar o resto da ilha, em especial se você não estiver de carro e depender do transporte público.

Por falar nisso, as cidades e principais pontos turísticos de Chiloé estão conectadas por linhas de ônibus que saem de forma regular e há boas estradas para quem planeja dirigir, mas nem por isso o deslocamento entre elas é rápido ou prático, já que as distâncias na Ilha Grande não exatamente são diminutas (entre Castro e Ancud é preciso enfrentar uma hora de estrada) e, para passeios em outras ilhas, é preciso atravessar de balsa. Pense nisso na hora de reservar sua hospedagem em Chiloé e de organizar seu roteiro de viagem.

Vai viajar? O seguro de viagens é essencial em qualquer destino.  Entenda a razão e saiba como conseguir um seguro com o melhor custo/benefício e com desconto

Mapa de Chiloe

 

Guia de hospedagem em Chiloé

Castro

Onde ficar em Chiloé: Castro

O aeroporto de Mocupulli, a 20km de Castro, é o local de desembarque dos passageiros que chegam ao arquipélago por via aérea. Os ônibus que saem de Santiago e de Puerto Montt com destino a Chiloé também têm a rodoviária de Castro como parada final. Por sua localização central, boa infraestrutura, por ser a maior cidade da região e por possuir a maior oferta de hotéis de Chiloé, Castro é a escolha mais óbvia como base para explorar as ilhas.

É lá que também estão os bairros de palafitas coloridas que se tornaram um dos grandes cartões-postais de Chiloé. Algumas dessas casas funcionam hoje como hostels, pousadas e restaurantes. Castro também é uma boa base para percorrer as trilhas naturais do Parque Nacional Chiloé e do Parque Tantauco, bem como o percurso de Igrejas Históricas, outra forte marca da típica arquitetura local.

Encontre hotéis em Castro

Foi em Castro que eu me hospedei durante minha viagem pelo arquipélago. O lugar escolhido foi o hostel Backpacker Chiloé Sur, que possui um bom custo/benefício para quem busca algo econômico e aconchegante. O café da manhã regional está incluído na diária e os donos, super simpáticos, gostam de jantar com os hóspedes e bater um papo no fim do dia. Eles até mesmo prepararam um Navegado (parecido ao nosso quentão) e dividiram comigo. Fica a cinco minutos de caminhada da rodoviária e a outros cinco das palafitas. É a segunda pousada mais reservada pelo Booking em Castro.

Outra opção querida dos viajantes a Chiloé é a Hostal Plaza Chiloé, campeão de vendas local. Quem quiser ter a experiência de ser hospedar em uma casa de palafitas, por dar uma olhada na Palafito Waiwen.

Ancud

Quem vem por terra passa primeiro por Ancud ao entrar na Ilha Grande de Chiloé. O porto de desembarque da balsa que faz o trajeto entre continente e ilha fica a poucos quilômetros dali. Ancud é a maior cidade ao norte e também oferece grande opção de hospedagem e infraestrutura turística. É a melhor base para ver os pinguins na baía de Puñihuil e para o passeio de barco de observação de baleias (ambos apenas no verão).

A cidade também está mais próxima à baía de Caulín, habitat natural de dezenas de espécies de pássaros, o que rendeu ao local o apelido de “El Santuario de las Aves”. No final de janeiro, há em Caulín uma festa muito famosa que celebra os costumes da região. Outra atração importante nos arredores de Ancud é o vale do Chepu, considerada uma das paisagens mais bonitas de Chiloé. Se você tem a partir de quatro dias no arquipélago, uma estratégia interessante é dividir a hospedagem entre Ancud, para explorar o norte da ilha – em especial se você viaja no verão, época em que é possível observar os pinguins – , e Castro, para as atrações do centro e do sul. Com menos tempo, essa opção acaba se tornando muito corrida, sendo preferível concentrar os dias em Castro e arredores.

Encontre hotéis em Ancud

O campeão de vendas em Ancud é o Ancud Petit Hotel, seguido do Hospedaje El Calafate. Já os mochileiros costumam relatar uma estadia sensacional no Hostal Submarino Amarillo. Para uma experiência bem local, procure as Ecocabanas KimPiyan Chiloé.

Onde ficar em Chiloé: outras opções

Dalcahue é outra cidade com boa estrutura turística e urbana. Tem um mercado de artesanato famoso e diversas cocinerias que servem o melhor da comida de Chiloé, incluindo o tradicional Curanto. Como está a apenas 20km de Castro e pode ser visitada em um passeio bate-volta, não é uma escolha muito inteligente de hospedagem para quem não pretende dirigir, já que a rodoviária de Castro tem muito mais opções de transporte. Quem vai alugar um carro verá pouca diferença com relação à localização geográfica e pode optar por se hospedar em Dalcahue se o que busca é um lugar mais bucólico e afastado para passar um tempo. Veja os hotéis em Dalcahue no Booking.

Onde ficar em Chiloé: Outras opções

Achao é a única das quatro cidades listadas aqui que não está na Ilha Grande de Chiloé, mas na ilha de Quinchao. Também pode ser visitada desde Castro, a partir de um dos ônibus regulares que saem da rodoviária. Essa é uma alternativa mais isolada com relação ao transporte, já que para visitar outras partes do arquipélago será preciso fazer uma travessia de balsa e inevitavelmente passar por Castro. Como é rodeada de colinas verdes, está em frente a uma praia pouco movimentada e suas poucas opções de hospedagens são estilo cabana e hotéis boutique, é uma opção para quem busca um refúgio tranquilo e relativo isolamento. Por ali, o Cabañas de Petra é sucesso absoluto entre casais em busca de um retiro romântico.

Encontre hotéis em Achao

Seguindo a mesma linha de hospedagens em locais bucólicos, com muitos campos verdes e fazendas de ovelhas ao redor, Chiloé tem outras vilas ainda menores e mais isoladas. Muitas delas oferecem hospedagem familiar e rural, o que dá ao visitante uma experiência autêntica do que é o dia a dia comum dos camponeses da ilha. Veja todos os hotéis em Chiloé no Booking.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “Onde ficar em Chiloé: guia de cidades

  1. Gostei muito ..
    Me add pra saber mais através de vc ..
    Gostamos de viajar de moto .
    Saímos do Brasil a 1 mês ( eu e o esposo ), e passando por Uruguai e Argentina .. Estamos percorrendo todo o Chile de norte a sul .. Lugares mais conhecidos .
    Hj estamos em Puerto Montt e localizei vc nos comentários buscado sugestões pra visitar Chiloe . Nosso próximo destino antes de subir pra Barioche, os lagos argentinos e iniciar aí o retorno a nossa casa no Guaruja .
    Em maio estamos programando explorar um pouco da Europa ( 3 países ), de moto alugada lá .
    Iniciarei pesquisa em breve 😉.
    Desde já agradeço as descrições da sua experiência e dicas que aproveitarei 😘

    1. Oi Rosângela,

      Que bacana sua viagem! Parece muito legal! Espero que meu texto de ajude bastante. Depois volte para contar o que achou! Qualquer dúvida, estou à disposição!

      Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.