BusTour, o ônibus turístico entre Gramado e Canela

Sabe aqueles ônibus turísticos vermelhos, de dois andares e com o segundo andar com parte do teto aberto, de forma a permitir que os passageiros possam observar e tirar fotos de tudo, sem obstáculos? Nunca gostei desses ônibus.

Não tenho nada contra quem gosta e entendo as razões dessas pessoas, mas sempre achei este tipo de tour um gasto desnecessário de grana e uma economia desnecessária de pé. Quando viajo, gosto de caminhar. Percorro distâncias que moradores da própria cidade julgariam intransponíveis. Para mim, não há forma melhor de conhecer uma cidade. E se a distância é muito grande, inviável até para quem está acostumado com o “ali de mineiro”, aí minha saída é simples e igualmente econômica – transporte público.

Veja também: Por que o ônibus Hop-on Hop-off costuma ser uma furada

Toda essa introdução é para dizer que usei o Hop-On Hop-Off de Gramado e Canela, no Rio Grande do Sul. E por mais que eu continue com todas as opiniões acima, acho que o serviço é uma boa opção para se locomover entre essas cidades.

Ônibus Turístico Gramado Canela

Gramado e Canela são cidades irmãs, separadas por apenas sete quilômetros de rodovia, via Avenida das Hortênsias. O problema é que muitas das atrações da região estão espalhadas – há lugares interessantes em Gramado, em Canela e no meio do caminho entre as cidades.

Quem vai de carro não enfrenta dificuldades. Basta deixá-lo parado quando for percorrer as atrações dos centrinhos das duas cidades e pegar o volante quando o roteiro incluir atrações mais distantes, como o Snowland e o Parque Estadual do Caracol. Por falar nisso, se você resolver alugar um carro em Porto Alegre – eu fiz isso em uma ocasião – nesse texto aqui explicamos como garantir a diária do veículo com melhor custo/benefício.

Cascata do Caracol, Gramado

Cascata do Caracol, em Canela

Se você não estiver de carro, aí a situação fica mais complicada. Há uma linha de ônibus comum entre as duas cidades. Basta ir até a rodoviária e pagar a passagem, que custa R$ 3, e entrar no veículo. Há uma saída a cada 20 minutos durante boa parte do dia, mas depois que anoitece a freqüência cai.

O problema é que essa linha, embora ligue as duas cidades e te permita conhecer todas as atrações que ficam no meio do caminho, não alcança atrações mais distantes. Os ônibus que fazem estes trechos são mais raros e a frequência é bem menor. Por exemplo, o ônibus que vai ao Parque Estadual do Caracol sai da rodoviária de Canela, mas tem apenas duas saídas diárias.

Percebeu como o Hop-On Hop-Off se torna a melhor alternativa? O serviço, lançado em 2013, facilitou a vida do turista que visita Gramado e Canela sem carro. São quatro ônibus turísticos, que circulam entre as duas cidades todos os dias, entre 8h15 e 18h30. Há paradas em 37 atrações da região, inclusive as mais distantes e que não são atendidas pela principal linha de ônibus urbanos, como o Snowland, os Cristais de Gramado, o Parque Vale dos Dinossauros, a Cascata do Caracol e os Bondinhos Aéreos.

Veja também: Onde ficar em Gramado

Gramado, Rio Grande do Sul

Snowland, em Gramado

Você compra o ticket (pode ser feito online, nas bilheterias ou até mesmo dentro do veículo), entra no ônibus em qualquer ponto e pode descer em qualquer parada. Assim que sair da atração que te interessou, basta voltar ao ponto e entrar no veículo seguinte. Todos os passageiros ganham um mapa da linha e um quadro de horários, que ajuda na organização. Além disso, nos pontos do ônibus também há a indicação dos horários da linha.

Como é tradicional no Hop-On Hop-Off, o sistema de áudio do veículo conta um pouco da história da região e fala sobre cada uma das atrações. Além disso, uma pessoa da empresa fica dentro do ônibus, para ajudar na entrada, conferir tickets e dar informações sobre os atrativos da próxima parada. O ingresso do ônibus turístico dá descontos ou brindes na entrada de algumas atrações.

Ônibus turístico entre Gramado e Canela

Ônibus turístico Gramado e Canela: informações práticas

A passagem do BusTour custa R$ 69 por pessoa. Fica mais barato se você comprar o ticket para mais dias: R$ 109 para dois dias e R$ 139 para três dias. O passaporte não precisa ser usado em dias consecutivos – você pode usá-lo dentro de um período de oito dias a partir da data da compra.

Outro passe interessante é o Família, que custa R$159 e permite a entrada de um casal + um filho de até 12 anos. Há uma taxa extra de R$ 59 por crianças a mais ou com mais de 12 anos. Confira a rota, os horários dos ônibus e compre seu ingresso online no site oficial.

O ônibus leva três horas para percorrer as mais de 30 paradas e voltar ao ponto inicial. Como você provavelmente vai descer do veículo, o ideal é começar o passeio cedo, no início da manhã, para ter tempo de fazer todas as paradas que desejar. Sugiro paradas em atrações como o Mini Mundo, o Lago Negro e o Reino do Chocolate, ainda na parte da manhã. Não é preciso mais que 40 minutos em cada um desses lugares, o que torna possível que você pegue o próximo ônibus.

mino mundo gramado

Mini Mundo, Gramado

Depois, uma parada em Canela, de preferência na hora do almoço, que pode ser seguida por um pit stop estratégico no Parque do Caracol e nos Bondinhos Aéreos. E ainda há muitas atrações, que você pode encaixar no roteiro conforme sua preferência e disponibilidade. O Snowland é o único complicador, já que o passeio no parque de neve costuma demorar e pode fazer com que você não consiga fazer mais paradas ao longo do percurso do ônibus.

Você já foi em Gramado e Canela? Quais são suas atrações favoritas nas cidades? Deixe a dica para os próximos viajantes.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

6 comentários sobre o texto “BusTour, o ônibus turístico entre Gramado e Canela

  1. Muito úteis suas dicas rafael!!vou tentar unir os locais de acesso mais difícil para quem está a pé em gramado!como lago negro,parque do caracol e bondinhos aéreos !!obrigada pelas dicas!os cristais e o parque dos dinossauros valem a pena???

  2. Lá em Curitiba ,eu usei Hop-On Hop-Off e gostei.Eu imagino que não seria tão fácil se locomover,como é no Rio.Eu que sou uma criança adulta,amei o segundo andar do veículo sem teto,batia um vento maravilhoso! Deu para visualizar algumas atrações de dentro do onibus e decidir se valia a pena descer.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.