fbpx

Serra da Estrela, Portugal: guia completo de viagem

A Serra da Estrela é um Parque Nacional Português onde fica o ponto mais alto do país na parte continental. O local é famoso pelo queijo da Serra e também pelo fato de que esse é o local onde neva em Portugal, sendo possível até esquiar.

Mas essas montanhas tem muito mais atrações do que a neve, então esse post é um grande guia sobre o que fazer na Serra da Estrela: como ir, qual a melhor época e como ver a neve, quais cidades visitar, como montar o seu roteiro, e várias outras dicas!

Qual a melhor época para visitar a Serra da Estrela

Se você está na dúvida de quando ir para a Serra da Estrela, a resposta é: depende do objetivo do seu passeio. A Serra tem atrações e belezas naturais para qualquer época do ano, mas por conta do clima de montanha, o que fazer por lá em cada mês varia bastante.

Segue um pequeno guia da Serra da Estrela, mês a mês:

Serra da Estrela no Inverno: dezembro, janeiro, fevereiro e março

Serra da Estrela de Portugal

Do final de Dezembro a Março é quando costuma nevar na Serra da Estrela. E faz muito frio, com temperaturas perto do 0º. Mas tenha em mente que por mais que faça frio, muitas vezes você não vai ver a neve caindo. É porque isso varia bastante a cada ano. As vezes, você só vai ver o gelo na beira da estrada.

De qualquer forma, na Torre, que fica a 1383 metros de altitude, onde fica a Estação de Esqui, eles produzem neve artificial. De forma que mesmo que você não encontre o cenário das montanhas todo branquinho, ainda será possível ver e brincar na neve.

Não se esqueça que Seguro Viagem é obrigatório em Portugal e bastante necessário caso você pretenda fazer esportes de aventura. Veja opções de seguro por um excelente preço e com desconto de até 20%:

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*

Serra da Estrela no Outono: meados setembro a dezembro

belmonte serra da estrela estrada

Nos meses de outono, a Serra da Estrela adquire aquela coloração linda da época, com tons avermelhados nas árvores. As fotos nessa época são particularmente especiais. Até outubro, ainda é uma boa época para fazer caminhadas, porque as chuvas ainda são esparsas e não está nem muito quente, e nem muito frio.

Na minha opinião, essa é uma boa época para quem visitar as aldeias de xisto no seu momento mais “romântico”.

Serra da Estrela na Primavera e Verão: de abril a setembro

trilhas serra da estrela no verão

Esse é um período de temperaturas amenas, mesmo quando faz calor, é bom levar um casaquinho para a noite. Posso soar repetitiva, mas as paisagens são sempre lindas, não importa a época do ano.

Também é uma época boa para fazer caminhadas. E é o período para aproveitar as diversas praias fluviais, fazer picnics, etc.

Saiba mais: 7 coisas para fazer na Serra da Estrela no verão e primavera

Onde fica a Serra e distâncias de outras cidades

A Serra da Estrela fica no centro de Portugal, perto da fronteira da Espanha. Seu ponto mais alto está em Torre, com 1993 metros de altitude.

Como você pode ver pelo mapa acima, toda a serra está dividida entre seis municípios: Guarda, Manteigas, Gouveia, Seia, Celorico da Beira e Covilhã. Nessas áreas, ficam diversas aldeias e vilas menores.

Distâncias da Serra para as Principais cidades portuguesas:

  • De Porto a Torre: 193 km (cerca de 2h30)
  • De Coimbra a Torre: 121 km (cerca de 2 horas)
  • De Lisboa a Torre: 298 km (cerca de 3h15)
  • De Covilhã a Torre: 20 km (cerca de meia hora)
  • De Guarda a Torre: 62km (cerca de 1 hora)

Como ir para a Serra da Estrela?

De carro

Para chegar na Serra da Estrela, a melhor ideia, sem dúvida, é ir de carro. Isso porque o transporte público entre as cidades menores é praticamente inexistente

Logo, com o carro você terá liberdade para fazer seu roteiro e conhecer os locais mais remotos, aldeias menores. etc.

Dito isso, vale falar que as estradas da Serra não são exatamente fáceis: muito estreitas, muitas curvas e com algum risco de ter gelo no inverno. Avise na hora de pegar o carro que pretende ir a Serra e a locadora providenciará o equipamento, se necessário.

Um ponto positivo é que todo o trajeto é maravilhoso, dá vontade de parar a cada 5 minutos para tirar fotos.

De trem ou ônibus

É possível chegar em Guarda, Celórico da Beira e Covilhã facilmente de trem, pela Comboios de Portugal (CP). Os trens intercidades (mais rápidos) e regionais (mais lentos) fazem os trajetos, partindo das principais cidades portuguesas.

Também dá para chegar nas mesmas cidades de ônibus/autocarro, pela Rede Expressos. A empresa também leva até Seia, Gouveia, Belmonte (Ginjal) e Loriga.

O problema é que a partir dessas cidades, será necessário pegar um táxi para chegar em qualquer outro ponto da Serra da Estrela. Isso dificulta bastante para quem pretende fazer passeios de mais dias.

Passeio contratado

Algumas empresas fazem passeios de um dia ou mais para a Serra da Estrela, partindo de Porto ou Lisboa. Você pode conferir as opções aqui ou no banner abaixo:

Dicas de hotéis na Serra da Estrela

Em primeiro lugar, recomendo que você leia o post completo que fizemos sobre onde ficar na Serra da Estrela!

Depois de muita pesquisa, concluí que a melhor cidade para realmente experimentar a Serra da Estrela é Manteigas. Isso porque a cidade fica bem no meio da Serra, na beira do Vale Glaciar do Zêzere. A estrutura turística é boa, com hotéis, restaurantes e lojinhas de produtos típicos, mas sem perder aquela cara de cidade pequena portuguesa tradicional. Para quem quer fazer trilhas, dali partem várias.

Por lá eu recomendo:

Se você vai sem carro, eu recomendaria ficar nas cidades maiores, Covilhã (veja os melhores hotéis) ou Guarda (cheque as acomodações), que ficam na beira da Serra e tem mais acesso a transporte público para o resto dos lugares, além de ser mais fácil chegar ali de ônibus ou trem, partindo do resto de Portugal.

Por fim, quem quer ficar numa aldeia típica, encontra boas opções de hotéis em Belmonte ou hospedagem em Piódão (foto abaixo).

aldeia historica piodao portugal praça

Quais cidades visitar na Serra da Estrela?

Como já disse no tópico anterior, as maiores cidades da Serra da Estrela são Covilhã e Guarda. As duas têm mais estrutura para tudo, e também têm centros históricos fofinhos – e são os locais mais fáceis para chegar de transporte público.

Manteigas é bem menor, mas fica bem no meio da Serra, o que amplifica a sensação de estar entre as montanhas. E dali é fácil chegar a várias atrações, como Torre e a estação de esqui, as trilhas e cachoeiras, e claro, o Vale do Glaciar do Zêzere.

Seia é uma cidade que você vai passar para subir a Serra. Lá ficam o Museu do Pão e o Centro de Interpretação da Serra da Estrela.

Sabugueiro é uma pequena vila, a mais alta de Portugal, que fica a 1051 metros de altitude, bem pertinho de Seia. Ali você encontra duas atrações muito famosas da região: o queijo (na verdade, o queijo você encontra em qualquer lugar, mas tem uma concentração de lojas ali) e os Cães da Serra, ou Estrela Mountain Dog, uns cachorrinhos bem peludinhos e fofos, típicos dessa região.

Ali em volta, como em Manteigas, tem uma cachoeira, a cascata de Ferverença, e o vale glaciar Covão do Urso.

Serra-da-Estrela-Portugal-linhares

Aldeias da Serra da Estrela

Escrevi um post só sobre as Aldeias Históricas de Portugal, um conjunto de 12 vilas típicas com construções de pedra. Na Serra da Estrela e arredores ficam Linhares da Beira (foto acima), Belmonte (onde nasceu Pedro Álvares Cabral) e Piodão – que na verdade fica entre a Serra da Estrela e a Serra do Açor.

Além disso, Folgosinho (foto abaixo) também é um vila minúscula de pedra, com um pequeno castelo e vistas para a Serra. Ela é um exemplo que existem diversas outras aldeias que não fazem parte da rede, mas que oferecem essa bela paisagem de uma vila de pedras.

Todos esses lugares são charmosos, mas até mesmo pela preservação, tem pouca estrutura turística, ou seja, no máximo um ou dois restaurantes. Em Linhares e Folgosinho, aliás, são restaurantes estrelados e famosos pelas comidas típicas e poucas opções de hospedagem.

O que fazer na Serra da Estrela, Portugal

Além de conhecer as cidades listadas aí em cima, você pode conhecer algumas atrações e fazer programas na Serra mesmo.

Torre

Esse é o ponto mais alto de Portugal. E para marcá-lo eles fizeram essas construções engraçadas aqui, ó:

Serra-da-Estrela-Portugal-torreSerra-da-Estrela-Portugal-torre

É lá que fica a estação de esqui – descubra como esquiar em Portugal. No inverno é muito legal. No verão, não dá para fazer nenhuma atividade, mas ainda tem a vista maravilhosa.

Outra vista maravilhosa é o caminho de Manteigas até a Torre. Qualquer guia ou post que você achar sobre a Serra da Estrela vai te dizer isso. São 16 km de uma estradinha beirando o Vale Glaciar, montanhas com picos nevados e lagos no meio das montanhas.

Serra-da-Estrela-Portugal-Torre-neve

serra da estrela no verão vista

Vales Glaciares

Eu já falei a palavra glaciar umas 20 vezes neste post, mas não expliquei o que é: basicamente, parte da neve que tem no alto das montanhas da Serra da Estrela é um acumulo de milhares de anos. E o derretimento e congelamento disso, ao longo dos anos, formam vales com uma geografia muito peculiar.

Serra da Estrela de Portugal - Vale Zererê

O rio Zêrere, que nasce nas montanhas, corre por esse antigo vale glaciar. Mas ele não é o único, há também os Vales Alforfa, Loriga, Covão Grande e Covão do Urso.

Praias fluviais e Lagoas

Três dos principais rios de Portugal: o rio Mondego, o rio Zêzere e o rio Alva, nascem na serra da Estrela. Além disso, há os vales glaciares e uma rota de 25 lagoas. Com isso, esse também é um excelente destino para quem quer ficar perto da água, seja em praias de água doce ou cachoeiras.

Por exemplo, a Lagoa Comprida é a maior das lagoas no alto da Serra. Fica no distrito de Seia. É uma lagoa que tem origem glaciar e hoje é o maior reservatório de água na região.

erra-da-Estrela-Portugal-Lagolagoa comprida roteiros serra da estrela

Lagoa Comprida no inverno e no verão

Se você quer ideias de quais praias fluviais conhecer, tenho algumas. Por exemplo, a Praia Fluvial de Loriga (localização no mapa) é tida como uma das mais bonitas de Portugal. Bem no meio da Serra da Estrela, a 1400 metros de altitude, você encontra a represa do Vale do Rossim (mapa). Para quem quer estar entre as árvores, há opções como a Lapa dos Dinheiros (mapa) ou Vila Cova à Coelheira.

Por fim, para ver cascatas ou cachoeiras, o Poço da Broca e o Poço do Inferno são boas opções, até mesmo para quem vai no inverno: a paisagem é linda!

Trilhas e caminhadas pela Serra da Estrela

Serra-da-Estrela-Portugal-estrada-2

Muitas das atrações naturais que eu citei, além de cachoeiras e fauna e flora típicas, podem ser vistas por meio das várias trilhas demarcadas para caminhada ou mountain bike.

Há dois bons sites para encontrar mais informações sobre os percursos: o Manteigas Trilhas Verdes, organizado pela prefeitura da cidade, que tem a indicação de 16 rotas. E o Centro de Interpretação da Serra da Estrela também dá três opções de caminhadas.

Algumas trilhas famosas, além das que já citei no tópico sobre os Glaciares, são: a Rota do Javali, Rota do Sol, Rota do Corredor de MourosRota da Caniça.

Rota do Vinho Dão

Os arredores da Serra da Estrela compreendem a região demarcada do vinho Dão. Isso significa que você pode seguir por mais de uma opção de rota do vinho. O site Rota dos Vinhos Dão apresenta 5 ideias de roteiros, passando por diferentes quintas (ou seja, as vinícolas), onde você pode fazer a prova de vinhos.

Segue abaixo também algumas sugestões de hotéis / quintas voltadas para o enoturismo na região da Serra da Estrela:


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

283 comentários sobre o texto “Serra da Estrela, Portugal: guia completo de viagem

  1. olá, tudo bem? em julho/2020 farei uma viagem de carro pela Serra da Estrela de 3 ou 4 dias. Você pode me ajudar com uma sequencia de cidades a visitar? Não quero fazer uma visita microscópica, mas dar uma passada geral por várias aldeias.

    1. Oi Ezequiel,

      Não há uma ordem certa de cidades, depende de onde você vai partir. Você pode abrir no Google Maps e ver quais aldeias ficam no seu caminho.

    2. pensei deste jeito:SEIA – GOUVEIA – VISEU – CASTELO RODRIGO – CELORICO DA BEIRA – GUARDA – BELMONTE – MANTEIGAS E POÇO DO INFERNO – SABUGUEIRO – CABEÇA – LORIGA – ALVOCO DA SERRA – VASCO ESTEVES DE CIMA – COVILHÃ.
      Fica bom assim?

      1. Oi Ezequiel,

        Os lugares que você quer visitar estão ótimos. O problema é que essa ordem não faz o menor sentido. Você chegou a ver essa localização das cidades no Google Maps?

        Você precisa escolher uma base, por exemplo Manteigas, Guarda ou Covilhã e planejar seus bate-voltas a partir disso. E também ver quais cidades você passa na ida e na volta para o lugar de onde saiu (como Lisboa, Porto ou Coimbra).

        1. Obrigado por responder. Sim, você está certa, depois que mandei a mensagem que percebi o erro. Eu partiria de Viseu e contornaria a Serra da Estrela por cima, mas visitaria as principais vilas ou cidades da região central também. Sobre google maps, segui tuas dicas, ajudou bastante. Nessa minha lista Viseu ficou totalmente estranha no meio das cidades citadas. Obrigado.

  2. Oi, Luísa! Parabéns pelo post, me tirou muitas dúvidas. Só queria te perguntar mais uma coisa, para visitar a estação de ski tem que necessariamente fazer uma trilha ou existe outro meio de acesso?

  3. Oi Luiza, temos 1 dia para aproveitar o parque da Serra da Estrela. Ja temos Hotel em Lamego e Avis. Estaremos de carro alugado e iremos no fim de abril. Nos sugeriram 2 percursos para serra. Um passa por Seia e o outro por Manteigas. Qual percurso tem as melhores paisagens? Nesta época é muito frio? Quantas horas de viagem leva este percurso? Agradeço qualquer dica!!

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.