Tags:
Atlas: Barcelona, Espanha

Visita à Sagrada Família, Barcelona

Algumas coisas na vida são difíceis de descrever. A arquitetura do Temple Expiatori de la Sagrada Família, ou apenas Sagrada Família, para os íntimos, é uma delas. Sem dúvidas o canto mais famoso da cidade catalã, a igreja idealizada pelo arquiteto Antoni Gaudí conquistou espaço ao lado dos outros grandes ícones do turismo europeu, como a Torre Eiffel, o Big Ben e o Muro de Berlim. E esse prestígio todo veio mesmo antes da Sagrada Família ser concluída. Gaudí morreu em 1926, aos 73 anos, atropelado por um bonde, e jamais viu sua obra-prima terminada. E sabe-se lá se nós um dia a veremos.

É que, embora a construção tenha começado lááá em 1882, o fim das obras está a perder de vista. Existem previsões de que ela estará prontinha por volta de 2026 (144 anos depois!), mas as datas ainda são incertas e já foram adiadas inúmeras vezes, pois dependem de doações e de estudos aprofundados para que a igreja saia bem do jeito que o mestre gostaria.

Sagrada Família, Barcelona

Quando concluída, a Sagrada Família será a igreja católica mais alta do mundo, com 18 torres que representam cada um dos apóstolos, os quatro evangelistas, Maria e Jesus. No entanto, mesmo com torres e detalhes faltando e tapumes e redes de proteção embaçando a vista, a visita à Sagrada Família de Barcelona ainda é uma experiência única.

Os detalhes, cores e contornos se destacam contra o céu da cidade e impressionam mesmo quem passa de longe. Quem resolve dedicar umas horinhas para conhecer o interior, então, provavelmente sai de lá pensando que essa é a igreja mais diferente que já viu na vida.

Fachada da Sagrada Família de Barcelona

Leia também:
Um tour pela Barcelona de Gaudí
Onde ficar em Barcelona: melhores bairros

As três fachadas, que representam a Natividade, a Paixão e a Glória, e o interior da Igreja, amplo e cavernoso, exibem passagens bíblicas e ensinamentos cristãos. A forte presença de elementos que representam a natureza e a cultura catalã, marcas registradas de Gaudí, ajuda a formar a aparência peculiar da construção.

O interessante é que, apesar de ser toda diferentona e original, a igreja foi construída em cima de um projeto neogótico que era tocado por outros dois arquitetos. Quando assumiu a obra, Gaudí logo viu a cabeça borbulhar de ideias e idealizou algo completamente inovador.

Interior da Sagrada Família, Barcelona

Altar da Sagrada Família de Barcelona

Ele passou 40 anos trabalhando na igreja e chegou a construir uma casinha para si ao lado dela, tamanha era sua dedicação. Com o passar dos anos e do lento avanço das obras, ele se conformou que jamais veria seu projeto pronto. “Não há que lamentar que eu não possa terminar o templo. Ficarei velho, mas outros virão detrás de mim. O que há que conservar sempre é o espírito da obra, mas sua vida deve depender das gerações que lhe transmitam e com as que a vivam e a encarnem”, disse ele uma vez. Coitado, só acho que ele não pensou que partiria de forma tão trágica.

Sagrada Família, Igreja de Barcelona

Quando morreu, a continuidade da obra ficou ameaçada. Nessa altura, apenas a fachada da Natividade – a parte frontal da igreja – estava concluída e ele não deixou muitos esboços e planos de seu trabalho, uma vez que seu estilo era improvisar conforme a construção avançasse.

Quando a Guerra Civil Espanhola estourou e os poucos desenhos e esboços dele foram destruídos num ataque, a situação se tornou mais complicada. Ai, só restaram duas alternativas: deixar a Igreja do jeito que ela estava ou criar um novo projeto que fosse fiel aos princípios e ideias de Gaudí. A construção ficou parada nesse período e só foi retomada em 1944. Nesse link aqui você pode ver como a Sagrada Família vai ficar quando for concluída.

Detalhes da Sagrada Família, Barcelona

Colagem Sagrada Família, Barcelona

Sagrada Família, Barcelona: Como visitar

Carrer de Mallorca, 401. Metrô: Sagrada Família.

A Sagrada Família é o monumento mais visitado da Espanha, chegando a receber até 10 mil pessoas por dia em alta temporada. Por isso, um pouco de planejamento é importante se você pretende evitar filas quilométricas. Quando eu fui, passei cerca de uma hora em uma fila que dava volta em torno das grades da Igreja. Uma boa maneira de evitar esse tipo de problema é comprando os tickets antecipadamente pela internet. É possível comprar seu ingresso nesse site.

Torres da Sagrada Família, Barcelona

O ingresso avulso para a basílica e para as torres, sem guia, comprado na hora, custa 19.50 euros. Já o tour guiado (torres inclusas) custa 35 euros. Mas, de acordo com a minha mãe, que subiu, não vale tanto a pena subir pelo preço pago, pois as janelas são pequenas e não dá para ver a vista direito. Aqui a gente tem um post sobre os melhores lugares para ver Barcelona do alto.

Se você decidir ir sem guia, recomendo que leia um pouco sobre a história e a simbologia da igreja antes, para que a visita seja mais rica. É que cada um dos elementos internos e externos tem uma história para contar.

A Sagrada Família está aberta todos os dias. Funciona das 9h às 18 entre novembro e fevereiro; das 9h às 20h de abril a setembro e das 9h às 19h em outubro e março. As torres fecham 30 minutos antes do horário de encerramento.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 comentários sobre o texto “Visita à Sagrada Família, Barcelona

  1. A Sagrada Família é linda! Um dos lugares mais bonitos que visitamos na Espanha. Passeio imperdível para quem estiver indo para lá. Subimos em uma das torres e valeu muito a pena.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.