Tags:
Atlas: San Salvador, El Salvador

San Salvador: o que fazer em dois dias na capital de El Salvador

Se você vai passar por El Salvador, San Salvador será uma parada quase que obrigatória no seu roteiro. É ali perto que fica o principal aeroporto internacional do país. Os ônibus que vão e vêm de outros países da América Central têm na capital seu ponto de parada e a posição estratégica da cidade permite que você explore as principais atrações turísticas de El Salvador com um bate-volta, sem nem mesmo precisar de outra base se você não quiser, o que é uma baita vantagem. A boa notícia é que não há como não se surpreender com San Salvador. Apesar do que dizem as más línguas, você vai descobrir uma cidade rica em história e gastronomia, com um povo alegre e simpático e com muita vontade de receber bem quem os visita – e vai encontrar poucos motivos para se preocupar.

Se você ainda tem dúvidas, veja nosso texto sobre segurança em El Salvador.

Dia 1 – O Centro Histórico e o vulcão San Salvador

Comece o dia com uma visita pelo centro da cidade, com seus mais de 400 prédios históricos. A região passou por uma reforma recente e está tinindo de novo, toda revitalizada e com mais segurança que nos idos de antigamente – o que não é motivo para descuidar da carteira por aqui. É o centro de uma grande cidade, afinal.

Cheias de vida, as ruas do centro histórico são tomadas por vendedores ambulantes que negociam de produtos falsificados a frutas típicas do país e comida de rua, sempre ao som de um reggeaton que parece tocar de algum alto-falante invisível. Uma vitalidade que eu não encontrei em nenhuma outra capital centro-americana por onde passei.

Onde ficar em San Salvador

Por ali, dê uma olhada na bela Catedral Metropolitana, nos coloridos vitrais da Igreja do Rosário, no emblemático Palácio Nacional e no Teatro Nacional, um bonito edifício de estilo renascentista francês que foi declarado monumento nacional em 1979. Aproveite para passar também pelo Mercado de Artesanías e pelo Mercado Municipal de Antiguo Cuscatlán. Dali, passe pelo Monumento a la Memoria y la Verdad, que fica dentro do Parque Cuscatlán, próximo ao centro, e que relembra as 25 mil vítimas da guerra civil salvadorenha. Depois, aproveite para ver a cidade do alto, desde o Mirador del Águila.

De tarde, vá até o Parque Nacional El Boquerón, onde fica a cratera do vulcão San Salvador, com 1,5 km de diâmetro e 1890 metros de altura. Esse vulcão tem a curiosidade de ter outra cratera menor dentro dele, com 120 metros de diâmetro. Para vê-la é preciso enfrentar uma pequena trilha de 1,2 km até um dos mirantes do parque. Guarde seu fôlego porque, apesar de ser pequena e de nível de dificuldade fácil, a trilha é formada por muitas escadas.

Quem tiver mais dias e gostar de aventuras pode deixar para fazer esse passeio em um dia inteiro, pois o parque oferece outras trilhas mais longas e com diferentes níveis de dificuldade. Depois de apreciar a vista da cratera, relaxe em um dos restaurantes que fazem parte da rota gastronômica de El Boquerón, como o Café San Cristobál. Se tiver tempo, aproveite o fim de tarde para dar uma volta pela cidade de Santa Tecla, que está aos pés do vulcão.

Recomendo que, para fazer os traslados entre as atrações, utilize o Uber ou o transporte público da cidade.

Dia 2 –  Visite a Puerta del Diablo ou relaxe nas areias de El Tunco

Um ônibus publico saindo do centro de San Salvador te deixa na Puerta del Diablo, um dos pontos mais altos do país. Localizada no município de Panchimalco, a Puerta é uma fenda formada por dois penhascos na montanha El Chulo. Ali, é possível fazer algumas trilhas que levam até mirantes que permitem ver San Salvador, o Oceano Pacífico, o Lago de Llopango e até o Vulcão de San Vicente. O lugar é cercado de mitos e lendas, entre elas a de que o diabo tentou seduzir uma jovem. Quando a família da moça foi confrontar o coisa ruim, ele rachou o penhasco e fugiu. Nos domingos, o lugar oferta também atividades de aventura, como rapel e tirolesa. Há barracas de comida para almoçar por ali.

Uma alternativa a esse passeio é visitar as praias de El Tunco e El Sunzal durante o dia, que estão uma ao lado da outra. Lá também se chega de ônibus público, saindo do Terminal Occidente a cada meia hora – custa 1,50 dólares. A viagem demora cerca de uma hora desde a capital. El Tunco é mais hippie, mochileira, e El Sunzal é um pouco menos badalada, mas também bem bonita.

El Sunzal, praia em El Salvador

Seja qual for sua decisão para o dia, retorne para San Salvador no fim da tarde e visite um pupusódromo para provar o prato nacional do país, as pupusas. O melhor, dizem, é o de Olucuita, cidadezinha que fica entre San Salvador e o aeroporto, mas também há um no Parque Balboa, dentro da cidade.

Embora as pupusas sejam servidas em basicamente todos os restaurantes salvadorenhos no café da manhã e no jantar, ir a um pupusódromo e ver dezenas e dezenas de barracas de pupusas vendendo para famílias que fazem dessa uma atividade regular nos fins de semanas é uma experiência diferente.

Caso você tenha mais dias: bate-voltas partindo de San Salvador

Se você tiver a chance de passar mais tempo em San Salvador, considere utilizar a cidade de base para outras viagens de bate-volta pelo país. Entre elas estão as ruínas arqueológicas da Rota Maia, formadas pelos parques de Jóya de Céren, San Andrés e Tazumal, uma excursão ao Lago Coatepeque, a Ruta de las Flores, que envolve paradas em diversas cidedezinhas nas montanhas e fazendas de café, além de uma visita à cidade colonial de Suchitoto. Veja mais em 6 lugares para visitar em El Salvador.

Viagem a San Salvador: Onde ficar

Os bairros Zona Rosa e El Escalón são consideradas algumas das melhores regiões onde se hospedar em San Salvador. Você encontra diversas opções de hotéis para todos os bolsos aqui. Para quem procura hospedagem econômica, indico o Hostel Café San Andrés, que, apesar do nome, é mais uma pousadinha familiar aconchegante, barata e honesta, com diárias de 20 dólares pelo quarto duplo.

E não deixe de contratar um seguro de viagem para sua estadia em El Salvador e pela América Central. Veja aqui como conseguir as melhores cotações de seguro com um desconto exclusivo para leitores do 360meridianos.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.