Tags:

Seguros de viagem e pandemia: viajar com cobertura contra a Covid-19

Vale a pena contratar um seguro de viagem na pandemia? Um ano após o surgimento dos primeiros casos de COVID-19, o turismo segue sendo um dos mercados mais afetados pela crise. Embora ainda exista um receio enorme e justificável por parte de muita gente, alguns países já reabriram suas fronteiras e os viajantes ensaiam uma tímida retomada das viagens que foram adiadas no início de 2020.

As seguradoras são obrigadas a cobrir os gastos com COVID-19?

Item essencial na check list de qualquer viagem, o seguro de viagem se torna ainda mais importante durante a pandemia, tanto para quem viaja por necessidade quanto por escolha. Mas se você se encaixa em algum dos dois casos, saiba que, em geral, as apólices de seguro incluem uma cláusula que desobriga as seguradoras de cobrir ou ressarcir os gastos hospitalares causados por uma pandemia.

A princípio, as empresas só são obrigadas a cobrir despesas hospitalares até a confirmação de que o paciente está mesmo com a doença. A partir daí, qualquer gasto ficaria a cargo do cliente.

Apesar disso, algumas empresas já se adaptaram à nova realidade e revisaram seus contratos para garantir que os clientes não fiquem desamparados longe de casa. Em alguns casos, foram criados planos específicos que incluem todo o tratamento contra a doença provocada pelo novo coronavírus durante viagens. Outras empresas preferiram incluir a cláusula em todas as suas modalidades de seguro. O importante é ler bem todo o documento antes de contratar para não ter surpresas desagradáveis durante a viagem.

Coronavírus e viagens: guia completo

Seguradoras com cobertura contra COVID-19 durante a pandemia

Abaixo, listamos as empresas que já alteraram seus contratos para se adaptar ao coronavírus.

Seguro Viagem: Seguros Internacionais
AC 35 MUNDO (Exceto EUA) AC 35 MUNDO (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 17/dia*
APRIL 30 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) APRIL 30 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica USD 30.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 24/dia*

ITA

Cobre tratamento de casos confirmados de COVID-19 e qualquer cuidado médico necessário que esteja de acordo com protocolos internacionais e regras de saúde locais. Saiba mais sobre essa seguradora.

Obs: em caso de diagnóstico positivo, as demais coberturas (exceto despesas médicas) perdem a validade.

Affinity

Há um plano específico para cobertura em caso de coronavírus: o Affinity 60 COVID-19. Além das coberturas médicas, há uma cobertura de Despesas Médicas e Hospitalares por COVID-19 de USD 10.000. Veja se o seguro Affinity é bom.

Travel Ace

A Travel Ace também criou planos específicos para a pandemia, o TA VALUE COVID-19 (exceto EUA) e o TA VALUE COVID-19 USA.

A vantagem é que, com esses planos, há uma indenização por hospitalização por diagnóstico de COVID-19, para casos de internação por no mínimo 48h. E também translado de corpo devido a morte por COVID-19.

O valor coberto para despesas médicas e hospitalares por COVID-19 é de USD 30.000. Saiba como é o seguro da Travel Ace.

Assist Card

A Assist Card garante aos segurados 100% das assistências médicas para casos e sintomas relacionados ao COVID-19.

Obs: em caso de diagnóstico positivo, as demais coberturas (exceto despesas médicas) perdem a validade. Leia mais sobre o seguro da Assist Card.

GTA

A GTA foi outra seguradora que criou um produto específico para essa situação, o GTA 75 EUROMAX COVID-19, que possui cobertura de USD 10.000 para despesas médicas e hospitalares por COVID-19. A apólice também inclui USD 150 de indenização por hospitalização por diagnóstico de COVID-19.

Há ainda modalidades desse plano específicas para quem vai estudar na Europa, o GTA 42 STUDENT EURO ASSIST COVID-19,e para viagens nacionais, o GTA BRASIL 18 COVID-19, com coberturas para despesas médicas e hospitalares por COVID-19 de R$ 10.000 e indenização por hospitalização por diagnóstico de COVID-19 de R$ 150.

Veja nossas experiências com o seguro da GTA

Intermac

Há dois planos que incluem os tratamentos contra COVID-19 na empresa: Intermac 60 Prata COVID-19 e o Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) COVID-19 — ambos cobrem USD 10.000 para despesas médicas e hospitalares relacionadas a infecções causadas pelo vírus.

Saiba como é o seguro da Intermac

Como fazer a cotação dos seguros de viagem na pandemia?

Fechamos uma parceria e vamos participar do programa de afiliados da Seguros Promo, um comparador de preços de seguro de viagens do Brasil. O funcionamento é simples. E com ele você consegue orçar, ao mesmo tempo, os preços em 10 empresas de seguros diferentes – e garantir o melhor valor e a melhor cobertura. Veja o passo a passo:

  1. Entre no site da Seguros Promo
  2. Informe seu destino e as datas de viagem.
  3. Forneça seu nome, telefone e e-mail. A SegurosPromo não te enviará spams! Isso é apenas para que a melhor proposta para essa viagem específica possa chegar até você. Clique em comparar.
  4. A Seguros Promo vai comparar os preços nas maiores seguradoras do país! Basta escolher a melhor opção para você (a mais barata ou a de melhor custo/benefício). Você pode dividir o valor em até doze vezes sem juros ou pagar com desconto no boleto.
  5. Antes de pagar, não deixe de acrescentar o nosso cupom de desconto exclusivo para leitores: 360MERIDIANOS05 e garanta 5% de desconto. O desconto pode chegar a 10% se você pagar com boleto. 
  6. O comprovante e a apólice serão enviado por e-mail. Simples e eficiente.

Quais países já estão abertos para brasileiros? Quais as exigências para viajar?

Ao todo, 104 países estão com fronteiras abertas para brasileiros. Alguns deles fazem exigências de testes e quarentena, outros não exigem coisa alguma. É preciso reforçar, no entanto, que essas permissões estão sujeitas a mudar o tempo todo, dependendo do avanço da pandemia no Brasil e no seu país de destino. Consulte sempre o que dizem as fontes oficiais (como embaixadas e consulados) nas vésperas da sua viagem.

Além das exigências listadas abaixo, alguns países pedem ainda outras medidas, como preenchimentos de formulário online, cadastro em aplicativo e reserva em hotéis credenciados.

Países sem restrições de entrada para brasileiros

Afeganistão, Albânia, Colômbia, Costa Rica, Cuba (apenas para algumas regiões. Há avaliação médica na chegada), Haiti (há avaliação médica na chegada), Kosovo, Macedônia do Norte, Mauritânia, México, República Dominicana, Sérvia, Tanzânia e Turquia (há avaliação médica na chegada).

Exigem quarentena de 14 dias

Andorra, Armênia, Escócia, Eslovênia, Inglaterra, Irlanda (há avaliação médica na chegada), Irlanda do Norte, Micronésia e País de Gales,

Exigem teste PCR negativo antes de embarcar

Antígua e Barbuda, Argentina (exige seguro com cobertura contra COVID-19), Barbados, Belize, Bolívia, Bósnia, Botsuana, Burkina Faso, Cabo Verde, Chade, Chile (exige seguro de viagem com cobertura contra COVID-19), Comores, Congo, Costa do Marfim, Croácia, Dominica, Egito, El Salvador, Emirados Árabes Unidos (exige seguro de viagem com cobertura contra COVID-19), Equador (há avaliação médica no desembarque), Etiópia, Gâmbia, Gana (há outro teste na chegada), Granada, Guatemala, Guiana, Guiné (pode haver avaliação médica no aeroporto), Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Honduras, Irã, Líbano, Libéria, Mali, Marrocos, Namíbia, Nicarágua, Níger, Nigéria, Panamá, Paraguai, Peru, Polinésia Francesa, Porto Rico, Quênia, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Ruanda, Santa Lúcia, São Cristóvão e Neves, São Tomé e Príncipe, São Vicente e Granadinas, Serra Leoa, Sudão, Togo, Tunísia, Ucrânia (exige seguro de viagem), Uganda, Zâmbia e Zimbábue.

Exigem teste PCR negativo antes de embarcar e quarentena 

Bahamas, Bermudas, Bielorrússia, Burundi, Camboja (exige seguro de viagem com cobertura contra COVID-19), Eslováquia (turistas são testados por amostragem), Essuatíni, Gabão, Iraque, Jamaica, Jordânia, Malawi, Maldivas, Saint Martin (exige seguro de viagem com cobertura contra COVID-19), Sudão do Sul e Turks e Caicos.

Exigem teste na chegada e quarentena

Bahrein, Benin, Coreia do Sul e Lesoto.

Exige teste PCR negativo antes de embarcar e um teste na chegada, mais uma quarentena e seguro de viagem com cobertura para Covid-19

Anguilla

Vale a pena contratar um seguro para viagens dentro do Brasil?

Em geral, não é costume dos viajantes brasileiros contratar um seguro de viagem para deslocamentos dentro do país. No entanto, no caso de pandemia, vale a pena reconsiderar essa questão.

Muitos planos de saúde não têm cobertura nacional, te deixando desprotegido caso você saia do seu estado, por exemplo. Embora o SUS seja uma alternativa gratuita e universal em todo o país, é possível que você prefira ter alternativas de atendimento durante uma crise sanitária como a do COVID-19.

Além disso, o seguro também te protege de outros imprevistos de viagem, cada vez mais comuns em uma época tão incerta: cancelamento de voos por parte da agência ou até mesmo devido a emergências familiares.

Seguros de viagem nacionais são baratos e correspondem a uma pequena fração do orçamento.

Como se proteger se você resolver viajar durante a pandemia

Em primeiro lugar, siga as recomendações básicas dos órgãos responsáveis para qualquer parte do mundo: use máscaras e evite aglomerações. Tente se isolar nos dias que precedem a viagem e considere fazer o mesmo ao chegar no novo país.

Vale a pena acompanhar a situação do seu destino e alterar a viagem em caso de um novo surto. Prefira passeios ao ar livre em locais de natureza ou baixa densidade demográfica, opte por comer em restaurantes que ofereçam mesas do lado de fora (lembre-se que salões de restaurantes são um prato cheio para propagação do vírus).


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um comentário sobre o texto “Seguros de viagem e pandemia: viajar com cobertura contra a Covid-19

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.