Tags:
Atlas: Siena, Toscana, Itália

Siena, Itália: o que fazer por lá em 1 dia ou mais

A praça central estava coberta de areia e os preparativos para o grande evento seguiam a todo vapor. Nas ruas da cidade, decoradas com diferentes bandeiras coloridas, volta e meia passavam cavalo e cavaleiro, devidamente vestidos com suas cores específicas, seguidos de grupos de pessoas que cantavam e torciam. Eu estava em Siena, na Itália, e era véspera de um dos eventos mais importantes da cidade, o Palio de Siena.

Siena Italia o que fazer palio di siena

Um pouco da história de Siena

Siena Italia o que fazer cavalo palio di siena

Palio é uma corrida de cavalos entre os 17 distritos históricos de Siena, chamados contrada, que já ocorre há 400 anos. Acontece todos os anos, nos dias 2 julho e 16 agosto, mas em 2018 houve uma edição especial, em outubro, em comemoração aos 100 anos do fim da Primeira Guerra Mundial.

Cada um dos bairros, ou contrada, tem seu próprio nome, símbolo e cores. Eles foram estabelecidos ainda na Idade Média, a fim de ajudar tropas militares da defesa de Siena contra Florença e outras cidades-estado nos arredores. Claro que hoje em dia só têm a função social e cultural.

Essa disputa entre Siena e Florença marcou a história da região. É que, na Idade Média, a República de Siena era uma cidade independente muito rica, com grande influência no mundo das artes. Prosperou sob um governo de um conselho de famílias nobres, devido à força do Banco de Siena e ao comércio de lã. A República Fiorentina também era uma potência – como eu já contei nesse post – e as duas cidades estavam em lados opostos de uma disputa política-religiosa: entre os Guelfos (florentinos que apoiavam o Papa) e os Guibelinos (Sienenses que apoiavam o Sacro Império Romano-Germânico). O conflito entre as facções foi uma história imortalizada pela Divina Comédia, de Dante Alighieri.

Siena Italia o que fazer passeio Siena Italia o que fazer cidade

Apesar de Siena ter vencido a disputa inicialmente, diversos reveses, incluindo a peste negra, em 1348, devastaram a cidade, que nunca conseguiu voltar para seus dias de glória e eventualmente perdeu sua independência para Florença.

Curiosidade: Segundo a mitologia romana, Siena teria sido criada por Senio e Aschius. Eles eram filhos de Remo – aquele que, junto com o irmão Rômulo – foi amamentado pela loba e fundou Roma.

Quantos dias ficar em Siena

Siena certamente merece que você passe ali pelo menos uma noite, talvez fazendo da cidade uma excelente base para explorar mais da Toscana. Por exemplo, basta um ônibus ou uma hora de carro para ir de Siena para San Gimignano. E também é fácil ir dali para Volterra, Montalcino e Montepulciano.

Mas, infelizmente, muitas pessoas ficam em Siena apenas algumas horas. Este foi o meu caso e posso falar em primeira mão como é frustrante: estava num grupo de uma excursão e, para poder conhecer um pouco melhor a cidade, fugi da guia e explorei meio correndo, por conta própria. Só fiz a visita guiada à incrível Catedral de Siena, da qual falarei com mais detalhes abaixo. Neste texto, compartilho com vocês o que fazer em Siena por um dia ou mais.

O que fazer em Siena: roteiro

  • Piazza del Campo: a praça principal da cidade, onde ocorre o Palio
  • Palazzo Pubblico: o prédio da prefeitura há 800 anos e onde é possível subir a Torre del Mangia
  • Vista da Piazza del Mercato
  • Duomo de Siena e a Biblioteca Piccolomini
  • Museu da Opera del Duomo, terraço da Fachada Inacabada e Batistério
  • Santa maria della escala
  • Pinacoteca: um museu de pinturas medievais
  • Palazzo Salimbeni
  • Basílica de São Domingos e a Capela de Santa Catarina

Siena Italia o que fazer palazzo publico

Siena, tal como San Gimignano, conserva boa parte dos seus prédios medievais. Está dividida em três colinas e a Piazza del Campo é o centro. Ali é um bom lugar para começar o seu passeio. A Praça é onde acontece o palio de Siena. O principal prédio, bem no centro da praça em formato de U, é o Palazzo Pubblico. Nesse prédio, que tem 800 anos de história, funcionava a sede do governo da cidade. Hoje, é possível visitar o edifício que abriga o Museu Cívico. Além disso, dá para subir a Torre del Mangia: um caminho vertiginoso numa torre de 87 metros de altura, que garante uma vista 360º de toda a cidade. O bilhete combinado do palácio e torre custa 20 euros.

Dica para foto: descendo a rua por trás da praça você chega a Piazza del Mercato, onde funcionava o mercado da cidade. Ali é um ótimo lugar para tirar fotos do palácio e da torre de outro ângulo – e também ver a vista da cidade e dos campos da toscana sem pagar nada.

Siena Italia o que fazer Vista mercato

Da praça, siga o caminho pelas ruelas medievais em direção ao Duomo de Siena. Aliás, como é comum em cidades como essa, é bom dedicar parte do seu tempo a caminhar pelas ruas e só apreciar os arcos e construções sem pressa e sem destino definido. No caminho entre a Piazza del Campo e o Duomo, por exemplo, você passará por alguns palácios como o Palazzo Chigi-Saracini (foto abaixo), na Via di Città, onde funciona a academia de música da cidade e é possível ver gratuitamente os afrescos no jardim.

Siena Italia o que fazer rua medieval

Outro palácio com história interessante, mas do qual só é possível visitar a parte de fora, é o Palazzo Salimbeni, onde atualmente funciona o Banco de Siena, tão poderoso na Idade Média e hoje um dos bancos mais antigos do mundo.

Siena Italia o que fazer palazzo Salimbeni

Uma vez na praça em frente ao Duomo de Siena, também conhecida como Santa Maria della Assunta, permita-se encantar com a enorme catedral da cidade, que combina mármore preto e branco. Bem em frente à igreja está uma estátua da loba alimentando Rômulo e Remo que remete à história da fundação de Siena. Parte da lenda diz que os filhos de Remo fugiram com a estátua para Siena quando Rômulo matou o irmão.

Siena Italia o que fazer santa maria della assunta

Siena Italia O que fazer Duomo de Siena

Dentro do Duomo é impossível não se impressionar com aquela que, na minha humilde opinião, é a igreja mais bonita que já visitei na Europa. A combinação do preto e do branco, a riqueza das esculturas, o teto azul de estrelas douradas e o piso todo desenhado em mosaico de mármore… são detalhes e mais detalhes por todos os cantos. Obras de grandes artistas italianos que incluem nomes conhecidos como Michelangelo e Donatello.

Siena Italia o que fazer dumo de siena 3Siena Italia o que fazer dumo de siena 3

 

Siena Italia o que fazer dumo de siena 3Siena Italia o que fazer dumo de siena 3

Porém, há algo mais: não se esqueça de visitar, dentro da catedral, a Biblioteca Piccolomini. Numa portinha na parte esquerda do edifício você adentra numa sala que guarda livros e manuscritos, espantosamente decorada com afrescos coloridos do chão ao teto, contando a história do Papa Pio II.

Siena Italia o que fazer biblioteca 1 Siena Italia o que fazer biblioteca 2

Além de conhecer o Duomo, você pode incluir na sua visita também os edifícios anexos: o Museu Opera del Duomo, o Batistério e o terraço da Fachada Inacabada, onde há um panorama 360º de toda a cidade, incluindo a vista da Torre Mangia.

É preciso pagar 5 ou 8 euros (o valor varia ao longo do ano) para entrar no Duomo e na Biblioteca. Existem também dois passes:

  1. O “Opa Si Pass”, que inclui a entrada na catedral, biblioteca, batistério, cripta, Museu da Opera e o terraço da fachada inacabada. O valor varia de €8 a €15, dependendo da época do ano.
  2. O “Porta del Cielo” inclui, além das atrações acima, uma visita guiada pela igreja a partir do topo, com vistas internas e externas da catedral. Ele custa 20 euros.

Todos esses bilhetes podem ser comprados com antecedência no site oficial do Duomo de SienaPara quem tem poucas horas na cidade, provavelmente aí terá acabado a visita. O que é uma pena, porque ainda faltam muitas coisas para ver na cidade.

Por exemplo, o Museu de Santa Maria della Escala, um dos hospitais mais antigos da Europa, que servia aos peregrinos da Via Francigena. Fica em frente ao Duomo e é um complexo de arte enorme, que leva bastante tempo para ser visitado. Tem, além da beleza do prédio em si, diversas coleções de arte. A entrada custa 9 euros, mas pode ser comprada combinada com outras atrações da cidade. O passe “Acropole” dá direito a entrada no Museu e na Catedral e o passe Comunali inclui o museu e o palácio público. Saiba mais no site oficial.

Outros lugares para apreciar as artes? A Pinacoteca de Siena, com sua enorme coleção de arte medieval.

Siena Italia o que fazer basilica santo domingos

Em Siena você também encontra outras igrejas além do Duomo. Uma delas fica no alto de uma das colinas da cidade –  é a Basílica de São Domingos, construída no século 13 e dedicada à Santa Catarina e que guarda relíquias da santa. A entrada é gratuita.

Como chegar em Siena, Itália?

Siena Italia o que fazer piazza del mercato

  • De Avião

Os aeroportos mais próximos de Siena são os de Florença e o de Pisa, ambos na Toscana; e o de Bolonha, na Emilia Romagna. É possível encontrar transfers e ônibus que fazem o trajeto dos aeroportos para a cidade.

  • Carro

Para quem quer explorar mais a Toscana, sem dúvida a melhor ideia é alugar um carro.

Não deixe de ver nossas dicas para alugar um carro na Itália sem cair em pegadinhas e também algumas ideias de roteiro pela Toscana

Para chegar em Siena saindo de Florença, é possível passar pelas estradas da região de Chianti, tipo a SS222, num trajeto de 72 km. Outra alternativa é a SS2, uma grande avenida com pedágios, com 68km de distância entre a cidade. Para quem vem de Roma, a rodovia A1, em direção a Florença, é o melhor caminho.

É necessário estacionar o carro fora da área medieval da cidade, tendo em vista que o centro histórico só é acessível a pé.

  • Transporte Público

É possível chegar em Siena de trem ou de ônibus. Como a ferroviária fica a cerca de 2 km do centro, de ônibus é a maneira mais fácil de ir para lá. Para verificar os horários dos trens, consulte o site da Trenitalia. Já para os trajetos de ônibus, a empresa é a SITA.

Onde ficar em Siena, Itália

Como eu disse antes, Siena pode ser uma boa base para explorar as vilas da Toscana, ainda mais para conhecer com calma todas as atrações e o charme da cidade.

Como a cidade é relativamente pequena, não tenha dúvidas e escolha um hotel no centro histórico. Você pode ver todas as opções de hospedagem aqui. 

Algumas sugestões de hospedagem em Siena:


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “Siena, Itália: o que fazer por lá em 1 dia ou mais

  1. Olá tudo bem ?! Parabéns pra vc que já conhece tanto em tão pouco tempo de vida. Vc é arrojada. Admiro muito pessoas como vc. Destemida e aventureira. Eu quero muito conhecer a toscano, porém estou ainda fazendo planos e no plano das ideias.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.