Tags:
Atlas: Bangkok, Tailândia

Guia de templos em Bangkok: quais deles visitar?

Existem mais de 400 templos em Bangkok. De pequenos altares despretensiosos a imponentes pagodas douradas e locais de culto de influência chinesa, a capital da Tailândia é um mar de santuários budistas. É impossível perambular pelas ruas e não dar de cara com um. A maior parte dos viajantes no país costuma visitar os três principais templos de Bangkok: Wat Pra Kaew, Wat Arun e Wat Pho, mas a gente entende que pode ser um pouco confuso decidir em qual desses – e dos outros tantos – gastar seu preciso tempo na cidade. Por isso, preparamos um guia de visitação dos mais interessantes templos de Bangkok.

Quais são os principais templos em Bangkok?

Os principais templos em Bangkok são:

  • Wat Pra Kaew, o Templo do Buda Esmeralda no Grand Palace
  • Wat Pho, o Templo do Buda Reclinado
  • Wat Arun, o Templo do Amanhecer
  • Wat Saket, o Golden Mount Temple ou o Templo da Montanha Dourada
  • Wat Suthat
  • Wat Mahathat Yuwaratrangsarit

Como se vestir para visitar os templos de Bangkok

Os tailandeses levam muito a sério sua religião e os templos de Bangkok têm um código de vestimenta bastante restrito. Nos dias em que você pretender visitar algum deles, saia com os ombros e pernas cobertas. Na maior parte dos santuários, bermudas e saias abaixo do joelho passam ao crivo, mas em lugares mais importantes, como o Grand Palace, será exigido que você cubra toda a perna. Decotes também são mal vistos.

Como o calor em Bangkok é excruciante, não é lá muito animador ter que andar pela cidade todo coberto. Por isso, eu comprei uma saída de praia que funcionava como uma saia por 100 baht (R$10) em frente ao Palácio, e sempre andava com ela na bolsa junto com um lenço para jogar nos ombros.

Wat Pra Kaew, o Templo do Buda Esmeralda no Grand Palace

Esse é provavelmente o templo a ser visitado se você tem pouco tempo na cidade. Isso porque o Wat Pra Kaew, o Templo do Buda Esmeralda, fica dentro do Grande Palácio de Bangkok, uma das principais atrações da cidade, e é também um dos mais importantes templos do país.

Localizado entre os jardins e pátios pertencentes à Família Real, o Wat Pra Kaew é uma capela toda trabalhada no dourado que reproduz o estilo de um antigo templo de Ayutthaya, a velha capital, e que foi destruído por invasores da Birmânia. Lá dentro está uma estátua com 66 centímetros de jade, do Buda. Ela foi descoberta no século 14, na cidade de Chiang Rai, no norte do país. Essa é uma das estátuas de Buda mais reverenciadas na Tailândia, tanto por sua antiguidade quanto pelo material com o qual foi feita.

Templo do Buda Esmeralda em Bangkok

Não é permitido fotografar dentro do templo do Buda Esmeralda em Bangkok

Leia nosso post completo sobre a visita ao Grande Palácio de Bangkok.

Para além da ilustre imagem do líder espiritual do budismo, o Wat Phra Kaew é uma construção belíssima para ser explorada, com destaque para a galeria de dois quilômetros decorada com um mural que ilustra 178 cenas do Ramayana, um épico sânscrito importantíssimo para o hinduísmo. Do lado de fora, cada canto do templo é decorado com pagodas (ou chedis, como são chamadas no país) douradas.

Informações para visita: A entrada está incluída no bilhete para o Grande Palácio Real, que custa 500 baht (R$50). O local abre todos os dias, das 8:30 às 3:30. Esse é o templo com o código de vestimenta mais rigoroso, por isso, vá com pernas (nem mesmo são aceitos jeans rasgados) e ombros bem cobertos. As lojinhas do lado de fora do palácio vendem roupas para os desavisados.

Wat Pho, o Templo do Buda Reclinado

Com 43 metros de comprimento, essa gigante estátua do Buda deitado é a principal atração do complexo de templos de Wat Pho. A imagem representa o último momento de iluminação de Buda, pouco antes da morte, aos 80 anos. O local, no entanto, tem muito mais a oferecer: ao redor dessa estátua monumental ficam outros mil Budas dourados, e um jardim no qual está a Bodhi Tree, ou a Ficus religiosa, espécie na qual, acredita-se, a entidade máxima do budismo atingiu a iluminação pela primeira vez. Por isso, essa árvore é considerada sagrada entre os fiéis.

wat pho - templo em Bangkok

Buda reclinado no wat pho - templo em Bangkok

O  templo é ainda uma das mais tradicionais escolas de massagem tailandesa. Além de receber uma sessão relaxante das mãos de um profissional realmente treinado na técnica, o local oferece cursos de curta e longa duração para quem está interessado em aprender.

Leia nosso post completo sobre o Templo do Buda Reclinado

Informações para a visita: O Wat Pho funciona diariamente, entre 8h e 18h30. A entrada custa 200 bahts (cerca de R$20 reais). É uma boa ideia combinar a visita com o Grande Palácio, já que as atrações estão relativamente próximas uma da outra. Veja mais informações no site oficial.

Wat Arun, o Templo do Amanhecer

Localizado às margens do rio Chao Phraya, do lado oposto ao Grande Palácio, o Wat Arun, ou Templo do Amanhecer, como é mais conhecido, é um dos cartões-postais mais icônicos de Bangkok, talvez a principal imagem que vem à cabeça das pessoas quando mencionamos a capital da Tailândia. Por isso, antes de visitar o interior do Wat Arun, vale a pena apreciá-lo do ponto de vista pelo qual é mais conhecido: desde o lado oposto do rio, de preferência no pôr do sol (ou no amanhecer, se você for forte), que é quando ele fica mais bonito.

Wat Arun, o templo do amanhecer em Bangkok

O santuário foi construído no lugar de um antigo templo que já existia ali, bem na época em que a capital saiu de Ayutthaya, completamente destruída pelas tropas birmânicas, para Bangkok. As torres são decoradas com conchas, porcelana colorida e estátuas de animais. Vale a pena subir na torre mais alta, que mede cerca de 80 metros, para ter uma vista da cidade. Mas prepare o fôlego, porque são muitos degraus até o topo.

Leia nosso post completo sobre o Wat Arun, o templo do amanhecer

Informações para visita: Para chegar, basta pegar a balsa no Tha Tien Pier, perto do Wat Pho, e cruzar o Chao Phraya. A entrada custa 50 baht (R$5).

Wat Saket, o Golden Mount Temple

A enorme cúpula dourada do Wat Saket chama a atenção no alto de um pequeno morro no centro de Bangkok. Mais conhecido como Golden Mount Temple, ou Templo do Monte Dourado, esse é um santuários budistas mais antigos da cidade e também um dos mais interessantes entre as centenas de templos em Bangkok.

Golden Mount Temple em Bangkok

A montanha é artificial e foi construída com os destroços de uma enorme estupa (chedi) que ficava ali, mas que ruiu porque o solo não aguentou seu peso. O Wat Saket foi então construído no topo dessa colina e, hoje, proporciona uma bela vista. Mas é preciso ter fôlego: até o topo são 318 degraus que seguem em espiral ao redor da montanha. Diz a lenda que o local ainda abriga restos mortais de Buda, que foram levados até ali desde a Índia.

Informações para visita: Abre todos os dias, das 9:00 às 17:00. O ingresso é gratuito, mas para entrar na estupa é preciso pagar 10 baht (R$1). Fica entre a Boriphat Road e a Lan Luang Road, no centro do Thanon Ratchadamnoen Klang. Como não há transporte nessa área, a melhor forma de chegar é de tuk-tuk.

Leia nosso post completo sobre o Wat Saket, o Golden Mount Temple

Wat Suthat e o balanço gigante

A coisa mais legal desse templo fica, na verdade, fora dele: um balanço vermelho gigante bem no meio da praça em frente a ele. No passado, durante os festivais realizados ali, as pessoas costumavam de fato se lançar nesse balanço, alcançando alturas de dar um frio na barriga mesmo dos mais destemidos, mas seu uso foi proibido pelo elevado número de mortes.

Lá dentro há uma capela que abriga uma estátua de Buda que remonta ao século 13. Repare nos belos painéis que revestem a parede do santuário. O trabalho primoroso dos desenhos é inteiro feito a mão.

Templos em Bangkok

Templos em Bangkok

Informações para a visita: O Wat Suthat fica na Bamrung Muang Road, na Cidade Velha, também bem próximo do Grande Palácio e do Wat Pho, de forma que é fácil conciliar as visitas. Abre todos os dias, das 8h30 às 21h.

Wat Mahathat

O nome completo é Wat Mahathat Yuwarajarangsarit Rajaworamahavihara, mas pode chamar só de Wat Mahathat. É um templo que remonta ao período em que Ayutthaya ainda era a capital do Reino de Sião, e é um dos 10 templos reais frequentados pela nobreza e alta classe tailandesa. Costuma receber, até mesmo, cerimônias oficiais da Família Real, uma vez que está em uma localização estratégica, próxima ao Palácio Real.

Mas o mais interessante do Wat Mahathat é que ele é um dos principais locais de ensino da meditação Vipassana em Bangkok, com aulas diárias das 7h às 10h, das 13h às 16h e das 18h às 20h. Eles também oferecem tutoria personalizada com monges, em inglês.

Perto dali fica um curioso mercado de relíquias e amuletos (rua Sanam Phra, 1), no qual se vende todo o tipo de mandinga budista. É uma boa ideia para combinar a visita.

Informações para a visita: O Wat Mahathatf fica na Phra That Road, na Cidade Velha, entre o Grande Palácio e o Museu Nacional, e abre todos os dias, das 9h às 17h.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Guia de templos em Bangkok: quais deles visitar?

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.