Uma Cingapura que pouca gente conhece

 Um militar, com mão de ferro, assumiu o comando de Cingapura. Em seis meses, dos cerca de 500 mil presidiários sobraram somente 50. Todos os outros (criminosos confessos) foram fuzilados”. A frase é de uma corrente de e-mails que circula há anos pela internet. O autor, provavelmente algum filósofo extraordinário, completa: “O Brasil tem solução”.

Este é apenas um exemplo dos muitos boatos que envolvem a cidade-Estado. O ocidente também acha que Cingapura é um lugar absurdamente moderno e limpo e, ao mesmo tempo, sem graça. Nos últimos posts nós mostramos vários motivos para você visitar Cingapura. Neste vamos mostrar mais um: descobrir que a cidade-Estado não é o que muita gente fala dela.

Noite em Cingapura

Quer uma mãozinha brasileira para te mostrar o melhor de Cingapura? A Patti Neves, blogueira e guia de turismo na cidade oferece passeios privados completíssimos com tudo o que você precisa ver por lá. O tour de 8 horas sai por aproximadamente 180 USD, mas dá para montar passeios menores também. E o melhor? Leitores do 360meridianos têm 25% de desconto. Ficou interessado? Então manda um email pra gente: [email protected]

Cingapura é uma cidade artificial, sem alma

Francamente, não consigo entender o argumento de quem diz que um lugar não tem alma. Como poderia um país, casa de milhões de pessoas de culturas diferentes (indianos, malaios, chineses e ocidentais) ser desprovido de uma coisa que sequer temos certeza que existe? E qual o ponto de acusar uma cidade, algo que obviamente só pode ter sido feito pelo homem, de ser artificial, e por isso ruim?

Talvez o erro de Cingapura seja ser um país de muitas faces e culturas, um lugar com tantos pensamentos convivendo em harmonia que o todo fica homogêneo. Se para você isso parece ruim, então pule Cingapura. A cidade-Estado tem indianos, mas não tem o caos típico da Índia, tem chineses; mas não é chinesa nem mesmo em Chinatown; tem muçulmanos, mas não é exatamente o mais conservador dos países.

Chinatown Cingapura

É como eu disse num post anterior: Cingapura é Ásia Level 1, uma ótima porta de entrada para o viajante que quer conhecer os contrastes do maior dos continentes. E Cingapura só consegue assumir esse papel por oferecer tanta variedade de forma equilibrada. Ahh, e pouco importa se as praias de Sentosa foram feitas com areia importada da Indonésia e palmeiras de sei lá onde – onde está o erro se um um país quer ter uma praia decente para seus moradores?

Cingapura é o mais limpo e moderno dos países

A cada seis meses um programa de televisão resolve desvendar os mistérios da cidade-Estado. Cingapura – Como os moradores de lá conseguem ser tão limpos? De onde vem tanta modernidade? É verdade que lá até as ruas têm sistema de ar condicionado e as ladeiras são de escada rolante? Sexta, na sua TV… Lamento te desapontar, mas Cingapura, por mais moderna que seja, não é nenhum cenário de filme de ficção.

As ruas são limpas sim, mas se você sair das áreas turísticas vai ver lixo no chão (não muito, claro). E, acredite se quiser, eu fiquei mais impressionado com a modernidade de Hong Kong, cidade com a melhor qualidade de vida do mundo, do que com a de Cingapura. A cidade-Estado é, sem dúvida, um lugar moderno e interessante. Apenas não espere ser transportado para outro mundo – Cingapura fica na Ásia, não em algum portal que leva viajantes para o século XXII.

Marina Bay Cingapura

Cingapura é um lugar ruim para visitar porque tudo é proibido por lá

O-que-contra-a-lei-em-Cingapura

Sejamos francos – muita coisa é proibida por lá. Tanto é que Cingapura é conhecida como “fine city”, expressão em inglês que significa “bela cidade”, mas que também pode significar “cidade das multas”. Lá você pode ser multado por se alimentar dentro de qualquer transporte público; fumar fora de locais demarcados para isso; atravessar fora da faixa de pedestres; andar de bicicleta em locais exclusivos para pedestres; levar um durian (uma  fruta absurdamente fedorenta) para dentro do metrô; ou cuspir e jogar lixo nas ruas. E sim, você não pode vender ou comprar chicletes sem autorização por lá, mas a goma de mascar é permitida em situações medicinais, por exemplo.

Multas-em-Cingapura

Esse monte de leis faz de Cingapura um lugar ruim? Não, afinal as leis existem por causa da própria condição da cidade-Estado, que tem muitas almas de culturas diferentes. Jogar lixo no chão dá multa porque Cingapura é casa de imigrantes, e muitos deles vieram de países onde isso é um problema. O mesmo explica a proibição de cuspir na rua (uma das coisas que mais me incomodava na Índia. Afinal, não é nada agradável ser atingido pela cusparada alheia).

Explica até a restrição de venda de chicletes: é que, há alguns anos, era comum jovens colocarem chicletes usados nas portas do metrô e em outros lugares. O governo resolveu o problema restringindo a venda do produto. Você pode até falar que foi uma medida radical, mas ninguém dirá que foi ineficiente. Resumindo: obedeça as leis e você nem vai notar que Cingapura é uma fine city. Não está nem aí para as regras do país? Então não espere gostar de lá, afinal você pode ser punido com uma simples multa, uns meses na prisão, por açoitamento (!) ou até a morte. A punição varia de acordo com a gravidade da ação – assassinos e traficantes podem receber a pena máxima. E aí chegamos ao último tópico…

Veja opções de hospedagem em Cingapura

Cingapura é um lugar melhor porque tudo é proibido por lá

E voltamos ao começo do texto… ‘Um militar assumiu o comando do país e matou geral’, dizia o e-mail. Para depois completar: “Após ter feito toda a limpeza no país, reorganizado o sistema político, judiciário e penal, esse militar convocou eleições diretas e se candidatou para presidente. Venceu as eleições com 100% dos votos. Hoje, Cingapura é um dos países mais seguros de se morar. E um dos mais desenvolvidos do mundo.”

Não tenho a menor dúvida ao afirmar: as últimas linhas são a maior bobagem que já publicamos aqui no blog. Um conselho (desnecessário, afinal nossos leitores são inteligentes) não acredite em e-mails apócrifos, correntes ou coisas do tipo. Sim, a pena de morte existe em Cingapura, mas o massacre narrado pelo criativo autor da mensagem nunca aconteceu. A eleição por unanimidade também não é verdade, assim como os fuzilamentos, afinal Cingapura elimina seus condenados por enforcamento.

Merlion Cingapura

Merlion: o símbolo de Cingapura vive cuspindo

Em resumo: Cingapura não é um lugar melhor porque tudo é controlado por algum ditador metido a democrata (lugar nenhum do mundo é). E vale destacar que as leis não são seguidas por toda a população – se fossem, elas nem teriam razão de existir. Vi gente jogando lixo na rua e atravessando fora da faixa de pedestres. E também vi gente cuspindo no chão. É claro que se um policial presenciar o cara vai ser multado, mas ele sempre pode alegar que o Merlion, estátua do bicho que é meio leão e meio peixe e virou símbolo da cidade-Estado, cospe 24 horas por dia. Se o símbolo do país pode, o cidadão não? Não acho que a explicação será aceita, mas não custa tentar.

Qual a conclusão? O ocidente ainda conhece pouco de Cingapura. Pena. Afinal o país, de fato um dos mais desenvolvidos do mundo, tem muito a oferecer.

Vai viajar? O seguro de viagem é obrigatório em dezenas de países e indispensável nas férias. Não fique desprotegido em Cingapura. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício para o país – e com cupom de desconto.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

28 comentários sobre o texto “Uma Cingapura que pouca gente conhece

  1. Rafael,

    Como os brasileiros porquinhos, conseguem viver em cngapura sem levar multa? pq aqui no Brasil, é um tal de jogar lixo na rua, e desrespeito em geral, que é um Deus nos acuda!!!

    1. Bem mais cara que os países ao redor, Fabrício. Mas não cara do tipo impagável. Dá pra viver com pouco, bancar o viajante econômico.

    1. Oi, Mateus.

      Em Portugal é Singapura. No Brasil o mais comum é Cingapura, mas a forma Singapura também está correta.

      Enfim, tanto faz. O governo brasileiro usa Cingapura, com C. Por isso fazemos o mesmo.

      Veja mais aqui:

      http://www12.senado.gov.br/manualdecomunicacao/faq/cingapura-ou-singapura-ecos-ecoam-aqui-da-tv-o-nome-de-cingapura-seria-grafado-com-201cs201d-apos-o-acordo-ortografico-2014-singapura-2014-como-em-portugal.-o-nome-original-me-dizem-aqui-e-singapore-com-201cs201d.-como-o-assunto-foi-tema-de-discurso-hoje-1

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.