Tags:
Atlas: Buenos Aires, Argentina

Visita ao Museu da Evita Perón, em Buenos Aires

O belo casarão de arquitetura renascentista no bairro Palermo guarda, em seus três andares, a vida de uma das personagens mais importantes da história recente da Argentina. Não tem jeito: para entender de verdade o atual contexto político e social da Argentina, é preciso conhecer a história de Evita Perón, e nenhum lugar é melhor para isso que o Museu de Evita, inaugurado em 2002, cinquenta anos após sua morte. Quando ainda estava viva, o local funcionava como um lar para crianças pobres, sendo posteriormente transformado na sede da Fundação Evita Perón, antes de se tornar museu.

Estrela do rádio com carreira meteórica, Evita casou-se com com o então vice-presidente Juan Domingo Perón, que, mais tarde, acabou sendo eleito presidente do país e conquistou milhares de seguidores devido às políticas sociais e trabalhistas que adotava. No entanto, foi Evita quem realmente passou a ser adorada pelas multidões. Figura chave na luta pelo direito de voto feminino, chegou a ser implorada pelo povo para juntar-se à chapa política de seu marido como candidata à vice-presidência. Em casas peronistas, não era raro encontrar uma imagem de Evita em um altar, como se fosse Nossa Senhora.

Não é por ser perto de casa que dá para viajar sem seguro: saiba por que contratar um seguro de viagem para conhecer a Argentina e como garantir um com boa cobertura (e com desconto).

Museu da Evita Perón

Leia mais: A história da vida de Evita Perón

Apontado como o museu mais visitado do país por uma pesquisa da Secretaria de Turismo de Buenos Aires, o Museu de Evita recebe, em média, 150 visitantes por dia, a maior parte deles de estrangeiros curiosos em busca das fotos, documentos, áudios e vídeos sobre a ex-primeira dama. O museu percorre a trajetória de vida da mulher, de sua infância no interior até a morte, aos 33 anos, com ênfase em sua carreira musical e na sua atuação política e social.

O acervo inclui ainda roupas, sapatos, móveis, artigos publicados em jornais e revistas da época, além de exposições temporárias de artistas locais que a homenageiam através de suas obras. No segundo piso, uma sala exibe um documentário que mostra os esforços dos militares em se livrar do corpo dela, na tentativa de apagar um pouco do fenômeno Evita. O cadáver foi sequestrado, golpeado e enterrado na Itália sob um nome falso, mas tudo foi em vão: seu mausoléu, no cemitério da Recoleta, é até hoje um dos mais visitados.

morte de Evita

O local conta ainda com uma loja de souvenires e um restaurante famosinho e pra lá de bonito, perfeito para uma parada para o almoço, e uma biblioteca com livros e documentos sobre ela.

Museu da Evita Perón – Serviço

Lafinur 2988, pertinho do Zoológico e da avenida Las Heras.
De terça a domingo, das 11 às 19h.
Ingresso: 50 pesos
http://museoevita.org

Fotografias dentro do museu são proibidas (mesmo sem flash).

Como chegar:

Ônibus que passam na Santa Fe: 12, 29, 36, 39, 55, 68, 111, 152
Ônibus que passam na las Heras: 10, 15, 37, 41, 59, 60, 64, 93, 95, 108, 110, 118, 128, 141, 160 e 188.
Metrô: linha D – estação Plaza Itália


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Visita ao Museu da Evita Perón, em Buenos Aires

  1. Bom dia! Estive em Março 2017 visitando o museu e achei o acervo muito fraco… criei uma expectativa e ela não foi cumprida… já o quadro que ilustra a matéria, se não estou enganado, fica na Casa Rosada.

  2. E como não poderia deixar de ser (kk), mais um post do maravilhoso 360 linkado no D&D Mundo Afora.

    Como não pudemos visitar o museu da Evita, indicamos o post de vocês para ajudar aos nossos leitores.

    Como sempre, dicas maravilhosas e textos primorosos.

    dedmundoafora.com.br/2017/09/o-que-fazer-em-buenos-aires-atracoes.html

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.