12 comidas imperdíveis da Argentina

Pode um homem viver somente na base de carnes e massas? Bom, deve ser possível, pois foi essa minha alimentação durante os meses que passei na Argentina. A parte boa, devo confessar, é que não são quaisquer carnes e massas. São especiais.

A culinária argentina tem muito a oferecer. Listamos abaixo 12 comidas típicas que seu estômago merece conhecer durante uma viagem pelo país.

Empanadas

Se o Brasil tem as coxinhas, as empadas e os pastéis, na Argentina aquele lanche rápido fica por conta das empanadas. Elas podem ser encontradas em todos os bares, restaurantes e até nas melhores pocilgas da cidade – custam em torno de 10 pesos. Para muitos, a melhor é a de carne, de preferência uma da Sanjuanino, tradicional casa de empanadas de Buenos Aires. Eu prefiro a de Roquefort da Continental, (me julguem).

Também famosas, as empanadas saltenhas, comuns no norte do país, são menores, mais baratas e têm a fama de serem ainda mais incríveis. Eu curti mais as de Buenos Aires.

Veja também: Onde comer bem e barato em Buenos Aires

San Juanino - Empanadas em Buenos Aires

Pizza no pedaço + Fainá

Assim como o Brasil, a Argentina teve grande imigração italiana. Por isso, pizzas e massas são pratos típicos da culinária local. Em Buenos Aires, não deixe comer uma boa fatia de pizza, num dos muitos estabelecimentos da cidade.

Comida Argentina

Foto: Marcelo Teson, Wikimedia Commons

Para comer à moda portenha, o negócio e nem se sentar à mesa: você pede a pizza e come em pé, sem ser atendido pelo garçom. Uma fatia custa em torno de 15 pesos. Minha preferida? O combo da Napolitana com a Fainá, feita com farinha de grão de bico.

Milanesa

Confesso que custei a gostar das milanesas, um dos pratos favoritos dos argentinos. Como nome diz, é o tradicional bife à milanesa, mas a moda portenha. O problema, pra mim, é que esse prato normalmente é só isso: carne. Muita carne. Normalmente o acompanhamento é purê de batata ou fritas mesmo – aconselho o purê, caso contrário o prato fica muito seco. Por isso mesmo que a melhor pedida é a milanesa napolitana (eu já passei algumas horas refletindo na geografia do nome e no mapa italiano, que tem cobertura de tomate e muçarela.

Sabe quando eu gostei de verdade desse prato? Quando fui ao Clube da Milanesa, que tem restaurantes em várias partes do país e milanesas de todos os tipos e para todos os gostos.

Milanesa - Comida típica argentina

Picada

Vai ao bar? Que tal pedir uma picada para acompanhar suas cervejas? É uma tábua de queijos, presunto, salame, azeitona e outras coisas do tipo, normalmente vendidas junto com uma cerveja de um litro (o preço fica em torno de 100 pesos). Uma boa saída para quem quer fugir da tradicional porção de fritas.

Comidas imperdíveis da Argentina

Foto: Gdiaz, Wikimedia Commons

Choripán

Pão com linguiça. Essa é a forma mais simples de explicar o que é o Choripán, muito comum na Argentina e no Uruguai. É uma das opções mais econômicas e ótimas para quem precisa fazer uma refeição rápida.

Choripan em Buenos Aires

Bife de Chorizo

Não confunda chorizo (linguiça) com o bife de chorizo (carne de vaca). Este é outro dos mais tradicionais pratos da culinária argentina. Corte sem osso, vendido em quase todos os restaurantes e churrascarias do país. Para saber mais sobre o mapa da carne argentina, leia o texto sobre o assunto no blog Buenos Aires para Chicas.

Veja também: Cubierto, como funciona o serviço de mesa na Argentina

Comidas Argentinas

Foto: Stella Dauer, Creative Commons

Alfajor

Vamos falar de sobremesa? Então é hora de falar do alfajor. Seis milhões de unidades desse bolinho de chocolate são vendidos todos os dias no país. A marca mais famosa é a Havana, mas existem centenas de opções. Já almoçou? Passe num kiosko e escolha um alfajor para chamar de seu. O preço fica entre 8 e 14 pesos, dependendo da unidade.

Alfajor Argentina comida

Medialuna com dulce de leche

O café da manhã de 10 entre 10 hostels e hotéis de Buenos Aires. Foi com essa refeição que comecei meus dias no país, durante meses. Dispensa mais apresentações, mas não posso deixar de lembrar o óbvio: o doce de leite argentino é incrível.

Medialuna

Sorvete de dulce de leche

Ok, sorvete é bom em qualquer lugar do mundo. Mas o de doce de leite, na Argentina, é espetacular. A pedida mais básica é correr para o Freddo, sorveteria mais famosa da Argentina. Você vai achar filiais em vários pontos de Buenos Aires e também em outras cidades – até durante nosso mochilão pelo norte do país achamos uma Freddo pelo meio do caminho.

comidas imperdíveis da argentina

Asado

Curte um churrasco, ou melhor, um asado? O tradicional evento social das famílias sul-americanas é muito importante na Argentina. Se estiver em Buenos Aires, basta passar pela feira de San Telmo, aos domingos, para ter muitas opções de um bom asado, sempre no meio da rua. No norte do país a tradição se mantém, mas a carne de carneiro muitas vezes troca de lugar com a de vaca.

Outra alternativa é a Traditional parrillada, prato muito comum tanto no Uruguai quando na Argentina (mas muito mais barato no segundo). Ao contrário dos churrascos brasileiros, a parrillada abre espaço para carnes menos nobres.

Churrasqueiras no Mercado del Puerto

Locro

Muito comum no norte da Argentina, em especial na região da Cordilheira dos Andes. Também é típico da região andina de Peru é Bolívia. É um ensopado feito com abóbora, milho e feijão, além de carne de porco e outros produtos.

Veja também: O que você precisa saber sobre a culinária argentina

Culinária Argentina

Foto: Stevage, Wikimedia Commons

Cazuela de Llama

Outro ensopado também muito comum na região norte do país, mas esse feito com carne de Lama. É, eu sei, fica difícil encarar o prato depois que você passa horas tirando fotos das simpáticas lhamas espalhadas pela região andina.

Cazuela de llama - Norte da Argentina


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

49 comentários sobre o texto “12 comidas imperdíveis da Argentina

  1. Hum do alto dos meus 67 anos, já experimentei comida de vários países e cheguei a brilhante conclusão que a nossa comida mineira é insuperável sem deixar de dar valor as outras. Abraços!

  2. Olá, olha acabei de chegar de Buenos Aires, sou nordestino de Recife e confesso que o lugar é lindo, mais as comidas são péssimas tudo tem que ter papa frita….A famosa batata inglesa, você não encontra um cuscuz com carne gurizada de boi, nem feijão com bife ao molho, sinceramente quase passamos fome, minha filha comeu MEC DONALD uma semana, na próxima eu vou levar a comida.

    1. hahaha.

      Entendo seu choque, Inaldo. É bem diferente mesmo.

      E comida melhor que a do nordeste não há, então é injusta a comparação. 🙂

      Abraço.

  3. Boa noite
    Estou indo pela primeira vez para Argentina e pediria a gentileza de informações sobre a culinária local, com os nomes dos restaurantes, poderia me ajudar!
    Obrigado

  4. Oi Rafael, estou viajando para Buenos Aires no mês de julho. Como é o estilo de roupa e calçado neste período que pra nós é férias? Muito agasalho ou não? Durante o dia temos muitas opções de lugares pra conhecer? Tem alguma sugestão a fazer? E a noite quais lugares interessantes e tranquilos?

  5. Oi Rafael estive em Córdoba faz um mês foi uma viajem incrível amei tudo da culinária não sei em buenos Aires mas lá comer pão com a comida também é muito típico e claro muito vinho e FIQUEI admirada pelo tanto d Coca cola que eles tomam kkkkkk

  6. Estou indo para Buenos Aires esta semana e estou me preparando pra ficar longe da minha farofa e pra diferença de temperatura, ja que em Manaus pegamos até 40 graus.

    Obrigada pelas dicas vai me ajudar muito!

  7. Legal Rafael, vou para Argentina em outubro e preciso saber a temperatura nessa época, estou com muitas dúvidas porque varios blogs dizem que estará em torno de 15 graus outroas pessoas dizem que pegaram -2 graus, me salva para saber o que levo em minha mala. Obrigada

    1. Oi, Virginia. Pra qual cidade(s) você vai? Porque isso varia de acordo com a região – a Argentina é bem grande. 🙂

      Abraço.

      1. Eu tbm vou para a Argentina em outubro, vou para Buenos Aires e estou com as mesmas dúvidas que Virgina. Ficarei muito feliz se puder me salvar tbm .

        Obrigada 🙂

  8. Amigo muito Boa sua informação, eu só argentino moro em Fortaleza y as comidas argentinas sob única, mas empanadas compraba en la continental las de humitas y frango, y esa costume de pizza muzarella y faina es Antígua acompañada com moscato, abrazossss

  9. Rafael,estivemos em Buenos Aires no fim do ano passado e almoçamos no restaurante Piegari (Av. Posadas 1089); nos serviram um pão como acompanhamento que nos encantou,formato arredondado semelhante ao pão italiano porém sem a casca grossa de sabor inigualável. Esqueci de perguntar o nome dele e agora pesquisei muito mas não consegui descobrir nome e muito menos a receita.Será que algum seguidor do Blogger consegue me ajudar? Desde já obrigado. Parabéns pelas postagens.

  10. Oi, sou chef de cozinha e vou tentar fazer essas receitas, se der certo, vai entrar no caradapio do meu restaurante. Obrigada seu site ajudou muito.

  11. Olá, viajei para Buenis Aires semana passada, e comi todas as comidas que você recomendou nesse site, amei todas, obrigada pelas dicas. 😘

  12. Olá! Estou planejando ir a Buenos Aires no Carnaval. Sei que é quente, mas brasileiro do nordeste já está acostumado com sol o ano inteiro, né? hahahaha Ouvi dizer que a comida lá é bem diferente, mas só de pensar nas carnes e nos doces… Obrigada pelas informações 😉

  13. Ahhh. Adorei, sou casada com um Argentino a pouco tempo, e adoro agradar o meu amor com a comida. Algumas dessas aí eu ja fiz, mas confesso que fiquei curiosa e vou fazer as outras.

  14. Acabei de conhecer o blog de vocês procurando por destinos de viagens “incomuns” dentro do Brasil para o verão e já estou a umas duas horas lendo todas as publicações haha. Sou de SC, porém moro na Argentina a 4 anos, vi os destinos de viagem da Argentina que vocês tem no blog e está faltando Rosário (a cidade onde moro), que a simples vista parece uma cidade sem sal mas é apaixonante, além de ser a terceira maior cidade do país. Vou deixar um link pra vocês conhecerem, é um dos primeiros vídeos do canal portanto não julguem a falta de firmeza com a câmera. Até!

  15. Olá,

    Irei a Buenos Aires em dezembro deste ano e estou adorando as dicas no blog. Depois passarei em Punta del Este nos dois países ficarei em hostels, pela primeira vez. Com certeza irei experimentar as empanadas do Sanjuanito.

  16. Quando fui para Ushuaia tomei um susto com a alimentação pesadinha que eles levavam.
    Não estava muito bem informado a respeito dos diferentes pratos.

    O “medialuna” foi uma surpresa para mim. Comi pela primeira vez no aeroporto de Buenos Aires e na partir daí não larguei mais. É algo que eu comeria facilmente todos os dias no café da manhã (e comi enquanto estava lá). Estou bem cansado do desjejum típico brasileiro.

    Outra coisa que notei é que grande parte dos pratos tinha algum acompanhamento feito com batata. Eram “papas fritas” ou “papa à la crema” e por aí vai.

    Quando estava no Cerro Castor, comi um Cachorro quente com cebola caramelizada e molho barbecue que eu fracassei em tentar reproduzir. Indescritível e único como o nome: Pancho Castor. Me gusta!

    De sobremesa confesso que não gostei muito do sorvete de doce de leite. Em compensação me apaixonei pelo de calafate. Outra iguaria.

    Ah! Milanesas tem em qualquer lugar que se procure. Parece até um cigarrete que vc consegue achar até nas menores lanchonetes.

    A saudade bateu (e a fome também) depois de ler o post e escrever este comentário.

    ai ai…

    1. Eu que fiquei com fome depois de ler seu comentário, Vinícius.

      Ushuaia é a minha próxima parada, quando voltar na Argentina. Valeu pela dica do cachorro quente.

      Abraço.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.