Comidas típicas de Barcelona: a culinária catalã

A comida é uma das formas mais interessantes (e saborosas) de conhecer uma cultura. E como uma cidade de cultura e identidades únicas, Barcelona tem diversos sabores para mostrar. Os pratos da culinária catalã levam muito azeite, frutos do mar, embutidos, tomate e arroz. Veja agora alguns pratos típicos que podem ser encontrados pelas ruas de Barcelona.

Batatas bravas

As papas bravas são o equivalente ao nosso filé com fritas. Sentou em um bar de Barcelona e quer alguma coisa para petiscar? Grandes as chances de que a escolhida vá ser uma porção de papas bravas. São batatas fritas cortadas em cubinhos que vêm acompanhadas de um molho picante. Na verdade, esse prato pode ser encontrado em diversas regiões da Espanha, mas na costa mediterrânea tem o bônus de vir também acompanhado de molho de alho.

Pão com tomate

Um clássico catalão, o pa amb tomàquete é um prato simples, usado como tapa ou lanchinho. Basta pegar um pão italiano e esfregar um tomate nele, aproveitando sua polpa. Pode ser servido assim, acompanhado de azeite e sal, ou ser a base para sanduíches. Parece besta, mas fica uma delícia.

Fuet

Fuet - Comidas Típicas de Barcelona

Fuet é um embutido muito popular na cozinha catalã feito de carne de porco picada, alho e sal. Se parece um pouco com o salame italiano, mas é preparado em unidades mais finas e tem uma capa branca revestindo o exterior.

Bomba

Uma bola de batata recheada de carne moída, frita e coberta com um molho picante. É um tapa tradicional nos bares de Barcelona, em especial na região da Barceloneta, onde foi criada.

Crema Catalana

Crema Catalana - Comidas típicas de Barcelona

Uma das sobremesas mais tradicionais da região, a Crema Catalana lembra o Crème Brulée. É um creme de nata e gemas, coberto com caramelo queimado e saborizado com canela e raspas de limão.

Butifarra

Butifarra - Comida típica de Barcelona

Outro embutido típico da Catalunha, a Butifarra é feita de carne de porco, sal, pimenta e outras especiarias. Pode ser encontrada nas versões frescas e cozidas. Antigamente, eram consumidas por famílias de pouco poder aquisitivo. Hoje, no entanto, é valorizada como um ingrediente típico da região e utilizada nos mais diversos restaurantes de comida catalã.

Arroz Negro

Arroz, lula, camarões, sépia e caldo de peixe, mas o que dá nome ao arroz é o seu ingrediente principal: a tinta de lula, que dá a cor negra do prato.

Calçot

Calçot - Comida típica Barcelona

É um tipo de cebola típica da região, consumida assada com molho romesco ou salvitxada, um molho típico catalão. No fim do inverno, as pessoas se reúnem para Calçotadas, uma espécie de churrasco de cebola, servido também com embutidos e carnes.

Fideuá

Fideua - Comida Catalã

É como a famosa Paella, mas em vez do arroz, utiliza-se massa. Vem com frutos do mar, frango, pimentão e, às vezes, molho de alho.

Arroz Caldoso

Outro prato que lembra a Paella, o arroz caldoso pode ser com preparado com frutos do mar, frango, carne ou peixe, verduras e legumes. É servido com bastante caldo, como uma sopa.

Clube Grandes Viajantes

Olá, somos a Luíza Antunes, o Rafael Sette Câmara e a Natália Becattini. Há 10 anos fazemos o 360meridianos, um blog que nasceu da nossa vontade de conhecer outras terras, outros povos, outras formas de ver o mundo. Mas nós começamos a sonhar com a estrada ainda crianças e sem sair de casa, por meio de livros sobre lugares fantásticos. A gente acredita que algumas das histórias mais incríveis do mundo são sobre viagens: a Ilíada, de Homero, Dom Quixote, de Cervantes; Harry Potter, Senhor dos Anéis e Guerra dos Tronos. Todo bom livro é uma viagem no tempo e no espaço. E foi por isso que nasceu o Grandes Viajantes: o clube literário do 360meridianos. Uma comunidade feita para você que ama ler, escrever e viajar.

Somos especialistas em achar livros raros, já esquecidos pelo tempo. Fazemos a curadoria de crônicas, contos e histórias de escritores e escritoras incríveis, que atualizamos numa edição moderna e bonita. A cada mês você receberá em seu e-mail uma nova aventura sempre no formato de livro digital, que são super práticos, para você ler onde, quando e como quiser.

Além do livro raro e do bônus exclusivo, recompensas que todos os nossos associados recebem, oferecemos duas experiências diferentes à sua escolha:

1) Para quem quer se aprofundar nas histórias e conhecer pessoas com interesses parecidos;< br/>
2) Para quem, além de ler, também quer escrever seus relatos.

Conheça cada uma das categorias e escolha a que combina melhor com você. Venha fazer parte do Clube Grandes Viajantes.

recompensas clube recompensas clube


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Comidas típicas de Barcelona: a culinária catalã

  1. Oi, Natália. Na verdade, eu gostaria de saber se é possível viver (financeiramente falando) de um blog de viagens. É o meu sonho. Já tenho uma renda fixa e pensei em complementá-la unindo o útil ao agradável. Trabalhando e vivendo por aí, sem lenço e sem documento! Quais as suas dicas sobre isso? Como viver em Barcelona? É um visto de turismo ou uma autorização de trabalho? Um abraço! Luciano – Brasília/DF.

    1. Sim, e não é só a cara. É uma delícia mesmo. Sim, a Espanha em geral é toda uma experiência gastronômica!

      Abraços!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.