Flor do Caribe, Caminho das Índias e O Clone: os cenários das novelas

“Você conhece uma amiga minha, a Juliana Paes?”, me perguntou o comerciante indiano, no meio de uma rua movimentada de Jaipur.  Assim que eu concordei, ele fez questão que eu fosse até a loja dele para ver uma foto em que ele estava ao lado da atriz. É óbvia a importância das novelas para a cultura brasileira. O que não é tão óbvio assim é entender o impacto que uma trama de sucesso pode ter no turismo dos lugares retratados na televisão.

Exibida em 2009, “Caminho das Índias” foi responsável por levar muitos brasileiros para o outro lado do mundo. Mas não foi a única novela a ter papel de guia turístico. Marrocos, Jordânia, Turquia, Grécia, Itália… vai dizer que você não planejou conhecer alguns dos lugares abaixo depois de ver cenas de novela?

Índia: O Taj Mahal e Jaipur

Uma das grandes cidades turísticas do país, Jaipur apareceu em “Caminho das Índias” com os seus bazares, palácios e fortes. Foi no Amber Fort, o mais importante da cidade, que Bahuan e Maya se conheceram –  uma das primeiras cenas da novela recriou ali o Festival dos Elefantes, festa tradicional em que os animais desfilam cobertos por enfeites. Estivemos no local três anos depois e reconhecemos algumas dos cenários dessa Índia que apareceu na TV.

Se o casal de protagonistas se conheceu em Jaipur, eles marcaram o primeiro encontro para outra cidade: Agra, onde fica o Taj Mahal. Mas foi novamente em Jaipur, no Jantar Matar, uma espécie de observatório astronômico do século 18, que Bahaun garantiu que o amor dos dois estava escrito nas estrelas.

Taj Mahal, India

Além das cenas gravadas nessas cidades, a novela também mostrou vários cenários do país, como Varanasi, Jodhpur e Mumbai. “Caminho das Índias” exibiu tantos possíveis destinos turísticos que a novela ganhou até um blog de viagens oficial, que conta como foram as gravações e tem depoimentos dos atores sobre o país.  Nele, Juliana Paes fala da noção de higiene, da pobreza, do caos no trânsito e todas as outras diferenças que causam um tremendo choque cultural nos viajantes. Mas a atriz garante: apesar de tudo isso, “a Índia é maravilhosa”. Mais ou menos o que percebemos depois de morar lá.

Qual o impacto que a novela teve na vida real? Agências criaram novos pacotes de viagem, as danças indianas invadiram academias brasileiras e até uma empresa foi criada para distribuir filmes indianos por aqui. E, é claro, hoje quem visita Jaipur conhece comerciantes que arriscam palavras em portunhol e garantem que são amigos da Juliana Paes.

O Marrocos de “O Clone”

Assim como a Índia, o Marrocos sempre foi um importante destino turístico mundial, mas os brasileiros estavam distantes do país africano antes de “O Clone”, exibida entre 2001 e 2002. Clonagem e dependência química foram alguns dos assuntos da novela, que tinha como plano de fundo o Marrocos. Palavras árabes e a cultura muçulmana entraram em evidência no Brasil, onde teve gente que incorporou expressões como inchalá ao dia a dia.

E não parou por aí: se no final dos anos 90 poucas centenas de brasileiros escolhiam o Marrocos como destino de férias, em 2009 esse número já tinha subido para 16 mil por ano. Aumento creditado em grande parte à novela. E olha que muitos marroquinos reclamaram dos clichês culturais que a trama mostrou.

A Turquia de “Salve Jorge”

Cerca de 80 mil brasileiros desembarcaram na Turquia em 2012, número que o governo turco espera triplicar este ano. O Motivo? Salve Jorge. A novela das nove estreou em outubro do ano passado e desde então colocou em evidência lugares como Istambul e a Capadócia. Segundo o governo do país, 100 guias turcos receberam aulas do português para dar conta do fluxo turistas esperado. Ou seja, em breve você nem vai precisar dominar completamente o inglês para se esbaldar por lá.

Outro indicador de que a Turquia é o destino do momento no Brasil vem da blogosfera –  já cansei de ouvir outros blogueiros eufóricos com os resultados que os posts sobre a Turquia têm desde que a novela começou. Pena, nós nunca fomos lá para aproveitar a onda.

Capadocia, Turquia

Foto: Brocken Inaglory, Wikimédia Commons

Volta ao mundo com as novelas

Os noveleiros podem fazer uma volta ao mundo temática, focada apenas nos países que apareceram na televisão. Na Europa, Amsterdã atuou em “Páginas das Vida”; a Grécia esteve presente em “Belíssima” e Veneza foi cenário para “Por Amor”, novela que foi exibida entre 1997 e 1998. Inclusive, a Itália é figura recorrente nas novelas brasileiras. O sotaque mama mia amore mio apareceu em “Passione” (2010); “Esperança” (2002); “Terra Nostra” (1999)  e “O Rei do Gado” (1996), só para citar algumas.

Saindo da Europa, dá para colocar um pezinho na Ásia turca de “Salve Jorge” antes de continuarmos nossa volta ao  mundo noveleira pelo Marrocos de “O Clone”; a Jordânia de “Viver a Vida” (2009); a ilha de Bali de “Três irmãs” e, é claro, a Índia da Glória Perez.  Já na América do Sul, o viajante poderia explorar a Colômbia de “Aquele Beijo” (2012). Depois, bastaria voltar ao Brasil para achar inúmeros cenários de novela espalhados pelo nosso território: Pantanal, Amazônia, sertão,praias do nordeste… E aí que entra a nova novela das seis, que foi gravada em cenários incríveis do Rio Grande do Norte.

Flor do Caribe e o Rio Grande do Norte

“Flor do Caribe” estreou na última segunda-feira. Fomos convidados pela Globo para um bate-papo no Projac, no Rio de Janeiro, com os atores Tiago Martins, Max Fercondini e Dudu Azevedo, além do fotógrafo Renato Miranda. Antes que você se pergunte “mas exatamente em quais praias do caribe se passa Flor do Caribe?, uma informação: apesar do nome, a novela foi gravada no nosso Brasil mesmo, no Rio Grande do Norte. Os atores garantiram que adoram viajar e foram unânimes na hora de escolher o lugar mais bonito onde eles gravaram para essa novela: a Praia do Madeiro, que fica em Tibau do Sul, a cerca de 80 quilômetros de Natal.

A trama da nova novela das seis se passa numa cidade fictícia, a Vila dos Ventos. Essa vila reúne as paisagens mais conhecidas do Rio Grande do Norte. Por exemplo, a…

Praia do Madeiro

É a praia favorita da galera global. O Pedro, do blog Sem Destino, também achou o lugar sensacional, e ainda garantiu viu golfinhos saltando na água. Veja o relato completo dele aqui.

Praia do Madeiro, Rio Grande do Norte

Foto: Helder da Rocha, Wikimedia Commons.

Praia de Genipabu

Dunas, uma praia e uma lagoa formam essa área de proteção ambiental, que fica pertinho de Natal: só vinte quilômetros separam Genipabu da capital potiguar. A praia, que já apareceu em “Tieta do Agreste”, agora é um dos cenários de “Flor do Caribe”. Quem já foi lá é o blogueiro do Dudu Afora. Vale conferir as fotos e o relato dele.

Genipabu, Rio Grande do Norte

Foto: Alexandre Machado, Wikimedia Commons

Baía Formosa

Também a 90 quilômetros de Natal fica Baía Formosa, uma vila com cerca de oito mil habitantes. As falésias fazem a fama da região, que pelo menos nas fotos tem um mar azul de dar inveja em qualquer praia tailandesa. Quem já esteve lá foi o Jodrian, do blog Aventura Mango.

Praia Formosa, Rio Grande do Norte

Foto: Otávio Nogueira, Wikimedia Commons

Praia da Pipa

A principal praia do município de Tibau do Sul, a Praia da Pipa já tem fama entre os viajantes brasileiros.  Chamam atenção as falésias e a presença de animais marinhos, como tartarugas. Quer saber mais sobre a Praia da Pipa? Dá uma olhada no nosso post sobre o que fazer em Pipa.

Praia da Pipa, Rio Grande do Norte

Foto: Helder da Rocha, Wikimédia Commons

Guatemala

A novela “Flor do Caribe” também teve gravações na Guatemala. Cerca de 80 profissionais da Globo ficaram 20 dias no país, que serviu de cenário para muitas das cenas do ator Henri Castelli, que vive o piloto Cassiano.  Grazi Massafera e Igor Rickli também estiveram por lá em janeiro deste ano. Antigua, uma cidade colonial, e Tikal, um conjunto arqueológico e ponto turístico mais famoso da Guatamela, são alguns dos lugares bacanas do país e que aparecem na novela.

Antigua_guatemala_2009

Antigua, Guatemala. Foto: Chensiyuan, Wikimedia Commons

Infelizmente não conheço o Rio Grande do Norte e nem a Guatemala. Mas o dia que passamos no Projac, a conversa com os atores e as imagens da novela foram suficientes para me convencer que são lugares que merecem uma visita, urgente.

Antigua - Guatemala - Flor do Caribe

Antigua, Guatemala. Foto: Navidnak, Wikimédia Commons

*Foto destacada:  Flor do Caribe, Imagem de Divulgação da TV Globo.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “Flor do Caribe, Caminho das Índias e O Clone: os cenários das novelas

  1. Parece que todo mundo sai ganhando quando uma novela da globo desembarca em algum lugar do mundo. Eu ouvi de um comerciante em Jaipur: Juliana Paes, como vai? Eles fazem de tudo para vender! rs Por mais que eu deteste devo admitir, antes de pesquisar sobre o Marrocos só tinha as informações da Glória Perez na cabeça, e quando estava lá vi bastante coisa que me lembrou o Clone. Mas adoro mesmo as novelas que destacam o Brasil! Adoro a nossa cultura e temos paisagens que não devem em nada as internacionais.

    1. Pois é, Liliana. O poder das novelas é tão grande que os órgãos de turismo dos países devem até se estapear para que uma novela seja gravada ali.
      hehehe

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.