Tags:
Atlas: Bariloche, Argentina

Como visitar o Cerro Catedral, a estação de esqui de Bariloche

Bariloche combina com inverno, que combina com neve, que combina com esqui. Pelo menos esse é o objetivo de muitas pessoas que desembarcam na capital argentina do frio todos os anos, entre profissionais do esporte e brasileiros ávidos por um contato mais íntimo com a neve. Em ambos os casos, o Cerro Catedral é parada obrigatória: é ali que funciona a estação de esqui de Bariloche, uma das primeiras da América Latina.

Qual é a melhor época para esquiar em Bariloche

A temporada de neve costuma variar de ano para ano e depende do bom humor do clima naquele momento. Se você planeja ir a Bariloche para esquiar, é importante se informar sobre esses fatores. O site oficial do Cerro Catedral publica, todos os anos, um calendário com a previsão para a temporada, que pode ser estendida ou encurtada ao longo do inverno. Para efeitos de planejamento, saiba que a temporada de neve costuma começar em meados de junho e, em alguns anos, vai até setembro, com pico no mês de julho.

Veja também: Onde ficar em Bariloche 

Esquiar em Bariloche - Cerro Catedral

Quanto custa?

O valor dos passes para a montanha muda a cada temporada. A tabela abaixo mostra os valores para a temporada de 2015, mas você pode checar os preços mais atualizados no site oficial.Preços Cerro Catedral Bariloche.

 

Pistas

O Cerro Catedral conta com 120 km de pistas e 600 hectares de áreas esquiáveis. São 34 pistas de esqui para explorar, das quais apenas seis são para iniciantes. Há ainda mais quatro caminhos classificados como fáceis para quem está começando agora (no sistema de classificação do esporte, as pistas e caminhos verdes são recomendadas para iniciantes).  Veja aqui o mapa das pistas do Cerro Catedral.

Cerro Catedral - Esqui em Bariloche

Se esse é seu primeiro contato com a neve, pode ser interessante fazer algumas aulas de esqui para se familiarizar com os equipamentos, aprender as manobras básicas do esporte e evitar alguns capotes. Na base do Cerro, você encontra diversas escolas de esqui com preços e condições variadas.

Outras atividades

Quem não é tão fã da ideia de deslizar na neve montanha abaixo ainda pode aproveitar as atrações do Cerro Catedral. O lugar oferece uma variedade de atividades de neve, como as divertidas pistas de esquibunda para todas as idades, tobogã, caminhadas na neve, aluguel de motos de neve, tour guiado para conhecer a pista (necessária inscrição prévia), pista de esqui nórdico, creche para bebes e espaço recreativo para crianças de até 11 anos. Há ainda diversas lojas, bares e restaurantes para relaxar, tomar um chocolate quente ou uma cerveja, e a melhor parte é que os preços praticados ali são muito parecidos aos praticados no centro.

Cerro Catedral - Estação de esqui em Bariloche

E se você vai visitar a cidade no verão, também não precisa deixar o Cerro Catedral de fora. Nessa época, a estação oferece atividades como trekking, mountain bike e escaladas. E as vistas lá do alto continuam lindas quando a temperatura esquenta.

Onde alugar roupas de neve e equipamento de esqui

É possível alugar as roupas impermeáveis no Cerro, mas eu aconselho fazê-lo no centro de Bariloche, onde o seu poder de barganha será maior. Já para os equipamentos, por praticidade, pode valer a pena pagar mais caro e alugar nas lojas na base da montanha, para evitar pegar ônibus com todos os trambolhos (já tentou colocar um esqui dentro do porta-malas de um carro?), mas claro, essa decisão vai depender do seu orçamento. Em geral, é possível conseguir descontos no aluguel para diversos dias ou para grupos. No Cerro também há aluguel de armários para guardar seus pertences e lugares onde deixar os equipamentos se você quiser parar um pouco para comer ou fazer outras atividades.

Como chegar ao Cerro Catedral

A forma mais barata de chegar ao Cerro Catedral é de transporte público. As linhas que levam até a estação são a 50 e 51. Você pode pegar um panfleto com os horários dos ônibus no escritório de atendimento ao turista, no centro de Bariloche, para programar sua ida e sua volta.

Outras opções são alugar um carro, contratar um seviço de remis (táxi) ou comprar o passeio com alguma agência de viagens em Bariloche, porém esse tipo de tour costuma ser apenas de meio dia, o que é insuficiente para quem pretende esquiar, mas pode ser o bastante para quem só quer conhecer o lugar e brincar na neve.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei muito lugar de casa, mas é pra Belo Horizonte que eu sempre volto. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Além do 360, mantenho uma newsletter sobre o a vida, o universo e tudo mais, que eu chamo de Vírgulas Rebeldes. Vira e mexe eu também estou procrastinando lá no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

34 comentários sobre o texto “Como visitar o Cerro Catedral, a estação de esqui de Bariloche

    1. Cacília, para subir o cerro só com os lifts da estação de esqui. O ônibus não sobe o cerro, só faz o trajeto entre o centro e a entrada da pista.

      Abraços

  1. GOSTARIA DE SABER SE TEM TRANSITO DE CARRO PARA SUBIR E DESCER PARA ESTAÇÃO CERRO CATEDRAL A PARTIR DO CENTRO DE BARILOCHE? ESTAMOS INDO NA ALTA TEMPORADA (FIM DE JULHO) COM CRIANÇAS E NÃO SERIA UMA EXPERIENCIA AGRADÁVEL FICAR COM ELAS PRESAS EM CONGESTIONAMENTO…

  2. Olá! Irei para Bariloche agora no dia 31/05/17 e TODAS as viagens que eu faço, leio este bolgo (que sou fã) para montar os meus roteiros!!! Adoro este blog!! TOP!! Parabéns!!! 😉

      1. Olá, Natália!
        Postei uma dúvida em 14/03 e ainda não tive retorno… Mesmo que o retorno seja negativo, que não saiba me informar em média os valores, gentileza me retornar, pois entro constantemente nesse post ansiosa por uma resposta. No aguardo. Muito Obrigada!! Abraço. Paula Santos

        1. Ei Paula,

          Desculpe, seu comentário passou batido aqui pra mim… Infelizmente não tenho nem ideia dos preços, pois todos os tours fiz com agência e o Cerro Catedral, em específico, fiz com transporte público. Tem um ônibus que passa no centro que deixa lá na porta, tento para ir quanto para voltar…

          Abraços

          1. Imagina! Sem problemas! Obrigada de toda forma!!
            Bom, acabo de retornar de Bariloche, fiz o percurso do centro ao cerro alguns dias de Remis e outros de taxi. Muitos locais falaram que remis era mais barato para longas distâncias, porém não foi a experiência que tive, pois paguei 400 pesos cada trecho (800 pesos ida e volta) utilizando remis e 360 pesos cada trecho com taxi. Enfim, gostaria de deixar registrado caso alguém se interesse. Abraços.

  3. Boa noite, não quero esquiar mas quero mostrar a neve para meus filhos…tem neve no final do mês de maio? Posso fazer o passeio no teleférico com eles?

  4. Natalia… tenho umas duvidas, cada coisa paga no valor separado, ou o ingresso ja me da direito a descer nas boias e andar pela montanha com raquetes, e o valor da entrada da direito a subir os teleféricos ? ou cada coisa que quiser fazer vai ter um ponto e eu tenho que comprar separado ? obrigada. vou em agosto na neve.

    1. Simone, o valor informado no post é para ter acesso ao lift, teleférico que te leva até o alto da montanha. Dessa forma, as atividades são pagas separadamente, sim…

      Abraços!

  5. Primeiramente parabéns pelo post! Adorei as dicas!!
    Bom, estou programando viajar para Bariloche em agosto de 2017 e gostaria de saber quanto custa em média o remis ou táxi do centro até o Cerro Catedral? Obrigada!

  6. To na duvida em uma coisa: em qualquer epoca do ano eu consigo esquiar ou so no periodo que neva na cidade? Por exemplo, no verao dá pra esquiar com a neve artificial? Obrigado

    1. Vinícius, o cerro continua aberto no verão, porém muitos meios de elevação fecham e as atividades oferecidas são trekking e caminhadas. Não dá pra esquiar nessa época.

      Abraços

  7. Boa tarde, me tira uma dúvida:
    Em Cerro Catedral você paga para entrar e depois fica livre para andar nos teleféricos ou tem que pagar para entrar e depois pagar para andar nos teleféricos também?

  8. bom dia, queria saber se caso vc tenha ido de ônibus de buenos aires a Bariloche, se criança menor de 5 anos paga a passagem e também quanto custa para alugar os equipamentos para esquiar e aula, já fui para o valle nevado mas achei muito caro esquiar um dia, em Bariloche gostaria de ficar dois dias esquiando o que voce acha, grato

  9. Boa trade.
    Vou com Pessoas que nāo andam de teleférico.
    Para usar a pista de treinamento tem que subir de teleférico?
    Tem algum passeio na neve para fazer na base cerro catedral

  10. O valor do passe para o cerro catedral agora, mês de março, segundo o site deles, é menos de 300 pesos. No inverno o valor sobe tanto a ponto de custar mais que 700 pesos?
    Obrigado!

    1. Douglas, olhei lá no site e está 365 pesos. Aparentemente sobe sim, até porque sem neve, não há muito o que fazer lá.

      Abraços

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.