Tags:

O que fazer na Cidade do Panamá: roteiro de dois dias

Muitas das pessoas que passam pela Cidade do Panamá estão, na verdade, em busca de outros destinos: pode ser uma parada para aproveitar um stop over de um dos muitos voos da Copa Airlines que fazem conexão na cidade. Pode ser o ponto de partida ou chegada de algum cruzeiro pelo Caribe ou ainda uma passagem obrigatória antes de seguir para San Blás ou Bocas del Toro, dois paraísos caribenhos desse pequeno país.

Seja qual for o motivo que vai te levar até ali, o importante é não perder a viagem. Essa pequena Miami centro-americana (porque latina a outra também é, não é mesmo?) tem muito mais a oferecer que outlets e arranha-céus. Veja agora algumas dicas de atrações na Cidade do Panamá que vão te ajudar a montar um roteiro de um, dois ou até mais dias na pela cidade.

Para saber onde se hospedar, leia nossas dicas no post Onde ficar na Cidade do Panamá. E para seguro de viagem na América Latina com desconto não deixe de conferir aqui.

Cidade do Panamá: o que fazer em dois dias

Dia 1

Aproveite o primeiro dia para conhecer o centro histórico, a região mais charmosa da cidade. O casco antiguo, como é chamado por ali, é um bairro pequeno, mas cheio de casarões coloniais e ruas de pedra. Não deixe de passar pela Plaza de la Independencia, Basilica Santa Maria, Plaza Bolivar e no Convento Santo Domingo, que são os principais pontos de interesse dali. A região é repleta de bares e restaurantes nos quais você pode provar a gastronomia local. No centro histórico também fica o Museu do Canal do Panamá.

Depois, vá caminhando até a Cinta Costera, um belo parque com muita área verde e um extenso calçadão. Nos fins de semana, o lugar fica cheio de gente andando de patins e bicicleta – ou apenas tomando sol em um dos bancos. Dali você também ganha de presente uma ótima vista da parte moderna da cidade.

Outra boa opção para almoçar é parar no Mercado de Mariscos, que fica no caminho entre o casco antiguo e a Cinta Costera. Ao contrário dos restaurantes do centro histórico, o mercado não é nem um pouco turistão. Ali você poderá comer pratos preparados com peixes frescos e frutos do mar. Mesmo se você já tiver almoçado, vale a pena passar por ali para ver a atmosfera festiva do lugar.

cinta Costera - Cidade do Panamá

À noite, a dica é se perder no bares da Calle Uruguay.

Dia 2

Pela manhã, faça uma vista às ruínas de Panamá Viejo, a antiga capital do país que sucumbiu sob os ataques de piratas em 1671. Durante o episódio, uma depósito de pólvora explodiu e a cidade inteira queimou em um grande incêndio. O lugar foi evacuado e uma nova capital foi construída no local que conhecemos hoje. As ruínas ainda permanecem nos arredores da Cidade do Panamá, e são consideradas Património Mundial da Unesco desde 1997. Mas atenção: o lugar fechas às segundas-feiras. Veja aqui mais informações para a visita.

De lá, aproveite para visitar a grande atração do país: o Canal do Panamá. Essa obra monumental de engenharia, que reduziu as distâncias do planeta ao trazer dois hemisférios para mais perto, atrai estudantes e curiosos do mundo inteiro para ver as águas passando de um oceano para o outro pelo Mar do Caribe. A visita à Eclusa de Miraflores está do lado do Pacífico – é a mais visitada por turistas por estar perto da capital e do aeroporto. É bastante técnica e inclui também um museu e um centro de visitantes com um filme explicativo.

Leia também: Como é a visita ao Canal do Panamá

Termine o dia com um passeio pela Causeway Amador, uma avenida que liga a Cidade do Panamá com três ilhotas no Pacífico. O legal é fazer o percurso de bicicleta: tem um ponto de aluguel de bikes por ali. Na Causeway também fica o Biomuseum, que conta sobre a biodiversidade do país e explica como esse pequeno pedaço de terra influenciou a vida em todo o planeta. Se você é das compras, há um free shop na Isla Flaminco.

Cidade do Panamá - Vista

Outros bons lugares para comprar na Cidade do Panamá são o Albrook Mall e o Multiplazas Pacific Mall.

Dica: a melhor forma de fazer esse roteiro é pegando Ubers ou táxis de um ponto a outro. A Causeway também pode ser combinada com a vista à Cintra Costeira.


Compartilhe!






Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.