Que tal conhecer o Tamil Nadu, na Índia?

Os turistas estrangeiros que se aventuram pela Índia costumam procurar o mesmo roteiro basicão, afinal não dá pra negar que os locais mais interessantes estão na região norte, perto de Nova Délhi. Vez ou outra aparece um mochileiro nível master disposto a desbravar também o sul do país, onde muitas vezes você é o único estrangeiro num raio de centenas de milhões de pessoas. Foi com esse pensamento que chegamos ao estado de Tâmil Nadu.

“Tamil Nadu? Onde fica isso?” Uma rápida pesquisa na Wikipédia ensina que esse é o sétimo estado mais populoso e um dos mais importantes da Índia. E um local para peregrinação hindu também, já que mais de 100 milhões de indianos visitam o Tamil anualmente, a maior parte deles em busca dos enormes templos de Madurai e Trichy.

Isso significa que os hotéis, restaurantes e afins não estão preparados para receber ocidentais. Então nada de banheiro com vaso sanitário, ônibus de qualidade melhor para turistas ou restaurantes com comida continental. O Tamil é a Índia como ela é: caótica, lotada, suja e fedorenta. E muito interessante, claro. Vá somente se você achar que aguenta a Índia sem versão para turistas.

Leia também: Ideias de Roteiro pelo Sul da Índia

Chennai

Igreja-São-Tomé-na-Índia

Antigamente chamada Madras, Chennai é a maior cidade do sul da Índia. Apesar disso, até o Lonely Planet – que dedica umas 30 páginas para Calcutá e seu grande nada – deixa claro que é preciso muita criatividade para achar alguma coisa para fazer em Chennai. O único lugar que realmente vale a pena ver em Chennai é a Basílica de São Tomé, uma das três únicas igrejas do mundo que foram construídas em cima do túmulo de um Apóstolo de Cristo, pelo menos segundo a versão dos católicos.

Tomé, o apóstolo do “só acredito vendo”, teria sido enviado para pregar as boas novas na Índia, onde teria morrido há quase 2 mil anos. Se a história dessa relíquia é verdade ou não é outra coisa, mas fato é que a pequena comunidade cristã de Chennai garante que a Basílica é abençoada pelo santo, que teria inclusive evitado a destruição da igreja pelo tsunami de 2004. Saiba mais sobre Chennai neste post.

Mamallapuram

Mamallapuram

Duas horas dentro de um ônibus e você estará em Mamallapuram, certamente o destino mais ocidental do Tamil Nadu. Essa cidadezinha tem pouco mais de 10 mil habitantes, ruas de terra batida e restaurantes prontos para receber turistas estrangeiros. E que o ar bucólico não engane: Mamallapuram foi uma importante cidade portuária durante o século VII, quando a dinastia dos Pallavas reinava na região. Isso significa que não faltam templos, estátuas e monumentos de 1500 anos.

templos-em-Mamallapuram

Tiruchirappali

Se o nome for complicado demais para você chame-a de Trichy e pronto. Com cerca de 800 mil habitantes, Trichy é uma das estrelas do turismo religioso no Tamil Nadu – a maioria absoluta dos visitantes é hindu e raros são os estrangeiros que se aventuram por lá. Barulhenta, suja e feia como poucos lugares da Índia, Trichy exige muita paciência dos ocidentais.

Veja também: Trichy, A Índia que quase não conhece estrangeiros

Os bravos que chegam nessas bandas são recompensados com dois lugares inesquecíveis: o Rockfort, um templo hindu que fica cravado no alto de um morro, e o Sri Ranganathaswamy, simplesmente um dos maiores e mais bonitos templos da Índia.

Templos-Trichy

 Sri Raganathaswamy Temple

Madurai

Madurai-India

A viagem entre Tiruchirappali e Madurai foi uma das mais, digamos, exóticas que fizemos na Índia. E olha que isso significa muito. Passamos 4 horas dentro de um típico ônibus indiano: sujo, caindo as pedaços e lotado de baratas (e pessoas). Com mais de 1 milhão de habitantes, Madurai é uma das cidades continuamente habitadas mais antigas do mundo – há relatos de historiadores romanos e até mesmo gregos sobre a cidade. E o grande destaque de Madurai é, adivinhem? Um templo. O Meenakshi Amman, dedicado à deusa Parvati e que recebe cerca de 20 mil visitantes todos os dias.

Puducherry

India-Francesa-Puducherry

Tecnicamente Puducherry é um território especial da união e não faz parte do Tamil Nadu. Mas como fica no meio do estado, Pondi normalmente entra na rota de quem viaja pelo Tamil.  Se Goa era a parte da Índia colonizada por portugueses, Puducherry é a Índia Francesa. Dividida em ruas retas e setores, a cidade é simpática e ainda conserva os nomes franceses em alguns lugares. Hoje pouca gente fala francês por lá, mas não estranhe se alguma indiana vestindo um sari colorido se aproximar de você com um Bonjour. Aconteceu comigo.

Informações turísticas sobre o Tamil Nadu

Como chegar

A melhor forma de explorar o Tamil Nadu envolve chegar pelo aeroporto de Chennai, destino para onde é fácil achar passagens aéreas em promoção.

Quanto tempo ficar

Um dia é o suficiente para ver tudo de interessante em cada cidade. Mamallapuram e Puducherry, com um clima mais relaxado e organizado, permitem uma parada maior, para descanso. Evite a qualquer custo ficar mais tempo do que o necessário em Madurai e Tiruchirappali.

Aonde ir

Do Tamil pegamos um trem para o Kerala, outro estado do sul da Índia. Essa pode ser uma boa alternativa se você já conhece todo o norte do país.

Vai viajar? O seguro de viagem é obrigatório em dezenas de países e indispensável nas férias. Não fique desprotegido na Índia. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício para o país – e com cupom de desconto.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

16 comentários sobre o texto “Que tal conhecer o Tamil Nadu, na Índia?

  1. Oi pessoal! Gosto muito do site de vcs!
    Não vi exatamente quando foi escrito este post, mas discordo com vcs sobre hotéis nada preparados para ocidentais. Estive em Chennai em outubro. Há hotéis maravilhosos. O ITC Grand Chola por exemplo, é um hotel 7 estrelas localizado em Chennai. Nos ficamos no Park Hyatt, maravilhoso Tb e muito mais barato que vários hotéis no Brasil. O shopping ( Phoenix Mall), é igualzinho os shoppings dos EUA.
    Comemos até filet mignon em um restaurante!
    Enfim, sei que viagem Com mochila nas costas é totalmente diferente. Mas não dá P generalizar. E havia papel higiênico em TODOS os banheiros que entrei!
    Bom, parabéns pelo site!
    Um grande abraço!

  2. Hola!
    Quero antes parabeniza-los pelo incrível blog de vocês que descobri quando decidi fazer minha viagem investigativa a India. Vou daqui um mês e leio cada post sobre a India 2, 3 vezes para gravar cada dica que será importantíssima. E claro, essa maneira informal, detalhista e divertida de descrever suas aventuras é o que mais nos aproxima desse distinto país.
    Passarei meus primeiros 2 meses em Coimbatore e não encontrei nenhuma passagem de vocês por lá… Mas já tem ajudado as dicas sobre o sul e lugares que não posso deixar de explorar.
    Um grande abraço de uma nova fã do blog

  3. Ola Rafael adorei o que voce escreveu sobre Chennai e as dicas que deu pois estou indo para la agora em junho como convidada de um casamento e estou com muitas duvidas como me vestir. Sei que estará muito quente conhece alquem que possa me ajudar?Um abraço. Henriqueta.

    1. Oi Henriqueta,

      Desculpe-me pela demora em te responder, mas eu estava viajando. Dá uma olhada neste texto aqui: https://www.360meridianos.com/2013/02/guia-para-mulheres-viajar-india.html

      Por experiência eu diria para você evitar calças jeans, já que o calor é intenso. Mas sempre use roupas cumpridas. Qualquer coisa fala com a Naty e a Luiza, também autoras do blog, que elas podem ter dar dicas melhores do que eu.

      Abraço!

  4. Muito legal o post de vocês!

    Viajamos pelo sul da Índia em 2010. Achamos tanto kerala como Tamil Nadu, lugares muito tranquilos, principalmente comparado com o norte (nas montanhas também é tranquilo). Acho que um numero menor de turistas deve ajudar com isto. Achamos um clima de sudeste asiático, sei lá…
    A comida do sul da India também é muito boa, alem de barata. Chegávamos a parar 70 rupias para duas pessoas numa refeição! Onibus são muito baratos e hoteis também, porem a qualidade é um pouco baixa mesmo.
    Além dos lugares que falaram, gostamos de Tanjore, que também tem um templo muito bonito.
    Tiruvanamalai também tem que fazer parte do roteiro, onde tem a montanha sagrada de Arunashala, onde diz a lenda que Shiva se transformou numa coluna de fogo. Muitos ashrans, sendo que o principal é do Ramana Maharish, grande santo hindu.

    Abs

    1. Muito obrigado pelo elogio e pelas dicas! Não é fácil encontrar brasileiros que conheçam o sul da Índia, já que normalmente o roteiro turístico passa pelo norte!
      Abraço!

      1. É Rafael, gostamos mesmo de viajar por lugares não muito afetados pelo turismo.

        De uma olhada no vídeo da minha segunda passagem pela Índia:
        http://youtu.be/UZ-P0wxGFm4

        Ano passado, depois de viajar pela rota da seda, fomos para Caxemira, Ladakh e Ilhas Andaman.
        Próxima viagem para a Índia quero ir para Orissa, Sikim e Assam.

        Abraço

  5. Infelizmente tenho uma opinião bem diferente de vocês sobre Tamil Nadu. Morei 3 anos na Índia e conheço muitos lugares de norte a sul, mas nada tão lindo e especial como Tamil Nadu… Acredito que tudo depende de como chegamos e visitamos estes lugares. Viajei de carro particular, fiquei em hotéis maravilhosos e os templos e cerimônias que presenciei são indescritíveis… Espero que ainda tenham chance de conhecer este outro lado maravilhoso de Tamil Nadu!! Boa viagem!! Cristiane Cury

    1. Oi Cristiane! Muito obrigado pelo seu comentário. Nós moramos 6 meses na Índia. Por mais que seja um país com alguns desafios para o viajante, definitivamente é um lugar mágico que merece ser visitado. Também gostamos muito do Tâmil, especialmente dos templos em Madurai e Tiruchirappali. No post nós falamos das dificuldades para os mochileiros, ou seja, gente que viaja com pouco dinheiro e não pode procurar opções mais confortáveis como as que você falou. Abraço!

  6. Oi Mirella! Que bom que você gostou do 360meridianos! =)
    A Índia dá um medinho mesmo, mas vale muito a pena. Tem lugares lindos e interessantes por lá. Neste momento estamos viajando pelo sudeste asiático. Em breve postamos mais novidades.
    Abraço

  7. Ainda não sei como, mas acho que á primeira vez que apareço aqui no seu blog e ADOREI!!!
    Que bom achar mais um blog que conta viagens dessa forma 🙂
    Muita bacana essa sua experiência na India, é um dos lugares que sou doida para conhecer, mas que ainda estou com aquele “medinho” eheeh…
    Abs

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.