fbpx

O Que Fazer em Cinque Terre: roteiro de 1 a 5 dias

Nesse texto você descobre o que fazer em Cinque Terre, na Itália. Explicamos como montar um roteiro de 1 a 5 dias na região, o que fazer em cada uma das vilas –  Riomaggiore, Monterosso, Corniglia, Vernazza e Manarola -, onde comer e onde se hospedar.

Também montamos um guia das principais trilhas no Parque Nacional Cinque Terre, como se locomover por lá e como chegar de outras cidades da Itália.

Vista Classica de Manarola e das Cinque Terre
Manarola, em Cinque Terre

Quantos dias ficar em Cinque Terre?

As Cinque Terre são cinco pequenas vilas de pescadores, com casinhas coloridas à beira de um espetacular cenário do mediterrâneo. Além de visitá-las, fazer algumas das trilhas entre as aldeias, que passam por pontos panorâmicos, vinhas e bosques, também é uma parte imperdível da viagem.

Como todas as vilas são bastante pequenas, se você tiver 2 ou 3 dias consegue conhecer as cidades e até algumas trilhas num ritmo mais rápido.

Porém, se preferir aproveitar a tranquilidade da região, recomendamos ficar 4 ou 5 dias. Nós ficamos 4 dias inteiros (sem contar os dias de chegada e partida) e foi incrível.

Roteiros em Cinque Terre de 1 a 5 dias

Não importa quantos dias você ficar em Cinque Terre, não deixe de experimentar algumas das tradições locais: provar bebidas de limão siciliano, comer focaccias, pesto e, claro, beber o vinho local.

Uma recomendação interessante é buscar um mercadinho e se abastecer dos melhores produtos regionais para fazer um piquenique num cenário com vista deslumbrante de sua escolha.

O que fazer em Cinque Terre em 1 dia

Se você só tem um dia para explorar todas as Cinque Terre, recomendo comprar um tour, porque vai ser mais fácil e rápido para se locomover e acaba até saindo mais barato.

Veja opções de passeios de um dia saindo de Florença, Milão e La Spezia. As três opções incluem transporte, passeio de barco e almoço.

Roteiro em Cinque Terre em 2 ou 3 dias

  • Dia 1: Visite Monterrosso ao Mare, Vernazza e Corniglia
  • Dia 2: Conheça Manarola e Riomaggiore
  • Dia 3: Faça uma trilha ou passeio de barco entre as vilas

Roteiro em Cinque Terre 4 ou 5 dias

  • Dia 1: Comece o primeiro dia tranquilo, aproveitando o dia em Levanto
  • Dia 2: Faça a trilha entre Levanto e Monterosso ao Mare e depois aproveite o resto do dia na vila e praia
  • Dia 3: Explore Vernazza pela manhã e Corniglia à tarde
  • Dia 4: Visite Manarola pela manhã e Riomaggiore à tarde
  • Dia 5: Aproveite para fazer mais uma trilha, passeio de barco ou explorar uma das praias nos arredores
rua de monterosso al mare em cinque terre
Centro de Monterosso al Mare

O Que Fazer em Cinque Terre: principais atrações, vila a vila

Abaixo, explicamos o que você encontra em cada uma das vilas das cinco terras e também nos arredores, como Levanto. Também explicamos melhor sobre as trilhas que você encontra na região.

Tenha em mente que a principal atração em Cinque Terre é caminhar pelas vilas, aproveitar as vistas ou as praias, encontrar um lugar gostoso para comer e beber.

Monterosso ao Mare: O Que Fazer

Em Monterosso al Mare é a maior vila das Cinque Terre. A principal atração por ali é a praia. A Spiaggia di Fegina é a única praia das cinco vilas que tem uma longa faixa de areia com opções de praias públicas e privadas. Além disso, tem um longo calçadão com muitas opções de restaurantes e bares.

Além das praias, Monterosso tem um charme histórico: no centrinho da aldeia você encontra a Igreja de São João Batista, construído em 1200, e ao Convento dei Cappuccini.

praia com longa faixa de areia em monterosso al mare cinque terre
Praia de Monterosso Al Mare

Onde se Hospedar em Monterosso

Na minha opinião, Monterosso é a melhor das Cinque Terre para se hospedar, dado o tamanho e a estrutura para turistas, que é mais completa. Além disso, é a única das aldeias que é plana, o que facilita muito a locomoção com malas.

Quer ler mais dicas de hospedagem em todas as vilas? Leia nosso guia de Onde Ficar em Cinque Terre

Onde Comer e Beber em Monterosso

O Que Fazer em Vernazza

Vernazza é uma vila que combina bem praia, centro histórico e vista panorâmica.

A aldeia gira em torno do porto de Vernazza. Com seus barcos coloridos e água cristalina, é perfeita para um passeio tranquilo ou para sentar e observar o movimento.

Vista do Porto de Vernazza e suas casas coloridas
Porto de Vernazza

Entre as atrações do local, você encontra a Igreja de Santa Margarida de Antioquia, localizada bem na beira do mar. Dá para subir a torre e ver uma vista panorâmica da região. Igualmente, vale a pena visitar as ruínas do Castelo Doria, pela história e paisagem.

Onde Comer e Beber em Vernazza

Onde se hospedar em Vernazza

O Que Fazer em Corniglia

Corniglia, ao contrário das outras Cinque Terre, não fica à beira do mar. Está bem no alto de uma montanha, o que traz ao local uma experiência diferente.

Ao chegar, prepare-se para suar: Lardarina, uma escadaria com 382 degraus que leva da estação de trem até a vila. Para compensar o esforço, a vista lá do alto é excelente.

Uma vez em Corniglia, aproveite para percorrer as charmosas ruas estreitas. A vila é relativamente mais tranquila do que suas vizinhas mais famosas. Foi onde achei restaurantes muito bons e com um preço mais amigável.

Ruelas de Corniglia em Cinque Terre
Ruelas e restaurante em Corniglia

Não deixe de visitar a Igreja de São Pedro e a praça principal da vila, a Largo Taragio, local ideal para tomar um gelato enquanto se aprecia a vida passar.

Onde Comer e Beber em Corniglia

Onde se hospedar em Corniglia

Manarola: o que fazer?

Manarola é indiscutivelmente a vila mais bonita das Cinque Terre. É uma explosão de cores e energia. Esta pequena vila de pescadores é famosa por suas casas coloridas empilhadas ao longo das falésias rochosas, oferecendo uma vista impressionante.

Manarola só tem uma pequena praia cercada por pedras, logo o passeio ali é subir e descer ladeiras e encontrar uma vista bonita para chamar de sua. Entre os pontos turísticos ficam a Igreja de São Lourenço, construída no século 14.

Casal aproveitando a vista da pousada em Cinque Terre
Vista de um terraço em Manarola

Como Manarola é pequena e muito movimentada, convém reservar o restaurante de sua preferência – ou se preparar para aguardar numa fila.

Onde Comer e Beber

Onde Se Hospedar

Se você estiver numa viagem romântica para Cinque Terre, recomendo se hospedar em Manarola.

O Que Fazer em Riomaggiore

Riomaggiore, assim como Manarola, tem uma vibe mais romântica. É provavelmente a aldeia mais agradável para andar entre as ruas labirínticas, com uma boa mistura entre ruas coloridas e vistas panorâmicas das vinhas e do mar.

O pequeno porto no centro é charmoso, com barcos coloridos e vários bares e restaurantes. A vila também conta com uma diminuta praia entre as pedras.

vista do porto em riomaggiore
Porto de Riomaggiore

A Igreja de São João Batista, datada do século 14, é o único ponto turístico, além das caminhadas ao redor da vila.

Onde Comer e beber

  • Tutti Fritti (take-away de frituras típicas italianas) – €
  • Il Grottino (restaurante de frutos do mar) – €€€

Onde se hospedar

Arredores de Cinque Terre: O Que Fazer?

Nos arredores das Cinque Terre você encontra outras vilas e cidades fofas. Recomendo conhecer (ou até se hospedar), em Levanto, que tem uma praia excelente, bons bares e restaurantes e é muito agradável e menos cheia que as vilas mais turísticas.

Saiba mais: Slow Travel em Cinque Terre

O que fazer Levanto

Levanto é considerada a “porta de entrada” para as Cinque Terre. É maior que as vilas, mas ainda assim é uma cidade pequena, com atmosfera tranquila e uma praia bonita e acessível.

Recomendo se hospedar em Levanto tanto pela questão de estrutura e acessibilidade, quanto para quem quer fugir um pouco de multidões de turistas ou quer economizar um pouco.

praia em levanto cinque terre
Praia de Levanto

As ruas são charmosas, têm excelentes bares, cafés e restaurantes. Entre as atrações ficam a histórica Igreja de Sant’Andrea e as ruínas do Castelo de Levanto, além de alguns pontos panorâmicos vistos das trilhas que circundam a cidade.

Onde Comer e Beber

Onde se Hospedar

Outras cidades e vilas para conhecer na região da Riviera Italiana

A região de Cinque Terre fica no chamado Golfo dos Poetas e faz parte da Riviera Italiana. Por ali, você consegue facilmente acessar de trem, carro, bicicleta ou barco, outras vilas e cidades chamosas a beira do Mediterrâneo.

Fica aqui uma lista de sugestões para quem tiver mais tempo.

  • La Spezia
  • Portovenere
  • Bonassola
  • Sestri Levante
  • Portofino

Planejando viajar mais tempo pela Itália? Não deixe de ler: Roteiros de Viagem pela Itália de 7 a 30 dias

Como chegar em Cinque Terre, na Itália

As Cinque Terre ficam localizadas num parque nacional no Norte da Itália, na região da Ligúria.

Veja abaixo o mapa das Cinque Terre.

O sistema de trens é a melhor forma de chegar em Cinque Terre de outras regiões da Itália. A cidade grande mais próxima servida de aeroporto é Gênova.

Mas também é fácil conseguir conexões de Florença, Bolonha ou Milão. Recomendo buscar na Trenilalia trens para La Spezia caso venha do sul ou Sestri Levante (e conectar até Levanto ou as Cinque Terre), se vier do norte.

Distância de Cinque Terre para outras cidades:

  • De Gênova a Cinque Terre: 1h de trem até Sestri Levante / Levanto
  • De Florença a Cinque Terre: 2hrs de trem até La Spezia
  • De Milão a Cinque Terre: 2h30 de trem até Sestri Levante

Como se locomover entre as Cinque Terre e arredores

Trem

Toda essa região é bem servida de trens, que são a forma mais rápida e fácil para se locomover, caso você não queria caminhar entre as vilas ou pegar ferries.

Porém, infelizmente, o valor do trem é superfaturado, com bilhetes custando 5 euros por trajeto. Considerando que a maioria dos trajetos leva entre 3 a 10 minutos.

Se você pretende pegar até 3 trens por dia, vale a pena comprar os bilhetes unitários. Caso precise fazer mais viagens, vale a pena comprar o Cinque Terre Card (mais sobre o passe abaixo).

Ferries e Passeios de Barco

Outra opção de transporte são as ferries que ligam as diferentes vilas, e também Levanto e La Spezia. A grande vantagem da ferry é que você já faz um passeio de barco e consegue ver as vilas do mar.

Dá para fazer trajetos mais curtos e mais longos. Como Manarola é a aldeia mais bonita e colorida, recomendo programar a chegada lá. Aqui você encontra a tabela de horários e preços das ferries.

Outra opção é fazer um passeio de barco na região. Veja algumas opções:

Trilhas e Caminhadas

Uma das formas mais populares de conhecer a região é fazendo trilhas entre as vilas. Mais abaixo, listamos as principais trilhas e as mais bonitas. Mas você pode ver a lista completa de todas as trilhas no site do parque.

vista de uma das trilhas entre as aldeias de cinque terre
Vista do início da trilha saindo de Levanto

Cinque Terre Card: os Passes de Turismo

Existem duas versões do Cinque Terre Card, que dão acesso às trilhas pagas e ao transporte entre as vilas. É possível comprar diretamente nas bilheterias ou online.

Cinque Terre Trekking Card

O Cinque Terre Trekking Card dá acesso a todas as trilhas pagas durante a alta temporada. São elas: Monterosso a Vernazza e Vernazza a Corniglia. Custa €7,50 para um dia e €14,50 para dois dias. Também a opções com descontos para crianças, idosos e famílias. (Os preços serão reajustados em Março de 2024)

Cinque Terre Treno MS Card

E o Cinque Terre Treno MS Card te dá acesso as trilhas + acesso ilimitado aos Cinque Terre Express trains, que te levam entre Levanto e La Spezia, passando por todas as Cinque Terre. O cartão custa €18,20 para um dia, €33 para dois dias, e €47 para três dias.

Eu peguei 3 trens por dia (um de ida de Levanto a uma das vilas, outro entre as vilas e o terceiro para voltar a Levanto). Dessa forma, o passe não fazia sentido para mim.

Porém, se você pretende visitar mais vilas num mesmo dia, ou se pretende fazer as trilhas pagas, o card vale a pena.

Principais e melhores trilhas do Parco Nazionale de Cinque Terre

O Parque Nacional de Cinque Terre conta com mais de 120km de caminhos e cerca de 48 trilhas disponíveis. Como expliquei no tópico acima, atualmente, apenas duas das trilhas famosas são pagas – e mesmo assim, na baixa temporada, entre novembro e março, é gratuito.

Uma das informações mais confusas na hora de escolher quais trilhas fazer é verificar se estão fechadas ou não. Por exemplo, uma das trilhas mais famosas, a Via Del Amore, que liga Manarola e Riomaggiore, já está há alguns anos fechada, com a promessa de reabertura para o verão de 2024.

Logo, antes de viajar, verifique no site oficial quais trilhas estão abertas. Abaixo, listamos algumas das caminhadas mais famosas e bonitas.

Levanto a Monterosso

Essa trilha gratuita tem algumas das melhores vistas das 5 Terras e também de Levanto. Foi a trilha que escolhemos fazer, pois estávamos hospedados em Levanto.

Tem cerca de 8 km de distância e dificuldade média. Ao longo do caminho, tem algumas subidas e descidas mais íngremes e pedregosas. Passa por vários pontos panorâmicos, incluindo a Punto Mesco, de onde se consegue ver as cinco vilas.

vista das cinque terre de ponto panoramico
Vista do Punto Mesco no final da trilha entre Levanto e Monterosso

Manarola a Vernazza; e Vernazza a Corniglia

Ambas trilhas pagas têm o mesmo tamanho, de 3.5 km, e dificuldade média. Nas duas, você circula entre as vilas e tem vistas panorâmicas.

Estão fechadas temporariamente para reparos no momento que escrevo esse texto, mas é provável que reabram para o verão.

Via dell Amore: Riomaggiore a Manarola

A mais famosa das trilhas de Cinque Terre, e também a mais movimentada, liga as duas vilas mais bonitas da região. É considerada fácil e tem apenas 1.5 km, tendo sido escavada sobre as rochas à beira do mar, para ajudar a construção do túnel dos trilhos de trem. Está fechada há alguns anos, com a promessa de ser reaberta no verão de 2024.

Há uma trilha alternativa, a Via Beccara. Porém, essa é considerada difícil, pois envolve cruzar a montanha que separa as duas vilas. Quem tem boas condições físicas para suportar a subida íngrime é premiado com vistas panorâmicas no topo.

Saiba mais: Roteiro na Costa Amalfitana de 4 a 7 dias: quais cidades visitar?

Inscreva-se na nossa newsletter

5/5 - (1 vote)

Compartilhe!







Eu quero

Clique e saiba como.

 




Luiza Antunes

Sou Jornalista e Escritora, já escrevi mais de 800 artigos e reportagens sobre Viagem e Turismo. Atualmente moro na Inglaterra, quando não estou viajando. Já tive casa nos Estados Unidos, Índia, Portugal e Alemanha, e já visitei mais de 50 países pelo mundo afora. Siga minhas viagens em @afluiza no Instagram.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.