As 7 melhores praias de Fernando de Noronha e o mapa do paraíso

O seu conceito de praia paradisíaca vai mudar completamente assim que colocar os pés em Noronha. A ilha principal do arquipélago tem cerca de duas dezenas de praias, lugares que combinam como poucos o tripé paisagem, vida marinha e água transparente. Junte a isso o turismo sustentável que há por ali – a ilha nunca está lotada – e você entenderá por que Fernando de Noronha é um daqueles raros lugares que superam todas as expectativas.

Neste texto, eu listei as 7 melhores praias de Noronha, opinião com base nas duas viagens que fiz para lá, em 2015 e em 2019. Mas outras praias – igualmente lindíssimas – também marcam presença no artigo. Estude o mapa da ilha e decida quais delas você quer conhecer.

As 7 melhores praias de Fernando de Noronha são:

  1. Praia do Sancho
  2. Praia da Baía dos Porcos
  3. Praia da Cacimba do Padre
  4. Praia da Baía do Sueste
  5. Praia do Porto de Santo Antônio
  6. Praia da Conceição
  7. Praia da Atalaia

Praias de Fernando de Noronha

Praias de Noronha: entendendo a Ilha

Para começar, vamos separar a ilha principal de Noronha em duas costas: Mar de Dentro e Mar de Fora. Como os nomes indicam, a costa do Mar de Dentro é voltada para o Brasil. As praias mais bonitas estão nesta costa, que é onde o sol se põe. Já o Mar de Fora está voltado para o Oceano, sentido África. Esta costa tem menos praias e mar mais agitado. Duas das praias do Mar de Fora têm frequentadoras mais que especiais, as tartarugas.

Por fim, é preciso dizer que uma viagem para Noronha muda bastante dependendo da época do ano. A melhor visibilidade debaixo d’água ocorre em setembro, enquanto o mar fica mais agitado a partir de novembro, marcando o começo da temporada do surf.

Até praias mudam de aparência dependendo da época do ano: entre janeiro e março, a Praia do Cachorro pode perder toda a areia e ficar só com as pedras, enquanto o contrário ocorre com a Praia da Caieira. Leve isso em consideração antes de planejar a viagem.

Veja também: Qual a melhor época para viajar para Fernando de Noronha?
Tudo que você precisa saber para viajar para Fernando de Noronha
Como mergulhar de cilindro em Noronha
Onde ficar em Fernando de Noronha

Praias de Noronha: Mar de Dentro

Listei as praias a seguir em ordem geográfica da costa do Mar de Dentro, da Ponta da Air France até a Ponta da Sapata, que separam as duas costas.

Praia do Porto

É de lá que saem os barcos que percorrem a ilha. É uma praia lindíssima, mas teve a infelicidade de existir em Noronha – a comparação com a vizinhança é cruel.

 Praia do Porto

Por outro lado, é uma excelente opção para snorkeling e mergulho de cilindro, por conta de um naufrágio que ocorreu lá. Eu fiz meu primeiro mergulho de cilindro nesta praia. Além de inesquecível, é o local mais barato para ter essa experiência em Noronha. Foi também o lugar onde eu vi mais tartarugas, muitas delas pertinho da areia.

mergulhar em Noronha

É possível ir até a Praia do Porto caminhando, a partir da Vila dos Remédios, ou pela BR-363, a segunda menor BR do Brasil, que corta Noronha de um lado ao outro.

Praia da Biboca

Nada de banho de mar. Essa praia de pedras de origem vulcânica fica abaixo da Fortaleza dos Remédios, entre a Praia do Porto e a Praia do Cachorro. É possível caminhar pela areia durante a maré baixa.

Praia do Cachorro

Provavelmente a primeira praia que você conhecerá em Noronha. É que a Praia do Cachorro fica pertinho da Vila dos Remédios, espécie de capital da Ilha e onde a maior parte dos visitantes fica hospedada. Para chegar lá, desça a rua principal da vila até o fim. Você encontrará uma escadaria que dá acesso à Praia do Cachorro.

Praia do cachorro

A faixa de areia é pequena, mas essa é a praia mais urbana de Noronha. E com a cerveja mais barata. Por falar nisso, é ali que fica o Bar do Cachorro, principal ponto de encontro da noite de Fernando de Noronha. Se você seguir pelas pedras à direita da praia chegará ao Buraco do Galego, uma piscina natural linda.

A praia tem este nome por conta de uma estátua de bronze de um cachorro que funcionava como saída de água de uma bica. A estátua não existe mais.

Praia do Meio

Desça a escadaria da Praia do Cachorro e vire à esquerda, passando pelas ruínas de antigas construções. Siga a trilha e você encontrará a Praia do Meio, a segunda mais próxima da Vila dos Remédios. E mais vazia e menos urbana – leia, com menos bares. Mas ainda tem estrutura turística. Por ali fica o Bar do Meio, opção para o pôr do sol entre umas e outras. Os preços já são bem mais altos que os da Praia do Cachorro.

Praia da Conceição

Uma praia grande que fica aos pés do Morro do Pico, o ponto mais alto de Noronha, com 323 metros. Fica logo depois da Praia do Meio e tem sido usada em cerimônias de casamento ao ar livre (spoiler: casar em Noronha não sai baratinho, não). O pôr do sol na Praia da Conceição é lindo e disputado. No verão, durante a temporada de surf, as ondas atraem pranchas.

Praia da Conceição no pôr do sol

Praia do Boldró

Acima desta praia fica o Forte do Boldró, um ponto tradicional de observação do pôr do sol. Também dá surf, principalmente entre novembro e março. O acesso é pela Vila do Boldró, outra das “cidades” de Fernando de Noronha. O mais provável é que você só conheça essa praia de cima, a partir do mirante do forte.

Praia do Americano

Noronha já serviu de base para soldados norte-americanos, durante a Segunda Guerra e o começo da Guerra Fria. Daí que vem o nome dessa praia, que era vizinha do Posto de Observação de Teleguiados do exército dos Estados Unidos. Por isso, foi uma praia pouco frequentada durante décadas – e até hoje é a mais deserta do Mar de Dentro. Fui até lá de transporte público. Desci do ônibus perto da trilha para a Praia do Bode (à esquerda) e do Americano (à direita).

Praia do Bode

O começo do cartão-postal mais famoso de Noronha. Tem piscinas naturais e a Pedra do Bode, mirante usado para observar a região, e claro, o pôr do sol.  Você pode acessá-la a partir da mesma trilha que leva à Praia do Americano ou pela Praia da Cacimba do Padre, uma das mais bonitas de Noronha.

Praia da Quixabinha

Há quem nem considere que Bode e Quixabinha são praias – apenas parte da Praia da Cacimba do Padre. Quando a divisão é feita, porém, a Praia da Quixabinha é uma pequena faixa de areia que separa as duas vizinhas. Esse era também o antigo nome da Praia da Cacimba do Padre, o que ajuda a explicar a confusão.

Praia da Cacimba do Padre

Uma das mais famosas e bonitas de Noronha. Em janeiro,  a Cacimba do Padre vira a praia mais procurada por surfistas do Brasil – só cai na água quem sabe o que está fazendo. E no resto do ano? Aí o show fica por conta dos Dois Irmãos, as formações rochosas mais bonitas de Noronha.

Praia da Cacimba do padre

A Cacimba do Padre tem este nome por conta de um capelão da ilha, que descobriu ali uma fonte de água potável (uma cacimba), no final do século 19. Dois restaurantes funcionam perto da praia e são muito usados por empresas que fazem o Ilha Tour e levam visitantes para almoçar lá.

Não deixe de ir na hora do pôr do sol, talvez o mais bonito de Noronha. E cuidado com as marcações do ICMBio que protegem ninhos de tartarugas.

Praia da Cacimba do Padre

Baía dos Porcos

Dizem que esta é a segunda praia mais bonita do Brasil. Discordo. É a mais bonita – e do mundo inteiro, isso sim. A faixa de areia é pequena e quase some na maré alta, o que explica por que muita gente dá para a Baía dos Porcos o segundo lugar no ranking das belezas de Noronha. Bobagem. E daí se a faixa de areia não é das maiores? O cenário compensa tudo, ó:

Baía dos Porcos

O acesso é pela Cacimba do Padre, por uma trilha que fica no fim da praia, colada aos Dois Irmãos. Não há bares e restaurantes por perto. Ainda bem. Passei duas horas boiando nas águas transparentes da praia mais bonita do mundo. Sozinho. Até que ouvi um barulho e imaginei que outros banhistas tinham entrado na água. Era uma tartaruga.

Há uma piscina natural nas pedras da praia. Não entre! O local é frágil e nadar ali é crime ambiental – fiscais multam quem é pego fazendo isso.

Praia do Sancho

A Praia do Sancho é linda e costuma ser apontada como a mais bonita do Brasil. Sancho, com todo o respeito, a Baía dos Porcos é mais bonita que você. Por outro lado, é do Mirante dos Dois Irmãos, numa falésia acima da Praia do Sancho, que fica a melhor vista de Noronha. Qual? A da Baía dos Porcos! Fora que a Praia do Sancho é melhor para banho, tenho que concordar.

mirante para os dois irmãos, com baía dos porcos e morro do pico ao fundo

A Praia do Sancho está dentro da área de proteção ambiental do Parque Nacional Marinho. Ou seja, para entrar lá você precisa pagar a taxa do parque, que vale por 10 dias, e estar com sua carteirinha. O acesso é pela rodovia e os ônibus param perto do estacionamento. Há estrutura turística: loja de suvenires, lanchonete, banheiros e até aluguel de snorkel, mas tudo está na falésia acima da praia. Depois de andar pelas passarelas você verá isso:

Praia do Sancho, Fernando de Noronha

A descida até a praia é por dois lances de escadas de aço, no meio das rochas. Depois, há ainda uma escadaria de pedra. Na Praia do Sancho não há restaurantes ou qualquer estrutura pé na areia. Leve snorkel, porque esse é um dos melhores lugares para ver a vida marinha de Noronha.

Como o espaço é estreito, estavam acontecendo congestionamentos na escada, por isso o ICMBio organizou o dia em horários de subida e de descida:

  • 8h às 10h30 somente descida
  • 10h30 às 11h30 somente subida
  • 11h30 às 12h30 somente descida
  • 12h30 às 13h30 somente subida
  • 13h30 às 14h30 somente descida
  • 14h30 às 15h30 somente subida
  • 15h30 às 16h30 somente descida
  • 16h30 às 17h30 livre
  • 17h30 às 18h somente subida

Escada para a Praia do Sancho

Praias de Noronha: Mar de Fora

Seguimos na mesma direção, mas agora após a Ponta da Sapata e na parte da costa do Mar de Fora, ou seja, virada para a África.

Praia do Leão

Batizada por conta de uma pedra que parece ser um leão marinho (quer dizer, pelo menos segundo as mentes mais criativas). É uma praia grande e deserta, um pouco distante da área, digamos, mais urbana de Noronha. A Praia do Leão é um dos pontos de desova de tartarugas marinhas mais importantes do arquipélago, o que torna esta uma área protegida. Em certas épocas do ano é proibido pisar na areia depois do anoitecer.

Praia do Leão

Não cheguei a entrar na praia, mas fui até o mirante, durante o Ilha Tour. Segundo o guia, o mar da Praia do Leão costuma ser mais perigoso. O acesso é pela rodovia, perto da Praia do Sueste.

Praia do Sueste

Praia de águas calmas e lotada de mergulhadores. Embora a Praia do Sueste também seja linda, o principal atrativo ali é o snorkeling, já que esse é o melhor ponto para nadar com tartarugas marinhas – algumas delas são enormes. Foi ali que ocorreu um dos únicos ataques de tubarão já registrados em Noronha, no fim de 2015 – segundo relatos, o turista tinha encurralado, com um pau de selfie, o bicho. Que reagiu.

Praia do Sueste

A Praia do Sueste também faz parte do Parque Nacional Marinho, portanto leve sua carteirinha. Há estrutura turística, com uma lanchonete e banheiros, e alguns dos hotéis mais desejados de Noronha ficam na região, como a Pousada Maravilha.

Além do snorkel, alugue também colete salva-vidas e nadadeiras antes de ir até lá. É preciso nadar bastante para encontrar peixes e tartarugas, o que exige as nadadeiras.

A linha de ônibus que circula na ilha para no Sueste (R$ 5, ônibus a cada meia hora). O horário de funcionamento da Praia do Sueste (9h às 16h) é controlado pelo ICMBio, para não concorrer com a hora de alimentação dos tubarões. É aconselhável a contratação de um guia para te levar até a vida marinha (R$ 50 por pessoa).

peixes vistos em snorkeling em praia

Praia do Atalaia

Outra área do Parque Nacional Marinho. Apenas 16 pessoas podem visitar a Praia do Atalaia ao mesmo tempo, e mesmo assim em horários controlados. Por isso, para visitar o local é preciso agendar na sede do ICMBio, em Noronha. Faça isso assim que você chegar, porque as vagas acabam rapidamente.

A Praia do Atalaia pode ser acessada a partir de uma trilha na Vila do Trinta. Lá você encontrará uma piscina natural repleta de peixes – a área é um berçário. Não é permitido entrar na água usando protetor solar, porque o produto pode ficar represado e matar os animais. O uso de colete salva-vidas é obrigatório, para ajudar na flutuação. Não pise no chão da piscina e respeite a orientação dos guias.

Praia do Atalaia

Também é possível fazer uma trilha longa pela Praia do Atalaia, mas para isso é necessário agendar no ICMBio e contratar um guia particular.

Praia da Caieira

Praia isolada e pouco conhecida pelos turistas. Dizem que de propósito – reza a lenda que os noronhenses resolveram guardar um segredo. Também faz parte do Parque Nacional e tem uma grande quantidade de pássaros.

O Ilha tour: como conhecer (quase) todas as praias de Noronha num só dia

O Ilha Tour é passeio mais tradicional de Noronha, oferecido por quase todas as agências de viagem da ilha e com preço na casa dos R$ 200. Dura um dia inteiro, normalmente o primeiro que o viajante passa no arquipélago: a ideia é ser um cartão de visitas, um tour geralzão por Noronha, deixando o turista livre para, nos dias seguintes, voltar por conta própria aos seus lugares favoritos.

Fiz o passeio nas minhas duas viagens e recomendo. Em 2019, fui com a Fdinoronha (Efê de Noronha, atendimento por WhatsApp no 81 99523-0646), comandada por três irmãos com nome começando com a letra F e que são da ilha. O grupo é pequeno, o guia é atencioso e faz questão de acompanhar nos primeiros snorkelings, introduzindo o visitante ao que Noronha tem de melhor, sua biodiversidade.

Em qual praia me hospedar em Noronha?

Não é bem assim – várias dessas praias estão dentro do Parque Nacional Marinho e por isso não há pousadas em suas proximidades. E mesmo quando elas existem, hospedagem pé na areia não é o estilo de Noronha.

Os dois principais eixos de hospedagem em Fernando de Noronha são a Vila dos Remédios, que está a 500 metros (ladeira acima) da Praia do Cachorro, e perto também das Praias do Meio e da Conceição; e a Floresta Nova, bairro que surgiu acima da Vila dos Remédios, depois da BR. E por isso mesmo mais distante da praia: são uns 20 a 25 minutos de caminhada (sim, morro acima).

Fiquei nas duas localizações e não tenho medo de errar: hoje, o melhor custo/benefício de Noronha está na Floresta Nova. Você não fica colado na praia, mas está perto de bares e restaurantes e encontra pousadas novas, charmosas e com preços que cabem no bolso.

Três pousadas testadas pelo 360:

  • Pousada Solar das Andorinhas – Simples, mas eficiente. Fica a 300 metros da Praia do Cachorro e de frente para bares e restaurantes. Tem um ponto de táxi ao lado e os ônibus param na porta.
  • Pousada do Carmô – Tem piscina, ótimo café da manhã, um chá da tarde e equipe muito simpática. Fiquei três dias lá e recomendo de olhos fechados. Está na Floresta Nova, pertinho de vários restaurantes.
  • Pousada Vitória – É bem mais simples e lembra as primeiras pousadas de Noronha, que eram as casas dos moradores. Alguns quartos ainda estão em obras. O café da manhã é bastante honesto e a localização é boa. Vale para quem precisa economizar.

Mais opções, para todos os viajantes (e bolsos)


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

7 comentários sobre o texto “As 7 melhores praias de Fernando de Noronha e o mapa do paraíso

  1. Rafael, bom dia!
    Apesar de pertencer aos quadros do IBAMA-PE ainda não conheço Noronha. É bem verdade que poderia ter conhecido o arquipélago em trabalhos do IBAMA antes da criação do ICMBio. Contudo, outras prioridades de trabalho surgiram e terminei não conhecendo Noronha. Gostei muito da sua abordagem bem objetiva sobre Noronha. Parabéns por seu trabalho!

  2. Rafael, adorei suas dicas. E agora afloraram algumas dúvidas.
    Sempre sonhei em conhecer Noronha. Hoje, estou com 62 anos e pretendo realizar meu sonho em Novembro.
    Aproveito para enviar meus planos, pois você deu dicas de várias das praias que estão em meus planos.
    Pretendo sair de SP no dia 6 ou 7 de Novembro, com destino a Maceió. Ficar por lá uns 3-4 dias e seguir rumo a Recife, de carro (sim, sozinha), pernoitando nas praias mais bonitas e aconselháveis,…. S.Miguel, Carneiros, Porto Galinhas, Maragogi, Tamandaré, etc. Devo chegar em Recife dia 20 ou 21 (sem data fixa), ficar até dia 25 de manhã, quando parto para Noronha e fico até dia 29, quando retorno a SP.
    O que acha desse roteiro? Algum conselho de quais praias e tempo que devo ficar em cada uma?
    E a dúvida mais crítica… não sei nadar muito bem e minha experiência com snorkel quando estive no México não foi nada boa…. Não consegui. Assim, mergulho está definitivamente fora de meus planos. E, além disso, não consigo fazer trilhas ou caminhadas em terrenos muito íngremes. Porém, não posso morrer sem ir a Noronha (rsrsrrs…. estou exagerando….). Acredito que deva existir passeios e praias que eu possa aproveitar em Noronha mesmo com as minhas “limitações”.
    Você pode, POR FAVOR, dar-me sua opinião?
    Ficarei MUITO agradecida.

    Abraços,

    1. Oi, Ivone. Tem muita coisa que você pode fazer lá sim! Olha, no seu caso eu acho que vale muito contratar o Ilha Tour, porque eles te levam num dia em todas as praias da Ilha, tudo com guia. Aí vale, no Sueste, contratar um guia que vai com você no mar, de ajuda e mostra onde está a vida marinha. Não é caro e facilita muito.

      Sobre trilhas, para a maior parte das praias não é necessário nada. Acho que a única dificuldade seria a Praia do Sancho, que para chegar envolve descer uma escada meio complicado, mas você consegue vê-la de cima. E as outras praias são bem acessíveis também.

      Sobre o roteiro, o seu está ótimo! Já está com as passagens de avião compradas?

      Abraço!

      1. Oi Rafael, obrigada pela resposta. Agora vou muito mais tranquila… Se posso aproveitar bastante de Noronha sem precisar de mergulho, não fico tão preocupada em gastar muito e não poder aproveitar tudo que a Ilha tem a oferecer.

        Ainda não comprei as passagens…. tenho acompanhado diariamente a variação dos preços. Além disso, preciso decidir-me quantos dias ficar nas prais entre Maceió e Recife. Gosto de sair com todos hotéis reservados e confirmados.

        Alguma sugestão em quais devo pernoitar e quanto tempo ficar em cada uma delas?

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.